Connect with us
Publicidade

Nossa Cidade

Caps-24h é inaugurado e reestrutura modelo de cuidado em saúde mental

Prefeitura

Publicado

em

 

Usuários do Caps (Centro de Artenção Psicossocial) Vida e seus familiares conquistaram, neste sábado (18/05), um novo modelo de cuidado em saúde mental: a Prefeitura de Hortolândia inaugurou o Caps 24h, com 10 leitos para acolhimento de pacientes em momentos de crise. A entrega das instalações acontece na data que marca o Dia Nacional da Luta Antomanicomial que, desde a década de 1980, mobiliza instituições em todo o país pelo fim das internações psiquiátricas. Por meio do atendimento que passa a ser oferecido no Caps Vida, a Prefeitura oferece hospitalidade noturna, com acompanhamento dos usuários por profissionais de enfermagem e acompanhamento psicológico durante o dia, com atuação de uma equipe multidisciplinar.

A inauguração do Caps 24h faz parte da programação do aniversário de Hortolândia, que completa 28 anos de emancipação, neste domingo (19/05). A ação integra o PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento), programa que prevê mais de 100 intervenções e serviços que promoverão o desenvolvimento urbano, ambiental, social e humano para que Hortolândia cresça com planejamento e sustentabilidade nos próximos 30 anos.

Para a inauguração, os usuários atendidos na unidade, que funciona na rua João Cancian, nº 161, no Parque Ortolândia, pintaram a fachada do prédio com muitas cores, compondo um enorme mosaico no muro. “Esta fachada mostra bem como são as pessoas: cada uma de um jeito, de um tamanho diferente. Algumas saem do compasso. Mas todos fazem parte de uma mesma vida em sociedade e merecem o mesmo respeito e liberdade”, enfatizou o prefeito Angelo Perugini na cerimônia de inauguração.

“O Caps não prende as pessoas. Elas vêm aqui para realizar acompanhamentos e atividades terapêuticas quando desejam. Mas, se elas retornam, significa que se sentem bem aqui”, destacou a secretária de Saúde, Odete Carmem Gialdi.

Atualmente, o Caps possui 432 usuários ativos nas diversas oficinas oferecidas, desde roda de conversa, caminhada, futebol, lian gong (ginástica chinesa), até a produção de pães e bolos para venda e obtenção de renda para os pacientes. Um dos usuários é o Fábio, de 42 anos, filho da dona Teresinha Maria da Conceição, de 71 anos. Moradora do Jd. Terras de Santo Antônio, ela lembra das várias internações psiquiátricas pelas quais o filho já passou. “Já teve vezes dele ficar mais de um mês internado. Hoje estou muito feliz com este Caps 24h porque, se ele precisar ser contido, estará perto de casa e da família”, comenta.

A coordenadora do Caps Vida, Jeni Rodrigues Teixeira, explica que a unidade funciona como uma casa, onde os usuários convivem, participam de atividades diversas e, à noite, repousam. “A oferta de hospitalidade noturna significa que eles não estarão num hospital, mas terão todo cuidado de enfermagem necessário para que descansem. O sono é reparador para as células nervosas”, afirma Jeni. “Temos três quartos com camas convencionais. Um deles tem uma cama hospitalar, caso seja necessário administrar soro. Mas a ideia é oferecer o conforto do lar”, enfatiza. Não é a toa que os quartos são apelidados de “aconchego”. Aliás, todos os ambientes do Caps receberam nomes carinhosos, escolhidos pelos próprios usuários, como “Parada Obrigatória” para a recepção, e “Onde o sol brilha” para a farmácia. “Os transtornos psiquiátricos são crônicos, ou seja não têm cura. Mas se não podemos curar, podemos cuidar. E, aqui, vamos cuidar com dignidade, humanidade e respeito”, observa Odete.

O Caps Vida 24h integra a Rede de Atenção Psicossocial de Hortolândia, assim como o Caps-I (Infantil) e o Caps-AD (Álcool e Drogas). As três unidades atendem de portas abertas, ou seja, não é necessário encaminhamento médico para procurar atendimento.

A Rede de Atenção Psicossocial tem apoio, ainda, das UBSs (Unidades Básicas de Saúde), onde há uma equipe multidisciplinar, composta por enfermeiros, agentes comunitários de saúde, técnicos de enfermagem e médicos, que auxiliam na estruturação do atendimento em saúde e acompanham os pacientes. Após o diagnóstico, os casos mais graves são conduzidos para o Caps, onde recebem tratamento, como terapias e oficinas, além de acompanhamento médico, terapia ocupacional, assistência social e psicológica.

Mês da Luta Antimanicomial

A Prefeitura de Hortolândia preparou para este mês de maio uma série de atividades de mobilização e debates sobre questões relacionadas à saúde mental, em razão do Mês da Luta Antomanicomial. A programação que tem como tema “Saúde Humanizada: Direito de Todos”, pode ser conferida abaixo.

A Luta Antimanicomial é lembrada todo dia 18 de maio, data que teve origem em 1987, com o Encontro dos Trabalhadores da Saúde Mental, ocorrido em Bauru, reunindo mais de 350 pessoas da área de saúde mental em busca de uma experiência de desinstitucionalização da psiquiatria. O tratamento psiquiátrico, até então, se concentrava em internações hospitalares. Como resultado desta e de outras mobilizações, a Reforma Psiquiátrica foi aprovada em 2001, através da Lei Federal 10.216. Isso significa que o atendimento aos pacientes com transtornos mentais passou a ser acompanhado por uma rede de atenção psicossocial, estruturada em unidades de serviços comunitários onde cada paciente tem sua vida livre, participando de atividades terapêuticas e de reabilitação, sempre acompanhados da família.

Confira abaixo o calendário de ações do Mês da Luta Antimanicomial:

 

Data

Atividade

Horário

Local

 

 

21/05/2019

 

Cinedebate + Cinepsi

Filme: O Solista

 

 

 

13h30 às 17

 

 

 

Salão UNASP

 

22/05/2019

 

Ateliê Artístico

 

08h30 às 12h

 

Praça Chico Mendes

 

 

23/05/2019

 

Dialogando com a Saúde Mental

Tema: A pessoa que sofre

 

13h30 às 17h

 

 

Auditório Paulo Freire

Rua: Euclides Pires de Assis, 150, Remanso Campineiro

 

 

28/05/2019

 

Cinedebate + Cinepsi

Filme: Nise: No coração a loucura

 

 

13h30 às 17h

 

Salão UNASP

 

 

 

29/05/2019

 

 

CELEBR(ação)

Um piquinique para celebrar a vida

 

 

09h as 12h

 

 

 

Jardim

(UNASP)

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia

Nossa Cidade

Coronavírus Hortolândia: 3784 casos confirmados, 3581 curados e 132 óbitos

Redação

Publicado

em

Por

O boletim sobre coronavírus divulgado pela Secretaria de Saúde de Hortolândia, nesta sexta-feira(18) mostra que o município teve 3784 casos confirmados, 3581 curados e 132 óbitos.

Casos confirmados: 05 pacientes internados em UTI’s fora do município; 03 em enfermaria fora do município; 0 no Hospital Municipal Mário Covas; 04 em internação na Unidade Respiratória do Nova Hortolândia; 10 em isolamento domiciliar.

Casos suspeitos: 06 casos internados em UTI’s fora do município; 04 em enfermaria fora do município; 0 caso no Hospital Municipal Mário Covas; 02 em internação na Unidade Respiratória do Nova Hortolândia; 433 em isolamento domiciliar.

3694 casos já foram descartados mediante resultado do exame de Covid-19.

A partir de 17/05, os casos de síndrome gripal sem coleta de exames estão excluídos dos boletins diários. Somente constarão no relatório, os casos em que são colhidos exames para diagnosticar pacientes contaminados pelo Coronavírus.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

90% das vagas de emprego do Assaí atacadista são preenchidas por moradores de Hortolândia

Redação

Publicado

em

Por

Hortolândia dá mais um importante passo para a retomada do crescimento econômico. Um novo empreendimento comercial, o atacadista Assaí, inaugurou, nesta sexta-feira (18/09), sua nova loja no município. Dos 500 novos empregos, diretos e indiretos, gerados no município, 90% das vagas foram preenchidas por moradores da cidade. As informações são da rede atacadista. Hortolândia conquistou a filial no ano passado, quando a empresa anunciou sua intenção de abrir uma loja na cidade em reunião com representantes da Prefeitura.

Para auxiliar os interessados no cadastramento e preenchimento do currículo, o PAT (Posto de Atendimento ao Trabalhador), órgão vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Turismo e Inovação, ofereceu suporte e realizou orientações aos candidatos interessados em concorrer às vagas de emprego divulgadas pela empresa do setor atacadista Assaí. O processo de seleção foi realizado pela internet.

A conquista de novas empresas para a cidade, com geração de emprego e renda, é uma das prioridades da Administração Municipal, que realiza ações e obras, por meio de parcerias com o setor público e a iniciativa privada, para incentivar o desenvolvimento urbano, ambiental, social e humano de forma planejada e sustentável. Dentre as novas empresas que chegaram à cidade estão Odata (tecnologia), Embalixo (fabricante de embalagens) e Assaí Atacadista (comércio atacadista).

Hortolândia tem grande capacidade de atração de investimentos, o que pode ser constatado pelo crescente número de instalação de empresas no município. De acordo com a base de dados do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), que utiliza informações da Receita Federal, o número total de estabelecimentos na cidade praticamente triplicou, desde 2018, totalizando, em 2020, 8.814 estabelecimentos, o que representa um constante crescimento e desenvolvimento do município. Nos dados divulgados pela Jucesp (Junta Comercial do Estado de São Paulo), somente no mês de agosto, foram registradas a abertura de 61 novas empresas.

“A inauguração do Assaí Atacadista em Hortolândia é mais uma evidência de como o mercado consumidor da cidade está cada vez mais atrativo para novos investimentos. Sua instalação é mais um motivo para que o cidadão gaste na cidade, para que o comerciante possa suprir seu estabelecimento com produtos em valores competitivos e que a economia local se beneficie dessa novidade. Nos seus quase 15 mil metros quadrados o atacadista gerou 300 postos de trabalho diretos impactando positivamente todas essas famílias em momento de acentuada crise. O momento de hoje representa uma grande esperança diante dos momentos difíceis que vivemos com a pandemia e dá mais uma amostra da resiliência da nossa cidade”, enfatizou a secretária de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Turismo e Inovação, Monique Freschet.

MAIS MOBILIDADE E MELHORIAS NO TRÂNSITO

A Prefeitura de Hortolândia trabalha na finalização de um novo viário nas proximidades do atacadista Assaí, na Região Central. No local são realizadas obras de prolongamento de duas novas ruas que vão integrar a rua Luiz Camilo de Camargo ao Jardim das Paineiras. Além de facilitar o tráfego de veículos pela principal área comercial da cidade, o viário inclui ciclovia e calçada para pedestres, ampliando a mobilidade das pessoas. O serviço é realizado com recursos financiados pelo Banco CAF.

A EMPRESA

De acordo com o grupo empreendedor, a primeira loja do Assaí Atacadista surgiu em São Paulo, em 1974, com foco no abastecimento do pequeno transformador. Em 2007, a empresa passou a fazer parte do GPA, uma empresa do Grupo Casino e maior varejista do Brasil. Essa parceria alavancou a história de crescimento e, assim, de 14 o atacadista passou a ter 175 lojas, com geração de mais de 45 mil empregos.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Rodovias do Tietê distribui antenas anti cerol na rodovia SP-101 em Hortolândia

Avatar

Publicado

em

Os motociclistas que passam pela Rodovia jornalista Francisco Aguirre de Proença (SP-101) na manhã desta sexta-feira (18) no quilômetro 14, em Hortolândia receberam gratuitamente, antenas capazes de cortar linhas de pipa com cerol que foram acopladas ao guidão do veículo. O objetivo da distribuição é evitar acidentes com usuários ao longo da via.

As equipes distribuíram quarenta antenas, na Base de Serviço de Atendimento ao Usuário. Os agentes contaram com o apoio da Artesp e do Policiamento Rodoviário do 4° Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv).

Toda a ação seguiu os protocolos onde foi respeitado às normas da vigilância sanitária e as equipes devidamente equipadas com EPIs, e os motociclistas abordados de forma aleatória e contida para evitar aglomerações.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Noticias

Publicidade

Youtube

 

PONTE DA ESPERANÇA

Populares