Connect with us
Publicidade

Nossa Cidade

Escola de Gestão oferecerá novas atividades para servidores neste ano

Prefeitura

Publicado

em

 

A Escola de Gestão Pública de Hortolândia (EGPH), órgão da Prefeitura, oferecerá diversas atividades para os servidores municipais neste ano. A novidade foi divulgada no evento comemorativo de 13 anos do órgão, realizado nesta sexta-feira (29/03), no auditório Profa. Andreia Marise Borelli, no Remanso Campineiro. O evento contou com a participação do prefeito Angelo Perugini, da secretária de Administração e Gestão de Pessoal, Ieda Manzano, e do secretário de Finanças, Pedro Galindo.

Perugini destacou que o órgão, ao longo de seus 13 anos, tem promovido uma metamorfose na vida do servidor. “Esta metamorfose é um processo silencioso e lento, e que muitas vezes ninguém percebe”, observou. 

Graças ao trabalho e à dedicação dos servidores, Perugini destacou que o munícipio também passou por uma metamorfose em um curto espaço de tempo. “A Escola de Gestão tem que criar a paixão pelo trabalho em cada servidor. Ela tem a missão de chacoalhar o espírito da gente”, ressaltou o prefeito. 

O secretário de Finanças, Pedro Galindo, que estava à frente da Secretaria de Administração em 2006, ano de criação da Escola de Gestão, explicou que o órgão surgiu a partir da necessidade da Administração Municipal profissionalizar sua gestão. “Por isso, cada servidor colocou um tijolinho na construção de uma catedral chamada Escola de Gestão Pública de Hortolândia”, destacou.

O gerente da Escola de Gestão, Carlos Maldonado, destacou que a programação do órgão prevê a realização de 89 atividades até março de 2020 que atenderão cerca de 3.500 servidores. Estas atividades abordarão temas variados, tais como atendimento ao público, combate à violência contra a mulher e ao feminicídio, noções básicas de Gestão Pública, elaboração e gestão de projetos, dentre outros.

Para viabilizar outras atividades, o gerente Carlos Maldonado anunciou que, nos próximos dias, o órgão publicará o edital de chamamento para servidores interessados em participar do Projeto “Instrutor Servidor”. O objetivo do projeto é possibilitar que funcionários municipais atuem como instrutores em cursos e capacitações que serão ministradas pela Escola de Gestão. Os servidores que se inscreverem no projeto poderão propor a realização de cursos e capacitações.

O evento comemorativo teve ainda palestra sobre a PEC (Proposta de Emenda Constitucional) Nº 6/2019 que trata da reforma da Previdência Social. A palestra foi ministrada pelo diretor superintendente do Hortoprev (Instituto Municipal de Previdência Social de Hortolândia), Antonio Agnelo Bonadio. Após a palestra, foi aberto espaço para debate e perguntas do público sobre o tema.

CRIAÇÃO

A Escola de Gestão foi criada em 2006, no primeiro mandato do prefeito Angelo Perugini, inicialmente como um programa de valorização e capacitação dos servidores com o objetivo de melhorar a qualidade dos serviços públicos prestados pela Prefeitura à população. 

Depois, em 2010, no segundo mandato de Perugini, a Escola de Gestão foi elevada à categoria de divisão vinculada ao Departamento de Gestão de Pessoal da então Secretaria de Administração. Ao longo de 13 anos de funcionamento, a Escola de Gestão já capacitou milhares de servidores municipais.

Neste ano, a Escola de Gestão passou à condição de departamento da Secretaria de Administração e Gestão de Pessoal. Neste mês, a Prefeitura publicou decreto que redefine o marco legal do órgão. “O decreto institui a Escola de Gestão como gestora técnica das atividades de capacitação para os servidores municipais. Regulamenta o programa de capacitação e aperfeiçoamento, afastamentos para as capacitações, gratificação por encargo de curso e concurso, entre outras ações”, explica Maldonado.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia

Nossa Cidade

Procon de Hortolândia orienta população a fazer pesquisa de preço de produtos da cesta básica

Portal Hortolândia

Publicado

em

Diante do aumento dos preços dos produtos da cesta básica, registrado nos últimos meses, a Prefeitura de Hortolândia orienta o consumidor a denunciar estabelecimentos e lojas da cidade que pratiquem preços abusivos, na venda destes produtos.

As denúncias devem ser feita pelos telefones (19) 3819-1024, (19) 3965-1400, ramais 7034 e 7035, ou pelo e-mail [email protected] do Procon (Programa de Proteção e Defesa do Consumidor) de Hortolândia, órgão vinculado à Secretaria de Assuntos Jurídicos.

O Procon municipal atua junto à Fundação Procon (SP), com quem tem convênio firmado. As denúncias recebidas são encaminhadas à regional de Campinas da Fundação, que está com a “Operação Preço nas Alturas”, que fiscaliza, desde setembro, o aumento no preço de alimentos, principalmente arroz e óleo.

De acordo com o órgão municipal, os fiscais fazem diligência nos estabelecimentos para verificar se houve ou não a prática de preço abusivo. Se a prática for confirmada, os estabelecimentos podem ser multados. O valor da multa varia, dependendo da receita bruta, do porte do estabelecimento, do grau de infração e da vantagem obtida por meio da prática abusiva.

Para formalizar a denúncia e para que a mesma tenha validade, o órgão solicita ao consumidor que ele inclua as informações necessárias, tais como nome e endereço do estabelecimento comercial, informações descritivas do produto (marca, peso, entre outras), imagens que mostrem o produto e o preço, cópia ou imagem da nota e/ou cupom fiscal, ou ainda do comprovante da compra. Ao fazer a denúncia, o consumidor precisa se identificar e informar dados pessoais.

O órgão garante o sigilo da denúncia.O Procon de Hortolândia orienta ainda o consumidor a fazer pesquisa de preço de produtos, antes da denúncia. O órgão informa que, até o momento, a regional já fez a autuação de um estabelecimento comercial e notificou outros três estabelecimentos da cidade.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Avenida da Emancipação terá terceira faixa na saída da cidade

Portal Hortolândia

Publicado

em

Começou a obra da terceira faixa na avenida da Emancipação, sentido saída da cidade. A Prefeitura de Hortolândia investe na reestruturação deste trecho da via a fim de organizar melhor o trânsito e acabar com o congestionamento de veículos que se forma perto do trevo da EMS, principalmente em horários de pico. Ao todo, serão construídos 550 metros de nova pista. De acordo com a Secretaria de Obras, o trabalho será concluído em 90 dias.

O trabalho teve início pelo afastamento do gradil da empresa farmacêutica EMS. Com a remoção da estrutura, será iniciada a escavação para implantar o sistema de drenagem no trecho que vai desde a fachada da Guarda Municipal até o entroncamento da avenida com a Rodovia Jornalista Francisco Aguirre de Proença (SP-101). Em seguida, começa a implantação da base para a terceira faixa de rolagem, que ficará na área antes utilizada pela EMS como estacionamento de caminhões.

“Esta é uma importante obra, que vai colaborar para o trânsito na avenida da Emancipação se tornar mais eficiente. Com a implantação desta terceira faixa, os veículos que seguem sentido Monte Mor terão maior facilidade na saída da cidade, sem necessidade de pararem no trevo, como acontece hoje”, destacou o secretário de Obras, Sério Torrecilas.

A construção da terceira faixa na avenida da Emancipação faz parte do mesmo contrato de obras em andamento no Jd. Terras de Santo Antônio, que inclui a abertura de uma nova rua paralela à Otávio Rosolen, via que se tornará avenida com canteiro central, após a conclusão desta etapa. Esta obra é a continuidade da marginal construída pela empresa Odata, paralela à SP-101, sentido Jd. Terras de Santo Antônio.

Outra obra também será realizada neste mesmo contrato, na avenida da Emancipação, mas no sentido de entrada da cidade. Trata-se da adequação viária que tornará o trânsito mais seguro para quem vem a Hortolândia pela Rodovia SP-101.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Pit Bull escapa e mata outro cachorro no Orestes Ongaro

Redação

Publicado

em

Por

Um cachorro da raca Pit Bull escapou de uma residência, na manhã desta quarta-feira(28), atacou e matou outro cachorro, no bairro Parque Orestes Ongaro.

O fato aconteceu por volta das 10h na rua Río Avaí. O Departamento de Proteção e Bem Estar Animal de Hortolândia foi acionado e o Pit Bull foi apreendido. O cadáver do outro cachorro também foi retirado.

O dono do Pit Bull foi localizado e disse que foi uma fatalidade, lamentando, disse que seu cachorro é dócil com pessoas mas tem instinto agressivo com outros animais. Já o dono do animal morto não foi localizado.

Felizmente nenhuma pessou foi atacada.

Por MC Fernandes

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Populares