Connect with us
Publicidade

Nossa Cidade

Campanha contra Raiva começa com mais de 4 mil animais vacinados

Prefeitura

Publicado

em

Neste sábado, feriado de Sete de Setembro, começou a Campanha de Vacinação Antirrábica em Hortolândia – 2019. Ao todo, 12 pontos de vacinação abriram ao longo do dia, em bairros da região da Vila Real, onde 4.620 animais domésticos foram vacinados contra a Raiva, sendo 3.680 cães e 940 gatos.

No próximo sábado (14/09), 11 pontos de vacinação vão atender as regiões do Jd. Rosolen e Jd. Novo Ângulo (confira abaixo os locais), das 8h às 17h. Além disso, haverá dois postos volantes, com equipes nas ruas dos bairros Parque Peron, Chácaras Nova Boa Vista, Chácaras Grota Azul, Chácaras Havaí e Terra Preta (na divisa com Monte Mor). A meta da UVZ (Unidade de Vigilância e Zoonoses), órgão da Secretaria de Saúde, é vacinar 22 mil cães e gatos contra a Raiva durante toda a campanha.

Publicidade

Tanto os cães quanto os gatos devem ser levados aos pontos de vacinação presos em coleiras. Além disso, os cachorros de grande porte ou ferozes devem estar de focinheira o que, inclusive, atende a recomendação prevista em legislação de posse consciente e evita acidentes com mordedura. Já os gatos, que são animais ariscos, podem ser levados em caixas específicas para transporte de animais.

Na falta desta caixa, o bichano pode ir na divisória de baixo de um carrinho de feira, por exemplo, preso pela grade de separação da parte de cima.

Neste ano, Hortolândia não registra, até o momento, nenhum caso positivo de Raiva em morcego ou Raiva canina. A doença, que afeta principalmente cães e gatos, é transmitida pela saliva do morcego contaminado. A Raiva não tem tratamento e é fatal.

O morcego que existe na região é o frugívoro, que se alimenta de frutas e, por isso, não ataca outros animais, como fazem os morcegos hematófagos (que se alimentam de sangue de outros animais). No entanto, o contágio de cães e gatos acontece quando estes animais domésticos mordem morcegos contaminados, caídos no chão. “Os morcegos sadios não são encontrados caídos. Eles se movimentam no ar, principalmente, no amanhecer e no final do dia, quando está escuro. Por isso, se alguém encontrar algum morcego com hábitos diurnos ou caído no quintal, não deve tocar neste animal em nenhuma hipótese. É preciso acionar a UVZ para fazer a remoção”, destaca o coordenador da UVZ, Ibraim Almeida. O telefone da UVZ é (19) 3897-3312.

Segundo a Secretaria de Saúde, neste ano, apenas três municípios do Estado de São Paulo farão a vacinação antirrábica. Hortolândia é um deles, em razão de ter registrado, no ano passado, um caso positivo de raiva canina. O cão, sem raça definida, com dois anos de idade, nunca havia sido vacinado contra a doença. Após apresentar alteração no comportamento, como apatia (tristeza), andar cambaleante e emagrecimento, o animal foi atendido por veterinário de estabelecimento particular. O caso apresentou rápida evolução para paralisia dos quatro membros, com a manifestação de outros sintomas neurológicos. Os donos optaram por sacrificar o cão. No mesmo ano, dois morcegos com raiva foram capturados pela UVZ.

Confira os pontos de vacinação e data em que funcionarão:

14 de setembro:

EMEF Armelinda Espúrio da Silva

Jardim Nossa Senhora de Fátima

EMEIEF Leni Pereira Prata

Jardim Novo Ângulo

EMEI Miguel Camilo

Jardim Terras de Santo Antônio

EMEF Fernanda Grazielle Resende Covre (Antiga EMEF Jd. Adelaide)

Jardim Adelaide

EMEI Jardim Nossa Senhora de Fátima

Jardim Nossa Senhora de Fátima

EMEI Santa Emília

Jardim Santa Emília

EMEF Nicolas Tiago dos Santos Lofrani

Jardim Sumarezinho

UBS Rosolen

Jardim Santa Izabel

EMEF Salvador Sacarias Pereira Junior

Jardim Novo Ângulo

Parque Irmã Dorothy

Jardim Nossa Senhora de Fátima

EE Yasuo Sasaki

Jardim Esmeralda

Volante

Peron e Chácaras Nova Boa Vista

Volante

Chácaras Grota Azul; Chácaras Havaí; Terra Preta

21 de setembro:

EMEF Profº Claudio Roberto Marques

Jardim Santana

EE Jd. Santa Clara do Lago

Jardim Santa Clara do Lago

EMEF Viva Mais

Jardim Santa Clara do Lago II

SAMEST

Jardim Santa Amélia

Salão Comunitário da Igreja Santa Rita de Cássia

Jardim Santa Rita de Cássia

EMEF Profª Helena F. Takahashi

Jardim Campos Verdes

EMEF Profª Patrícia Maria Capellato Basso

Jd. São Sebastião

UBS Figueiras

Jardim das Figueiras II

Centro de Convivência da Melhor Idade

Remanso Campineiro

EMEF Profª Marleciene Priscila Presta Bonfim

Remanso Campineiro

Volante

Pq. Odimar, Chácaras Assay e Jd. Santa Fé

Volante

Pesqueiro Furlan

28 de setembro:

Good Bom – Jd. Amanda

Jardim Amanda

EMEI Jardim Amanda II

Jardim Amanda

EMEF Profª Maria Célia Cabral do Amaral

Jardim Amanda

EMEF Renato Costa Lima

Jardim Amanda

EMEI Jardim Amanda I

Jardim Amanda

Centro de Convivência Social

Jardim Amanda

EMEF Taquara Branca Agenor Miranda da Silva

Jardim Novo Horizonte

UBS São Bento

Jardim São Pedro

Regional Jd. Amanda

Jardim Amanda

UBS Jardim Amanda

Jardim Amanda

UVZ/DPBEA

Chácaras Recreio 2000

Volante

Jd. Boa Vista, Vila Ipê e Jd. Firenze

Volante

Jd. Novo Horizonte; hortas do Taquara; Chácaras Acaray

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia

Nossa Cidade

Hortolândia apresenta nova queda de aglomeração de pessoas e perturbação do sossego neste final de semana

Portal Hortolândia

Publicado

em

Segundo a Prefeitura, o final de semana em Hortolândia apresentou o menor número de ocorrências ligadas à perturbação do sossego e aglomeração de pessoas do ano. Da noite de sexta-feira ao domingo (18 a 20/09), as equipes da Guarda Municipal e do Setor de Fiscalização da Prefeitura realizaram 14 atendimentos. Este foi o menor número de registros feitos pela Operação Saturação, desde o início da pandemia do Coronavírus. O trabalho acontece em todas as regiões da cidade e tem o objetivo de evitar aglomeração de pessoas e perturbação do sossego, além de fiscalizar o comércio para o funcionamento regular das atividades.

No entanto, de acordo com a Secretaria de Segurança, durante a operação deste final de semana, foi registrada uma aglomeração com aproximadamente 400 pessoas no Jardim Amanda. No local, foram aplicadas duas multas de perturbação do sossego. Também foram recolhidos um veículo e uma motocicleta. A GM intensificou o patrulhamento para evitar que o mesmo problema se repita nos jardins Nossa Senhora Auxiliadora e Boa Esperança.

Publicidade

“Desde janeiro, foram registradas 2.476 ocorrências ligadas à perturbação do sossego e aglomeração de pessoas. De março até agora, desde quando começou a pandemia do Coronavírus, foram 2.083 atendimentos”, explica a comandante da Guarda Municipal, Michele Cardena.

Hortolândia permanece na “fase amarela” do Plano São Paulo de reabertura gradual e consciente das atividades, do Governo Estadual. Deste modo, continua proibida a realização de festas clandestinas, com aglomerações, em espaços públicos e privados, além de ações que perturbem o sossego dos munícipes.

Como denunciar

O munícipe que flagrar estas situações pode denunciar os infratores. Eles podem ser levados à delegacia. Denúncias que caracterizem aglomeração de pessoas ou perturbação de sossego podem ser feitas à corporação, a qualquer hora do dia ou da noite, pelo telefone 153 ou 08000-111-580.

Os responsáveis por organizar festas clandestinas podem ser multados em até R$ 5.000,00, segundo as leis de perturbação do sossego. O local da confraternização poderá ser lacrado, alerta a Secretaria de Governo.

Orientação aos comércios

Desde o início da pandemia do Coronavírus, mais de 3,2 mil estabelecimentos comerciais foram fiscalizados e orientados, em todas as regiões da cidade, para o funcionamento correto, de acordo com as diretrizes do Código Sanitário do Estado de São Paulo. Os dados são da Secretaria de Segurança da Administração Municipal.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Hortolândia comemora o Dia da Árvore com plantio de mudas na região do Jd. Novo Ângulo

Portal Hortolândia

Publicado

em

Mesmo com a pandemia do Coronavírus, o Dia da Árvore não passou em branco na cidade. Para comemorar a data, a Prefeitura de Hortolândia realizou, na manhã desta segunda-feira (21/09), o plantio de duas mudas de árvores, na Praça do Jd. Novo Ângulo.

A ação teve caráter simbólico para evitar aglomeração e a disseminação do vírus. Foram plantadas uma muda de Pau-brasil e uma de Lofântera. Participaram da ação agentes do Departamento de Educação Ambiental e dois moradores da região.

Publicidade

A muda de Pau-brasil foi doada pelo morador Raimundo Candido Neto. “Estou cultivando essa muda há algum tempo e meu sonho era plantá-la nessa praça. Eu me comprometo a acompanhar e cuidar do desenvolvimento da árvore”, contou o morador.

De acordo com a Secretaria de Meio Ambiente e Densevolvimento Sustentável, com a ação simbólica desta segunda-feira, já foram plantadas na cidade, desde 2017, 68.387 mudas em diferentes regiões, dentre as quais Lagoa do Santa Clara, Jardim Santa Emília, entre outras.

Para a secretária de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Eliane Nascimento Oliveira, a comemoração do Dia da Árvore tem como objetivo principal a conscientização e a sensibilização sobre a importância do plantio e da preservação das árvores. “A Prefeitura tem como uma das metas prioritárias o plantio de 100 mil mudas no período de quatro anos, visando ampliar a cobertura vegetal da cidade e, com isso, proporcionar sombra, atração da fauna, proteção do solo, embelezamento, melhor qualidade do ar e, consequentemente, melhor qualidade de vida para toda população”, destaca Eliane.

A secretária salienta ainda que os plantios realizados pela Prefeitura são feitos com técnicas e espécies arbóreas adequadas que não trarão transtornos futuros, oferecendo harmonia entre a convivência urbana e a natureza. “Precisamos intensificar os plantios, principalmente nas calçadas da cidade. Vale lembrar que a árvore é um ser vivo que merece nosso respeito, cuidados e a esperança de sustentabilidade para as futuras gerações”, destaca Eliane.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Busca ativa casa a casa combate criadouros do Aedes aegypti em Hortolândia

Portal Hortolândia

Publicado

em

Em meio à pandemia do Coronavírus, a Prefeitura de Hortolândia se mantém vigilante no enfrentamento a outras doenças. Uma delas é a Dengue. Nesta semana, a UVZ (Unidade de Vigilância e Zoonoses), órgão da Secretaria de Saúde, realiza visitas a residências nas regiões do Remanso Campineiro, Jardim das Paineiras, Jardim Santana, Parque dos Pinheiros, Jardim Mirante, Jardim Santa Clara do Lago I e II, e Jardim Villagio Ghiraldelli para fazer busca ativa de focos de criadouros do mosquito Aedes aegypti, causador da Dengue.

Nas visitas, os agentes da UVZ orientam moradores, distribuem panfletos explicativos e fazem busca ativa de possíveis focos do mosquito. Constatada a existência de criadouros, eles são eliminados durante a própria visita. “Caso sejam encontradas larvas do Aedes aegypti, os agentes coletam amostras das larvas para identificação em laboratório”, explica o veterinário do órgão, Evandro Alves Cardoso.

Publicidade

A Prefeitura salienta que a população também deve fazer sua parte e colaborar na prevenção e no combate ao mosquito. Uma atividade útil é limpar a casa e, assim, eliminar possíveis focos de criadouros de larvas do Aedes aegypti, que, além da Dengue, também causa Zika e Chikungunya.

Para isso, basta fazer algumas tarefas simples, tais como manter tampados tonéis, barris e caixas d´água, colocar telas em ralos e mantê-los limpos, deixar garrafas com a boca virada para baixo e encher os pratinhos de vasos de plantas com areia até a borda.

Segundo a Secretaria de Saúde, 80% dos focos de Dengue estão nas casas. A UVZ salienta ainda que, com chegada do período de chuvas, a população deve reforçar esses cuidados.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Noticias

Youtube

 

PONTE DA ESPERANÇA

Populares