Connect with us
Publicidade


Nossa Cidade

2ª Corrida Pernas de Aluguel vai promover inclusão de pessoas com deficiência em Hortolândia

Portal Hortolândia

Publicado

em

A 2ª Corrida Pernas de Aluguel de Hortolândia vai promover a inclusão de pessoas com deficiência (PcD) em Hortolândia. Durante a corrida de rua, os atletas voluntários do Pernas de Aluguel vão “alugar suas pernas” e conduzir as pessoas assistidas pelo projeto por meio de triciclos adaptados. O evento será realizado no dia 26 de maio, com largada às 8h no Parque Socioambiental Chico Mendes, em Hortolândia, e faz parte do calendário oficial em comemoração ao mês e aniversário do município.

A corrida é aberta a qualquer corredor de rua, profissional ou amador, acima de 16 anos. Serão três percursos, com categorias masculino e feminino: corrida 10 km e 5 km; e caminhada 3k. Na ordem de largada, dentre os competidores e voluntários, os corredores de elite integram o primeiro pelotão da corrida, com largada programada para as 8h. Em seguida, largam os atletas voluntários conduzindo os 40 triciclos adaptados para PcDs. Destes, 12 são do Pernas de Aluguel de Hortolândia; 20 são do projeto em Campinas; e oito são de outras equipes. Por último, será dada a largada para a caminhada.

A coordenação da corrida estima a participação de cerca de 1.200 pessoas entre corredores, organizadores, voluntários e apoiadores. A coordenadora do Pernas de Aluguel de Hortolândia, Cristiane Rocha, destaca que a corrida é um evento voltado exclusivamente à inclusão, com o objetivo de proporcionar momentos de alegria e lazer aos beneficiados pelo projeto. “É maravilhoso notar o desenvolvimento de cada pessoa, principalmente das crianças, que antes viviam isoladas, ou restritas apenas ao círculo familiar. Muitas não sorriam, não interagiam e, após a experiência do Pernas de Aluguel, passaram a sorrir, a interagir, a ansiar pelo fim de semana para poder participar dos treinos e das corridas”, afirma Rocha.

Percursos

Os três percursos (corrida 5km e 10 km; e caminhada 3 km) têm largada e chegada na rua João Mendes, ao lado do Parque Socioambiental Chico Mendes, na região central de Hortolândia.

O trajeto da corrida 10 km inicia-se no Parque Socioambiental Chico Mendes; segue pela rua Sete de Setembro; acessa a avenida Olívio Franceschini até a rua José João da Silva; passa pela recém-inaugurada Ponte Estaiada e retorna pelo mesmo percurso até a rua Antônio Mancini Pineli, passando pela praça Maria Marcheti, até a linha de chegada no Chico Mendes.

O trajeto 5 km tem largada no Parque Socioambiental Chico Mendes, segue pela rua Sete de Setembro; acessa a avenida Olívio Franceschini; vira na rua Cacto e retorna pela avenida Olívio Franceschini até a chegada no Parque Socioambiental Chico Mendes.

Já a corrida 3 km tem a largada no Parque Socioambiental Chico Mendes; segue pela rua Sete de Setembro; acessa a avenida Olívio Franceschini; vira na rua Aparício Costa Camargo e retorna pelo mesmo caminho até a chegada no Chico Mendes.

Inscrições

Os atletas que quiserem participar da 2ª Corrida Pernas de Aluguel de Hortolândia têm até o dia 19 de maio para realizar a inscrição pelo site do projeto www.pernasdealuguel.com.br ou pelo site www.nexrace.com.br. O valor da inscrição é de R$ 49,00, mais 2 kg de alimentos não perecíveis. Para inscrições pelo site Nexrace há cobrança de taxas. Idosos com mais de 60 anos têm direito a desconto de 50% no valor da inscrição.

Os alimentos arrecadados serão doados para o Fundo Social de Solidariedade de Hortolândia (Funsol), e encaminhados a famílias em situação de vulnerabilidade social atendidas pelos CRAS e CREA do município.

Retirada dos Kits

Os kits com camiseta, porta-medalhas, número de peito e chip de cronometragem poderão ser retirados em dois locais: no dia 24 de maio, no Shopping Hortolândia – loja American Shoes, das 14h às 19h; e no dia 25 de maio, na Faculdade de Hortolândia (FACH), das 9h às 16h.

Premiação

Não haverá premiação em dinheiro para nenhum percurso. Todos os que finalizarem a prova vão receber uma medalha especial da 2ª Corrida Pernas de Aluguel de Hortolândia. Os três primeiros colocados de cada faixa etária nas corridas 5 km e 10 km ainda receberão um medalhão. As faixas etárias definidas são: de 16 a 24 anos; 25 a 29 anos; 30 a 34 anos; 35 a 39 anos; 40 a 44 anos; 45 a 49 anos; 50 a 54 anos; 55 a 59 anos; e de 60 anos ou mais.

Os três primeiros atletas colocados no geral, masculino e feminino, nas corridas 5 km e 10 km e as três equipes com o maior número de inscritos receberão um troféu especial do evento.

Sobre o Pernas de Aluguel de Hortolândia

O Pernas de Aluguel de Hortolândia é um projeto sem fins lucrativos, que tem como objetivo promover a inclusão social de pessoas com deficiência motora – crianças, adolescentes e adultos –, por meio de corridas de rua. São atendidas pessoas com paralisia cerebral leve e severa, autistas, portadores da Síndrome de Down, entre outros tipos de deficiências físicas e intelectuais.

As pessoas assistidas pelo projeto são conduzidas em triciclos especiais em corridas de rua por atletas voluntários, que “alugam” suas pernas para leva-los a uma experiência única e emocionante de cruzar a linha de chegada. A expectativa é que cada pessoa beneficiada possa ampliar o convívio social e redescobrir a vida através do esporte.

Além de Hortolândia, a iniciativa já está presente nas cidades de São Paulo (SP), Campinas (SP) e Belo Horizonte (MG). Para ser voluntário, cadastre-se no site pernasdealuguel.com.br ou entre em contato pelo telefone (19) 98612-0132.

Serviço

Largada da 2ª Corrida Pernas de Aluguel de Hortolândia: Parque Socioambiental Chico Mendes – rua João Mendes, s/n, Parque Ortolândia – Hortolândia

Data: 26 de maio

Horário: largada a partir das 8h

Inscrições: www.pernasdealuguel.com.br

Retirada dos kits:

24/05 – Shopping Hortolândia – Loja American Shoes: das 14h às 19h

25/05 – Faculdade de Hortolândia (FACH) – das 9h às 16h

Realização: Pernas de Aluguel de Hortolândia

Fotos: Divulgação – Pernas de Aluguel de Hortolândia

Mais informações: (19) 9.8612-0132

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia

Nossa Cidade

Hortolândia entra na “Fase Laranja”, a partir desta segunda-feira (25/01)

Prefeitura

Publicado

em

Após anúncio do Governo do Estado sobre o aumento do número de casos de COVID-19 em São Paulo, Hortolândia volta à “Fase Laranja”, a partir desta segunda-feira (25/01), das 6h às 20h. Porém a medida traz ainda outra novidade: à noite, diariamente, das 20h às 6h, e aos finais de semana  (30 e 31/01 e 06 e 07/02),  o dia inteiro, o município entra na “Fase Vermelha” até o dia sete de fevereiro. Isto significa que algumas atividades essenciais e não-essenciais devem seguir regulamentação específica (veja abaixo), durante a nova etapa. 

A mudança de fase vale para toda a Região de Campinas. O decreto municipal 4.709/2021, com as novas medidas de funcionamento do comércio, dos serviços e das empresas existentes na cidade, em consonância com o Plano São Paulo de reabertura gradual e consciente das atividades, foi publicado, nesta segunda-feira (25/12), no Diário Oficial Eletrônico do Município. 

Durante a “Fase Laranja”, as atividades não-essenciais estão autorizadas a funcionar, por no máximo oito horas diárias, contínuas ou alternadas, entre 6h e 20h, de segunda a sexta-feira, atividades como shopping centers, galerias e estabelecimentos congêneres (sem espaços de recreação); comércio e serviços em geral; restaurantes e congêneres; salões de beleza, barbearias e congêneres; academias de esporte de todas as modalidades e centros de ginástica particulares; feiras livres; atividades presenciais no âmbito da educação não-regulada, isto é, não sujeita à autorização de funcionamento ou avaliação de qualidade pelo Poder Público (escolas particulares devem seguir as regulamentações do governo estadual); e eventos, convenções e atividades culturais, incluindo cinemas. 

De acordo com o decreto municipal, nesta fase, restaurantes, lojas de conveniência e estabelecimentos similares só poderão atender, de modo presencial, clientes sentados, respeitando todos os protocolos sanitários. Além disso, o limite máximo de atendimento simultâneo a clientes e usuários será de 40% da lotação máxima permitida ao estabelecimento. Não é permitido o atendimento presencial em bares.

De acordo com o Comitê de Prevenção e Enfrentamento do Coronavírus, é necessário que todos os atendentes de estabelecimentos comerciais e prestadores de serviço usem máscaras e também “face shield”. O uso da máscara é obrigatório inclusive para a prestação de serviço nos sistemas “drive-thru” (quando efetua a compra dentro do carro) e “take-away/take-out” (retirada para consumo). 

Templos religiosos têm permissão para realizar atividades com duração máxima de 1 hora e com intervalo mínimo de 1 hora entre as programações, tempo destinado à limpeza do local. Além disso, para eles, fica estabelecido o limite de público de 30% da capacidade máxima permitida, sem a presença de pessoas acima de 60 anos, crianças abaixo de 12 anos de idade e pessoas com comorbidades (diabetes, pressão alta, obesidade, doenças respiratórias crônicas, câncer, imunodeprimidas e gripadas).

“Fase Vermelha”

Durante a “Fase Vermelha” (todos os dias, das 20h às 6h, e aos finais de semana por todo o período), comércios e prestadores de serviços não essenciais ficam fechados ao público, para atendimento presencial. Porém podem funcionar por meio de aplicativos, internet, telefone ou similares para entrega no sistema “delivery”, “drive-thru” e “walk-thru” (retirada de produtos na porta do estabelecimento).

Estão autorizados a funcionar 24h por dia estabelecimentos que prestam os chamados serviços essenciais, tais como farmácias, drogarias, óticas e congêneres; hipermercados, supermercados, mercados, açougues, peixarias, hortifrutigranjeiros, quitandas, feiras livres e centros de abastecimento de alimentos; lojas de venda de alimentação para animais; distribuidores de gás; lojas de venda de água mineral; padarias; postos de combustível; hospitais, clínicas, laboratórios, sanatórios, manicômios, casas de saúde, prontos-socorros, ambulatórios e congêneres.

Templos religiosos.

Segundo o decreto, nesta fase, lojas de conveniência e distribuidores de bebidas, como adegas, terão restrição de funcionamento aos finais de semana, podendo realizar atendimento das 10h às 19h.

Outras informações podem ser obtidas no portal da Prefeitura: www.hortolandia.sp.gov.br.

Fiscalização

A Prefeitura ressalta que, no período da “Fase Vermelha”, haverá fiscalização estadual no município, além da fiscalização e autuação municipal já realizadas desde o início da pandemia. 

A Operação de Orientação e Fiscalização sobre o Coronavírus nos comércios tem se intensificado, a cada dia. Desde 21 de março, equipes da Administração Municipal percorrem a cidade, de domingo a domingo, das 9h às 23h. O trabalho orientativo e fiscalizador, para conter a disseminação do vírus, é realizado em todas as regiões de Hortolândia por uma força tarefa formada pelo Setor de Fiscalização, Secretaria de Governo, a Vigilância Sanitária, da Secretaria de Saúde, o departamento de Posturas, da Secretaria de Planejamento e pela Guarda Municipal.

Segundo dados do Núcleo Estratégico da GM, a cidade acumula, de janeiro de 2020 até 17 de janeiro, o total de 3.044 ocorrências de perturbação de sossego, em espaços públicos e privados, 16 somente em 2021. Em média, de acordo com a Secretaria de Governo, são realizadas 1.500 visitas por mês. Nestas ações de fiscalização, estabelecimentos que descumprem as regras do Decreto Municipal podem ser multados, em valores que variam desde R$ 1 mil até R$ 30 mil.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Atleta vítima de acidente aéreo iniciou vida esportiva em escolinhas de Hortolândia

Prefeitura

Publicado

em

Um trágico acidente aéreo no interior de Tocantins abreviou a carreira do jovem Lucas Praxedes, jogador do Palmas, time da quarta divisão do Campeonato Brasileiro. Natural de Campinas, ele deu os primeiros passos para o futebol em Hortolândia, local de residência da família do atleta. Praxedes começou no projeto Escolinhas Esportivas da Prefeitura e  defendeu a seleção de futebol da cidade em disputas dos Jogos Regionais do Interior. 

Após os primeiros chutes em Hortolândia, o jovem jogador foi descoberto pelo time sub-17 da Inter de Limeira. Depois passou pelo Capivariano, onde foi vice-campeão do Paulista sub-20, em 2016 e no Marília, onde ajudou a equipe a conquistar o acesso para a série A3 do Campeonato Paulista. Lucas foi recentemente transferido para o Palmas.

Além de Praxedes, o acidente aéreo vitimou outros três jogadores, o presidente do clube tocantinense e o comandante da aeronave. O vôo seguia para Goiânia, onde o Palmas enfrentaria o Vila Nova pela Copa Verde.

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Prefeitura inicia instalação de postes para nova iluminação no Pq. Socioambiental Chico Mendes

Prefeitura

Publicado

em

Foi iniciada por equipes da Prefeitura de Hortolândia, na tarde desta segunda-feira (25/01), a instalação dos postes ornamentais com lâmpadas de LED na área de lazer e entorno do Parque Chico Mendes, na região central da cidade. De acordo com a Secretaria de Obras, na intervenção em andamento no espaço de lazer, serão instalados aproximadamente 140 novos postes de tamanhos variados entre 4 e 12 metros de altura,  possibilitando ampla abrangência do potencial de luminosidade, inclusive na  área abaixo da copa das árvores. A expectativa é que até o final desta semana os postes já estejam instalados.

A obra de modernização e ampliação do sistema de iluminação do Parque é uma ação realizada por meio de uma PPP (Parceria Público Privada), que realizará diversas obras de modernização da iluminação pública na cidade. A ação no espaço público de lazer é a primeira desta série de obras que irão trazer mais segurança e luminosidade para espaços públicos. Com a PPP, a Administração Municipal já realiza a troca das luzes de todos os postes da cidade, substituindo as antigas lâmpadas de vapor de sódio por luminárias LED, que garantem maior potencial de luminosidade com economia para o município. 

A obra de modernização do sistema de iluminação do Parque Socioambiental Chico Mendes reaproveitará, ainda, os postes já existentes no local: são três estruturas próximas da academia da melhor idade, que receberão luminárias LED, favorecendo o uso do espaço, mesmo à noite, para a prática de atividades físicas. O trabalho completo deve ser concluído no início de fevereiro.

Novas etapas contemplarão outros locais

Numa segunda etapa da modernização, será possível o monitoramento inteligente de cada ponto de luz. De acordo com a Secretaria de Planejamento Urbano, com o avanço das ações da PPP nas ruas , parque e praças da cidade, todos os postes receberão transmissores de dados, equipamentos capazes de reduzir o nível de luminosidade das lâmpadas nos horários em que há menos fluxo de pessoas nas avenidas e parques, colaborando para a economia de energia. Além disso, será possível monitorar falhas, como lâmpadas queimadas, o que garantirá manutenção mais rápida, além de eficiência energética.

Outra possibilidade é a utilização destes transmissores para serviços de diversas naturezas, como monitoramento de queimadas com sensores de fumaça. Essa ação coloca Hortolândia na lista das cidades inteligentes do Brasil, cujo conceito é justamente usar tipos diferentes de sensores eletrônicos para coletar dados e gerenciar recursos de forma eficiente.

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Noticias

Publicidade

Youtube

 

PONTE DA ESPERANÇA

Populares