Connect with us

Brasil

Feijão: pragas e doenças podem causar explosão no preço e falta na mesa do brasileiro

Portal Hortolândia

Publicado

em

Ingrediente essencial da feijoada, do acarajé e na base da refeição diária dos brasileiros – seja preto, carioca, de corda ou de outro tipo – o feijão é uma das mais importantes culturas agrícolas do país. No total, são 2,9 milhões de toneladas produzidas, com valor bruto de R$ 7,5 bilhões, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Produzido em todas as regiões do país, o feijão tem ciclo curto de cultivo e enfrenta muitos desafios com pragas e doenças que reduzem a produção e qualidade do alimento significativamente. 

“O brasileiro é apaixonado por feijão. Essencial, ele está presente diariamente nas mesas e nas vidas dos brasileiros. Porém, como todos os demais cultivos, o feijão também enfrenta desafios para chegar até a nossa mesa. Vários detratores de produtividade, como pragas e doenças, atacam as lavouras de feijão do país prejudicando a produção. Não dá para imaginar nossa refeição sem feijão”, assinala Julio Borges, presidente do Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Defesa Vegetal (Sindiveg). 

“O desafio é grande. Sem cuidados adequados, pragas e doenças causam grandes prejuízos aos produtores e, por consequência, à oferta regular de feijão. Alguns dos principais problemas, como a praga mosca-branca e a doença antracnose, têm potencial para destruir até 100% das plantações, gerando escassez do alimento nas prateleiras”, alerta o dirigente. 

Uma das consequências da baixa oferta de feijão é o aumento dos preços que o brasileiro teria de pagar. “O consumo de feijão está em 13 quilos por pessoa/ano, segundo a Embrapa. É bastante, porém a produção tem de crescer ano após ano para alimentar a crescente população e manter a competitividade da agricultura brasileira nesse cultivo. Para isso, a proteção das lavouras e os cuidados devem ser intensos e frequentes. Importante ressaltar que, além da alta no custo, a falta de feijão no país – que é um dos cinco maiores produtores do grão no mundo – exigiria a aquisição no mercado externo para abastecer a população. Em um cenário de dólar elevado, o impacto nos preços do alimento seria ainda maior”, salienta Julio Borges. 

Outros diversos vilões têm potencial para dizimar as áreas de cultivo de feijão, como a mancha-angular – doença fúngica que reduz a colheita em 80% –, o mofo branco ou a lagarta-elasmo, cujos danos podem exigir o replantio completo da lavoura. Não menos graves, plantas daninhas como caruru, picão, trapoeraba e algumas espécies de capim criam uma competição por nutrientes e luz solar que prejudica o potencial do feijoeiro e, ainda, dificulta o processo de colheitas das vagens. 

“Para proteger a produção, é necessário controlar esses problemas. A ciência oferece o que há de mais avançado em tecnologia de preparo adequado do solo, seleção de sementes, e ainda defensivos agrícolas. Usados de forma correta e segura, essas tecnologias protegem a planta de feijão sem prejudicar a quantidade e qualidade do grão produzido, nem causar danos ao meio ambiente ou à saúde humana, assegurando seu potencial produtivo” informa Eliane Kay, diretora executiva do Sindiveg. 

Eliane explica que, antes de ser lançadas, todas as soluções de combate a pragas e doenças na agricultura são testadas cientificamente e submetidas a um longo e rigoroso processo de avaliação, que demora vários anos antes de ter autorização dos Ministérios da Agricultura, Saúde e Meio Ambiente para comercialização. “Esse extremo cuidado garante o benefício e, principalmente a segurança para o agricultor e sociedade. Essa é a contribuição da indústria de saúde vegetal para a produção sustentável de alimentos no território brasileiro”, explica Eliane Kay. 

De acordo com levantamento exclusivo do Sindiveg, em parceria com a Spark Consultoria Estratégica, o combate a pragas e doenças que atacam o feijão exigiu investimentos de mais de R$ 1,2 bilhão nessas tecnologias, que trataram área equivalente a mais de 33,2 milhões de campos de futebol em 2020. O cálculo de área tratada considera, em multiplicação, o número de produtos e de aplicações, assim como a área cultivada. 

Produção regional 

Todos os estados, assim como o Distrito Federal, produzem feijão, mas cerca de 60% da produção brasileira está concentrada em quatro estados: Paraná (22% e 630 mil toneladas), Minas Gerais (18% e 535 mil toneladas), Goiás (12% e 341 mil toneladas) e Mato Grosso (10% e 278 mil toneladas). Destaque também para a produção de São Paulo (264 mil t), Bahia (179 mil t), Ceará (110 mil t) e Santa Catarina (108 mil t). Os dados são do IBGE. 

Sobre o Sindiveg 

O Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Defesa Vegetal (Sindiveg) representa a indústria de produtos para defesa vegetal no Brasil há 79 anos. Reúne 26 associadas, distribuídas pelos diversos Estados do País, o que representa aproximadamente 40% do setor. Com o objetivo de defender, proteger e fomentar o setor, o Sindiveg atua junto aos órgãos governamentais e entidades de classe da indústria e do agronegócio pelo benefício da cadeia nacional de produção de alimentos e matérias-primas. Entre suas principais atribuições estão as relações institucionais, com foco em um marco regulatório previsível, transparente e baseado em ciência, e a representação legitima do setor com base em dados econômicos e informações estatísticas. A entidade também atua em prol do fortalecimento e da valorização da comunicação e da imagem do setor, assim como promove o uso correto e seguro dos defensivos agrícolas.



Melhores No. 1
Mop Giratório Fit Flash Limp MOP5010 Cinza
  • Capacidade em uso do balde: 4 Litros / capacidade máxima do balde: 8 Litros
  • O sistema de centrifugação substitui a torção do pano, livrando as mãos do contato com a sujeira
  • Ideal para pisos frios, sintéticos ou madeira, para uma limpeza completa ou uma faxina rápida do dia a dia
  • Alças flexíveis para facilitar o transporte e o manuseio
  • Cabo com altura regulável de 104 a 128 cm, possui a base flexível permitindo alcançar áreas de difícil acesso

Brasil

O que mudou no Código de Trânsito para quem pilota moto?

Portal Hortolândia

Publicado

em

A Lei 14071/20, que altera o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), passa a vigorar a partir de 12 de abril e, assim como os motoristas, os motociclistas devem estar atentos às novas regras. Para ajudar a esclarecer as dúvidas sobre o assunto, o Detran.SP continua a série de conteúdos explicativos e destaca as novas normas relacionadas às motocicletas. Conheça as principais:

• Utilização da viseira ou óculos de proteção

A viseira é um item de segurança obrigatório nos capacetes dos motociclistas e as alterações no CTB normatizaram sua utilização. Antes, a Resolução 453/13 do Contran estabelecia que pilotar com a viseira levantada ou fora das condições exigidas pela resolução era infração leve, prevista no artigo 169 do CTB, sujeita a multa de R$ 88,38. A nova regra cria infração específica e estabelece que a condução com capacete sem viseira/óculos de proteção ou com viseira/óculos de proteção em desacordo com a regulamentação do Contran será infração média, sujeita a multa de R$ 130,16 e retenção do veículo para regularização.

• Criança menor de 10 anos não pode ir na garupa

Passou de 7 para 10 anos a idade mínima para que crianças possam ser transportadas em motocicletas. Aquelas que não possuem condições de cuidar da própria segurança também continuam proibidas de viajar na garupa. Aos motociclistas que não obedecerem às normas, a Lei estabelece infração gravíssima com multa e suspensão do direito de dirigir. Além disso, o veículo pode ser retido até sua regularização e a habilitação recolhida.

• Trafegar com o farol apagado

Antes, conduzir motocicleta com os faróis apagados era infração gravíssima com multa de R$ 293,47, recolhimento da CNH e suspensão do direito de dirigir. Com a mudança, a gravidade da infração foi reduzida para média, com multa de R$ 130,16 e quatro pontos na CNH.

“Precisamos de uma rede de proteção que ampare os motociclistas que se multiplicam pelo País, principalmente neste momento de pandemia em que é crescente a atividade de motofrete”, afirma Ernesto Mascellani Neto, diretor-presidente do Detran.SP. “Esperamos que as alterações no CTB possam ajudar na prevenção e redução de acidentes tanto dos motociclistas profissionais quanto daqueles que utilizam este tipo de veículo apenas para se locomoverem pela cidade.”


Programa Motofretista Seguro

O Programa Motofretista Seguro é uma iniciativa do Governo de São Paulo e do Detran.SP que oferece crédito, facilidade no financiamento e formação para criar uma rede de proteção da categoria e contribuir com a segurança de quem exerce essa atividade.

O objetivo da ação é atender tanto os profissionais que necessitam adequar a sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH) para o exercício da atividade, com a regularização de documentos, realização do curso de formação e atualização, oportunidade de práticas de aperfeiçoamento, como auxiliar com linhas de crédito especiais àqueles que precisam renovar seu veículo ou adquirir novos equipamentos de segurança.



Melhores No. 1
Mop Giratório Fit Flash Limp MOP5010 Cinza
  • Capacidade em uso do balde: 4 Litros / capacidade máxima do balde: 8 Litros
  • O sistema de centrifugação substitui a torção do pano, livrando as mãos do contato com a sujeira
  • Ideal para pisos frios, sintéticos ou madeira, para uma limpeza completa ou uma faxina rápida do dia a dia
  • Alças flexíveis para facilitar o transporte e o manuseio
  • Cabo com altura regulável de 104 a 128 cm, possui a base flexível permitindo alcançar áreas de difícil acesso
Continue Lendo

Brasil

Entra em vigor lei do teste de paternidade em parentes de suposto pai

Portal Hortolândia

Publicado

em

O presidente Jair Bolsonaro sancionou a lei que permite a realização do teste de paternidade em parentes próximos do suposto pai. A nova legislação foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) de hoje (19).

Segundo o texto da lei, o teste em parentes consanguíneos poderá ser autorizado por um juiz caso o suposto pai tenha morrido ou não possa ser localizado. O exame deve ser feito “preferindo-se os [parentes] de grau mais próximo aos mais distantes”.

A nova legislação altera um trecho da Lei de Investigação da Paternidade (Lei 8.560/1992), para acrescentar a previsão de exame em parentes próximos.

A proposta de se fazer o exame em parentes próximos do suposto pai tramitou por 12 anos no Congresso, tendo sido primeiro apresentada em 2009 pela então senadora Marisa Serrano (PSDB-MS).

fonte ebc



Melhores No. 1
Mop Giratório Fit Flash Limp MOP5010 Cinza
  • Capacidade em uso do balde: 4 Litros / capacidade máxima do balde: 8 Litros
  • O sistema de centrifugação substitui a torção do pano, livrando as mãos do contato com a sujeira
  • Ideal para pisos frios, sintéticos ou madeira, para uma limpeza completa ou uma faxina rápida do dia a dia
  • Alças flexíveis para facilitar o transporte e o manuseio
  • Cabo com altura regulável de 104 a 128 cm, possui a base flexível permitindo alcançar áreas de difícil acesso
Continue Lendo

Brasil

Apostador da capital leva 40 milhões na Mega Sena

Portal Hortolândia

Publicado

em

Um apostador da capital, São Paulo-SP, acertou as seis dezenas sorteadas neste sábado (17) no Concurso 2.363 da Mega-Sena e vai levar o prêmio de R$ 40.076.100,78.

Os números sorteados foram 34 – 06 – 58 – 39 – 14 – 24.

A quina será dividida entre 77 apostadores, que vão receber, cada um, R$ 49.919,36.

A quadra teve 5.169 ganhadores, e o prêmio para cada um é de R$ 1.062,31.



Melhores No. 1
Mop Giratório Fit Flash Limp MOP5010 Cinza
  • Capacidade em uso do balde: 4 Litros / capacidade máxima do balde: 8 Litros
  • O sistema de centrifugação substitui a torção do pano, livrando as mãos do contato com a sujeira
  • Ideal para pisos frios, sintéticos ou madeira, para uma limpeza completa ou uma faxina rápida do dia a dia
  • Alças flexíveis para facilitar o transporte e o manuseio
  • Cabo com altura regulável de 104 a 128 cm, possui a base flexível permitindo alcançar áreas de difícil acesso
Continue Lendo

Noticias

Nossa Cidade8 minutos atras

Mostra Na Lona tem quatro espetáculos e uma oficina neste feriado

Que tal curtir o feriado desta quarta-feira (21/04) com arte e cultura? A dica é conferir a programação da 6ª...

Nossa Cidade18 minutos atras

Prefeitura testa iluminação de novo sistema instalado no Pq. Socioambiental Chico Mendes

O novo sistema modernizado de iluminação, implantado, pela Prefeitura de Hortolândia, no Parque Socioambiental Chico Mendes, localizado na região Central...

Nossa Cidade1 hora atras

“1ª Corrida e Caminhada on-line da Melhor Idade” mobiliza idosos de Hortolândia durante a pandemia

Pelo menos 30 idosos – 24 mulheres e seis homens — inscreveram-se na “1ª Corrida e Caminhada on-line da Melhor...

Nossa Cidade2 horas atras

Abertas inscrições para cursos profissionais online e gratuitos do programa “Hortolândia Empreendedora”

Estão abertas as inscrições para dois cursos online e gratuitos do programa “Hortolândia Empreendedora”: “Sistema Partida de motores” e “Fabrique...

Nossa Cidade6 horas atras

Mostra Na Lona tem programação variada nesta terça-feira (20/04)

A 6ª Mostra Nacional de Teatro Na Lona está movimentada nesta terça-feira (20/04), com quatro espetáculos e duas oficinas. Todas...

Policial6 horas atras

Mães de sentenciados enviam drogas para sentenciados da PII de Hortolândia

K4 estava escondida em pares de chuteiras  A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) informa que na manhã de ontem, 19,...

Publicidade

Youtube

 

PONTE DA ESPERANÇA

Populares