Connect with us
Publicidade

Nossa Cidade

Comissão estudará implantação de Sistema Cicloviário

Portal Hortolândia

Publicado

em

Foi criada na sessão desta segunda-feira (05 de agosto) a Comissão de Assuntos Relevantes para discutir sugestões para implantação de Sistema Cicloviário na cidade de Hortolândia. A propositura de autoria do vereador Paulão (PRP) será composta por três vereadores e terá 180 dias para fazer levantamentos sobre o assunto.

O objetivo da comissão, criada através do Projeto de Resolução nº 16/2019, é ouvir as solicitações dos ciclistas da cidade que reclamam constantemente da falta de infraestrutura cicloviária, não só para a prática de esportes, mas também como meio de locomoção. Segundo a justificativa do Projeto, atualmente Hortolândia possui apenas quatro quilômetros de ciclovias implantadas, na Avenida Olívio Franceschini, ligando a Avenida Emancipação até o Parque Socioambiental Chico Mendes, e na Avenida Santana.

Mesmo com a apresentação de construção de mais 10 quilômetros de ciclovias pela Prefeitura, através do PIC (Plano de Incentivo ao Crescimento) da Prefeitura, a comunidade de ciclistas acredita que é possível medidas maiores, com aumento da extensão das ciclovias, interligação entre bairros e centro, políticas de incentivo ao ciclismo e educação de motoristas em relação às leis de trânsito e respeito aos ciclistas.

Por isso a comissão integrará três vereadores para reunir estas sugestões e moldar ações que possam ser passadas ao Poder Executivo para transformar Hortolândia em uma cidade que incentiva, não só a prática do ciclismo como esporte, mas também o uso de bicicletas para locomoção, garantindo assim uma diminuição do tráfego de veículos, e consequentemente a redução de emissão de poluentes pela queima de combustíveis.

Na mesma sessão ainda foi aprovado o Projeto de Lei nº 100/2019, de autoria do Poder Executivo, que faz alterações na Lei nº3.655/2019, que trata da Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2020; o PL nº 89/2019, também do Executivo, que faz alterações na Lei nº 965/2001, que trata do Regime Próprio de Previdência; e o PL nº 17/2019, do vereador Frank (DEM), que dispõe sobre denominação de João Mendes da Silva da Praça localizada na Avenida Anhanguera, no bairro Vila Real.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia

Nossa Cidade

Hortolândia avança para fase amarela e publica novo decreto neste domingo (09/08)

Prefeitura

Publicado

em

Nesta sexta-feira (07/08), Hortolândia avança para a “Fase 3 – Amarela”, do “Plano São Paulo”. A Prefeitura começa a elaborar um novo decreto municipal, que será publicado neste domingo (09/08), de retomada consciente das atividades na cidade.

O documento será baseado nos protocolos e orientações do Governo do Estado. A fase 3 é uma etapa de flexibilização que permite a liberação de demais setores para a retomada das atividades, com a abertura do comércio por seis horas diárias e amplia a capacidade de atendimento de 20% para 40%. Além disso, libera o funcionamento de salões de beleza, cabeleireiros, manicure e pedicure, academias, bares e restaurantes, para consumo no local.

O Comitê Municipal de Prevenção e Enfrentamento do Coronavírus (COVID-19), da Prefeitura, se prepara para realizar a publicação com as novas orientações, que começarão a valer a partir da data de sua publicação, e iniciará um novo trabalho de acompanhamento, apoio e orientação aos empresários, comerciantes, prestadores de serviços e toda a população. Dentre os critérios definidos para a cidade e toda a RMC se enquadrarem na terceira fase estão taxa de ocupação dos leitos de UTI e o ritmo de crescimento do contágio.

De acordo com a Administração Municipal, a implantação de 10 leitos de UTI no Hospital Municipal e dos leitos de tratamento semi-intensivo na Unidade Respiratória do Jd. Nova Hortolândia foi fundamental para Hortolândia entrar na segunda fase da retomada consciente e responsável das atividades econômicas.

Segundo o prefeito Angelo Perugini, avançar para a fase amarela é resultado de um trabalho conjunto. “Esta retomada é uma vitória de todos: dos comerciantes, que com todo o sacrifício, respeitaram as regras; dos líderes religiosos, que nos ajudaram na orientação dos fiéis e com responsabilidade apoiaram as medidas restritivas. Ressalto, também, o grande trabalho de nossas equipes de fiscalização, que com um espírito incansável, colocando a própria vida em risco, orientaram e dialogaram com todos de uma forma respeitosa e correta. Destaco a valorosa atuação de nossos médicos e profissionais de saúde, que trabalham de forma dedicada”, ressaltou Perugini. Orientação ao comércio durante a pandemia

A Prefeitura de Hortolândia criou, em março, o Comitê Municipal de Prevenção e Enfrentamento do Coronavírus, para avaliar, propor e colocar em práticas medidas de prevenção e disseminação da COVID-19.A Operação de Orientação sobre o Coronavírus nos comércios tem se intensificado, a cada dia. Desde 21 de março, equipes da Administração Municipal percorrem a cidade, de domingo a domingo, para orientar e conscientizar sobre os protocolos de higiene e dispersar aglomerações.De acordo com a Secretaria de Segurança, foram orientados e fiscalizados mais de 3 mil estabelecimentos, durante a pandemia, até agora. O trabalho orientativo, para conter a disseminação do vírus, é realizado em todas as regiões de Hortolândia por uma força tarefa formada pela Guarda Municipal, pelo Setor de Fiscalização e pela Vigilância Sanitária.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Hortolândia atinge 93 mortes por Covid19

Portal Hortolândia

Publicado

em

Em nota de pesar nesta sexta-feira (07), a Prefeitura de Hortolândia informou mais um morte por Coronavirus na cidade. O paciente era um homem de 67 anos e tinhas outras comorbidades.

BOLETIM – CORONAVÍRUS (COVID-19) HORTOLÂNDIA – 07/08

Casos notificados: 4756
Pacientes em investigação: 1087

  • Em Isolamento domiciliar aguardando exame: 1039
  • Em Internação na Unidade Respiratória – UPA Nova Hortolândia: 4
  • Em Internação no Hospital Municipal Mário Covas: 2 (2 em UTI)
  • Em Internação hospitalar fora do município: 42 (27 em UTI / 15 em enfermaria)

Casos confirmados: 2070

  • 31 pacientes em isolamento domiciliar
  • 0 em Internação no Unidade Respiratória – UPA Nova Hortolândia
  • 0 em Internação no Hospital Municipal Mário Covas (em UTI)
  • 31 pacientes em internação hospitalar fora do município (20 em UTI / 10 em enfermaria)
  • 1915 pacientes já receberam alta / curados
  • 93 Óbitos

Casos descartados: 1599

*Todos os casos em investigação encontram-se em isolamento e acompanhados pela Secretaria Municipal de Saúde
**Comunicação de casos confirmados mediante informação da Secretaria de Saúde do Estado

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Para evitar aglomerações no final de semana do “Dia dos Pais” fiscalização será intensificada

Prefeitura

Publicado

em

Neste final de semana do Dia dos Pais, a Prefeitura de Hortolândia intensificará a fiscalização para evitar ocorrências ligadas à aglomeração de pessoas e perturbação do sossego, em todas as regiões da cidade. O trabalho da GM (Guarda Municipal) e do Setor de Fiscalização faz parte das ações para evitar a disseminação do Coronavírus no município. As guarnições realizarão patrulhas e atendimentos às denúncias da população para evitar festas clandestinas em áreas públicas e privadas. No final de semana passada, foram registradas 71 ocorrências ligadas a este tipo de delito em plena pandemia.

“Necessitamos diminuir estes números, ainda mais. A colaboração das pessoas para proteger a própria vida e a vida de todos é muito importante. Precisamos do esforço da população para nos ajudar no combate a esse vírus”, explica a comandante da Guarda Municipal, Michele Cardena Quinete.

Segundo a Secretaria de Segurança, desde janeiro, 2.074 ocorrências ligadas à perturbação do sossego e aglomeração de pessoas foram atendidas pela GM. Nos meses de pandemia do Coronavírus, foram registrados os maiores números de ocorrências. De março até agora, 1.681 casos foram atendidos.

“Mais da metade das ocorrências deste tipo foi atendida durante a pandemia. Continuaremos fiscalizando, orientando e protegendo as pessoas. Lembramos que a realização de eventos clandestinos em espaços privados também está proibida e o responsável poderá responder pela desobediência”, observou Michele.

De acordo com a Secretaria de Governo, os responsáveis por organizar festas clandestinas podem ser multados em até R$ 5.000,00, segundo as leis de perturbação do sossego, e o local da confraternização será lacrado.

Multas para pipas com cerol continuam

Ainda de acordo com a Secretaria de Segurança, as ações da GM para combater o uso de cerol em pipas também contribuem para a queda do número de aglomeração de pessoas nas ruas, nos finais de semana. Os agentes da força de segurança da Administração Municipal intensificarão o trabalho para evitar esta situação. Caso alguém seja flagrado usando cerol, o munícipe será multado em R$ 100,00. Se for menor de idade, os pais serão responsabilizados. A multa irá para o Sistema Tributário Municipal de Multas, por meio do CPF (Cadastro de Pessoa Física) do infrator.

Como denunciar

O munícipe que flagrar estas situações pode denunciar os infratores. Eles podem ser levados à delegacia. Denúncias que caracterizem aglomeração de pessoas ou perturbação de sossego podem ser feitas à corporação, a qualquer hora do dia ou da noite, pelo telefone 153 ou 0800-111-580.

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Noticias

Youtube

 

PONTE DA ESPERANÇA

Populares