Connect with us

TV, Cinema e Teatro

Projeto Gemini, novo filme de Will Smith, ganha pôster nacional

Portal Hortolândia

Publicado

em

Uma das grandes atrações de Projeto Gemini, filme da Paramount Pictures,que estreia no Brasil em 10 de outubro, é o fato de ter Will Smith comoprotagonista em dose dupla.

No novo cartaz do filme, que fala sobre a exibição nos cinemas em IMAX2D, o ator aparece em suas duas versões, aos 50 e aos 23 anos. Ementrevistas recentes, Will, o diretor Ang Lee, e os produtores do longa,explicaram que a versão mais jovem do ator foi feita de forma 100%digital, algo nunca visto antes na indústria do cinema.

Na sinopse, o melhor assassino do mundo está ficando velho e menosconfiável. Por isso seus chefes decidem eliminá-lo criando um clone maisnovo e mais forte com a tarefa de exterminá-lo.

Confira abaixo o belo pôster nacional!

Por Éder de Oliveira | Jornalista e responsável pelo sitewww.cinemaepipoca.com.br

TV, Cinema e Teatro

Arlequina: Aves de Rapina (7,5)

Portal Hortolândia

Publicado

em

Que a Warner/DC já errou bastante nas escolhas de seus projetos, isso ninguém duvida. Mas talvez a maior decepção tenha sido Esquadrão Suicida, onde apenas Margot Robbie como Arlqeuina conseguiu se salvar – e Will Smith não chegou a passar tanta vergonha. E era questão de tempo para que a personagem ganhasse um filme para chamar de seu. E Arlequina: Aves de Rapina (que antes era Aves de Rapina: Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa, mas com o fracasso nas bilheterias, a produtora resolveu mudar o título) não só é bom, como também diverte o espectador na maior parte dos seus 108 minutos de projeção.

Notamos que apesar de ser Cathy Yan que assina como diretora, é Robbie que tem a liberdade e dá diversos pitacos para moldar a personalidade de Harley. E mesmo que Rosie Perez, a Renée Montoya, esteja abaixo das outras integrantes do grupo, Mary Elizabeth Winstead (Caçadora), Jurnee Smollett-Bell (Canário Negro), a pequenina Ella Jay Basco e os veteranos Ewan McGregor (cafoníssimo como Máscara Negra) e Chris Messina, se divertem demais!

Muitos haviam falado sobre a quebra da 4ª parede e a semelhança com Deadpool… mas Cathy Yan utiliza a ferramenta de maneira muito mais sutil e ainda trás um figurino arrebatador e efeitos especiais caprichados (é bem verdade que a locação da batalha final é um tanto exagerada, mas a gente perdoa isso!). E aí você deve estar se perguntando também: mas e a ação, funciona? Sim! Em 95% das vezes ela funciona e capricha nas cenas em câmera lenta, só senti falta de uma fluidez maior na pancadaria dentro da prisão, onde Quinn bate nos presidiários.

A exclusão do Coringa de Jared Leto no universo é de grande valia pois ninguém levava a sério aquela personificação, a comédia e as brincadeiras visuais apresentando cada um dos inimigos, além desta visão de Gotham pelos olhos da vilã e as idas e vindas no tempo, são sacadas que elevam a qualidade deste Arlequina: Aves de Rapina. Por fim, esperamos que mesmo com as bilheterias abaixo do esperado, tenhamos uma continuação e a oportunidade de vê-las lutando juntas novamente!

Por Éder de Oliveira | Jornalista e responsável pelo site www.cinemaepipoca.com.br

Continue Lendo

TV, Cinema e Teatro

Confira os trailers de O Jovem Ahmed e Terremoto

Portal Hortolândia

Publicado

em

Saíram dois trailers muito interessantes, de filmes que chegarão em breve nos cinemas de todo país. O primeiro é o drama O Jovem Ahmed, que tem estreia marcada para 20 de fevereiro e fala sobre Ahmed, um jovem muçulmano de 13 anos que vive na Bélgica. Seguindo as palavras de um imã local, e inspirado nos passos do primo extremista, ele começa a rejeitar a autoridade da mãe e da professora. Quando se convence de que a professora é uma pecadora por ministrar um curso de árabe sem utilizar o Corão, Ahmed decide matá-la para impressionar os líderes religiosos e agradar a Alá. Depois do ato, o adolescente precisa lidar com as consequências de seu crime, e com as tentações da vida, ao encontrar o seu primeiro amor.

Confira o trailer:

Já Terremoto, é um projeto norueguês que mistura drama e muita ação, e estreará em 12 de março. Na sinopse: Em 1904, um terremoto de magnitude 5,4 na escala Richter sacudiu Oslo e arredores. O terremoto teve seu epicentro na região Oslo-Graben, atravessando a capital norueguesa. Os geólogos não podem ter certeza, mas estudos indicam que pode-se esperar para o futuro grandes terremotos nesta área. Quando eles, eventualmente, acontecerão, ninguém pode dizer com certeza. No entanto, sabe-se que a densidade populacional e a infra-estrutura em Oslo é significativamente mais vulnerável hoje do que em 1904. O que esperar se acontecer um terremoto significativamente maior?

Confira o trailer:

Por Éder de Oliveira | Jornalista e responsável pelo site www.cinemaepipoca.com.br

Continue Lendo

TV, Cinema e Teatro

Um Espião Animal (7,0)

Portal Hortolândia

Publicado

em

Dirigido pelo estreante Nick Bruno e pelo quase estreante Troy Quane(que havia feito antes apenas um especial dos Smurfs), Um Espião Animalnão tem absolutamente nada de novo e desde os primeiros segundos lidacom o roteiro como uma espécie de homenagem em animação do gênero daespionagem, com todos os seus exageros, utensílios para a hora dapancadaria e a química entre agente e seu leal ajudante.

É bem verdade que a Blu Sky, estúdio responsável pelas franquias Rio e AEra do Gelo, não conta com um apelo emocional e dramático tão fortesquanto a Pixar, ou seja, vá a intenção ali é apenas divertimentoescapista que funciona melhor para a molecada. Mas o interessante é quetemos a voz, os traços e todo carisma de Will Smith, portanto, não hácomo deixar de gostar do protagonista logo nos minutos iniciais – ah, eseu ajudante é tem a voz original de Tom Holland, o Homem Aranha da MCU.

  O humor situacional é bom (principalmente depois que o agente LanceSterling se transforma num pombo), mas às vezes utilizado de maneiramuito repetitiva, e a ação têm uma fluidez impressionante, sendo ajudadopelas cores vibrantes, pela computação gráfica excepcional e pela trilhasonora escolhida a dedo.

Um Espião Animal está longe de ser a melhor animação que você verá em2020 (tanto que nem esteve nas categorias como a do Oscar, por exemplo),mas é aquele tipo de programa para levar seu filho, neto ou sobrinho semmedo… pois todos sairão da sessão com aquele sorrisão de satisfação norosto!

Por Éder de Oliveira | Jornalista e responsável pelo site www.cinemaepipoca.com.br

Continue Lendo



Max Milhas