Connect with us
Publicidade


Nossa Cidade

Campanha “10 minutos contra o mosquito” orienta população como combater o Aedes

Prefeitura

Publicado

em

As ações da Prefeitura de Hortolândia de combate ao mosquito Aedes aegypt, transmissor de doenças como a Dengue, Chikungunya e Zika, propostas à população para que os moradores sejam parceiros nesta missão são simples e fáceis de realizar. Basta 10 minutos de atenção por semana para acabar com o ciclo de procriação do Aedes e evitar essas doenças. Para orientar melhor a população, a Prefeitura de Hortolândia mantém a campanha “10 minutos contra o mosquito”. O material está disponível nas unidades de saúde, é distribuído em escolas e também pode ser conferido no site da Prefeitura, no link http://www2.hortolandia.sp.gov.br/images/banners/Panfleto.pdf. Pela internet, é possível baixar o folheto e imprimir atividades para as crianças participaram da mobilização.

De acordo com a Secretaria de Saúde, o ciclo de vida dos Aedes, do ovo até a fase adulta, leva de 7 a 10 dias. Se a verificação dos criadouros for realizada uma vez por semana, é possível interromper o ciclo e evitar o nascimento de novos mosquitos. No material informativo, há orientações para checar alguns itens dentro e fora de casa. Confira as dicas:

•Mantenha bem tampados tonéis, barris e caixas d’água.

•Encha os pratinhos de vasos de plantas com areia até a borda.

•Troque a água dos vasos de plantas aquáticas e bebedouros de animais, lave-os com escova, água e sabão uma vez por semana.

•Pneus devem ser guardados em locais cobertos.

•Lonas usadas para cobrir objetos ou entulhos devem ser bem esticadas para evitar poças de água.

•Garrafas devem ficar com a boca virada para baixo.

•Proteger os ralos com tela e verificar se estão limpos.

•Faça sempre a manutenção de piscinas ou fontes utilizando os produtos químicos apropriados.

•Remova folhas, galhos e tudo que possa impedir a água de correr pelas calhas.

•Plantas do tipo suculentas também podem acumular água. A orientação é virar a planta para retirar a água.

Mutirão neste sábado (15/02)

Além de orientar a população para ser parceria no combate ao Aedes, a Prefeitura também faz a parte dela, com mutirões regionais. Neste sábado (15/02), agentes de saúde vão visitar imóveis do Jd. São Miguel, Parque Gabriel e Jd. Santo André, das 8h às 13h, para vistoriar as casas e informar os moradores sobre a importância de evitar água parada.

Neste ano, Hortolândia registra 25 casos positivos de Dengue. Os indicadores apontam o risco de uma epidemia neste ano, se a proliferação do aedes aegypti não for contida. Esta previsão é realizada com base na pesquisa de ADL (Avaliação de Densidade Larvária), também conhecida como Índice Breteau. A apuração mais recente foi em janeiro e o resultado apontou índice de 3.2, considerado médio. O Índice Breteau é dividido em três escalas: de 0 a 1 é considerado em nível baixo; de 1 a 4, médio; e resultados superiores a 4, alto. Um índice baixo sinaliza que o controle dos criadouros tem sido eficaz, eliminando a maioria dos focos do mosquito Aedes aegipyt. Já quanto maior for o índice, mais chance de aumento de casos positivos de doenças.

PREVENÇÃO

Para conscientizar a população sobre a importância de manter quintais e casas livres de objetos que possam acumular água, a Prefeitura de Hortolândia lançou, em 2017, o Programa Agenda Verde, ação que envolve diversas atividades, como mutirões, Cata Bagulho, plantio de árvores em terrenos antes usados para descarte de lixo, tudo com o objetivo de deixar a cidade mais limpa. Além de colaborar com a manutenção urbana, a Agenda Verde busca despertar na população o sentimento de parceria, uma vez que todos são responsáveis pela limpeza da cidade. A Prefeitura acredita que mobilizando a população, será mais fácil resolver, em conjunto, questões ambientais que se tornam problemas de saúde pública.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia

Nossa Cidade

Família procura parente que desapareceu em Hortolândia 

Redação

Publicado

em

Por

Um mulher de 27 anos está desaparecido deste a tarde de segunda-feira (26), em Hortolândia. A família faz buscas pela parente e registrou um boletim de ocorrência.

Segundo a família, Jéssica Schenato saiu por volta das 10h da segunda-feira para ir a secretaria de educação de Hortolândia pra fazer transferência da escola da filha depois disso não foi mais vista.

Quem tiver informações dela por favar entrar em contato nos telefones (19)98866-2717 ou 3909-5650

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Família procura parente que desapareceu em Hortolândia 

Redação

Publicado

em

Por

Um homem de 60 anos está desaparecido deste a tarde de quarta-feira (28), em Hortolândia. A família faz buscas pelo parente e registrou um boletim de ocorrência.

Segundo a família, Hélio Vera foi visto pela última vez na quarta-feira, por volta das 9h, no Jardim Carmen Cristina, periferia de Hortolândia. Ele não informou à família para onde iria.

De acordo com o boletim de ocorrência, a família procurou pelo parente, mas não o encontrou e registrou o caso na delegacia de eletrônica.

Ele usava boné, camiseta polo, tem olhos azuis, cabelo curto grisalho, barba por fazer. Parentes disseram que Hélio nunca tinha desaparecido antes e é uma pessoa calma e dedicada.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Jovem que morreu após afogamento era morador do Jd Amanda

Redação

Publicado

em

Por

O rapaz que morreu após se afogar na lagoa do Parque Socioambiental Irmã Dorothy Stang, na tarde da quarta-feira(28), era morador no bairro Jardim Amanda.

Adrian dias Viana, de 19 anos, nadava com os amigos no local, quando não conseguiu chegar às margens e afundou.

Alguns amigos tentaram socorrê-lo jogando uma corda que fica como proteção no local, porém não conseguiram realizar o resgate. Ele teria ficado submerso por mais de 20 minutos.

O Corpo de Bombeiros foi acionado para retirada de Adrian do fundo da Lagoa. O SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) tentou, após o resgate, por mais de 50 minutos, reanimar o rapaz através de massagens cardíacas e demais procedimentos.

Ele chegou a ser levado para o Hospital Municipal Mário Covas, mas infelizmente não resistiu e o óbito foi declarado.

A Secretaria de Meio Ambiente de Hortolândia, que administra o parque, salienta que é proibido nadar no local e que há placas sinalizando a proibição.

A Guarda Municipal de Hortolândia realiza rondas constantes no local para inibir os banhistas, porém, segundo a própria guarda, eles saem corrento ao avistar a viatura, e depois retornar assim que passam.

Outros casos de afogamento na lagoa do Parque Irmã Dorothy

Em 2016, também no mês de outubro, um jovem de 13 anos morreu afogado no mesmo lugar.

Em dezembro de 2013, o corpo de bombeiros demorou cerca de duas horas para encontrar o corpo de um jovem que havia se afogado na lagoa do Parque Irmã Dorothy Stang.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Populares