Connect with us
Publicidade


Nossa Cidade

Formação capacita professores da Prefeitura de Hortolândia a elaborar videoaulas

Prefeitura

Publicado

em

A fim de garantir educação de qualidade aos alunos da rede municipal, a Prefeitura de Hortolândia promove, a partir desta segunda-feira (10/08), formação sobre como elaborar videoaulas. Os encontros virtuais, com orientações e técnicas, acontecem, até esta sexta-feira (14/08), nos períodos da manhã e da tarde, para professores e coordenadores pedagógicos e, à noite, para professores da EJA (Educação de Jovens e Adultos). A iniciativa da Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia beneficia mais de 23 mil estudantes nas 58 unidades da rede municipal de ensino.

Além dos professores, todos os coordenadores e/ou gestores responsáveis por acompanhar o trabalho referente ao Blog e videoaulas na escola deverão participar da formação, totalizando mais de 1.200 profissionais capacitados. Os encontros serão virtuais, realizados pelo aplicativo Zoom, para evitar aglomerações durante o período de distanciamento social, medida adotada para conter os avanços da pandemia do Coronavírus.

De acordo com o Departamento de Ciência e Tecnologia, serão abordadas orientações técnicas, bem como sugestões e orientações quanto ao uso de recursos e aplicativos disponíveis, de modo que, após a formação, os profissionais compreendam o objetivo da elaboração de videoaulas, adquiram novos conhecimentos básicos e saibam onde e como postar esse conteúdo na internet, com todos os cuidados necessários, principalmente em relação aos direitos autorais.

A formação será ministrada pela diretora do Departamento de Ciência e Tecnologia, da Secretaria de Educação, Fabiana Rodrigues, e contará com a participação dos professores convidados da rede municipal Maria Claudia Pereira da Silva, Patrícia Magalhães e Vanessa Cristina de Carvalho Costa, e do professor Rodrigo Encinas Gonçalves, da rede estadual de ensino, que compartilharão suas experiências e conhecimentos adquiridos sobre o tema.

“Nosso objetivo principal é proporcionar aos nossos profissionais uma formação bem dinâmica, baseada nos conceitos práticos e nas dúvidas que são mais frequentes, desde a preparação do roteiro até o melhor ambiente para postagem do vídeo. Temos de explorar os recursos e as possibilidades que as videoaulas oferecem para tornar as aulas mais atrativas, para que despertem o interesse, motivem e se aproximem dos nossos alunos”, enfatizou Fabiana.

Participarão da formação os professores da Educação Básica, nas etapas da Educação Infantil e Ensino Fundamental, incluindo as modalidades da Educação Especial (CIER), Educação de Jovens e Adultos e Educação Integral. As turmas foram organizadas em agrupamentos por escolas, para garantir que todos possam interagir durante o encontro virtual. Para participar, o gestor da unidade enviará um link para acesso à reunião.

De acordo com a Resolução nº 05, de 10 de julho de 2020, as videoaulas devem ser ofertadas aos alunos com o objetivo de enriquecer e reorganizar o trabalho de ensino a distância, já aplicadas no Blog Educação e nas demais ferramentas disponibilizadas, como o uso do Whatsapp e atividades impressas nas escolas, além aprimorar e aperfeiçoar o vínculo afetivo entre a escola e família. As aulas presenciais da rede municipal foram suspensas, desde o dia 23 de março, para evitar aglomerações e prevenir o contágio do Coronavírus.

“Nós procuramos otimizar e enriquecer as atividades no Blog Educação. Como já fechamos um semestre letivo e estamos iniciando um novo, é essencial estreitar ainda mais os laços com os nossos alunos, procurando estabelecer um trabalho bem próximo das famílias. Nesse sentido, as videoaulas se tornaram uma necessidade. É uma forma de aproveitar os recursos tecnológicos, que trarão mais qualidade, do ponto de vista relacional, valorizando a afetividade e, também, do ponto de vista pedagógico”, ressaltou a secretária de Educação Sandra Fagundes Freire.

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia

Nossa Cidade

Prefeitura tem canal de denúncia para casos de intolerância religiosa

Prefeitura

Publicado

em

Esta quinta-feira (21/01) é dia de reflexão no Brasil, debate que, a cada dia, cresce em importância. A Lei 11.635, de 27 de dezembro de 2007, instituiu, nesta data, o Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa, que coincide com o Dia Mundial da Religião. 

Hortolândia conta com um serviço de combate à intolerância religiosa. Casos assim podem ser denunciados ao Setor de Políticas Públicas de Promoção de Igualdade Racial, órgão da Secretaria de Governo da Prefeitura. Basta ligar para o telefone 3965-1472 (veja abaixo). 

“Queremos chamar a atenção da população para a problemática da intolerância religiosa, tal fenômeno advindo pela ignorância e desrespeito às diversidades religiosas. No Brasil, o preconceito e a ‘intolerância religiosa’ são considerados crimes passíveis de punição previstas no Código Penal. A Prefeitura tem desenvolvido rodas de conversas cuja temática tem sido o diálogo religioso, buscando promover o conhecimento, respeito e incentivar a convivência pacífica e o diálogo entre os diversos credos existentes. Acreditamos que o respeito e o diálogo são ferramentas necessárias na construção de uma nova sociedade”, assinala o diretor do Departamento de Direitos Humanos e Políticas para as Mulheres, Fabiano Cavalcante.

Sobre a data

Segundo o Departamento de Direitos Humanos e Políticas para as Mulheres, a escolha da data, 21/01, é uma homenagem à Mãe Gilda do terreiro Ilê Axé Abassá de Ogum, localizado em Itapuã, Salvador. Após ser agredida física e verbalmente e ter a casa e o terreiro atacados, em outubro de 1999, sendo acusada de charlatanismo por pessoas de outra religião, a religiosa não resistiu. Faleceu em janeiro do ano seguinte, após sofrer um infarto. 

Mãe Gilda tornou-se símbolo do combate à “intolerância religiosa”, principalmente às de matriz africana, que, segundo pesquisa, é o grupo com maior número de vítimas no país.

SERVIÇO: 

Setor de Políticas Públicas de Promoção de Igualdade Racial

Rua Argolino de Moraes, 405 – Vila São Francisco. 

Telefone (19) 3965-1472

E-mail:
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Moradores reclamam de ponto de descarte irregular de lixo no Jd. São Sebastião 

Redação

Publicado

em

Por

Moradores do Jardim São Sebastião em Hortolândia reclamam de um ponto de descarte irregular de lixo em uma área onde havia um posto de saúde na rua das Orquídeas. Pilhas de entulho se acumulam no local.

A equipe do PORTAL HORTOLÂNDIA, foi até o local e flagrou a situação. Algumas pessoas jogavam restos de construção e, mesmo depois de informadas da irregularidade continuaram com o descarte.

Como o local também fica em uma área próxima de casas, vários moradores reclamam da situação e dizem, inclusive, que o local serve como esconderijo para ladrões. 

O pintor Renato Miranda relata que até animais peçonhentos já foram encontrados nas casas que ficam próximas ao local por conta do lixo. “O pessoal reclama de escorpião, cobra”, contou.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Prefeitura implanta sinalização de solo para auxiliar deficientes visuais

Prefeitura

Publicado

em

Imagine-se na seguinte situação: sair para visitar amigos ou fazer uma compra e, na volta, não encontrar a exata localização de casa. O que parece enredo de filme é, na verdade, realidade diária para quem tem deficiência visual. Para auxiliar dois munícipes cegos, que passam por esta dificuldade, a Prefeitura de Hortolândia implantou, nesta terça-feira (19/01), tachões em frente à casa do casal, localizada no Jardim Amanda.

A sinalização foi implantada no pavimento, rente à sarjeta, a pedido dos próprios munícipes, que buscaram ajuda junto à Administração Municipal. “Eles conversaram conosco e, então, a gente instalou para eles a sinalização de solo. Quando eles vêm, para procurar a casa deles, batem nos dois tachões e sabem que é lá que fica a porta da casa deles”, explica o diretor de Operações, José Eduardo Vasconcellos.

Paranaense radicado em Hortolândia desde 1991, o locutor de loja Anadílson Cantuária do Prado comemorou o feito como uma “conquista” pela qual ansiava havia algum tempo, desde que soube da sinalização existente em frente à casa de amigos, também cegos, no Jardim Amanda II. “Lá eles têm tartarugas bem em frente e, quando vinham da cidade, encontravam fácil a casa. Isso ajuda muito. Quem não tem esta deficiência precisa entender que o piso tátil e a audiodescrição são o melhor dos mundos para o deficiente visual. Sei disso, porque participo dessa discussão há anos”, comenta ele, certo de que a nova sinalização trará melhores dias para ele e a esposa Maiane de Souza Silva, que também é cega.

Outros deficientes interessados no serviço podem procurar o Protocolo Geral e solicitar, junto à Secretaria de Mobilidade Urbana, o projeto de sinalização para auxiliar deficientes visuais. O Setor, que funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, está localizado no térreo do Paço Municipal Palácios das Águas, na Rua José Cláudio Alves dos Santos, 585, no Remanso Campineiro.

SERVIÇO:

Projeto de sinalização para auxiliar deficientes visuais  

Paço Municipal Palácio das Águas – Protocolo Geral

Rua José Cláudio Alves dos Santos, 585, Remanso Campineiro

segunda a sexta-feira, das 8h às 17h

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Populares