Connect with us

Nossa Cidade

2º Hip Hop Solidário terá banca de troca de livros usados

Prefeitura

Publicado

em

Você tem livros usados e quer trocá-los por outros que ainda não leu? Então, se liga! A dica é conferir a banca de troca de livros que a Biblioteca Municipal “Terezinha França de Mendonça Duarte”, órgão da Prefeitura, montará no evento 2º Hip Hop Solidário, neste sábado (15/02), na Emef (Escola Municipal de Ensino Fundamental) Jardim Amanda I (CAIC), localizada na rua Graciliano Ramos, 689. A banca funcionará das 13h às 17h.

O coordenador da biblioteca, Rafael Antonio da Silva, explica que somente poderão ser trocados livros em bom estado de conservação, sem rasuras, rabiscos ou partes amassadas. “Não serão aceitos livros didáticos, enciclopédias ou obras reproduzidas em fotocópia. Também não serão aceitas revistas e livretos”, explica Silva. Antes de efetuar a troca, os livros passarão por uma triagem e avaliação. A troca será feita no esquema 1 por 1, ou seja, um livro por outro livro. O público também poderá levar CDs e DVDs para trocar. De acordo com o coordenador, a banca disponibilizará de 300 a 400 títulos para troca.

Os livros serão divididos em quatro categorias, cada uma identificada por uma cor: vermelha (literaturas estrangeira e juvenil), azul (literaturas brasileira, portuguesa e religiosa), verde (biografias, livros sobre autoajuda, culinária, informática, filosofia, matemática, entre outros temas de interesse geral), laranja (literatura infantil e gibis) e lilás (CDs e DVDs). 

O coordenador ressalta ainda que no dia a banca não aceitará doações de livros. Quem deseja fazer doação de livros, pode levá-los, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, na própria biblioteca municipal, que fica no piso inferior do Open Shopping, localizado na rua Luiz Camilo de Camargo, 581, região central. Os livros a serem doados também passam por triagem e avaliação. “Fazemos uma avaliação para ver se ficaremos com os livros a serem doados, que serão incorporados ao acervo da biblioteca”, explica Silva.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Nossa Cidade

Comércios de Hortolândia podem funcionar de Forma Delivery e drive-thru

Redação

Publicado

em

Por

O Prefeito de Hortolândia, Ângelo Perugini, liberou os comércios não essenciais para funcionar através do sistema de entrega (delivery) e no sistema drive-thru (atendimento sem descer do veículo). Os comércios continuam impedidas de atender os clientes no interior do estabelecimento.

Os comerciantes deverão continuar a evitar as aglomerações e manter todo protocolo de higienização. Para o sistema Drive-thru os comerciantes deverão organizar as filas com distância mínima de 2 metros entre os veículos ou pessoas. O Drive-thru deverá respeitar o horário das 7h às 19h.

A prefeitura recomenda também a utilização de cartões de débito, crédito ou transferência bancárias como meio de pagamentos.

DAS BOAS PRÁTICAS NO ATENDIMENTO AOS CLIENTES

Durante o período que perdurar o estado de emergência decretado em razão da pandemia do coronavírus que origina a COVID-19, o estabelecimento deverá em relação ao atendimento de seus clientes por meio de drive e walk-thru:

1) Atender um cliente por vez;
2) Garantir que o consumidor não saia de seu veículo para realizar ou retirar o pedido
e efetuar o pagamento;
3) Realizar a entrega dos produtos e encaminhar o cliente para a saída da área do
drive-thru e do walk-thru o mais rápido possível;
4) Garantir a distância mínima de 02 (dois) metros entre os veículos e clientes;
5) Respeitar a lotação total de cada área delimitada para a circulação de veículos e
pessoas;
6) Higienizar as embalagens dos produtos antes da entrega; e
7) Evitar a utilização de sacolas plásticas e similares, quando possível, como forma
de prevenção ao contágio.

Continue Lendo

Nossa Cidade

Prefeitura inicia obra de melhoria viária na avenida Thereza Ana Cecon Breda

Prefeitura

Publicado

em

A margem da avenida Thereza Ana Cecon Breda, na altura do bairro Chácaras Recreio Alvorada, começou a ser limpa pela Prefeitura de Hortolândia. Com esta ação, a Administração Municipal inicia as obras de melhoria viária no trecho que vai desde o Jd. das Colinas, em frente ao IFSP (Instituto Federal de São Paulo), até a divisa do município com Sumaré. As obras, que serão realizadas pela Administração Municipal, fazem parte do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento). O prazo para execução dos trabalhos é de oito meses.

De acordo com a Secretaria de Obras, com as intervenções na avenida, a Prefeitura garantirá maior fluidez ao tráfego de veículos, com mais segurança para motoristas e pedestres. A via terá ciclovia e calçada para pedestres em uma das laterais. Além disso, o canteiro central será ornamentado com paisagismo e iluminação com luminárias de LED. Ao todo, a obra será realizada numa extensão de 940 metros. Além do alargamento da pista, com implantação de canteiro central, a Prefeitura fará um dispositivo de retorno no acesso ao bairro Chácaras Recreio Alvorada e construirá um posto de monitoramento na entrada da cidade para quem vem de Sumaré.

A estrutura será uma espécie de portal sobre a avenida, equipada com câmeras de monitoramento. O portal será parecido com aquele que também será construído na avenida São Francisco de Assis, na entrada da cidade pelo Parque do Horto.

PIC

O PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento) foi implantado pelo prefeito Angelo Perugini para acelerar o desenvolvimento urbano, ambiental, social e humano para que Hortolândia cresça com planejamento e sustentabilidade nos próximos 30 anos. O programa prevê mais de 100 obras e serviços, em diversas áreas. Para a realização destas intervenções, a Prefeitura conta com apoio da iniciativa privada, dos governos estadual e federal, sendo que a principal fonte de recursos é um financiamento junto ao banco internacional CAF.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Continue Lendo

Nossa Cidade

Agora, dá pra ter aula online de ginástica funcional

Prefeitura

Publicado

em

Preocupados com o isolamento social em tempos de Coronavírus, professores do Projeto Escolinhas Esportivas da Prefeitura de Hortolândia realizam ações para melhorar a saúde e o bem-estar das pessoas. O profissional de educação física Thiago Gean, que dá aulas de vôlei de praia na Praça de Esportes do Jardim Santa Clara do Lago (CIF), pelo projeto da Administração Municipal, é um deles. Agora, com a suspensão temporária das atividades esportivas presenciais, o educador físico usa a própria rede social (Instagram) para disponibilizar aulas gratuitas online de ginástica funcional, às terças e quintas-feiras, a partir das 19h. Para participar da atividade interativa, basta clicar no link https://www.instagram.com/thiagogean?r=nametag.

“A aula está disponível para todos participarem. A ginástica funcional é recomendada pelos profissionais de educação física para ajudar no emagrecimento e condicionamento físico. A atividade também envolve alongamento. É importante manter o corpo em movimento durante este período. Na semana passada, aproximadamente 90 pessoas acompanharam a aula online. Alunos do projeto da Prefeitura e a população em geral estão convidados a participar”, afirma Gean.

AULA VIRTUAL DE ZUMBA TAMBÉM É OPÇÃO

Outro integrante do projeto Escolinhas Esportivas da Prefeitura a participar da iniciativa é a professora de Educação Física, Mariana Lopes. Ela disponibiliza, desde o dia 23 deste mês, aulas virtuais de zumba, em suas redes sociais. A atividade acontece todos os dias, às 19h.

Interessados em participar da aula virtual de zumba podem acessar o Instagram (marilopes_personal) ou o Facebook da professora (Mariana Lopes) e, mesmo “trancado” em casa, pôr o corpo em movimento. Mariana dá aulas da modalidade no Ginásio Poliesportivo Victor Savala, no Jardim Nossa Senhora de Fátima, e na quadra da Emef Jd. Amanda I (CAIC), no Jardim Amanda.

“Praticar exercícios, mesmo em quarentena, ajuda no bem-estar e na saúde das pessoas. Nossos professores, com estas ações, mostram preocupação com a população e buscam incentivar todos a cuidar da saúde, tanto física quanto mental. A tecnologia é nossa aliada nesses momentos e, mesmo estando longe uns dos outros, devemos nos manter ativos. Cada atitude faz bem, neste momento”, afirma o secretário de Esporte e Lazer da Prefeitura, Marcos Panício, o Mercadão.

ESCOLINHAS ESPORTIVAS

No início de 2017, quando o prefeito Angelo Perugini assumiu a Prefeitura, as Escolinhas Esportivas atendiam seis mil alunos em 21 modalidades. Atualmente, são 9.500 pessoas beneficiadas em 30 modalidades. A reestruturação do projeto e a implantação de novos espaços esportivos permitiram a criação de quase quatro mil novas vagas em outras nove modalidades.

Superada a pandemia do Coronavírus (COVID-19), as atividades serão restabelecidas no projeto da Administração Municipal, tanto para treinos em alto rendimento quanto para treinos normais. De acordo com a Secretaria de Esporte e Lazer, ninguém perderá a vaga nos treinos de suas respectivas modalidades, se já estiver inscrito. Quem está em lista de espera, lá permanecerá, normalmente, a espera de vaga.

 

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Continue Lendo