Connect with us

Nossa Cidade

Estudo sobre lixo mostra eficácia da coleta seletiva em Hortolândia

Prefeitura

Publicado

em

O que o lixo produzido por uma cidade diz sobre ela? Para responder esta questão, o Consórcio Hortoambiental, parceiro da Prefeitura na coleta de resíduos urbanos, realizou o 2º Estudo dos Resíduos Sólidos de Hortolândia. Os resultados da pesquisa foram apresentados à população, na tarde desta terça-feira (26/11), durante evento ocorrido no auditório do Centro de Formação dos Profissionais de Educação “Paulo Freire, no Remanso Campineiro. Os secretários de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, José Nazareno Zezé Gomes (titular) e Eliane Nascimento (adjunta), bem como o representante do Consimares (Consórcio Intermunicipal de Manejo de Resíduos Sólidos), Fábio Orsi; e o vereador Cleuzer Marques de Lima, o John Lenon; compareceram à cerimônia. Durante o evento, também houve o lançamento do App Agenda Verde, aplicativo gratuito para denúncia de descartes irregulares de resíduos no município.

Um dos resultados verificados é que, nos bairros onde há coleta seletiva de materiais, seja porta a porta, seja voluntária, detectou-se menor quantidade de recicláveis misturados ao material orgânico. “Isto indica a eficiência das ações das equipes de coleta de resíduos sólidos recicláveis fornecidas pelo Consórcio Horto Ambiental, que atendem todos os setores propostos, em conjunto com as equipes de educação ambiental que promovem a sensibilização dos munícipes quanto ao descarte correto e consciente. Assim como a coleta seletiva porta a porta, o funcionamento dos PEV (Pontos de Entrega Voluntária de Entulho e outros materiais recicláveis) e LEVs (Locais de Entrega Voluntária) se apresenta eficiente, considerando as amostras retiradas de regiões portadoras destes recursos, que apresentaram índices de recicláveis relativamente baixos”, constatou o estudo, nas considerações finais.

Quando comparados aos obtidos no 1º Estudo Gravimétrico, os percentuais verificados no 2º mantiveram-se semelhantes. “No contexto geral do município, não houve grandes mudanças nos percentuais, embora seja visível a heterogeneidade regional no presente estudo, que se explica pelo fato de que as viagens amostradas nem sempre percorreram as mesmas regiões do estudo anterior”, apontou o estudo.

De acordo com o engenheiro José Baldino Vasconcelos, representante da Horto Ambiental que apresentou o Estudo Gravimétrico (veja abaixo), foram coletadas amostras nos 20 setores de coleta domiciliar existentes na cidade. Quase a metade do material coletado (42,81%) foi de material orgânico. Porém, 28% deste corresponde a itens recicláveis, como papel, papelão, vidro e metais, mas que, em razão da contaminação após ser misturado com o “lixo molhado”, não pode mais ser encaminhado para cooperativa de recicláveis. Junto ao material orgânico, também foram encontrados, na proporção de 5%, itens reaproveitáveis, como mato, folhas e galhos, que poderiam ser levados para compostagem.

“Conhecer os resíduos é algo fascinante e necessário. Assim, podemos saber os tipos de material encontrados no lixo comum da cidade. Hoje,contamos com sete caminhões na frota – cinco na ativa e dois reservas. Todo o material orgânico é encaminhado ao Aterro Sanitário da Estre Ambiental, em Paulínia. Em 2018, coletamos 4.600 toneladas de resíduos e, em 2019, até o momento, 4.631 toneladas”, afirmou Baldino.

“O estudo gravimétrico demonstra que a Prefeitura, em parceria com o Consórcio Horto Ambiental, busca aprimorar o sistema municipal de gestão de resíduos sólidos, de acordo com a Política Nacional de Resíduos Sólidos, Lei Federal 12.305/2010. Esse é o segundo  estudo realizado com a mesma metodologia e demonstra o tipo de material encontrado no lixo comum da cidade. O estudo permite melhor planejamento na gestão de resíduos como também diretrizes para expansão da Coleta Seletiva porta a porta e comparativos em relação ao primeiro estudo realizado em 2018”, avalia a secretária adjunta de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Eliane Nascimento.

Atualmente, Hortolândia oferece coleta seletiva porta a porta em 32 dos 114 bairros. Há também 28 equipamentos de coleta seletiva pela cidade: 20 LEVs e oito PEVs – sendo que mais cinco novos estão em construção. 

PIC

O App do programa Agenda Verde e o Estudo Gravimétrico dos Resíduos Sólidos integram o PIC, implantado pela Prefeitura com o objetivo de promover o desenvolvimento urbano, ambiental, social e humano para que Hortolândia cresça com planejamento e sustentabilidade nos próximos 30 anos. Por meio dele, a Prefeitura quer melhorar a prestação dos serviços públicos municipais em todas as áreas, em especial na saúde, educação, segurança, mobilidade urbana e geração de emprego. Mais de 100 obras e serviços serão realizados por meio do PIC.

Confira os dados da Composição Gravimétrica Geral em Hortolândia

Classificação

Peso (Kg)

Percentual (%)

Matéria Orgânica

560,90

42,81%

Plástico

197,80

15,10%

Pano e Estopa

107,80

8,23%

Papel e Papelão

107,10

8,17%

Fraldas e absorventes

89,80

6,85%

Folha, Mato e Galhada

63,00

4,81%

Perdas

49,10

3,75%

Couro e Borracha

42,30

3,23%

Vidro

19,90

1,52%

Isopor e espuma

19,40

1,48%

Metal Ferroso

13,50

1,03%

Madeira

12,80

0,98%

Agregado Fino (Pó, terra)

12,50

0,95%

Metal Não Ferroso

9,20

0,70%

Louça, Cerâmica e Pedra

5,20

0,40%

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia



OfertaMelhores No. 1
Mop Spray com Cabo e Tecido Noviça Anis
  • Capacidade de limpar até 110 m2
  • Indicado para limpeza rápida e limpeza molhada
  • Pode ser usado em pisos madeirados, frios e sintéticos
  • Seu refil de microfibra é resistente, lavável em máquina e de fácil troca

Nossa Cidade

Mostra Na Lona tem quatro espetáculos e uma oficina neste feriado

Prefeitura

Publicado

em

Que tal curtir o feriado desta quarta-feira (21/04) com arte e cultura? A dica é conferir a programação da 6ª Mostra Nacional de Teatro Na Lona. Todas as atividades serão exibidas nos canais do YouTube do evento e da Secretaria de Cultura. A mostra vai até este sábado (24/04).

A programação começa com o espetáculo de dança “Mulher Peixe”, que terá exibições às 14h e às 15h. 

Depois, para encantar as crianças a atração é a peça “João, O Alfaiate – Um Herói Inusitado” (foto), do grupo Etc e Tal, que será apresentado às 16h. Inspirado no conto de fadas “O Alfaiate Valente”, dos irmãos Grimm, o espetáculo conta a história de um alfaiate que apregoa sua valentia por ter matado sete insetos que haviam pousado na sua refeição. A notícia logo chega ao conhecimento do Rei, que manda chamar o corajoso Alfaiate. O monarca encarrega o Alfaiate com uma importante missão: livrar o reino de vários e surpreendentes problemas.

Se você tem vontade de se iniciar na arte cênica, a dica é acompanhar a oficina “Teatro de Rua”, às 17h30. A oficina tem o objetivo de fazer com que o participante supere suas limitações por meio de exercícios e jogos que trabalham individualmente a expressão corporal, a desinibição, a desenvoltura da fala em público, a melhora da dicção e o desenvolvimento da criatividade. A oficina também visa estimular o trabalho em grupo, a parceria, o respeito ao próximo, a valorização da leitura e interpretação de textos, dentre outros aspectos. Os participantes que quiserem receber o certificado, devem fazer inscrição por este LINK.

Já para quem dar boas gargalhadas, a dica é o espetáculo “Porco Cane”, da Cia. Teatral Sertãozinho, às 20h. A história é sobre uma mãe e sua filha que se preparam para receber a visita de um primo italiano. A mãe quer que a filha se case com este primo e, com isso, salvar as finanças da família. Mas a confusão começa quando o Palhaço Mequetrefe, mordomo da família, deixa um ladrão, que finge ser o primo italiano, entrar na casa da família. A confusão aumenta ainda mais quando o verdadeiro chega para a visita. A programação desta quarta-feira terá ainda mais uma apresentação do espetáculo “Dona Julia”, da Cia. São Genésio, às 22h.

Após as apresentações, serão realizados bate-papos ao vivo abertos para o público com os grupos e os elencos de cada peça. Todos os espetáculos terão ainda um “chapéu virtual”, por meio do qual o público poderá colaborar com o cachê e a manutenção dos grupos que participam deste ano da mostra. Mais informações sobre o “chapéu virtual” e a programação completa pode ser consultada no site da mostra.

MOSTRA NA LONA

A edição deste ano da Mostra Nacional de Teatro Na Lona acontece no formato online em razão do agravamento da pandemia e da prorrogação da Fase Vermelha do governo estadual para evitar aglomeração e conter a disseminação do Coronavírus. O festival é um dos contemplados com recursos da lei federal Aldir Blanc, que oferece subsídio para artistas, grupos, empresas e profissionais dos setores artístico-culturais do município cujas atividades foram afetadas pela pandemia. A mostra tem ainda apoio do governo estadual, por meio do ProAC (Programa de Ação Cultural) Expresso LAB 40/2020, e da Prefeitura de Hortolândia. A organização da mostra é do Centro Cultural Casa de Joana e da produtora City Web.

Ao longo de suas cinco edições anteriores, a Mostra Nacional de Teatro Na Lona ofereceu um panorama das artes cênicas com apresentações de grupos brasileiros e de outros países, trocas de experiências, debates e cursos. Com isso, a mostra tornou-se um evento de referência. Desde a primeira edição, a mostra apresentou mais de 240 espetáculos e registrou público de mais de 40 mil pessoas.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia



OfertaMelhores No. 1
Mop Spray com Cabo e Tecido Noviça Anis
  • Capacidade de limpar até 110 m2
  • Indicado para limpeza rápida e limpeza molhada
  • Pode ser usado em pisos madeirados, frios e sintéticos
  • Seu refil de microfibra é resistente, lavável em máquina e de fácil troca
Continue Lendo

Nossa Cidade

Prefeitura testa iluminação de novo sistema instalado no Pq. Socioambiental Chico Mendes

Prefeitura

Publicado

em

O novo sistema modernizado de iluminação, implantado, pela Prefeitura de Hortolândia, no Parque Socioambiental Chico Mendes, localizado na região Central foi testado na noite desta segunda-feira (19/04). A iluminação de LED, que ilumina mais com economia, está acoplada em postes ornamentais. O objetivo do trabalho, além de melhorar a iluminação do espaço e levar mais economia à cidade, também é trazer mais segurança e beleza com os novos postes ornamentais. De acordo com a Secretaria de Obras, no Parque Chico Mendes foram instalados aproximadamente 140 postes de tamanhos variados, tendo os menores, com 4 metros de altura, e os maiores, com aproximadamente 12 metros de altura.

VARIEDADE DE POSTES E MAIOR POTENCIAL DE ILUMINAÇÃO

A variedade na altura de cada poste possibilita maior abrangência do potencial de luminosidade, inclusive na área abaixo da copa das árvores. A obra de modernização do sistema de iluminação do Parque Socioambiental Chico Mendes aproveitará, ainda, os postes já existentes no local: são três estruturas próximas da academia da melhor idade, que receberão luminárias LED, favorecendo o uso do espaço, mesmo à noite, para a prática de atividades físicas.

PPP DA ILUMINAÇÃO

O serviço é uma ação realizada por meio de uma PPP (Parceria Público Privada), que prevê diversas obras de modernização da iluminação pública na cidade. A ação no Parque Chico mendes é a primeira desta série de obras que irão trazer mais segurança e luminosidade para os espaços públicos. Com a PPP, a Administração Municipal já realiza a troca das luzes de todos os postes da cidade, substituindo as antigas lâmpadas de vapor de sódio por luminárias LED, que garantem maior potencial de luminosidade com economia para o município.

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia



OfertaMelhores No. 1
Mop Spray com Cabo e Tecido Noviça Anis
  • Capacidade de limpar até 110 m2
  • Indicado para limpeza rápida e limpeza molhada
  • Pode ser usado em pisos madeirados, frios e sintéticos
  • Seu refil de microfibra é resistente, lavável em máquina e de fácil troca
Continue Lendo

Nossa Cidade

“1ª Corrida e Caminhada on-line da Melhor Idade” mobiliza idosos de Hortolândia durante a pandemia

Prefeitura

Publicado

em

Pelo menos 30 idosos – 24 mulheres e seis homens — inscreveram-se na “1ª Corrida e Caminhada on-line da Melhor Idade”, idealizada pela Prefeitura de Hortolândia. A Comissão Organizadora já avalia o material enviado e, ainda nesta semana, anuncia os detalhes da premiação dos participantes do evento. Eles receberão medalhas e camisetas. Haverá também sorteio de brindes.

O evento é uma iniciativa do CCMI (Centro de Convivência da Melhor Idade), órgão da Secretaria de Governo, vinculado ao Departamento de Direitos Humanos e Políticas Públicas para Mulheres. De acordo com a psicóloga Fernanda Fadiga, coordenadora do CCMI Remanso Campineiro, a ideia do evento foi sugerida por um dos integrantes do grupo de vôlei do CCMI Remanso Campineiro, Douglas Figueiredo, e prontamente acolhida pelos organizadores.

“A adesão ao evento foi surpreendente. Eles enviam fotos e vídeos todos os dias. Temos percebido a animação em praticar a atividade e informar ao grupo com orgulho o cumprimento da tarefa. Todas as manhãs enviamos, no grupo criado especificamente para os inscritos no evento, uma sequência de alongamentos que sugerimos que sejam feitos antes da Corrida ou da Caminhada, para evitar lesões e preparar o corpo para o exercício”, afirma a psicóloga.

“Desde o início da pandemia, quando as atividades da Melhor Idade foram suspensas, temos procurado pensar e criar aulas novas, atividades diferenciadas para nossos idosos. Queremos motivá-los a fazer uma atividade diversa das aulas que enviamos todos os dias, respeitando os limites de cada um deles, as orientações de saúde devido à pandemia e mostrar que, apesar de diferente, é possível fazer exercício em casa. Nosso intuito com esta atividade não é competição e, sim, incentivar a prática de atividade física em qualquer situação”, orienta Fernanda.

De acordo com o regulamento do evento, a “1ª Corrida e Caminhada on-line da Melhor Idade” tem duração de 20 minutos para corrida e 45 minutos para caminhada. Para participar, o candidato precisa ter no mínimo 60 anos completos; ser participante dos CCMI, seja na unidade Remanso Campineiro, seja na do Jardim Amanda; estar apto a praticar corridas ou caminhadas, o que significa não ter nenhuma contraindicação médica para realizar esta atividade; respeitar os próprios limites; ter um aparelho celular capaz de tirar fotos e com acesso à internet para encaminhar fotos e vídeos; usar vestimenta adequada: camiseta, bermudas ou shorts e tênis para exercícios.

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia



OfertaMelhores No. 1
Mop Spray com Cabo e Tecido Noviça Anis
  • Capacidade de limpar até 110 m2
  • Indicado para limpeza rápida e limpeza molhada
  • Pode ser usado em pisos madeirados, frios e sintéticos
  • Seu refil de microfibra é resistente, lavável em máquina e de fácil troca
Continue Lendo

Noticias

Publicidade

Youtube

 

PONTE DA ESPERANÇA

Populares