Connect with us
Publicidade


Nossa Cidade

Caps-24h é inaugurado e reestrutura modelo de cuidado em saúde mental

Prefeitura

Publicado

em

 

Publicidade

Usuários do Caps (Centro de Artenção Psicossocial) Vida e seus familiares conquistaram, neste sábado (18/05), um novo modelo de cuidado em saúde mental: a Prefeitura de Hortolândia inaugurou o Caps 24h, com 10 leitos para acolhimento de pacientes em momentos de crise. A entrega das instalações acontece na data que marca o Dia Nacional da Luta Antomanicomial que, desde a década de 1980, mobiliza instituições em todo o país pelo fim das internações psiquiátricas. Por meio do atendimento que passa a ser oferecido no Caps Vida, a Prefeitura oferece hospitalidade noturna, com acompanhamento dos usuários por profissionais de enfermagem e acompanhamento psicológico durante o dia, com atuação de uma equipe multidisciplinar.

A inauguração do Caps 24h faz parte da programação do aniversário de Hortolândia, que completa 28 anos de emancipação, neste domingo (19/05). A ação integra o PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento), programa que prevê mais de 100 intervenções e serviços que promoverão o desenvolvimento urbano, ambiental, social e humano para que Hortolândia cresça com planejamento e sustentabilidade nos próximos 30 anos.

Para a inauguração, os usuários atendidos na unidade, que funciona na rua João Cancian, nº 161, no Parque Ortolândia, pintaram a fachada do prédio com muitas cores, compondo um enorme mosaico no muro. “Esta fachada mostra bem como são as pessoas: cada uma de um jeito, de um tamanho diferente. Algumas saem do compasso. Mas todos fazem parte de uma mesma vida em sociedade e merecem o mesmo respeito e liberdade”, enfatizou o prefeito Angelo Perugini na cerimônia de inauguração.

“O Caps não prende as pessoas. Elas vêm aqui para realizar acompanhamentos e atividades terapêuticas quando desejam. Mas, se elas retornam, significa que se sentem bem aqui”, destacou a secretária de Saúde, Odete Carmem Gialdi.

Atualmente, o Caps possui 432 usuários ativos nas diversas oficinas oferecidas, desde roda de conversa, caminhada, futebol, lian gong (ginástica chinesa), até a produção de pães e bolos para venda e obtenção de renda para os pacientes. Um dos usuários é o Fábio, de 42 anos, filho da dona Teresinha Maria da Conceição, de 71 anos. Moradora do Jd. Terras de Santo Antônio, ela lembra das várias internações psiquiátricas pelas quais o filho já passou. “Já teve vezes dele ficar mais de um mês internado. Hoje estou muito feliz com este Caps 24h porque, se ele precisar ser contido, estará perto de casa e da família”, comenta.

A coordenadora do Caps Vida, Jeni Rodrigues Teixeira, explica que a unidade funciona como uma casa, onde os usuários convivem, participam de atividades diversas e, à noite, repousam. “A oferta de hospitalidade noturna significa que eles não estarão num hospital, mas terão todo cuidado de enfermagem necessário para que descansem. O sono é reparador para as células nervosas”, afirma Jeni. “Temos três quartos com camas convencionais. Um deles tem uma cama hospitalar, caso seja necessário administrar soro. Mas a ideia é oferecer o conforto do lar”, enfatiza. Não é a toa que os quartos são apelidados de “aconchego”. Aliás, todos os ambientes do Caps receberam nomes carinhosos, escolhidos pelos próprios usuários, como “Parada Obrigatória” para a recepção, e “Onde o sol brilha” para a farmácia. “Os transtornos psiquiátricos são crônicos, ou seja não têm cura. Mas se não podemos curar, podemos cuidar. E, aqui, vamos cuidar com dignidade, humanidade e respeito”, observa Odete.

O Caps Vida 24h integra a Rede de Atenção Psicossocial de Hortolândia, assim como o Caps-I (Infantil) e o Caps-AD (Álcool e Drogas). As três unidades atendem de portas abertas, ou seja, não é necessário encaminhamento médico para procurar atendimento.

A Rede de Atenção Psicossocial tem apoio, ainda, das UBSs (Unidades Básicas de Saúde), onde há uma equipe multidisciplinar, composta por enfermeiros, agentes comunitários de saúde, técnicos de enfermagem e médicos, que auxiliam na estruturação do atendimento em saúde e acompanham os pacientes. Após o diagnóstico, os casos mais graves são conduzidos para o Caps, onde recebem tratamento, como terapias e oficinas, além de acompanhamento médico, terapia ocupacional, assistência social e psicológica.

Mês da Luta Antimanicomial

A Prefeitura de Hortolândia preparou para este mês de maio uma série de atividades de mobilização e debates sobre questões relacionadas à saúde mental, em razão do Mês da Luta Antomanicomial. A programação que tem como tema “Saúde Humanizada: Direito de Todos”, pode ser conferida abaixo.

A Luta Antimanicomial é lembrada todo dia 18 de maio, data que teve origem em 1987, com o Encontro dos Trabalhadores da Saúde Mental, ocorrido em Bauru, reunindo mais de 350 pessoas da área de saúde mental em busca de uma experiência de desinstitucionalização da psiquiatria. O tratamento psiquiátrico, até então, se concentrava em internações hospitalares. Como resultado desta e de outras mobilizações, a Reforma Psiquiátrica foi aprovada em 2001, através da Lei Federal 10.216. Isso significa que o atendimento aos pacientes com transtornos mentais passou a ser acompanhado por uma rede de atenção psicossocial, estruturada em unidades de serviços comunitários onde cada paciente tem sua vida livre, participando de atividades terapêuticas e de reabilitação, sempre acompanhados da família.

Confira abaixo o calendário de ações do Mês da Luta Antimanicomial:

 

Data

Atividade

Horário

Local

 

 

21/05/2019

 

Cinedebate + Cinepsi

Filme: O Solista

 

 

 

13h30 às 17

 

 

 

Salão UNASP

 

22/05/2019

 

Ateliê Artístico

 

08h30 às 12h

 

Praça Chico Mendes

 

 

23/05/2019

 

Dialogando com a Saúde Mental

Tema: A pessoa que sofre

 

13h30 às 17h

 

 

Auditório Paulo Freire

Rua: Euclides Pires de Assis, 150, Remanso Campineiro

 

 

28/05/2019

 

Cinedebate + Cinepsi

Filme: Nise: No coração a loucura

 

 

13h30 às 17h

 

Salão UNASP

 

 

 

29/05/2019

 

 

CELEBR(ação)

Um piquinique para celebrar a vida

 

 

09h as 12h

 

 

 

Jardim

(UNASP)

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia

Nossa Cidade

Coronavírus Hortolândia: 5028 casos confirmados, 4832 curados e 163 óbitos

Redação

Publicado

em

Por

O boletim sobre coronavírus divulgado pela Secretaria de Saúde de Hortolândia, nesta sexta-feira(27) mostra que o município teve 5028 casos confirmados, 4832 curados e 163 óbitos.

Publicidade

Casos confirmados: 04 pacientes internados em UTI’s fora do município; 03 em enfermaria fora do município; 0 no Hospital Municipal Mário Covas; 02 em internação na Unidade Respiratória do Nova Hortolândia; 24 em isolamento domiciliar.

Casos suspeitos – aguardando exame: 04 casos internados em UTI’s fora do município; 07 em enfermaria fora do município; 00 caso na enfermaria do Hospital Municipal Mário Covas; 01 em internação na Unidade Respiratória do Nova Hortolândia; 585 em isolamento domiciliar.

6520 casos já foram descartados mediante resultado do exame de Covid-19.

Desde o dia 17/05, os casos de síndrome gripal sem coleta de exames estão excluídos dos boletins diários. Somente constarão no relatório, os casos em que são colhidos exames para diagnosticar pacientes contaminados pelo Coronavírus.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Prefeitura lança campanha “Hortolândia luz que acolhe”

Prefeitura

Publicado

em

A cidade começa a entrar no clima de Natal. A Prefeitura lança a campanha “Hortolândia luz que acolhe”. O objetivo é incentivar a população a consumir no comércio local durante o final do ano. A campanha começará no dia 5 de dezembro e irá até 6 de janeiro de 2021. A ação envolverá as Secretarias de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Turismo e Inovação, Governo, Educação, Cultura, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Segurança e Mobilidade Urbana. Esta medida integra o plano da Prefeitura para a retomada econômica do munícipio, com responsabilidade no combate à pandemia do Coronavírus.

Publicidade

A campanha também deixará a cidade mais brilhante e bonita. As três principais ruas de comércio do município serão decoradas com enfeites natalinos e receberão iluminação especial. As vias em questão são avenida Brasil, no Jardim Amanda; rua Luiz Camilo de Camargo, na região central; e rua Antônio Fernandes Leite, no Jardim Rosolém.

Em razão da campanha, o comércio terá o tradicional horário especial de funcionamento: segunda a sexta-feira até as 21h, sábado até as 18h e domingo das 10h às 15h. Na véspera de Natal, 24/12, as lojas funcionarão até as 15h e fecharão no dia 25/12. Já no dia 26/12, o comércio abrirá das 12h às 21h. Nos dias 31/12 e 01/01 de 2021 as lojas não funcionarão. A partir do dia 02/01 de 2021 o comércio retoma o horário normal de funcionamento. Esta ação é uma parceria da Prefeitura com a ACIAH (Associação Comercial de Hortolândia).

ENFEITES

A Secretaria de Educação já iniciou o trabalho de confecção dos enfeites que adornarão as três ruas de comércio. Os itens decorativos estão sendo produzidos na Emef (Escola Municipal de Ensino Fundamental) “Prof. Claudio Roberto Marques”, localizada no Jardim Santana. Participam da confecção dos enfeites cerca de 20 servidores das Secretarias de Educação e de Cultura. Para a confecção dos enfeites são utilizados materiais recicláveis, tais como pneus e garrafas PET. Serão produzidos bonecos de Papai Noel, árvores e bolas natalinas, presépios, entre outros itens.

Um dos mais belos cartões postais da cidade também será enfeitado para a campanha. O Parque Socioambiental “Irmã Dorothy Stang”, localizado na rua Manoel Antônio da Silva, 415, no Jardim Nossa Senhora de Fátima, também receberá decoração especial para o período de final de ano.

A Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável iniciou o trabalho de reaproveitamento de enfeites natalinos que foram utilizados nos anos anteriores no próprio parque. O trabalho é realizado pelos agentes do Núcleo de Educação Ambiental. Os enfeites que estão sendo recuperados foram feitos com materiais reaproveitáveis, tais como garrafas PET, CDs, discos de vinil, fitas de presente, lâmpadas usadas, conduíte, entre outros.

LOGOMARCA

Para estimular a adesão do comércio, a Prefeitura disponibiliza a logomarca da campanha para os lojistas. A ideia é fazer com que eles estampem a logomarca em camisetas e máscaras que serão utilizadas em seus estabelecimentos. A logomarca está disponível para download no arquivo anexo abaixo. Além disso, a Prefeitura orienta os comerciantes para que decorem suas lojas para participar da campanha.

A secretária de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Turismo e Inovação, Monique Freschet, destaca que a campanha já movimenta a cidade. “A ideia é criar uma identidade que demonstre a união de toda a cidade neste ano que foi tão difícil. Disponibilizamos a logomarca da campanha para que os lojistas reproduzam em camisetas e máscaras. Com isso, criamos um sentimento na própria população de como é importante valorizar e comprar na cidade. Esta proposta foi discutida e aceita em reuniões com os empreendedores, que acreditam que estas ações aproximarão as pessoas e farão um Natal bonito e acolhedor em Hortolândia”, destaca Monique.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Caminhão choca-se contra muro no Jardim Boa Vista

Redação

Publicado

em

Por

Um caminhão chocou-se contra o múro de uma chácara, na tarde desta sexta-feira(27), no bairro Jardim Boa Vista.

Publicidade

O motorista do veiculo teria perdido o controle da direcao. Felizmente ele sofreu apenas ferimentos leves.

O acidente aconteceu na rua das Acácias com a rua Damasco. De acordo com internautas os acidentes ali são frequentes.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Populares