Connect with us
Publicidade


Nossa Cidade

Campanha de vacinação contra a Influenza é prorrogada até o dia 30 deste mês

Prefeitura

Publicado

em

Você ainda não tomou a vacina contra o vírus  H1N1, que causa a Influenza? Então, fique ligado! A campanha de vacinação foi prorrogada até o dia 30 deste mês. A Prefeitura de Hortolândia reforça a orientação de que crianças com idade entre seis meses a menos de seis anos, gestantes e puérperas precisam receber a imunização. De acordo com a Vigilância Epidemiológica, órgão da Secretaria de Saúde, a cobertura vacinal destes grupos continua baixa no município. Até o momento, a cobertura vacinal de crianças é de 46,44%, gestantes 33,45% e puérperas 37,57%. Na cidade já foram aplicadas cerca de 59 mil doses da vacina. 

Portanto, se você é de um desses grupos ou tem crianças dessa faixa etária, é importante tomar a vacina, alerta a ginecologista e obstreta da rede municipal de saúde, Fernanda Bertozzi. A especialista ressalta que, no caso de gestantes e puérperas, a vacina tem um grande efeito protetor tanto para a mãe quanto para a criança. “Para a mãe porque na gravidez, pela sua condição de gestante, ela tem uma baixa imunidade. Então, ela está mais propensa a adquirir a gripe. Já a criança, quando nasce, ela só vai poder tomar a vacina a partir dos seis meses. Por isso, ela estará desprotegida. Quando a mãe toma a vacina, ela passa anticorpos para o filho ainda na barriga e a criança vai nascer já com uma imunidade que chamamos de passiva, que vai da mãe para o filho”, explica Fernanda. 

A especialista salienta que puérperas também devem tomar a vacina para garantir sua saúde e também a do bebê. “Todos os anticorpos adquiridos pela mãe serão repassados para o bebê na amamentação. Mesmo as mães que não amamentam devem tomar a vacina, pois elas vão estar se protegendo e também seu bebê do contanto com o H1N1”, reforça Fernanda. 

A especialista aproveita para esclarecer uma dúvida frequente que tem confundido a população sobre a vacina diminuir a imunidade das pessoas e aumentar a possibilidade de pegar outras doenças. “Não, a vacina não altera ou diminui o nosso sistema imunológico, e sim o contrário. A vacina é feita com ‘vírus morto’. Então, não há riscos para as gestantes. É um grande erro pensar que a vacina diminui a imunidade das pessoas e aumentam a possibilidade de pegar outras doenças, ainda mais neste período de pandemia da COVID-19. Essa é uma pergunta muito frequente que as pessoas têm feito”, informa a especialista. 

LOCAIS DE VACINAÇÃO 

O horário da vacinação nas UBSs (Unidades Básicas de Saúde) é das 7h às 16h. Nas demais unidades, o horário é das 8h às 15h. Confira abaixo a lista dos locais de vacinação. 

A campanha nacional de vacinação contra a Influenza começou no dia 23 de março, tendo como público-alvo, inicialmente, idosos acima de 60 anos, profissionais da saúde e profissionais das forças públicas de segurança (Guarda Municipal, Defesa Civil, Polícias Civil e Militar, e bombeiros). Já a segunda fase ofereceu imunização para portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais; funcionários do sistema prisional; e motoristas de transporte coletivo e portuários. Por fim, a terceira fase teve como grupos prioritários PCDs (pessoas com deficiência), gestantes, puérperas, adultos de 55 a 59 anos de idade, e professores de escolas públicos e particulares. 

Confira abaixo a lista dos locais de vacinação:

UBS de referência

Local de vacinação

Nova Europa

Tenda montada na área externa da UBS

Santiago

Na própria UBS, com controle de fluxo

Novo Ângulo

Na própria UBS, com controle de fluxo

Nova Hortolândia

EMEIEF João Carlos do Amaral Soares

Pq. do Horto

EMEI Jardim Novo Estrela

Orestes Ôngaro

Tenda montada na área externa da UBS

São Jorge

Na própria UBS, com controle de fluxo

Amanda I

Na própria UBS, com controle de fluxo

Amanda II

EMEF Jardim Amanda I (CAIC)

Taquara Branca

Tenda montada na área externa da UBS

São Bento

EMEIEF Jardim São Pedro

Rosolen /Adelaide

Salão da Paróquia Nossa Senhora Aparecida

Santa Esmeralda

Pátio da UBS

Santa Clara

EMEI Santa Clara

Campos Verdes

Na própria UBS, com controle de fluxo

Figueiras

Tenda montada na área externa da UBS

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia

Nossa Cidade

Mutirão de zeladoria e limpeza passa por diversos bairros de Hortolândia

Portal Hortolândia

Publicado

em

Equipes da Prefeitura de Hortolândia trabalham em esquema de mutirão, desde o início da semana, em pelo menos seis bairros de Hortolândia.

O serviço de limpeza, poda do mato e zeladoria acontece em praças, ruas, avenidas, áreas verdes e espaços públicos dos jardins Amanda, Malta, Rosolém, Adelaide, Nossa Senhora Auxiliadora, bem como na Região Central e na avenida da Emancipação. O trabalho continua durante o final de semana e o feriado prolongado.

“Esta é mais uma etapa do trabalho com o objetivo de manter a cidade limpa e evitar focos de doenças, como a Dengue ou outras transmitidas por animais peçonhentos. Pedimos a colaboração da população para evitar descartes irregulares de objetos”, afirma o secretário de Serviços Urbanos, Francisco Raimundo da Silva.

Descarte irregular é crime e provoca incêndio

O descarte irregular de lixo, entulho e resíduos é crime ambiental sujeito a multa, além de contribuir para a transmissão de doenças pelo abrigo de animais peçonhentos. De acordo com a Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, quem quiser ajudar na identificação de pessoas e veículos que praticam crime ambiental pode enviar fotos e textos para o aplicativo do Programa Agenda Verde, disponível para download gratuito, nas plataformas Google Play ou App Store. A identidade dos denunciantes é mantida em sigilo.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Abertas inscrições para o 2º Colóquio de Ciência e Tecnologia promovido pela Prefeitura

Portal Hortolândia

Publicado

em

Já estão abertas as inscrições para o 2º Colóquio de Ciência e Tecnologia, que a Prefeitura de Hortolândia promove, na próxima quarta-feira (04/11), a partir das 19 horas, via plataforma Zoom. O tema “Diálogos sobre Educação e Tecnologias: docência em tempos de pandemia” será desenvolvido pelo

Prof. Dr. Daniel Mill, da UFSCar (Universidade Federal de São Carlos). A atividade online é voltada a servidores da rede municipal de Educação, que devem procurar a gestão da unidade escolar para se inscrever.

No total, foram disponibilizadas 300 vagas para os profissionais da rede municipal de educação de Hortolândia. As inscrições serão encerradas no dia do evento, às 16 horas. O evento é realizado pela Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia, por meio do Departamento de Ciência e Tecnologia.

SOBRE O PALESTRANTE

O Prof. Dr. Daniel Mill, da UFSCar é docente e gestor de Educação a Distância (EaD), doutor em Educação pela UFMG, com pós-doutorado pelas Universidade de Coimbra e Universidade Aberta de Portugal. É membro do Programa de Pós-Graduação em Educação e do Programa de Pós-Graduação em Ciência, Tecnologia e Sociedade.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Linhas intermunicipais passam a operar com mais ônibus em Sumaré, Hortolândia e Campinas

Portal Hortolândia

Publicado

em

São seis ônibus a mais, dois deles articulados, que possibilitam o acréscimo de 37 viagens nos serviços

A partir de hoje (29), seis linhas intermunicipais que atendem as cidades de Hortolândia, Sumaré e Campinas estão operando com um acréscimo de seis ônibus, sendo dois veículos articulados com maior capacidade de transporte. Essa medida propicia um aumento de 37 partidas em quatro serviços e a readequação da programação em mais duas ligações na Região Metropolitana de Campinas (RMC).

Essas reprogramações das linhas foram definidas com base nos acompanhamentos diários realizados pelos fiscais da EMTU/SP, por linha e por faixa horária. Além das fiscalizações em pontos estratégicos da RMC, as medidas se fundamentam nas informações obtidas no Centro de Gestão e Supervisão da empresa, instalado em São Bernardo do Campo, que monitora a operação dos ônibus metropolitanos em tempo real.

Os dois ônibus articulados, com capacidade para transportar 115 pessoas, e os comuns, que podem ser ocupados com cerca de 80 pessoas cada um, estão atendendo as linhas 636TRO, 699TRO, 700TRO e 701TRO. As viagens das linhas 654TRO e 658TRO foram reprogramadas. Os novos horários podem ser conferidos no site www.emtu.sp.gov.br

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Populares