Connect with us
Publicidade


Nossa Cidade

Atividades de Educação Especial e Inclusiva para fazer em casa divertem e estimulam alunos

Prefeitura

Publicado

em

A cuidadora de idosos Simone da Silva Barreto, de 36 anos, moradora do Pq. São Miguel, incluiu na rotina diária em sua casa, nesta quarentena, momentos de contação de histórias para o filho Felipe, de 11 anos. O garoto tem paralisia cerebral e cardiopatia e, por isso, é uma das 150 crianças acompanhadas pela equipe de Escola Especial do Cier (Centro Integrado de Educação e reabilitação) Romildo Pardini, unidade educacional da Prefeitura de Hortolândia, vinculada à Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia. Os momentos lúdicos em família na casa do Felipe contaram com o suporte da equipe do Cier, que preparou com carinho materiais de apoio, como fantoches de papel e outras atividades. O conteúdo enviado para as famílias diverte e ajuda no estímulo e desenvolvimento das crianças.

Publicidade

“Todos os alunos foram contemplados com atividades específicas para este período em que as aulas estão suspensas, por conta da pandemia de Coronavírus”, destacou o diretor do Cier, Donizeti Faria. “Achei bem interessante o material que eu busquei no Cier para usar nas atividades em casa. Havia tinta guache, cola, giz de cera, bexigas e outras coisas. Mas o que o Felipe mais gostou foram as máscaras e fantoches para a contação de histórias. Até a historinha veio junto, escrita, para eu ler para ele”, avalia Simone. A mãe do aluno diz que também foi entregue pelo Cier uma lista de rotina, com horários pré-estabelecidos para atividades do dia a dia. “Pregamos na parede e tem sido útil para toda a família”, comentou.

“As atividades foram preparadas em forma de kits práticos, de acordo com os níveis de atendimento dos alunos, sendo: estimulação sensorial; vivência pedagógicas; oficinas ocupacionais assistidas; e oficinas ocupacionais de gerenciamento, capacitação e padaria artesanal”, explicou o diretor da unidade. As atividades realizadas no Cier fazem parte das ações de Educação Especial e Inclusiva oferecidas pela Prefeitura de Hortolândia.

AEE

Além dos alunos da Educação Especial atendidos exclusivamente no Cier, a Prefeitura de Hortolândia oferece o AEE (Atendimento Educacional Especializado) para 670 crianças com deficiência (auditiva, visual, múltiplas, física, síndromes autismo e surdocegueira), alunos que estão inseridos na rede regular de ensino. De acordo com a coordenadora da Educação Especial e Inclusiva, Regina Célia Dias A. Shigemoto, o AEE conta com 30 professores, que atuam nas 57 escolas municipais. “Para atender estes alunos neste período de pandemia, a equipe do AEE inicialmente orientou as famílias quanto à necessidade de ter e seguir uma rotina em casa, além de realizar atividades diversificadas, ajudando as crianças a superarem o atual momento”, explicou. Como material de apoio, as famílias receberam atividades impressas, jogos construídos pelo professor AEE e livros específicos. Além disso, conteúdo didático é postado no Blog Educação, que pode ser acessado no site da Prefeitura.

Todos os estudantes da rede municipal de ensino de Hortolândia, que frequentam as várias séries da Educação Infantil, Ensino Fundamental e EJA (Educação de Jovens e Adultos) encontram atividades específicas no Blog Educação, independente de serem ou não atendidos pela equipe do AEE. A diferença é que, no caso do AEE, os professores prepararam atividades específicas, de acordo com o desenvolvimento individual da criança. “As deficiências, as dificuldades e as limitações precisam ser reconhecidas, mas não devem restringir o processo de ensino. É necessário buscar formas, alternativas, para que todos possam aprender. Este é o nosso grande esforço”, destaca Regina.

Blog Educação

A Prefeitura de Hortolândia criou o “Blog Educação”, em que disponibiliza atividades escolares aos alunos da rede municipal de ensino, desde a Educação Infantil, Ensino Fundamental/Educação Integral até a EJA. Com o material, que pode ser conferido online no site oficial da Administração e, também, baixado para estudos offline, os estudantes mantém a rotina de estudos em dia.

A criação do “Blog Educação”, elaborado pelo Departamento de Ciência e Tecnologia, é mais uma ação para proporcionar aos estudantes da rede municipal atividades que seriam passadas em sala de aula, fazendo com que eles mantenham a rotina diária de estudos remotos. De acordo com a Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia, logo no início da suspensão das aulas, as escolas entregaram às famílias dos alunos livros didáticos e paradidáticos, com atividades diversas para serem realizadas em casa.

Dentro do blog principal, clicando nos links “Educação Infantil”, “Ensino Fundamental e Educação Integral” ou “EJA”, é possível encontrar as atividades por escolas. Conforme esclarece a Secretaria e Educação, Ciência e Tecnologia, cada escola é responsável pelo seu conteúdo, com identificação do ano, disciplina, nível ou área de conhecimento, facilitando o acesso e busca pelas atividades. No blog também estão disponíveis atividades pedagógicas relacionadas à Educação Especial, Educação Física, Inglês, além de Arte e Música.

De acordo com a secretária de Educação, Ciência e Tecnologia, Sandra Fagundes Freire, as atividades do blog serão conferidas pelos professores, na escola, após o retorno das aulas. “Estamos nos adaptando para atender a comunidade escolar e acompanhar os alunos de uma forma diferenciada. As atividades permite um auxílio às famílias, para que os alunos possam estabelecer uma rotina ainda mais eficiente, em suas casas, garantindo o vínculo, a aprendizagem continuada, com muita leitura e atividades que relembram o conteúdo já visto. Mas, assim que as escolas reabrirem, as atividades serão conferidas, corrigidas e continuadas”, destacou Sandra.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia

Nossa Cidade

Parque Chico Mendes terá sistema de iluminação ampliado com obra de modernização

Prefeitura

Publicado

em

A área de lazer e o entorno do Parque Chico Mendes, na região central da cidade, estarão, em breve, mais seguros e iluminados, com a instalação de centenas de novos postes com lâmpadas de LED. A obra de modernização e ampliação do sistema de iluminação do Parque iniciou nesta terça-feira (01/12). A ação da Prefeitura de Hortolândia é realizada por meio de uma PPP (Parceria Público Privada), que resultou na contratação de um consórcio no início deste ano para realização de diversas obras de modernização da iluminação pública da cidade. Com a PPP, a Administração Municipal já realiza a troca das luzes de todos os postes da cidade, substituindo as antigas lâmpadas de vapor de sódio por luminárias LED, que garantem maior potencial de luminosidade. Além deste serviço, o contrato do consórcio prevê obras de modernização de diversas praças e espaços públicos, como esta que inicia no Parque Chico Mendes.

Publicidade

De acordo com a Secretaria de Obras, na intervenção em andamento serão instalados 141 novos postes no entorno do parque, todos com 12 metros de altura, possibilitando ampla abrangência do potencial de luminosidade. Próximo das árvores, outros 64 postes decorativos serão instalados, cada um com 4 metros de altura, garantindo a iluminação da área abaixo da copa das árvores.

A obra de modernização do sistema de iluminação do parque reaproveitará, ainda, os postes já existentes no local: são três estruturas próximas da academia da melhor idade, que receberão luminárias LED, favorecendo o uso do espaço, mesmo à noite, para a prática de atividades físicas. Esta etapa da obra de modernização deve durar cerca de 60 dias.

Numa segunda etapa da modernização, será possível o monitoramento inteligente de cada ponto de luz. De acordo com a Secretaria de Planejamento Urbano, com o avanço das ações da PPP nas ruas , parque e praças da cidade, todos os postes receberão transmissores de dados, equipamentos capazes de reduzir o nível de luminosidade das lâmpadas nos horários em que há menos fluxo de pessoas nas avenidas e parques, colaborando para a economia de energia. Além disso, será possível monitorar falhas, como lâmpadas queimadas, o que garantirá manutenção mais rápida, além de eficiência energética e economia aos cofres públicos.

Outra possibilidade é a utilização destes transmissores para serviços de diversas naturezas, como monitoramento de queimadas com sensores de fumaça instalados nestes transmissores. Essa ação coloca Hortolândia na lista das cidades inteligentes do Brasil, cujo conceito é justamente usar tipos diferentes de sensores eletrônicos para coletar dados e gerenciar recursos de forma eficiente.

PIC

Os investimentos em iluminação pública fazem parte do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento) implantado pelo prefeito para incentivar o desenvolvimento urbano, ambiental, social e humano para que Hortolândia cresça com planejamento e sustentabilidade nos próximos 30 anos. O programa prevê mais de 100 obras e serviços, em diversas áreas. Para estas intervenções, o município conta com apoio de recursos da iniciativa privada e dos governos estadual e federal, sendo que a principal fonte de recursos é um financiamento junto ao banco internacional CAF.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Operação Saturação registra menor número de ocorrências de perturbação do sossego desde março

Prefeitura

Publicado

em

O último final de semana de novembro trouxe estatísticas positivas para os integrantes da Operação Saturação, que busca conter a disseminação do Coronavírus em Hortolândia, conscientizando a sociedade com relação à aglomeração de pessoas e a perturbação do sossego, em espaços públicos e privados. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, entre a noite de sexta-feira e domingo (27 a 29/11), foram registradas 12 ocorrências de perturbação de sossego na cidade, evento que, geralmente vem acompanhado de aglomeração de pessoas. Isso significa uma redução de 73% no número de ocorrências, com relação ao primeiro final de semana do mês. Durante o feriado prolongado da Consciência Negra, o total de ocorrências chegou a 17.

Publicidade

Na avaliação da GM (Guarda Municipal), este é o mais baixo índice já verificado no município, desde o início dos trabalhos de fiscalização e orientação, em março, o que pode representar um indício de conscientização da comunidade.

“Verificamos que os números vêm caindo, constantemente. Não é possível precisar as razões disso, mas pode ser, sim, após tantos meses de avisos e medidas de esclarecimento ao público, um indício de conscientização”, avalia a comandante Michele Mabene Cardena.

A cidade acumula, de janeiro até o último domingo (29/11), o total de 2.909 ocorrências de perturbação de sossego, segundo dados do Núcleo Estratégico da GM, da Prefeitura de Hortolândia.

No período da operação, no último final de semana, Hortolândia ainda estava na “Fase Verde” do Plano São Paulo, de reabertura gradual e consciente das atividades, em que é proibida a realização de eventos que causem risco à saúde pública e perturbem o sossego alheio, a qualquer hora do dia. Atualmente, toda a região de Campinas voltou à “Fase Amarela” do Plano São Paulo. 

Para denunciar irregularidades

Situações de perturbação ao sossego e aglomerações podem ser denunciadas e os infratores correm o risco de ser levados à delegacia. É possível denunciá-las, a qualquer hora do dia ou da noite, todos os dias da semana, pelos telefones 153 ou 08000-111-580.

Segundo a Secretaria de Governo, a multa para quem organiza festa clandestina chega a até R$ 5.000,00, segundo as leis de perturbação do sossego, e o local da confraternização poderá ser lacrado.

 

 

 

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Prefeitura entrega mais de 160 mil kits de alimentação escolar a famílias de alunos de escolas municipais

Prefeitura

Publicado

em

A Prefeitura de Hortolândia iniciou, nesta segunda-feira (01/12), a distribuição da oitava e última remessa de kits de alimentação escolar de 2020. De acordo com a Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia, a expectativa é de entregar, neste mês, 24.000 kits a famílias de alunos matriculados na rede municipal de ensino. Dados do Departamento de Segurança Alimentar mostram que, ao longo do ano, já foram distribuídos 162.300 kits.

Publicidade

As entregas começaram a ser feitas em março deste ano, período em que as aulas nas escolas públicas foram substituídas por atividades feitas de maneira remota, em razão das medidas de isolamento social implantadas durante a pandemia do Coronavírus. A disponibilização dos kits de alimentação foi a medida adotada pela Administração Municipal para garantir a segurança alimentar dos alunos, enquanto as aulas regulares estão temporariamente suspensas. A medida também contribui para conter a disseminação da COVID-19 no município. 

Segundo o Departamento de Segurança Alimentar, o kit contém gêneros comumente utilizados no preparo da alimentação escolar. A composição levou em consideração o período que o aluno estaria em aula.

Com a medida são beneficiadas tanto as famílias dos matriculados na rede municipal, quanto os atendidos em escolas particulares conveniadas, por meio do programa Bolsa Creche. Para evitar aglomerações, as escolas organizam um cronograma, com data e horário marcados, para a retirada dos gêneros.

Para retirar os kits de alimentação, após efetuado o agendamento na secretaria escolar, é preciso utilizar máscara de proteção e respeitar as determinações de distanciamento.

“Além de garantir que nossos alunos tenham acesso às atividades pedagógicas, por meio do Blog Educação e materiais disponibilizados impressos nas escolas, é muito importante garantir que a família também seja acolhida, através dos kits de alimentação escolar. Nós sabemos que é um momento difícil e que essa ação tem contribuído muito com a manutenção da saúde e da qualidade de vida. Nós agradecemos o apoio das famílias e aos nossos profissionais da Educação que estão trabalhando diariamente nas nossas escolas”, destacou a secretária de Educação, Ciência e Tecnologia, Sandra Fagundes Freire.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Noticias

Nossa Cidade15 horas atras

Parque Chico Mendes terá sistema de iluminação ampliado com obra de modernização

A área de lazer e o entorno do Parque Chico Mendes, na região central da cidade, estarão, em breve, mais...

Nossa Cidade15 horas atras

Operação Saturação registra menor número de ocorrências de perturbação do sossego desde março

O último final de semana de novembro trouxe estatísticas positivas para os integrantes da Operação Saturação, que busca conter a...

Nossa Cidade15 horas atras

Prefeitura entrega mais de 160 mil kits de alimentação escolar a famílias de alunos de escolas municipais

A Prefeitura de Hortolândia iniciou, nesta segunda-feira (01/12), a distribuição da oitava e última remessa de kits de alimentação escolar...

Nossa Cidade15 horas atras

Impacto da pandemia na vida pessoal e profissional de educadores é tema de formação para gestores da Educação Infantil

Profissionais da Rede Municipal de Educação da Prefeitura de Hortolândia participam, a partir desta terça-feira (01/12), do ciclo de encontros...

Nossa Cidade16 horas atras

Prefeitura de Hortolândia prossegue com obras das unidades habitacionais do Jd. Boa Esperança

Apesar da pandemia do Coronavírus, a Prefeitura de Hortolândia continua com as obras das 100 unidades habitacionais no Jardim Boa...

Nossa Cidade16 horas atras

Prefeitura prorroga inscrições para Educação Infantil

As inscrições para Educação Infantil foram prorrogadas até dia 4 de dezembro. Famílias com crianças de quatro meses a seis...

Publicidade

Youtube

 

PONTE DA ESPERANÇA

Populares