Connect with us

Campinas

Ao som de Luiz Gonzaga, Orquestra Sinfônica de Campinas emociona público de Hortolândia

Portal Hortolândia

Publicado

em

A orquestra, composta por 82 músicos, apresentou as músicas de Mozart, Rossini, Franz von Suppé e Brahms

Orquesta Sinfônica de Campinas em Hortolândia (SP)

O espetáculo realizado pela Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas, emocionou a plateia, na noite desta quinta-feira (04), em Hortolândia. Os concertos contaram com Helder Trefzger como regente convidado, o barítono Saulo Javán, como solista e mais 82 músicos. Para finalizar o espetáculo os músicos apresentaram a versão instrumental da música Asa Branca, de Luiz Gonzaga, além de outros sucessos nacionais, como “Trem das Onze.

O evento foi realizado na Igreja Matriz Nossa Senhora do Rosário, localizada na Praça São Francisco de Assis, Vila Real, em parceria com a Prefeitura de Hortolândia, por meio da Secretaria de Cultura. Cerca de 300 pessoas apreciaram o espetáculo gratuito.

A apresentação faz parte do projeto “Sinfônica de Campinas Visita RMC ( Região Metropolitana de Campinas)”. No programa, elaborado especialmente para esta ocasião, foram executadas obras de grandes compositores mundiais, com aberturas de árias de óperas conhecidas do grande público, como “La Gazza Ladra” e “Barbeiro de Sevilha” de Rossini, “As Bodas de Fígaro” e “Don Giovanni” de Mozart e “Danças Húngaras”, de Brahms.

O prefeito de Hortolândia, Antonio Meira agradeceu à Orquestra pela apresentação. “ A valorização dos grandes artistas nos emociona, de podermos assistir a um espetáculo grandioso. É muito satisfatório para nossa cidade receber a orquestra”, disse.

Sobre a Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas

Reconhecida como uma das mais dinâmicas orquestras do País, a Sinfônica de Campinas foi a primeira instituição de seu gênero a surgir em uma cidade brasileira que não é capital de seu Estado. Já no início do século XX, o amor do povo campineiro pela música transformou a cidade em rota obrigatória de alguns dos principais programas sinfônicos e operísticos, estimulando, assim, a criação de uma orquestra local.

A partir de 1975, passou a receber do poder público o apoio necessário para a manutenção de um grupo solidamente constituído e apto a desenvolver um trabalho artístico de excelência. Desde então, a orquestra tem atraído grandes músicos para os seus quadros, com passagem obrigatória nos principais festivais e eventos eruditos. Atualmente, tem como diretor administrativo o compositor e arranjador Rodrigo Morte e como regente titular e diretor artístico o maestro Victor Hugo Toro. A Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas é mantida pela Prefeitura Municipal de Campinas, por meio da Secretaria Municipal de Cultura.

Fonte: Assessoria de Comunicação / Prefeitura de Hortolândia



OfertaMelhores No. 1
Mop Spray com Cabo e Tecido Noviça Anis
  • Capacidade de limpar até 110 m2
  • Indicado para limpeza rápida e limpeza molhada
  • Pode ser usado em pisos madeirados, frios e sintéticos
  • Seu refil de microfibra é resistente, lavável em máquina e de fácil troca

Campinas

Prefeito de Campinas lamenta falecimento da médica Maria Haydée de Jesus Lima

Portal Hortolândia

Publicado

em

O prefeito de Campinas, Dário Saadi, e a Secretaria Municipal de Saúde lamentam profundamente a morte da médica Maria Haydée de Jesus Lima. Haydée era sanitarista e pediatra e dedicou a vida profissional à saúde pública.

Era servidora da prefeitura de Campinas e foi diretora municipal de saúde, coordenadora do Centro de Saúde da Vila Ipê, presidente do Conselho Municipal de Saúde e integrou o Movimento Popular de Saúde. Muito querida, deixa um legado importante para o SUS, tendo contribuído para a formação de inúmeros profissionais na área.

O prefeito e a Secretaria se solidarizam com os familiares e amigos.



OfertaMelhores No. 1
Mop Spray com Cabo e Tecido Noviça Anis
  • Capacidade de limpar até 110 m2
  • Indicado para limpeza rápida e limpeza molhada
  • Pode ser usado em pisos madeirados, frios e sintéticos
  • Seu refil de microfibra é resistente, lavável em máquina e de fácil troca
Continue Lendo

Campinas

Lei em Campinas obriga uso de canudos de papel biodegradável

Portal Hortolândia

Publicado

em

Decreto publicado nesta sexta-feira, 16 de abril, no Diário Oficial, regulamenta a lei que obriga restaurantes, bares, lanchonetes, vendedores ambulantes e similares a usar e fornecer canudos de papel biodegradável ou reciclável aos clientes. O decreto, que entra em vigor em 90 dias, prevê multa de 500 UFICs (R$ 1.894,30) para quem descumprir a determinação.

A medida segue o princípio de cuidados na área ambiental, que assegura a adoção de medidas intervencionistas de proteção da saúde e do meio ambiente, de forma preventiva. Os canudos de plástico são um grande obstáculo ecológico, e causam diversos impactos ambientais negativos.

A Organização das Nações Unidas (ONU) afirma que, se o uso exagerado de plástico, entre eles os canudos, não for freado, em 2050 haverá mais plástico do que peixes nos mares. Os canudinhos representam 4% de todo o lixo plástico produzido no mundo e podem levar até mil anos para se decompor no meio ambiente.

Conforme o decreto, os estabelecimentos devem fornecer canudos fabricados e embalados em papel biodegradável ou reciclável, e ofertados em embalagem individual e hermeticamente fechada. O decreto define que a fiscalização será feita pelo Departamento de Proteção ao Consumidor (Procon), sem prejuízo do dever de colaboração dos demais órgãos da Administração Pública e da coletividade.

Em caso de descumprimento da obrigação, o estabelecimento receberá uma advertência por escrito, para que se adapte no prazo de 30 dias. Na reincidência, será multado em 500 UFICs. Os valores arrecadados com o pagamento da multa integrarão o Fundo Municipal de Proteção de Defesa dos Direitos do Consumidor (FMPDDC).



OfertaMelhores No. 1
Mop Spray com Cabo e Tecido Noviça Anis
  • Capacidade de limpar até 110 m2
  • Indicado para limpeza rápida e limpeza molhada
  • Pode ser usado em pisos madeirados, frios e sintéticos
  • Seu refil de microfibra é resistente, lavável em máquina e de fácil troca
Continue Lendo

Campinas

Vigilância fecha barbearia em Campinas ao fiscalizar denúncia

Portal Hortolândia

Publicado

em

Uma barbearia foi flagrada funcionando por uma equipe da coordenadoria de Vigilância Sanitária (CVS), do Departamento Municipal de Vigilância em Saúde (Devisa), na tarde desta quarta-feira, 14 de abril, no distrito de Barão Geraldo. O local foi averiguado após denúncia pelo telefone 156.

Os fiscais da Vigilância estiveram no distrito, acompanhados pela Guarda Municipal de Campinas, fazendo vistorias e checando denúncias de comércios funcionando irregularmente nesta Fase Vermelha do Plano São Paulo. A barbearia, localizada em uma das principais avenidas de Barão Geraldo, foi autuada e lacrada por não ser considerada serviço essencial nesta fase. A multa é de 800 UFICs, equivalente a R$ 3.030,88, por descumprimento de medida sanitária.

Também no distrito de Barão Geraldo, no período da tarde, a fiscalização verificou outras denúncias recebidas pelo Portal 156 sobre serviços não essenciais, como academias e salões de beleza. Mas não foram constatadas irregularidades.

Nesta quarta-feira, os fiscais da Vigilância Sanitária também estiveram no Jardim Nova Europa, Jardim Proença, Centro e Vila Mimosa.

No período da manhã, os técnicos da CVS inspecionaram uma drogaria na região do Jardim Nova Europa, a partir de denúncia sobre realização de teste rápido para Covid-19 de forma irregular​. Porém, a infração sanitária não foi constatada. Ainda na região Sul do município, foi inspecionado um supermercado no Jardim Proença. Mas a denúncia de aglomeração e falta de controle de acesso também não foi constatada.

Um shopping comercial, na região central da cidade, também foi fiscalizado, não sendo constatadas irregularidades. As lojas permitidas estavam funcionando de forma regular, sem consumo de alimentos e bebidas no interior dos estabelecimentos, com controle de acesso e apenas com retirada exclusiva nos balcões.

Orientação

A Vigilância Sanitária também atendeu solicitação do Ministério Público do Trabalho (MPT) e inspecionou uma escola particular, no bairro Vila Mimosa, para avaliar os protocolos de retomada das aulas a serem adotados para evitar os riscos de transmissão da Covid-19. As medidas deverão ser seguidas a partir do dia 19 de abril, quando está previsto o retorno do ensino presencial.

Como ocorre em todas as fiscalizações, por seu papel educativo, foram reforçadas para os responsáveis e funcionários dos estabelecimentos as orientações e medidas de controle para prevenção da infecção pela Covid-19 que precisam ser seguidas. Os agentes destacaram a necessidade de manter a ventilação natural dos ambientes, com portas e janelas abertas; o uso correto de máscara de proteção facial e as trocas frequentes; distanciamento social e disposição de álcool em gel, entre outras medidas.

Denúncias

Além das fiscalizações de rotina, que foram intensificadas pela Vigilância Sanitária especificamente no que diz respeito ao cumprimento do Plano São Paulo e decretos municipais, a equipe também verifica denúncias da população. Os registros de irregularidades podem ser feitos pelo telefone 156, no Portal do Cidadão ou no site da Prefeitura em www.campinas.sp.gov.br.

Caso sejam flagradas situações contrárias às determinadas nos decretos municipais, os responsáveis são autuados, estando sujeitos à multa e/ou interdição do seu estabelecimento.

Uma listagem completa das legislações, recomendações técnicas e dados sobre a Covid-19 no município de Campinas está disponível no site https://covid-19.campinas.sp.gov.br/.



OfertaMelhores No. 1
Mop Spray com Cabo e Tecido Noviça Anis
  • Capacidade de limpar até 110 m2
  • Indicado para limpeza rápida e limpeza molhada
  • Pode ser usado em pisos madeirados, frios e sintéticos
  • Seu refil de microfibra é resistente, lavável em máquina e de fácil troca
Continue Lendo

Noticias

Publicidade

Youtube

 

PONTE DA ESPERANÇA

Populares