Connect with us

Nossa Cidade

Greenbrier Maxion e AmstedMaxion são finalistas no Prêmio Revista Ferroviária

Published

on

As empresas Greenbrier Maxion e AmstedMaxion, que são a solução completa e integrada para o segmento ferroviário, estão entre as finalistas da 30ª edição do Prêmio Revista Ferroviária. As empresas disputam nas categorias IX – “Melhor Fabricante de Material Rodante – Vagões” e XIV – “Melhor Fabricante de Componentes para Truques e Sistemas de Choque e Tração” respectivamente.

Com tradição, pioneirismo e qualidade de quem faz história no setor há mais de 75 anos, as empresas são referência no desenvolvimento de vagões de carga, truques, serviços e componentes ferroviários, com penetração e atuação global.

A Greenbrier Maxion desenvolve e produz todos os tipos de vagões, com tecnologia diferenciada e design inovador. Os vagões GBMX possuem alta performance, tara reduzida e maior capacidade de carga, aumentando assim a tonelada transportada por trem. A facilidade na manutenção dos ativos e carga e descarga automatizadas permitem maior confiabilidade e disponibilidade das composições.

O destaque entre os vagões fica para os modelos Hoppers, utilizado para o transporte de grãos, açúcar, milho, soja, farelo, fertilizantes, entre outros, que possuem carga e descarga automatizadas, possibilitando o acionamento das tampas de carga através de um sistema pneumático. Já os vagões Plataformas foram projetados para atender o transporte de contêineres, alinhados e empilhados, atendendo as necessidades dos clientes de acordo com a infraestrutura férrea. O grande diferencial é o modelo double stack, um sistema eficiente que dobra a capacidade em relação ao vagão convencional, além de outros benefícios, como redução no consumo de combustível e segurança operacional. Modelo de referência nos Estados Unidos, a operação do vagão é uma introdução pioneira na ferrovia brasileira.

Dentro da família de vagões Gôndolas para o transporte de minério de ferro, destaque para o vagão GDU, de maior capacidade de transporte produzido pela empresa e o primeiro direcionado ao mercado brasileiro com truque 7”x12”; além dos vagões Tanque, para transporte de derivados do petróleo, cimento e ácido sulfúricos, entre outros, com maior capacidade volumétrica e menor tara, além de sistemas que agilizam a descarga, ressaltando o vagão TCT, o maior tanque do mundo com 118 mil litros, desenvolvido com estrutura autoportante.

Os truques Greenbrier Maxion são produzidos com tecnologia de ponta para garantir o melhor desempenho dinâmico. A principal inovação é o truque premium Motion Control, com tecnologia patenteada e provido de adaptadores especiais de rigidez controlada (Adapter Plus), que ajudam na dinâmica dos vagões de alta carga por eixo, além de permitir ajustes de suspensão e amortecimento variável com a lotação dos vagões.

Além do seu amplo portfólio de produtos, a Greenbrier Maxion possui também uma linha especializada em serviços ferroviários. Instalada em um galpão dedicado, a linha de serviços recebe vagões que necessitam de revisão, manutenção, reforma e transformação. Com isso, as operadoras fiquem livres de preocupações e custos elevados referentes à manutenção, concentrando esforços no foco real de seu negócio. Os serviços são personalizados e pensados para as necessidades específicas de cada cliente, e podem realizados de modo completo ou isolados.

A AmstedMaxion, fundição com mais de quatro décadas de atuação no mercado, fornece rodas ferroviárias e fundidos ferroviários e industriais. As rodas ferroviárias AmstedMaxion são produzidas em aço microligado, mais resistente e de alta performance. Conhecido por sua alta resistência, é produzido com composições químicas especialmente desenvolvidas para que sejam otimizadas suas propriedades mecânicas. Com tratamento térmico específico, apresentou diversas vantagens, sendo a principal menor taxa de desgaste e, consequentemente, a melhoria da performance em campo.

O destaque atual é a linha de rodas ferroviárias para locomotiva, com o desenvolvimento do modelo de 42”, em teste nas principais operadoras ferroviárias brasileiras, além das rodas de locomotivas de 36” e 40” já produzidas.

A empresa produz e comercializa ainda uma diversificada linha de fundidos ferroviários e outros componentes, tais como: travessa, lateral, cunha, sistema de choque e tração (ponteira, braçadeira, engate, mandíbula, cruzeta, aparelho de choque).

Através de sua engenharia, a AmstedMaxion desenvolveu e patenteou uma nova liga com características superiores aos aços tradicionalmente aplicados a seus produtos, com aumento particular da resistência à fadiga. Usada nos componentes do Sistema de Choque e Tração, a versatilidade da nova liga permite que seja aplicada em outros componentes submetidos a um alto nível de solicitação.

Com capacidade para produzir peças de 10 até 6.000 Kg, a empresa vem investindo na atualização tecnológica de sua linha de produção com novo equipamento de ultrassom (phased array), implantação de robôs, novos tornos de usinagem CNC, automação de processos e melhores práticas operacionais, gerando dessa forma maior eficiência na fabricação.

Através da busca na excelência em produtos e serviço, dispõe dos mais avançados recursos tecnológicos para produzir fundidos de aço carbono e baixa-liga de altíssima qualidade, atendendo os mercados interno e externo.

As empresas – Situada em Hortolândia-SP, a Greenbrier Maxion desenvolve e produz vagões de carga e truques ferroviários, além de reformar, adaptar e modernizar vagões e seus componentes. A AmstedMaxion, fundição situada em Cruzeiro-SP, é a principal referência latino-americana no desenvolvimento e fabricação de rodas de aço, fundidos ferroviários para truques e sistemas de choque e tração e peças para os setores de máquinas e equipamentos de construção civil, mineração e sucroalcooleiro.

O Prêmio – A festa da 30ª edição do Prêmio Revista Ferroviária será no dia 22 de agosto, na Casa Petra, em São Paulo, onde serão conhecidos os vencedores nas categorias setoriais, e os Ferroviários Padrão de Carga e de Passageiros. O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, foi escolhido Ferroviário do Ano de 2018 pelo Conselho Editorial da Revista Ferroviária, por sua atuação no Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), criado no governo de Michel Temer, cujos resultados estão sendo colhidos este ano.

A escolha dos vencedores será feita por um Colégio Eleitoral, formado por profissionais do setor metroferroviário, que trabalham nas operadoras de carga e de passageiros, empresas consumidoras, fornecedoras e associações de classe. A votação nas categorias setoriais é cruzada, ou seja, operadores votam em fornecedores e fornecedores escolhem os melhores operadores.

Além das 22 categorias setoriais, o Prêmio RF classificou cinco categorias como especiais, cuja escolha dos vencedores será aberta a todo o Colégio Eleitoral. A votação para as categorias especiais ainda está em andamento. Nesta etapa, o Colégio Eleitoral escolhe em votação cruzada, em que os operadores votam em fornecedores e vice-versa. As categorias especiais são: Ferroviário Padrão de Carga e Passageiros; Melhor Instituição de Ensino; Melhor Operadora com Investimento em Preservação Ferroviária; além da inédita Melhor Investidor/Financiador/Estruturador de Empreendimentos/Projetos Ferroviários (Cargas e Passageiros).

Se você já faz parte do Colégio Eleitoral, receberá um e-mail da Revista Ferroviária com o link da votação. Caso não faça parte do Colégio Eleitoral, basta solicitar a sua participação no link https://www.onlinepesquisa.com/s/colegio_eleitoral. Se a sua inscrição for aprovada, você estará apto a votar e receberá um e-mail da Revista Ferroviária com o link da votação.

Nossa Cidade

Biometria: Termina esta semana o prazo para cadastramento em Hortolândia

Published

on

O prazo para cadastramento da biometria dos eleitores de Hortolândia termina no dia 19 de dezembro. Quem não fizer o cadastramento terá o título cancelado.

Para se cadastrar o eleitor deve comparecer no cartório eleitoral que fica localizado na Rua Luiz Camilo de Camargo, 50, no antigo prédio do Banco do Brasil, das 8h30 às 18h.

A menos de dois meses do fim da biometria obrigatória em Hortolândia, o número de eleitores com as digitais coletadas segue baixo. Apenas 56,41% (86.566) do total de 153.470 eleitores compareceram para o procedimento até esta quarta-feira (30). A biometria é necessária para tornar a identificação de cada pessoa mais segura na hora do voto. Quem não a fizer no prazo terá o título cancelado e sofrerá impedimentos na vida civil.

O cartório da 361ª Zona Eleitoral de Hortolândia tem capacidade para atender em média 360 pessoas diariamente. O procedimento biométrico é simples e quanto mais rápido o eleitor fizer o cadastramento, menor o risco de enfrentar filas. A biometria envolve a coleta das impressões digitais, fotografia e assinatura digital, além da atualização dos dados pessoais.

O prazo para fazer o cadastramento em Hortolândia termina em 19 de dezembro. Os eleitores da cidade já serão identificados pelas digitais ao votarem nas eleições municipais de 2020.

 Documentos necessários

 Para fazer a biometria, é necessário apresentar documento oficial de identificação, comprovante de residência recente e o título, caso o eleitor o tenha.

 O cidadão pode agendar o atendimento no site do TRE-SP. Caso não consiga agendar a recomendação é que vá direto ao cartório eleitoral.

A biometria envolve a coleta das impressões digitais, fotografia e assinatura digital, além da atualização dos dados pessoais.

Sem o título, o cidadão fica impedido de votar, pedir passaporte, se inscrever em concursos públicos, pedir empréstimo em banco público ou renovar/fazer matrícula em instituições públicas de ensino.

Continue Reading

Nossa Cidade

Associação de moradores do Fátima inicia projeto de monitoramento de Segurança.

Published

on

Objetivo é ajudar na segurança do bairro, o projeto piloto está sendo implantado no perímetro onde deu início o programa vizinhança solidária. E a PM auxiliou identificando pontos estratégicos.

As câmeras estão sendo instaladas em pontos estratégicos, para inibir a prática de crime e auxiliar a PM e GM na identificação dos autores. As imagens ficarão a disposição da PM e GM.

A iniciativa foi da associação de moradores, mas não tinham dinheiro para bancar a compra e instalação dos equipamentos. Foi então que surgiu a ideia de através da tradicional festa junina, com as barracas da associação arrecadar o dinheiro, e valeu a pena o esforço, agora o monitoramento de Segurança é uma realidade.

Continue Reading

Nossa Cidade

Flash Back Solidário realiza a alegria de mais de 100 crianças

Published

on

Mais de 100 crianças, entre 3 e 17 anos, da Associação Beneficente Pedra Viva foram contempladas com brinquedos para alegrar o natal.

A compra dos brinquedos foi possível graças ao 2º Flash Back Solidário do Tenório, que aconteceu no domingo(8), no antigo Adônis – Jardim Rosolem.

Todo o dinheiro do evento foi revertido em brinquedos para as criançadas.

Além dos brinquedos as criançadas puderam ter um dia de gincanas e apresentações artísticas.

Continue Reading