Connect with us
Publicidade

Nossa Cidade

Cabeceira da Ponte Estaiada sentido Jd. Novo Ângulo recebe concretagem

Portal Hortolândia

Publicado

em

Próxima etapa é implantação de asfalto na base da ponte; obra faz parte do traçado do Corredor Metropolitano

A continuidade das obras do Corredor Metropolitano Noroeste viabilizará o tráfego de veículos pela Ponte da Esperança (Estaiada), construída pela Prefeitura de Hortolândia para integrar as regiões Leste (Jd. Novo Ângulo) e Oeste (Jd. Amanda) da cidade. O traçado do corredor expresso passa pela ponte e, por isso, a EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos), que é responsável pelas obras de implantação do Corredor Metropolitano, trabalha na concretagem da cabeceira da estrutura, no acesso localizado no Jd. Novo Ângulo. O objetivo é ajustar a cabeceira para que a Ponte da Esperança seja unida à avenida projetada, já construída pelo Estado sentido Rodovia Jornalista Francisco Aguirre de Proença (SP-101).

A Ponte da Esperança têm o outro acesso pelo Jd. Santa Rita de Cássia. A cabaceira nesta extremidade já foi implantada pela Prefeitura. Após a conclusão da cabeceira em implantação pela EMTU, a ponte estará pronta para receber asfalto, ação de responsabilidade do Estado, como obra integrante do Corredor Metropolitano.

Além da concretagem da cabeceira, há outras frentes de trabalho nos canteiros de obras do Corredor Metropolitano. Há equipes trabalhando na instalação de paradas de ônibus na avenida Antônio da Costa Santos, no Jd. Nova América; na criação de acessos entre os imóveis localizados na avenida, até o corredor expresso; na implantação de guias e sarjetas; além do plantio de grama e da abertura viária, sentido Parque Perón até a SP-101. A partir do Parque Peron, o traçado do Corredor Metropolitano segue pelo bairro Chácaras Nova Boa Vista, até o km 5 da SP-101, onde a concessionária Rodovias do Tietê implanta um dispositivo de acesso ao corredor expresso e à Ponte da Esperança. Quando todas as etapas estiverem prontas, o Corredor Metropolitano proporcionará a ligação viária de Americana até Campinas.

Para a realização da atual etapa de trabalho, que inclui escavação, drenagem e pavimentação, a EMTU bloqueou a avenida Antônio da Costa Santos, entre as ruas São Francisco da Glória e Congonha, com apoio da equipe da Secretaria de Mobilidade Urbana. A previsão é que a via seja liberada nas próximas semanas.

O Estado investe R$ 58,2 milhões nas obras em Hortolândia, que incluem a interligação da avenida Olívio Franceschini com a ponte; o viário da ponte até a SP-101, com duas alças de acesso do Corredor à rodovia, nos sentidos Monte Mor e Campinas; duas estações de transferência nos bairros Peron e Rosolen; cinco estações de embarque e desembarque; além de um CCO (Centro de Controle Operacional), na avenida Olívio Franceschini; e de um viaduto na SP-101, na altura do Jardim Rosolen.

Rota alternativa

A Prefeitura instalou placas para orientação dos motoristas sobre os desvios que devem ser utilizados na região do Jd. Nova América, onde o trânsito está bloqueado para as obras do Corredor Metropolitano. Para acesso à região Central, os motoristas e os coletivos devem seguir pela rua Monte Azul, passando pela rua Congonhas, rua José Roberto da Silva, rua Gildo Begosso, rua João Ravanhani, retornando para a rua Antônia Luzia de Jesus através da rua Adail Alves da Silva.

As linhas de ônibus urbanos e intermunicipais também sofrem alterações. O ponto final dos coletivos, situado próximo a Igreja Santa Edwiges, se deslocará para a rua Monte Azul, lateral ao campo de futebol de bairro.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia

Nossa Cidade

Campanha de vacinação contra o Sarampo termina no dia 29 deste mês

Portal Hortolândia

Publicado

em

Você ainda não foi se imunizar contra o Sarampo? Então, é bom se apressar! A campanha de vacinação contra a doença realizada pela Prefeitura de Hortolândia, termina nesta quinta-feira (29/10), em razão do feriado do Dia do Servidor Público, transferido do dia 28 para o dia 30 deste mês.

A vacina está disponível nas UBSs (Unidades Básicas de Saúde) do município. Há dois públicos-alvo: a população com idade a partir de seis meses até 29 anos e aqueles na faixa etária de 30 a 49 anos. De acordo com a Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde, até o momento já foram imunizadas 6.835 pessoas, das quais 3.042 da faixa etária de 6 meses a 29 anos, e 3.793 da faixa etária de 30 a 49 anos.

Em virtude de o Sarampo ter contágio rápido, a Secretaria de Saúde reforça a orientação de que quem ainda não recebeu a imunização procure a UBS mais próxima de casa para ser avaliado se há necessidade de tomar a vacina e, com isso, evitar que a doença se alastre pela cidade, neste momento de pandemia. A Secretaria de Saúde ainda salienta que a campanha é para intensificar a imunização contra o Sarampo.

Crianças devem tomar duas doses válidas da vacina contra o Sarampo, sendo a primeira aos 12 meses e a segunda aos 15 meses. A Vigilância Epidemiológica orienta que é importante que crianças a partir de 6 meses a 11 meses recebam a dose zero. Já os adultos precisam ter, pelo menos, duas doses anotadas na carteira de vacinação.

De acordo com informações no site do Ministério da Saúde, o Sarampo é uma doença infecciosa grave, causada por um vírus, que pode ser fatal. A transmissão ocorre quando o doente tosse, fala, espirra ou respira próximo de outras pessoas. A única maneira de evitar o Sarampo é pela vacina. Dentre os sintomas da doença estão febre acompanhada de tosse, irritação nos olhos, nariz escorrendo ou entupido e mal-estar intenso.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Bailarinas hortolandense são premiadas em competição Panamerican Dance

Portal Hortolândia

Publicado

em

Bailarinas de Hortolândia de uma Escola que fica no Jardim Interlagos, são premiadas na competição nacional Panamerican Dance, que carrega o titulo de maior competição de dança da América Latina.

A competição nacional Panamerican Dance, que carrega o titulo de maior competição de dança da América Latina, conta com o patrocínio de festivais internacionais como “Summer Program Russian Ballet – USA”, “Livorno in Danza – Itália”, “Festival de Danzas del Mercosul – Argentina” e “Chile em Dança – Chile”. A banca de jurados possui bailarinos renomados como Alice Arja, professora, coreógrafa e diretora geral e artística de escolas no RJ e da Cia de Ballet do RJ. Criadora da sua própria metodologia de ensino com base na Técnica de Dança Clássica: Inglesa, Russa (Vaganova) e Cubana. 

Atualmente é Relações Internacionais na América do Sul do Miami City Ballet. E Alex Lima, com uma experiência de 14 anos no mundo da dança atuando como bailarino, coreógrafo, professor e jurado em festivais no Brasil e desde 2015 atua como representante das competições internacionais de dança Livorno en danza, na Itália e Amsterdanz na Holanda, selecionado grupos nas competições para representar o Brasil internacionalmente. 

Com mais de 250 coreografias e a participação de mais de 15 estados, a premiação seleciona o primeiro, segundo e terceiro lugar baseado na pontuação técnica, separado por gênero, idade e estilo de dança, ainda contando com premiações especiais com bolsas e convites para festivais e escolas internacionais.

O grupo selecionado de meninas entre 15 e 17 anos já treina junto a 4 anos, com treinos quase diários e de longas horas. Fazendo suas próprias coreografias sob a orientação da professora Sarah Christina Velloso, usando de diversas técnicas e da melhor abordagem necessária.

As aulas de ballet clássico e Jazz contam com meninas e meninos de 3 até 17 anos e a turma adulta a partir de 18 anos. Meninos possuem bolsa 100% de desconto e ambos têm a oportunidade de aprender modalidades diferentes de dança e atuação, integrando as aulas de técnica de dança. 

Nosso grupo de Hortolândia competiu na categoria solo sênior, com 3 coreografias no estilo livre de dança, e 1 coreografia em grupo também sênior no estilo livre de dança. Todas as coreografias foram premiadas.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Coronavírus Hortolândia: 4499 casos confirmados, 4302 curados e 156 óbitos

Redação

Publicado

em

Por

O boletim sobre coronavírus divulgado pela Secretaria de Saúde de Hortolândia, nesta segunda-feira(26) mostra que o município teve 4499 casos confirmados, 4302 curados e 156 óbitos.

Casos confirmados: 03 pacientes internados em UTI’s fora do município; 0 em enfermaria fora do município; 0 no Hospital Municipal Mário Covas; 03 em internação na Unidade Respiratória do Nova Hortolândia; 35 em isolamento domiciliar.

Casos suspeitos – aguardando exame: 05 casos internados em UTI’s fora do município; 04 em enfermaria fora do município; 0 caso no Hospital Municipal Mário Covas; 06 em internação na Unidade Respiratória do Nova Hortolândia; 121 em isolamento domiciliar.

5369 casos já foram descartados mediante resultado do exame de Covid-19.

Desde o dia 17/05, os casos de síndrome gripal sem coleta de exames estão excluídos dos boletins diários. Somente constarão no relatório, os casos em que são colhidos exames para diagnosticar pacientes contaminados pelo Coronavírus.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Populares