Connect with us

Nossa Cidade

Campanha “10 minutos contra o mosquito” orienta população como combater o Aedes

Prefeitura

Publicado

em

As ações da Prefeitura de Hortolândia de combate ao mosquito Aedes aegypt, transmissor de doenças como a Dengue, Chikungunya e Zika, propostas à população para que os moradores sejam parceiros nesta missão são simples e fáceis de realizar. Basta 10 minutos de atenção por semana para acabar com o ciclo de procriação do Aedes e evitar essas doenças. Para orientar melhor a população, a Prefeitura de Hortolândia mantém a campanha “10 minutos contra o mosquito”. O material está disponível nas unidades de saúde, é distribuído em escolas e também pode ser conferido no site da Prefeitura, no link http://www2.hortolandia.sp.gov.br/images/banners/Panfleto.pdf. Pela internet, é possível baixar o folheto e imprimir atividades para as crianças participaram da mobilização.

De acordo com a Secretaria de Saúde, o ciclo de vida dos Aedes, do ovo até a fase adulta, leva de 7 a 10 dias. Se a verificação dos criadouros for realizada uma vez por semana, é possível interromper o ciclo e evitar o nascimento de novos mosquitos. No material informativo, há orientações para checar alguns itens dentro e fora de casa. Confira as dicas:

•Mantenha bem tampados tonéis, barris e caixas d’água.

•Encha os pratinhos de vasos de plantas com areia até a borda.

•Troque a água dos vasos de plantas aquáticas e bebedouros de animais, lave-os com escova, água e sabão uma vez por semana.

•Pneus devem ser guardados em locais cobertos.

•Lonas usadas para cobrir objetos ou entulhos devem ser bem esticadas para evitar poças de água.

•Garrafas devem ficar com a boca virada para baixo.

•Proteger os ralos com tela e verificar se estão limpos.

•Faça sempre a manutenção de piscinas ou fontes utilizando os produtos químicos apropriados.

•Remova folhas, galhos e tudo que possa impedir a água de correr pelas calhas.

•Plantas do tipo suculentas também podem acumular água. A orientação é virar a planta para retirar a água.

Mutirão neste sábado (15/02)

Além de orientar a população para ser parceria no combate ao Aedes, a Prefeitura também faz a parte dela, com mutirões regionais. Neste sábado (15/02), agentes de saúde vão visitar imóveis do Jd. São Miguel, Parque Gabriel e Jd. Santo André, das 8h às 13h, para vistoriar as casas e informar os moradores sobre a importância de evitar água parada.

Neste ano, Hortolândia registra 25 casos positivos de Dengue. Os indicadores apontam o risco de uma epidemia neste ano, se a proliferação do aedes aegypti não for contida. Esta previsão é realizada com base na pesquisa de ADL (Avaliação de Densidade Larvária), também conhecida como Índice Breteau. A apuração mais recente foi em janeiro e o resultado apontou índice de 3.2, considerado médio. O Índice Breteau é dividido em três escalas: de 0 a 1 é considerado em nível baixo; de 1 a 4, médio; e resultados superiores a 4, alto. Um índice baixo sinaliza que o controle dos criadouros tem sido eficaz, eliminando a maioria dos focos do mosquito Aedes aegipyt. Já quanto maior for o índice, mais chance de aumento de casos positivos de doenças.

PREVENÇÃO

Para conscientizar a população sobre a importância de manter quintais e casas livres de objetos que possam acumular água, a Prefeitura de Hortolândia lançou, em 2017, o Programa Agenda Verde, ação que envolve diversas atividades, como mutirões, Cata Bagulho, plantio de árvores em terrenos antes usados para descarte de lixo, tudo com o objetivo de deixar a cidade mais limpa. Além de colaborar com a manutenção urbana, a Agenda Verde busca despertar na população o sentimento de parceria, uma vez que todos são responsáveis pela limpeza da cidade. A Prefeitura acredita que mobilizando a população, será mais fácil resolver, em conjunto, questões ambientais que se tornam problemas de saúde pública.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Nossa Cidade

Motociclista fica ferido após acidente com carro no Jd. Nossa Sra. Auxiliadora

Avatar

Publicado

em

Um motociclista ficou ferido na noite desta sexta-feira (28) depois de uma batida com um carro na Avenida Augusto de Araújo cruzamento com a Cecília Nunes da Silva, no Jardim Nossa Senhora Auxiliadora, em Hortolândia. 

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, onde compareceram a equipe bravo 11, sendo o condutor Storoni e a técnica enfermagem Andreza. A equipe de resgate a todos momentos fazendo a diferença.

Os paramédicos prestaram os primeiros atendimentos ao motociclista de 32 anos, e encaminharam para o UPA Nova Hortolândia. A vítima sofreu ferimentos braços e pernas.

Continue Lendo

Nossa Cidade

Prefeitura abre inscrições para Cursinho Popular nesta segunda (02/03)

Prefeitura

Publicado

em

A partir desta segunda-feira (02/03), a Prefeitura de Hortolândia abre inscrições para o Cursinho Popular, política publica municipal que visa oferecer orientação de estudos, de maneira adequada, a jovens e adultos em vulnerabilidade social, moradores de Hortolândia que desejam realizar as provas do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) e vestibular. A ação é realizada por meio de parceria entre o Departamento de Direitos Humanos e Políticas Públicas para Mulheres da Secretaria de Governo e as secretarias de Educação, Ciência e Tecnologia e de Administração/Escola de Gestão. 

Interessados devem procurar a Casa Quilombola, localizada na Rua Benedito Francisco de Faria, 467, no Remanso Campineiro, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, ou enviar mensagem para o e-mail

\n

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.


. As inscrições se encerram em 17 de março deste ano.

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Continue Lendo

Nossa Cidade

Prefeitura prepara profissionais da saúde para atender casos suspeitos de Coronavírus

Prefeitura

Publicado

em

A Prefeitura de Hortolândia reuniu, na manhã desta sexta-feira (28/02), cerca de 40 profissionais das UBSs (Unidades Básicas de Saúde), UPAs-24h (Unidades de Pronto Atendimento) e do Hospital Municipal para uma capacitação sobre a doença COVID-19, causada pelo Coronavírus. O objetivo da Secretaria de Saúde é orientar técnicos de enfermagem e enfermeiros sobre a conduta a ser adotada, caso surja alguma suspeita da doença em Hortolândia. Até esta sexta-feira, não há nenhuma notificação da doença em investigação na cidade.

De acordo com o Departamento de Vigilância em Saúde, todas as unidades de saúde da cidade estão preparadas para adotar as medidas necessárias de acompanhamento e tratamento de pacientes com suspeita de Coronavírus. São considerados suspeitos os casos de pessoas que, além de apresentarem sintomas respiratórios, também tenham entrado em contato próximo com algum caso confirmado ou suspeito de pessoa infectada pelo Coronavírus ou quem tem histórico recente de viagem à algum dos 16 países monitorados, conforme orientação do Ministério da Saúde (veja abaixo). Se alguma pessoa se enquadrar nestes critérios, deve procurar a unidade de saúde mais próxima de casa e informar logo no primeiro atendimento a suspeita.

De acordo com a Secretaria de Saúde, a manifestação da infecção por Coronavírus é muito ampla, podendo variar de um simples resfriado até uma pneumonia grave. A transmissão entre pessoas geralmente ocorre entre contatos próximos e o período médio de incubação do Coronavírus é de 5 dias, com intervalo que pode chegar até 16 dias. Pessoas infectadas transmitem a doença mesmo sem apresentar os sintomas. Por isso, é importante que toda a população reforce os hábitos de higiene, como cobrir a boca e o nariz ao tossir e lavar as mãos com freqüência.

Países monitorados por transmissão de Coronavírus:

•Alemanha

•Austrália

•Emirados Árabes Unidos

•Filipinas

•França

•Irã

•Itália

•Malásia

•Camboja

•China

•Coréia do Norte

•Coréia do Sul

•Japão

•Singapura

•Tailândia

•Vietnã

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Continue Lendo



Max Milhas