Connect with us

Campinas

Aulas presenciais seguem suspensas até 11 de abril em Campinas

Portal Hortolândia

Publicado

em

As aulas presenciais em Campinas estão suspensas até o dia 11 de abril, em todas as redes, conforme decreto municipal que será publicado nesta quarta-feira, 31 de março. O anúncio foi feito pelo prefeito Dário Saadi na tarde desta terça-feira, 30 de março, nas redes sociais. Somente faculdades e cursos técnicos da área de Saúde estão autorizados a receber alunos presencialmente.

No caso da rede municipal, o retorno das aulas presenciais estava programado para a segunda-feira, dia 5 de abril. Apesar de o Estado ter decretado que as escolas são estabelecimentos essenciais, em Campinas elas não poderão abrir para receber alunos.

“O município está respaldado pelo Estado, inclusive pelo mesmo decreto em que ele afirma que as escolas são essenciais. No decreto 65.384, ele deixa a cargo do prefeito disciplinar o retorno”, explicou o secretário de Justiça, Peter Panutto.

A medida deve prevalecer enquanto a cidade estiver na fase emergencial ou vermelha. “Na semana anterior ao dia 11 de abril, vamos fazer uma reavaliação dos indicadores de saúde para saber se é possível o retorno gradual das aulas presenciais”, afirmou Panutto.

Dário Saadi informou que a situação epidemiológica na cidade não permite esse retorno das aulas presenciais. “Lamento. Mas não há outro remédio. A hora que lota o Mario Gatti, Ouro Verde e as UPAs quem tem de prestar conta dessas vidas somos nós. Temos compromisso com a vida”, considerou o prefeito.

“Consideramos a Educação essencial, no entanto, temos mais de 200 pessoas na fila esperando por um leito. A vida está no limite ínfimo”, corroborou o secretário de Saúde, Lair Zamboni.

Rede Municipal

Desde 1º de março, os alunos da rede municipal estão em atividades remotas. “O nosso plano de volta às aulas presenciais depende de a cidade estar classificada na fase amarela, dentro do Plano São Paulo”, disse o Secretário de Educação, José Jorge Tadeu.

Campinas

Em Campinas Ações do Toque de Recolher fecham sete comércios e autuam 1 veículo

Portal Hortolândia

Publicado

em

A fiscalização para cumprimento do Toque de Recolher resultou no fechamento de sete estabelecimentos e um veículo autuado com base na Lei do Pancadão em Campinas na noite de sexta-feira, 7 de abril.

As fiscalizações ocorreram na região da Praça da Concórdia, na Avenida John Boyd Dunlop (Estação Bela Aliança) e no Balão do Jardim Londres.

Na fiscalização, 383 veículos foram abordados, 1.089 pessoas orientadas e 109 estabelecimentos comerciais fiscalizados, resultando no fechamento de sete dele.

O objetivo da operação é restringir a circulação de pessoas na cidade durante a noite.
A partir deste sábado, 8 de maio, com a prorrogação da fase de transição e flexibilizações no Plano São Paulo até o dia 23 de maio, o toque de recolher passa a valer das 21h01 às 4h59.

Decreto publicado na edição deste sábado do Diário Oficial alterou as penalidades para quem descumprir o Toque de Recolher. Quem descumprir não será mais levado ao distrito policial para eventual apuração de crime contra a saúde pública. Nesse caso, caberá apenas orientação. O encaminhamento ao distrito permanece em relação às festas clandestinas e reuniões familiares com mais de dez pessoas.

Continue Lendo

Campinas

Aposta de Campinas levou mais de 1 milhão na lotofacil

Portal Hortolândia

Publicado

em

Na noite dessa quarta-feira (05), uma aposta de Campinas-SP acertou as 15 dezenas do concurso 2222. Os números premiados foram:

02 04 05 06 07 08 09 10 12 13 14 19 22 23 24

De acordo com a Caixa, o vencedor terá direito a um prêmio de R$ 1.328.248,76

Ainda segundo a caixa tiveram prêmios para:

14 acertos
277 apostas ganhadoras, R$ 1.436,32

13 acertos
11408 apostas ganhadoras, R$ 25,00

12 acertos
134334 apostas ganhadoras, R$ 10,00

11 acertos
704431 apostas ganhadoras, R$ 5,00

Continue Lendo

Campinas

Vigilância Sanitária autua drogaria por irregularidades em Campinas

Portal Hortolândia

Publicado

em

A equipe da Vigilância Sanitária de Campinas, do Departamento de Vigilância em Saúde (Devisa), autuou, nesta terça-feira, 4 de maio, uma drogaria no Jardim Novo Campos Elíseos. A equipe interditou os medicamentos controlados, que estavam sendo vendidos de forma irregular.

Os técnicos da Vigilância tinham ido à farmácia para uma inspeção, solicitada pelos proprietários, com o objetivo de renovar a licença de funcionamento do estabelecimento. Ao chegar no local, encontraram as irregularidades.

A farmácia estava comercializando medicamentos controlados e anabolizantes e aplicando injeções sem receita médica e sem envio de informações à Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Até produto de uso veterinário foi encontrado no local.

Os medicamentos controlados – lacrados em 14 sacolas numeradas e dois armários trancados – e a sala de serviços farmacêuticos foram interditados. A penalidade ao estabelecimento será definida pela Vigilância Sanitária após o prazo para defesa, a ser apresentada por parte dos proprietários da drogaria.

imagem ilustrativa

Continue Lendo

Noticias

Youtube

 

PONTE DA ESPERANÇA

Populares