Connect with us
Publicidade

Nossa Cidade

Durante isolamento social, alimentação saudável para crianças ajuda a prevenir problemas de obesidade

Prefeitura

Publicado

em

A pandemia do Coronavírus tem forçado crianças e adolescentes a ficarem em casa para manter o isolamento social. Com mais tempo livre, eles estão suscetíveis a ter uma alimentação inadequada, a base de produtos industrializados como refrigerantes, doces, salgadinhos, entre outros. O consumo exagerado destes produtos pode causar obesidade, Diabetes, sobrepeso e distúrbios do colesterol. Para prevenir estes problemas, a Prefeitura de Hortolândia dá dicas e orientações para as famílias sobre como adotar e ensinar uma dieta nutritiva a crianças e adolescentes.  

A nutricionista da rede municipal de Saúde, Roseli Muniz, explica que o consumo dos alimentos deve ser feito de maneira mais saudável. Para isso, deve-se considerar uma escala de importância dos três tipos de alimentos: primeiro, alimentos in natura; segundo, alimentos minimamente processados; e terceiro, alimentos multiprocessados. Estes últimos, segundo a nutricionista, deve-se limitar o consumo a uma vez por semana, reduzindo sal, açúcar e óleos/gorduras. “É muito importante pensar no que será preparado, em cada refeição. Nessa hora, é valioso estimular crianças e adolescentes a cooperarem”, explica Roseli.

Para fazer com que crianças e adolescentes se envolvam na questão, a nutricionista salienta que as famílias devem mostrar que a refeição é um momento de confraternização, em que todos dividem os alimentos entre si.

Outra dica para estimular a conscientização de crianças e adolescentes sobre a importância de ter uma dieta saudável é mostrar a preparação dos alimentos como uma atividade de lazer, acompanhado por um adulto ou pelo responsável. “Os pequenos também podem auxiliar nos afazeres da casa”, destaca a nutricionista.

ROTINA ALIMENTAR          

Para que crianças e adolescentes tenham uma alimentação saudável é importante também que as famílias estabeleçam uma rotina alimentar. “Este é um modo de controlar naturalmente o quanto comemos. É bom comer o tipo e a quantidade de alimentos nos intervalos adequados. Portanto, refeições saudáveis feitas em horários semelhantes todos os dias e consumidas com atenção e sem pressa favorecem a digestão dos alimentos e também evitam que se coma mais do que o necessário”, explica a nutricionista.

Roseli reforça a orientação de que em todas as refeições deve-se privilegiar alimentos in natura ou minimamente processados, limitar o consumo dos processados e evitar os ultraprocessados. “Frutas frescas ou secas, como castanhas, nozes, amendoim, entre outras oleaginosas sem sal ou açúcar, são excelentes alternativas e práticas”, recomenda a especialista. Ela ainda destaca que as refeições maiores são desjejum, almoço e jantar, e as menores são aquelas feitas nos períodos entre as maiores.

Para que crianças e adolescentes tenham um desenvolvimento corporal adequado, a nutricionista orienta as famílias a planejar o momento de lazer com atividades que estimulem o conhecimento e a conscientização sobre o consumo consciente e sustentável de alimentos. Dentre as atividades sugeridas estão brincadeiras e jogos lúdicos, elaboração de livros de receitas saudáveis, criação de hortas domésticas ou canteiros, e compostagem. “Além destas, atividades físicas feitas dentro de casa também ajudam a evitar o sedentarismo e que crianças e adolescentes fiquem ociosos durante um período muito extenso”, salienta a nutricionista.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia

Nossa Cidade

Poupatempo inicia testes e treinamento em Hortolândia

Redação

Publicado

em

Por

O Poupatempo vai inaugurar sua sede em breve em Hortolândia e iniciou nesta terça-feira (27) o treinamento e teste de sistema no prédio do Hortofácil, onde ficará instalado.

A princípio os testes serão feitos em atendimentos sem agendamento e atenderá diversos serviços, incluindo o Detran e será uma operação assistida, com verificação de sistema e treinamento dos funcionários.

O horário de funcionamento do Poupatempo Hortolândia será de segunda a sexta-feira, das 09h às 17h, e aos sábados das 09h às 13h.

A previsão é que no máximo em 15 dias a unidade já esteja em pleno funcionamento.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Jovens de Hortolândia participam de cerimônia de juramento à bandeira

Portal Hortolândia

Publicado

em

Aproximadamente 750 jovens de Hortolândia, com 18 anos completos, participaram, nesta quarta-feira (28/10), da cerimônia oficial de compromisso à bandeira. O evento, realizado no Complexo Poliesportivo Nelson Cancian, no Jardim Nova Hortolândia, respeitou o Código Sanitário do Estado de São Paulo contra a disseminação do Coronavírus.

Segundo a Secretaria de Segurança, foram realizadas seis cerimônias, separadamente, para diminuir o número de participantes em cada uma, evitando aglomerações para que os participantes mantivessem distância segura uns dos outros. Também foi obrigatório o uso de máscaras para todos os que comparecerem ao local.

“Neste ano, a cerimônia de juramento à bandeira, tão aguardada para os jovens que se alistam no serviço militar foi diferente. Tivemos que realizar um novo sistema e mudar toda a forma tradicional do evento. Agradecemos a quem compareceu. É muito importante manter a situação regularizada para receber o certificado de reservista. Quem não participou da cerimônia e tiver dúvidas sobre qualquer situação relacionada ao alistamento militar deve procurar a Junta Militar para regularizar a situação”, afirmou o secretário de Segurança, Mauro Balbino da Silva.

Junta Militar funciona no Hortofácil

A Junta Militar de Hortolândia, órgão da Prefeitura, realiza atendimento presencial, de segunda a sexta-feira, das 9h às 15h, no prédio do HORTOFÁCIL, na rua Argolino de Moraes, 415, na Região Central. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (19) 3965-1427.

De acordo com a Secretaria de Segurança, o alistamento militar é obrigatório para jovens do sexo masculino com 18 anos. Quem não o fizer, além de estar sujeito à multa, ficará impedido de realizar atividades como obter a carteira profissional, passaporte, registro de diploma de profissões liberais, matrícula ou inscrição para exercer qualquer função profissional e até mesmo matricular-se ou prestar exame em qualquer

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Procon de Hortolândia orienta população a fazer pesquisa de preço de produtos da cesta básica

Portal Hortolândia

Publicado

em

Diante do aumento dos preços dos produtos da cesta básica, registrado nos últimos meses, a Prefeitura de Hortolândia orienta o consumidor a denunciar estabelecimentos e lojas da cidade que pratiquem preços abusivos, na venda destes produtos.

As denúncias devem ser feita pelos telefones (19) 3819-1024, (19) 3965-1400, ramais 7034 e 7035, ou pelo e-mail [email protected] do Procon (Programa de Proteção e Defesa do Consumidor) de Hortolândia, órgão vinculado à Secretaria de Assuntos Jurídicos.

O Procon municipal atua junto à Fundação Procon (SP), com quem tem convênio firmado. As denúncias recebidas são encaminhadas à regional de Campinas da Fundação, que está com a “Operação Preço nas Alturas”, que fiscaliza, desde setembro, o aumento no preço de alimentos, principalmente arroz e óleo.

De acordo com o órgão municipal, os fiscais fazem diligência nos estabelecimentos para verificar se houve ou não a prática de preço abusivo. Se a prática for confirmada, os estabelecimentos podem ser multados. O valor da multa varia, dependendo da receita bruta, do porte do estabelecimento, do grau de infração e da vantagem obtida por meio da prática abusiva.

Para formalizar a denúncia e para que a mesma tenha validade, o órgão solicita ao consumidor que ele inclua as informações necessárias, tais como nome e endereço do estabelecimento comercial, informações descritivas do produto (marca, peso, entre outras), imagens que mostrem o produto e o preço, cópia ou imagem da nota e/ou cupom fiscal, ou ainda do comprovante da compra. Ao fazer a denúncia, o consumidor precisa se identificar e informar dados pessoais.

O órgão garante o sigilo da denúncia.O Procon de Hortolândia orienta ainda o consumidor a fazer pesquisa de preço de produtos, antes da denúncia. O órgão informa que, até o momento, a regional já fez a autuação de um estabelecimento comercial e notificou outros três estabelecimentos da cidade.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Populares