Connect with us

Esportes

Equipe de atletismo da APC encerra Nacional com 15 medalhas, três recordes das Américas e dois Brasileiros

Portal Hortolândia

Publicado

em

A temporada 2019 para o atletismo paraolímpico se encerrou no último final de semana, com a conclusão do Campeonato Brasileiro Loterias Caixa de Paratletismo. A competição rendeu ótimos resultados à APC –

Associação Paraolímpica de Campinas: além de 15 medalhas, os atletas conquistaram três Recordes das Américas, dois Recordes Brasileiros e seis Recordes do Campeonato.

“Apesar da oscilação climática, muitos dos nossos objetivos foram alcançados nesta competição. Um exemplo é a melhora dos índices técnicos dos nossos atletas. De toda a equipe, apenas um atleta não medalhou; os demais todos medalharam. Tivemos alguns quartos e quintos lugares também, mas ainda assim com tempos e marcas bem próximas da melhor marca pessoal, o que mostra que eles estão competindo em alto nível”, pontua Sinval Oliveira, oitavo colocado entre os melhores técnicos do Brasil.

Tais conquistas renderam à entidade o quinto lugar entre os 132 clubes participantes e a sexta posição no quadro de medalhas. “Ano passado nós ficamos em oitavo e os resultados da competição deste ano nos permite subir degraus importantes. Fechamos o ciclo como a entidade que mais recordes bateu, o que qualifica o mérito individual, mas ressalta o valor coletivo. Essa foi uma temporada muito significativa para nós, um grupo enxuto, razoavelmente pequeno, mas de muita qualidade. Incluindo a parte técnica, tendo em vista a colocação final do nosso técnico Sinval, que carrega com ele toda a comissão”, comenta Luiz Marcelo, gestor de projetos da APC.

Agora o foco se volta para a temporada 2020. “Encerramos um ciclo e já conseguimos determinar uma projeção para a próxima temporada. Temos uma boa visibilidade da equipe, atletas muito bons, de renome nacional e internacional e que vem rendendo bem. Então a expectativa é classificar alguns nomes para as Paralimpíadas de Tóquio”, conclui Oliveira.

RESULTADOS DO CAMPEONATO BRASILEIRO

100m T62       OURO Alan Fonteles / 00:11.11 (RA*, RB** e RC***)

100m T37       OURO Verônica Hipólito / 00:13.87 (RB e RC)

200m T62       OURO Alan Fonteles / 00:22.29 (RA)

400m T62       OURO Alan Fonteles / 00:55.76

1500m T37     OURO Luã Mancera / 04:36.15 (RC)

5000m T37     OURO Luã Mancera / 17:30.98 (RB e RC)

Peso F40         OURO Jair Porfírio / Marca: 8.24m (RA e RC)

Peso F44         OURO Maria do Socorro / Marca: 7.17m (RC)

Dardo F40      OURO Jair Porfírio / Marca: 31.85m

Disco F40       OURO Jair Porfírio / Marca: 16.80m

400m T13       PRATA Davi Wilker / 00:51.94

Peso F64         PRATA Jeferson Prado / Marca: 11.07m

Salto T20        PRATA Larissa Oliveira / Marca: 4.82m

Salto T38        PRATA Paulo Machado / Marca: 5.02m

400m T37       BRONZE Luã Mancera / 00:58.84

Salto T37        BRONZE Verônica Hipólito / Marca: 2.98m

100m T38       QUARTO Paulo Machado / 00:12.46

Disco F44       QUARTO Maria do Socorro / Marca: 16.38m

1500m T11     QUINTO Cleiton Lopes / 05:04.86

Dardo F64      QUINTO Jeferson Prado / Marca: 29.10m

Disco F64       QUINTO Jeferson Prado / Marca: 33.48m

400m T38       SÉTIMO Paulo Machado / 01:03.16

* Recorde das Américas ** Recorde Brasileiro *** Recorde do Campeonato

O Projeto

Centro de Treinamento em Esportes Paralímpicos de Campinas e Região – CTEPCR: Atletismo Fase I é o primeiro projeto voltado para o atletismo de alto rendimento a ser executado pela APC, via Lei de Incentivo Federal. As ações prioritárias são a massificação da prática dos esportes paralímpicos e excelência esportiva de rendimento, objetivando o desenvolvimento e crescimento da prática dos esportes paralímpicos na RMC. Buscando dar maiores e melhores oportunidades aos atletas de camadas sociais menos favorecidas, o projeto visa a formação de uma equipe com 12 atletas – em níveis regional, nacional e internacional, cujo trabalho e empenho almejam participação e representação como equipe do município nos Jogos Regionais e Jogos Abertos do Interior do estado de São Paulo, bem como em eventos esportivos dos calendários estadual e nacional. Para tanto, são oferecidos treinos diários no CEAR (Centro Esportivo de Alto Rendimento), localizado em Campinas, interior de São Paulo, garantindo atendimento de excelência no processo de aprendizagem, aperfeiçoamento e treinamento em esportes paralímpicos. Com duração de doze meses, CTEPCR: Atletismo Fase I recebe patrocínio da 3M, Grupo Bauminas, Aviagen, CI&T, Buckman, Matera, Stoller, Hospital Vera Cruz e Fundação Educar DPaschoal, além de apoios do FIEC e da Prefeitura Municipal de Campinas.

Sobre a APC

A Associação Paraolímpica de Campinas (APC) é uma entidade não governamental e sem fins lucrativos com sede no município de Campinas que busca, através do fomento e desenvolvimento de atividades esportivas, contribuir para a formação global de pessoas com deficiência na perspectiva da inclusão social. Fundada em maio de 2007, a APC atua nas modalidades de natação e atletismo, congregando pessoas com diferentes graus e tipos de deficiência fundamentado em atendimentos direcionados, realizados por profissionais com vasta experiência no desenvolvimento de atividades voltadas para este segmento.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia

Esportes

João Alécio inicia nova etapa na equipe Scuderia GP 28 em Paulínia

Portal Hortolândia

Publicado

em

O piloto de kart João Alécio, de Paulínia (SP), passou a treinar oficialmente na Scuderia GP 28, equipe bi-campeã brasileira e campeã da Copa Brasil de Kart, do piloto Rodrigo Pacetta. A meta é a preparação de Alécio para competições oficiais ainda na categoria Cadete, de 7 a 11 anos. O principal foco é a participação no Campeonato Brasileiro de Kart, que será realizado em dezembro, no Speed Park, em Birigui (SP).

O primeiro treino do jovem piloto na equipe aconteceu na última sexta-feira (3), no Kartódromo Internacional San Marino, em Paulínia (SP), quando João Alécio foi recebido por Pacetta e pelo preparador Gustavo Vieira. Após treino de duas horas, o piloto e chefe da Scuderia GP 28, Rodrigo Pacetta, disse que a performance de João Alécio foi muito boa e que estava muito feliz em tê-lo na equipe.

“Em termos de tocada, de pilotagem, não tem o que inventar moda, ele já guia muito rápido. A guiada dele é show, ele é muito ligado, atento ao que está acontecendo, e é isso o que a gente espera dele”, destacou Pacetta.

O piloto João Alécio também comentou sobre a mudança de equipe e o início de uma nova fase, em que busca a profissionalização no kartismo.

“A GP 28 me acolheu muito bem e sinto que futuramente vou me destacar mais, melhorando meu desempenho. Espero ter bons resultados, é uma honra eu estar nessa equipe”, comemorou Alécio.

Na temporada 2020, o piloto disputa uma das maiores competições de kart do interior do estado, a Copa F-Racers, promovida pela F4Racers Motorsports, em Paulínia, competição na qual sagrou-se campeão da categoria Cadete em 2019.

APOIO

João Alécio conta com o apoio de Práxis Mídia, Osvaldo Furiatto Fotografia e Design, Máfia da Navalha, Kart Machine, Scuderia GP 28, Kartódromo Internacional San Marino e Portal do Utilitário. Empresas de Paulínia e região, interessadas em patrocinar o piloto, podem entrar em contato pelo (19) 99662-7548.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Esportes

Piloto de Campinas mantém rotina intensa de treinos durante a quarentena

Portal Hortolândia

Publicado

em

No último fim de semana, João Pedro Maia utilizou duas modalidades diferentes para manter-se física e mentalmente ativo no automobilismo

O piloto campineiro João Pedro Maia, 15 anos, que aguarda o início da disputa da temporada 2020 da Fórmula 4 FIA Argentina, vem mantendo uma forte rotina de treinos físicos e técnicos durante a quarentena e vive a expectativa de voltar às competições já no próximo mês. No último fim de semana, Maia treinou de kart no Kartódromo Internacional San Marino, em Paulínia, na sexta-feira (26 de junho), e com um carro da Fórmula Vee em pista molhada no Autódromo Esporte Clube Piracicabano de Automobilismo, em Piracicaba, no sábado (27).  

O jovem piloto, que vive com a família no distrito de Barão Geraldo, aguarda a confirmação de uma prova da Fórmula 1600 em Cascavel (PR) para o mês de julho, quando fará sua estreia nesta temporada. Quanto à F4 FIA, na Argentina, a abertura do campeonato poderá ocorrer no mês de agosto.

“Estou muito ansioso para o início da temporada de Fórmula 4, com uma expectativa alta, já que fui bem rápido nos treinos que participei. Minha rotina de treinos e de preparação física são muito importantes, pois me ajudam a manter a forma e constância na pista. Quando começar a temporada desse ano, já estarei preparado”, explica João Pedro Maia.

No kartismo, entre 2012 e 2018, Maia construiu uma sólida trajetória, acumulando vitórias e títulos, com destaque para o Sul-Americano de Kart, em 2018, na categoria Codasur Júnior.

Já na Fórmula Vee foi campeão paulista com 10 vitórias consecutivas, em 2019, e campeão da Fórmula Vee Júnior (para pilotos de até 19 anos), no mesmo ano. O piloto ainda fechou a vitoriosa temporada de 2019 conquistando o troféu Capacete de Ouro, maior premiação de automobilismo nacional para atletas em formação.

A Fórmula 4 FIA, na Argentina, vale pontos para obter a superlicença na Fórmula 1. É considerada como a maior “categoria-escola” do mundo, presente em mais de 15 países. O piloto campineiro realizou testes na modalidade em dezembro de 2019 e janeiro deste ano.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Esportes

Irmãos Ciclistas percorrem 614 KMs de Hortolândia a Dracena

Avatar

Publicado

em

Os irmãos Jean e Julimar Martins saíram na última quarta-feira (3) da cidade de Hortolândia, pedalaram um total de 614 Kms., média de 120 Kms. por dia e chegaram a Dracena nesta segunda-feira (8).

São sobrinhos da senhora Ascensão, moradora de Dracena que também é esportista e acompanhou os atletas com carro de apoio no total do percurso.

A rota seguida foi: Hortolândia, Botucatu, Santa Cruz do Rio Pardo, Assis, Presidente Prudente, Santo Anastácio, Ribeirão dos Indios, Jaciporã, Bairro Maquininha, onde pararam para apreciar o sítio do querido e saudoso avô Paquito, e finalmente Dracena.

Um dos irmãos, o Jean, é natural de Dracena.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Noticias

Publicidade

Youtube

 

PONTE DA ESPERANÇA

Populares