Connect with us
Publicidade


Nossa Cidade

Abertas inscrições para Jornada Pedagógica 2021

Prefeitura

Publicado

em

Já estão abertas as inscrições para a tradicional Jornada Pedagógica, promovida anualmente pela Prefeitura de Hortolândia. A edição de 2021, “A Educação de um novo tempo: repensar, replanejar, reinventar”, marcada para o dia três de fevereiro,  às 18h30, contará com palestra da  Profª Drª Maria Inês Fini, pesquisadora em Psicologia da Educação, fundadora da Faculdade de Educação da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), onde atuou até 1996.  Ela abordará o tema “Como enfrentar os Desafios do Planejamento Pedagógico de 2021”.

Interessados devem se inscrever pelo link https://forms.gle/xmhNxLsZbNJMEwdE6 ou clicando no banner existente no alto do portal oficial da Prefeitura (http://www.hortolandia.sp.gov.br/).

Segundo a Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia, a palestra é destinada aos profissionais da rede municipal de ensino, dentre eles gestores educacionais, professores da Educação Básica e Integral (Educação Infantil, Ensino Fundamental, projetos e professores especialistas, AEE-Atividadaes de Educação Especial e CIER- Centro Integrado de Educação e Reabilitação “Romildo Pardini”), EJA (Educação de Jovens e Adultos), Educadores Infantis, Infantojuvenis, agentes educacionais e estagiários. Também poderão se inscrever gestores do programa Bolsa Creche, ação que disponibiliza vagas em escolas particulares conveniadas.  

Em razão da pandemia do Coronavírus, para preservar a saúde dos participantes, a Jornada Pedagógica 2021 será realizada a distância, em tempo real, pela internet. Supervisores, gestores e coordenadores  do Centro de Formação “Paulo Freire”  participarão da palestra via plataforma Zoom. O link será enviado próximo à data do evento. 

Já os demais inscritos participarão do evento pelo Youtube no canal da Secretaria de Educação pelo link: https://www.youtube.com/channel/UC-F2MM9SM5TOTOZW-ViOuqw/

Os organizadores alertam que, para receber o certificado de participação na Jornada, é necessário, além da inscrição, acompanhar a transmissão da palestra e preencher o formulário que será disponibilizado no chat ao longo do evento. É possível enviar, pelo chat, perguntas que serão respondidas, conforme a disponibilidade de tempo da palestrante.

“2020 foi um ano de intensos desafios para todos nós. Tivemos que encontrar um novo modo de ensinar e de aprender, nos mantendo atuantes no exercício da docência. No entanto, não podemos deixar de considerar o quanto nos modificamos como profissionais e como pessoas. A Jornada Pedagógica de 2021 terá o papel de nos ajudar a olhar para o ano letivo que iniciará. Porém, para este novo ano, traremos conosco bagagens com experiências extremamente significativas que nos ajudarão a repensar, replanejar e reinventar a educação de um novo tempo”, afirma a diretora do Departamento de Ciência e Tecnologia, Fabiana da S. S. Rodrigues.

“A Jornada Pedagógica para o início letivo de 2021 já está sendo preparada com muita responsabilidade e preocupação, cada vez maior, para a preparação dos profissionais da nossa rede municipal de educação. Preparamos uma formação especial, que vai destacar todas as alterações que tivermos com as atividades, tendo em vista as atividades online e a preparação melhor para a utilização da tecnologia e essa questão do ensino híbrido, que tem sido tão desafiadora para todos nós. Contamos com todos os profissionais conosco para que possamos aprender mais e iniciar o ano de 2021 já melhor preparados para enfrentar os desafios que o ano vai nos propor”, afirma a secretária de Educação, Ciência e Tecnologia, Sandra Fagundes Freire.

Conheça a palestrante

De acordo com currículo disponibilizado pela Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia, Maria Inês Fini é doutora em Ciências – Educação, pedagoga, professora e pesquisadora em Psicologia da Educação, Psicologia do Desenvolvimento, Social e do Trabalho, especialista em currículo e avaliação, com experiência em Gestão Educacional na Educação Básica e Superior. Foi também fundadora da Faculdade de Educação da Unicamp, onde atuou de 1972 a 1996. 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia

Nossa Cidade

Mutirão de para regularização fundiária na região do Jd. Aline teve última etapa realizada no sábado (23/01)

Prefeitura

Publicado

em

A Prefeitura de Hortolândia, em parceria com a CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado de São Paulo), contemplaram, na manhã deste sábado (23/01), famílias moradoras dos bairros Jardim Santiago, Jardim Aline, Jardim Conceição e Vila Guedes na última etapa do mutirão de assinaturas de regularização fundiária. 

O evento, que integra o pacote de ações dos 100 primeiros dias da atual Administração aconteceu na EMEF (Escola Municipal de Educação Fundamental) Dayla Cristina Souza de Amorim, no Jardim Santiago. Para evitar a disseminação do Coronavírus, a Prefeitura adotou, no local, os protocolos sanitários como aferição de temperatura e disponibilização de álcool em gel.

“Uma luta de 30 anos desta comunidade e uma grande conquista para todos. Essa parceria entre a Prefeitura e a CDHU possibilitaram a assinatura da documentação de cada lote desta região. Parabéns a todos pela luta, pela conquista e por nunca terem desanimado. Assim, com tudo regularizado, esta terra realmente pertencerá à todos estes lutadores”, exaltou o prefeito Angelo Perugini durante o mutirão de assinaturas.

De acordo com a Secretaria de Habitação, esta última etapa foi realizada para as famílias que ainda não haviam sido convocadas nas duas etapas anteriores que aconteceram nos dias 9 e 16 deste mês. 

“No total, foram aproximadamente 230 famílias contempladas. As famílias assinaram com a CDHU o documento que regulariza os imóveis beneficiando a todos estes contemplados que podem seguir a vida tranquilamente com seus respectivos espaços legalizados”, explica o secretário de Habitação, Rogério Mion.

“Estou muito feliz e animada por esta grande conquista. A família toda está muito agradecida e essa regularização vai mudar não só a minha vida como a vida da minha família”, explica a dona de casa, Elza da Cruz, 59 anos, moradora do Jardim Aline.

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Projeto recebe histórias de amor que serão transformadas em dança

Prefeitura

Publicado

em

Resgatar os sentimentos positivos do amor para combater o clima negativo causado pela pandemia. É com este espírito que o projeto “Recolho e danço histórias de amor” abre espaço para a participação do público. Quem quiser, pode enviar uma história romântica para o e-mail do projeto,
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
, até o dia 12 de fevereiro. As histórias se transformarão num espetáculo de dança. O projeto é um dos contemplados com recursos da lei federal Aldir Blanc, que oferece subsídio para artistas, coletivos e empresas artísticas do município que tiveram suas atividades paralisadas pela pandemia do Coronavírus.

A coreografia será criada pela aprendiz do curso profissionalizante de Dança, ministrado pela Prefeitura de Hortolândia, Leila Akemi de Paula Kawanishi. A aprendiz conta que sua ideia inicial era realizar o projeto na Escola de Artes “Augusto Boal”, órgão da Secretaria de Cultura, onde o curso é ministrado. 

A aprendiz explica que para participar do projeto basta enviar uma história de amor verídica que a pessoa tenha vivenciado ou presenciado. O texto deve ser escrito e não há limite de tamanho. “Vou ler as histórias, e a partir daí, vou traduzir as emoções de cada pessoa em uma coreografia de dança”, explica Leila. A aprendiz destaca ainda que as pessoas não precisam ficar receosas de se identificar. Os textos não serão publicados. “Pode ser que eu use palavras ou frases dos textos, mas não vou identificar a pessoa que escreveu”, salienta Leila. 

A coreografia deverá ter em torno de três a quatro minutos de duração. De acordo com a aprendiz, a previsão é que a coreografia seja filmada e exibida em março. A exibição será feita no canal do YouTube que a aprendiz criou para o projeto, Corpo82, cujo endereço é ESTE. O projeto também tem Facebook, acessível por este LINK, e Instagram, @corpo82lakemi.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Funcionários do Samu recebem vacina contra a COVID-19 nesta segunda-feira (25/01)

Prefeitura

Publicado

em

A Prefeitura de Hortolândia continua a imunizar contra a COVID-19 os profissionais de saúde da rede pública que estão na linha de frente no combate ao Coronavírus. Nesta segunda-feira (25/01), os funcionários do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) recebem as doses contra o vírus. 

De acordo com o coordenador do serviço no município, José Roberto Silva, a corporação conta com cerca de 100 funcionários. O coordenador ressalta também que, ao longo da pandemia, os profissionais da corporação receberam capacitações específicas para atender pacientes com suspeita ou contaminados com o vírus.

13º ANIVERSÁRIO

Este sábado (23/01) marcou o 13º aniversário do serviço na cidade. Por meio do Samu, a Prefeitura presta socorro mais ágil à população, em casos de acidentes ou mal súbito. Em 2020, de acordo com o coordenador José Roberto Silva, o serviço realizou 13.021 atendimentos e recebeu 30.029 chamadas telefônicas. 

Para prestar um atendimento ainda mais eficiente para a população, o serviço recebeu equipamentos e melhorias técnicas em sua estrutura. Ao longo do último ano, os funcionários ganharam novos uniformes. Dentre os novos equipamentos estão desfibriladores (para uso em caso de paciente em parada cardiorrespiratória); oxímetros de pulso portáteis, para aferir a oxigenação do sangue; e respirador. O prédio do serviço recebeu melhoria em sua sala de regulação médica. Outra importante melhoria foi a adequação do sistema de rádio. Atualmente, o serviço conta com três ambulâncias de suporte básico, uma de suporte avançado, duas motos e mais viaturas de reserva.

Os profissionais do serviço também passaram recentemente por atividades de capacitação. “Uma delas foi para capacitar os socorristas no atendimento de ocorrências em que as vítimas estão presas em ferragens”, destaca o coordenador José Roberto Silva.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Noticias

Publicidade

Youtube

 

PONTE DA ESPERANÇA

Populares