Connect with us

Brasil

Embrapa desenvolve hambúrguer sem carne

Portal Hortolândia

Publicado

em

Está à venda em rede de supermercados no Estado do Rio de Janeiro um hambúrguer que tem gosto tradicional, mas não é feito de carne animal. O “Novo Burguer”, no comércio há dois meses, é feito com fibra de caju, proteína de soja, cebola, tomate, pimentão, corante natural e temperos, e tem características sensoriais assemelhadas ao hambúrguer de carne.

O produto foi criado para pessoas batizadas como “flexitarianos” – aqueles indivíduos que apesar de gostarem de carne querem balancear a dieta e buscam reduzir o consumo de carne. “São diferentes de vegetarianos ou veganos que não gostam do sabor da carne e não querem alimentos que simulem a carne”, explica a engenheira de alimentos Janice Ribeiro Lima.

Ela é pesquisadora da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, a Embrapa, na unidade da estatal responsável por desenvolver agroindústria de alimentos, e que fica no Rio de Janeiro. Ela começou a criar alternativas para carne em pesquisas iniciadas em 2007, quando ainda trabalhava na Embrapa do Ceará.

Janice Lima e as equipes de pesquisadores já desenvolveram outros produtos como o hambúrguer de fibra de caju e de feijão de corda para vegetarianos e também substitutos para rechear coxinha de galinha e bolinho de siri.

A pesquisadora explica que o objetivo do seu trabalho “não é que as pessoas parem de comer carne, mas dar mais uma opção”. Segundo ela, a produção de produtos com proteína vegetal pode ser menos onerosa que a proteína animal. Especialmente no caso do Novo Burguer que utiliza o bagaço do caju, geralmente eliminado pela indústria de suco ou revendido para alimentação de animais.

Janice não sabe o preço final de comercialização, mas assinala que o custo é maior do que o hambúrguer tradicional, que tem maior produção em escala, distribuição e venda. O produto é fabricado e comercializado pela Sottile Alimentos, empresa de Niterói (RJ), que tem acordo de cooperação com a Embrapa.

Brasil

Programa para o Imposto de Renda 2020 é liberado pela Receita Federal

Portal Hortolândia

Publicado

em

Na última quinta-feira (20), a Secretaria da Receita Federam liberou o download do programa gerador do Imposto de Renda 2020, referente ao ano-base 2019. A época de entrega das declarações começa depois do carnaval, em 2 de março e segue até o dia 30 abril.

No computador, o contribuinte pode baixar os programas do Windows, Multiplataforma (zip) e outros (Mac, Linux, Solaris). Para celulares, os programas estão disponíveis para Android e IOS.

No começo do preenchimento, é apresentado para o contribuinte, orientações sobre as formas de tributação e ao final quando for entregar a declaração, o programa apresentará quadro comparativo para que o usuário escolha a opção mais favorável. Esse programa para preenchimento é o mesmo para as duas formas de tributação (utilizando as deduções legais ou o desconto simplificado).

Para facilitar, o contribuinte poderá fazer a importação de dados de 2019 no preenchimento deste ano. Essa importação substitui eventuais dados digitados na declaração de 2020.

Nos casos em que a última declaração foi retificada, é preciso substituir pelo número do recibo da última retificadora online.

Os contribuintes que enviarem a declaração no início do prazo, sem erros, omissões ou inconsistências, também receberão mais cedo as restituições do Imposto de Renda. Idosos, portadores de doença grave e deficientes físicos ou mentais têm prioridade.

A Receita Federal espera receber neste ano 32 milhões de declarações dentro do prazo legal. Lembrando que a multa para o contribuinte que não fizer a declaração ou entregá-la fora do prazo será de, no mínimo, R$ 165,24. E o valor máximo corresponde a 20% do imposto devido. As restituições começarão a ser pagas em maio e seguem até setembro para os contribuintes cujas declarações não caíram na malha fina.

Continue Lendo

Brasil

Caixa lança nova linha de crédito imobiliário com taxa de juros fixa

Redação

Publicado

em

Por

A Caixa Econômica Federal começa nesta sexta-feira(21) uma nova linha de crédito para a casa própria com taxa de juros fixa.

A nova modalidade de crédito terá taxa de juros de 8% até 9,75% ao ano, válida para imóveis residenciais novos e usados. Poderá ser financiado até 80% do imóvel.

O cliente poderá escolher entre sistemas de amortização SAC, para contratos de até 360 meses, e Price, para financiamentos em até 240 meses.

“Não estamos mais limitados somente às linhas de crédito imobiliário atualizadas pela TR”, afirma o presidente da CAIXA, Pedro Guimarães. “Em 2019 inovamos com a linha de crédito atualizada pelo IPCA e agora, com o lançamento do crédito com taxa fixa, estamos revolucionando o mercado imobiliário no país. É uma nova alternativa para o cliente que busca financiar seu imóvel sabendo quanto vai pagar da primeira à última prestação”, esclarece.

O anuncio da nova modalidade de crédito foi feito na noite desta quinta-feira(20), em evento no Palácio do Planalto.

Saiba mais em https://caixanoticias.caixa.gov.br/

Continue Lendo

Brasil

Mega Sena acumula e paga mais de 190 milhões no próximo sorteio, confira

Portal Hortolândia

Publicado

em

Mega Sena acumulou no proximo sorteio o ganhador pode embolsar R$ 190 milhões.

Acumulada desde a Mega da Virada, ou seja, há 14 concursos, o concurso 2236 da Mega Sena paga um dos maiores prêmios dos últimos tempos. O sorteio acontece no Espaço Loterias, da Caixa, em São Paulo.

Os números sorteados foram: 14 18 30 35 55 57

Quina 

Quina, com prêmio previsto de R$ 3,2 milhões, teve os seguintes números sorteados: 01-27-37-48-63.

A quantidade de ganhadores da Quina e o rateio podem ser conferidos aqui.   

Lotofácil

Lotofácil, que tem prêmio previsto de R$ 2,5 milhões, teve os seguintes números sorteados: 03-04-05-06-07-09-10-11-12-14-16-18-19-22-23.

A quantidade de ganhadores da Lotofácil e o rateio podem ser conferidos aqui.

Continue Lendo



Max Milhas