Connect with us
Publicidade

Nossa Cidade

Com radares, Hortolândia zera mortes no trânsito em fevereiro

Prefeitura

Publicado

em

Prefeitura trabalha firme nas ações para ampliar segurança viária

O início do funcionamento dos radares de fiscalização do trânsito e as medidas de segurança viária adotadas pela Prefeitura de Hortolândia, desde 2017, contribuíram para a cidade não registrar mortes no trânsito no mês de fevereiro deste ano. É a primeira vez, desde 2015, que a cidade deixa de aparecer nas estatísticas com mortes no trânsito no segundo mês do ano. 

No mês de fevereiro de 2015 foram registradas duas mortes. Em fevereiro 2016, também houve o registro de duas mortes no trânsito. Em fevereiro de 2017, Hortolândia registrou novamente duas vítimas fatais no trânsito. Em fevereiro de 2018, ocorreu uma morte no trânsito da cidade. O dado é do Sistema de Informações de Acidentes de Trânsito (Infosiga-SP). 

 “Mesmo com as festas de Carnaval, passamos o mês de fevereiro sem registrar nenhum acidente de trânsito com vítima na cidade. Apenas Hortolândia e Valinhos, de todas as cidades da região, conseguiram este feito. A preservação das vidas mostra que as ações de segurança viária, principalmente a retomada do uso dos radares para fiscalizar o trânsito, foram importantes para o município. Continuaremos implantando novas medidas de segurança viária para salvar mais vidas”, observa o secretário de Mobilidade Urbana, Atílio André Pereira.

A Prefeitura desenvolve ações para ampliação da segurança viária. Além da implantação dos radares, em funcionamento desde o dia 21 de janeiro deste ano, é realizado o reforço na sinalização de trânsito em ruas próximas a escolas e nas vias mais movimentadas, trabalho realizado em parceria com o Detran (Departamento Estadual de Trânsito). A Prefeitura também instalou painéis eletrônicos móveis, um na avenida da Emancipação e outro na avenida Santana que exibem, por meio de luzes de LED na cor laranja, mensagens de orientação para motoristas. 

De acordo com a secretaria de Mobilidade Urbana, são 38 pontos de fiscalização eletrônica, instalados em 12 vias, entre elas, as três avenidas com o maior número de acidentes (Santana, Emancipação e Olívio Franceschini), registrados durante estudo realizado para implantação dos dispositivos. Além da velocidade, em alguns pontos de fiscalização, os radares flagram o avanço do sinal vermelho e a parada dos veículos sobre a faixa de pedestres.

MULTA EDUCATIVA

Os radares de Hortolândia começaram a fiscalizar no dia 21 de janeiro, por meio de multas educativas. Somente no dia 21 de fevereiro, um mês depois do início de operação, os equipamentos passaram a multar os motoristas que cometem infrações no trânsito.

“Nós resolvemos dar um mês para os motoristas se adaptarem aos dispositivos. A intenção da instalação dos radares não é multar e sim preservar a segurança viária, por isso, durante um mês, apenas alertamos os motoristas infratores sem cobrar multas”, explica Pereira. 

NÚMEROS

Durante o período de testes dos radares, uma semana antes dos dispositivos começarem a funcionar, 3.507 veículos trafegaram acima do limite de velocidade nos pontos com radar. Já no primeiro dia de operação dos equipamentos, foram 994 veículos acima da velocidade permitida; os números representam 72% menos infratores em relação ao período de testes. Os motoristas que avançaram o farol vermelho também: foram 1.658 flagrantes no período de testes contra 241 no primeiro dia de operação; queda de 85% neste tipo de infração.

SEGURANÇA VIÁRIA

As ações de segurança viária em Hortolândia integram o PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento), conjunto de mais de 100 obras e serviços que a Administração Municipal realizará para reestruturar o sistema viário, modernizar a cidade, gerar emprego e renda, com sustentabilidade e planejamento.

CONFIRA AS VIAS COM RADAR 

Os aparelhos funcionam nas seguintes vias: rua Nelson Pereira Bueno (Remanso Campineiro); Estrada Municipal Carlos Roberto Prataviera (Em frente ao cemitério); Av. da Emancipação; Av. Olívio Franceschini, Av. Santana (Jd. Amanda); Av. São Francisco de Assis (Vila Real); Av. Thereza Ana Cecon Breda (Vila Real); Av. Brasil (Jd. Amanda); Estrada Municipal Sabina Batista de Camargo (região do Jd. Novo Ângulo e Carmem Cristina); e rua Augusto dos Anjos (Jd. Amanda); rua Luiz Camilo de Camargo (região Central); e rua Otaviano de Figueiredo Breda (Loteamento Adventista Campineiro).

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia

Nossa Cidade

Poupatempo inicia testes e treinamento em Hortolândia

Redação

Publicado

em

Por

O Poupatempo vai inaugurar sua sede em breve em Hortolândia e iniciou nesta terça-feira (27) o treinamento e teste de sistema no prédio do Hortofácil, onde ficará instalado.

A princípio os testes serão feitos em atendimentos sem agendamento e atenderá diversos serviços, incluindo o Detran e será uma operação assistida, com verificação de sistema e treinamento dos funcionários.

O horário de funcionamento do Poupatempo Hortolândia será de segunda a sexta-feira, das 09h às 17h, e aos sábados das 09h às 13h.

A previsão é que no máximo em 15 dias a unidade já esteja em pleno funcionamento.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Jovens de Hortolândia participam de cerimônia de juramento à bandeira

Portal Hortolândia

Publicado

em

Aproximadamente 750 jovens de Hortolândia, com 18 anos completos, participaram, nesta quarta-feira (28/10), da cerimônia oficial de compromisso à bandeira. O evento, realizado no Complexo Poliesportivo Nelson Cancian, no Jardim Nova Hortolândia, respeitou o Código Sanitário do Estado de São Paulo contra a disseminação do Coronavírus.

Segundo a Secretaria de Segurança, foram realizadas seis cerimônias, separadamente, para diminuir o número de participantes em cada uma, evitando aglomerações para que os participantes mantivessem distância segura uns dos outros. Também foi obrigatório o uso de máscaras para todos os que comparecerem ao local.

“Neste ano, a cerimônia de juramento à bandeira, tão aguardada para os jovens que se alistam no serviço militar foi diferente. Tivemos que realizar um novo sistema e mudar toda a forma tradicional do evento. Agradecemos a quem compareceu. É muito importante manter a situação regularizada para receber o certificado de reservista. Quem não participou da cerimônia e tiver dúvidas sobre qualquer situação relacionada ao alistamento militar deve procurar a Junta Militar para regularizar a situação”, afirmou o secretário de Segurança, Mauro Balbino da Silva.

Junta Militar funciona no Hortofácil

A Junta Militar de Hortolândia, órgão da Prefeitura, realiza atendimento presencial, de segunda a sexta-feira, das 9h às 15h, no prédio do HORTOFÁCIL, na rua Argolino de Moraes, 415, na Região Central. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (19) 3965-1427.

De acordo com a Secretaria de Segurança, o alistamento militar é obrigatório para jovens do sexo masculino com 18 anos. Quem não o fizer, além de estar sujeito à multa, ficará impedido de realizar atividades como obter a carteira profissional, passaporte, registro de diploma de profissões liberais, matrícula ou inscrição para exercer qualquer função profissional e até mesmo matricular-se ou prestar exame em qualquer

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Procon de Hortolândia orienta população a fazer pesquisa de preço de produtos da cesta básica

Portal Hortolândia

Publicado

em

Diante do aumento dos preços dos produtos da cesta básica, registrado nos últimos meses, a Prefeitura de Hortolândia orienta o consumidor a denunciar estabelecimentos e lojas da cidade que pratiquem preços abusivos, na venda destes produtos.

As denúncias devem ser feita pelos telefones (19) 3819-1024, (19) 3965-1400, ramais 7034 e 7035, ou pelo e-mail [email protected] do Procon (Programa de Proteção e Defesa do Consumidor) de Hortolândia, órgão vinculado à Secretaria de Assuntos Jurídicos.

O Procon municipal atua junto à Fundação Procon (SP), com quem tem convênio firmado. As denúncias recebidas são encaminhadas à regional de Campinas da Fundação, que está com a “Operação Preço nas Alturas”, que fiscaliza, desde setembro, o aumento no preço de alimentos, principalmente arroz e óleo.

De acordo com o órgão municipal, os fiscais fazem diligência nos estabelecimentos para verificar se houve ou não a prática de preço abusivo. Se a prática for confirmada, os estabelecimentos podem ser multados. O valor da multa varia, dependendo da receita bruta, do porte do estabelecimento, do grau de infração e da vantagem obtida por meio da prática abusiva.

Para formalizar a denúncia e para que a mesma tenha validade, o órgão solicita ao consumidor que ele inclua as informações necessárias, tais como nome e endereço do estabelecimento comercial, informações descritivas do produto (marca, peso, entre outras), imagens que mostrem o produto e o preço, cópia ou imagem da nota e/ou cupom fiscal, ou ainda do comprovante da compra. Ao fazer a denúncia, o consumidor precisa se identificar e informar dados pessoais.

O órgão garante o sigilo da denúncia.O Procon de Hortolândia orienta ainda o consumidor a fazer pesquisa de preço de produtos, antes da denúncia. O órgão informa que, até o momento, a regional já fez a autuação de um estabelecimento comercial e notificou outros três estabelecimentos da cidade.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Populares