Connect with us
Publicidade


Nossa Cidade

Hortolândia é reconhecida por participação em programa de educação para o trânsito

Prefeitura

Publicado

em

O trabalho de educação para o trânsito, realizado pela Prefeitura de Hortolândia, junto aos alunos da rede municipal, no âmbito do Programa Caminhos para a Cidadania, acaba de ser reconhecido pelo Instituto CCR, responsável pela iniciativa. O município foi destaque entre os participantes, recebendo Certificado de Reconhecimento pelo “excelente desempenho no Programa”.

Segundo a Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia, a ação atendeu no município, em 2020, um total de 5.327 alunos de quarto e quinto anos, público alvo do projeto, bem como 198 professores e 87 gestores educacionais da Rede Municipal de Educação.

Por questões sanitárias, em razão da pandemia do Coronavírus, a edição deste ano do “Caminhos para Cidadania” teve o formato reformulado. Aos professores e gestores foram oferecidos cursos online sobre “Competências Socioemocionais” e “Meio Ambiente e Educação para o trânsito”. Já para os alunos, as atividades foram disponibilizadas por meio do Blog Educacional, localizado no site da Prefeitura, na Aba Quer Saber Mais, e via contato entre estes e os professores. Entre as atividades consideradas excelentes, estão as relativas à Semana Nacional de Trânsito, feitas em setembro.

“Queremos parabenizar todos os alunos, professores e gestores que se empenharam em participar e desenvolver o Projeto, mesmo de maneira remota”, afirmam as coordenadoras pedagógicas responsáveis, Carla Borrego Varani e Angélica Miranda.

“Mesmo em um ano tão desafiador e atípico, a cidade fez a diferença pelo percentual significativo de professores que concluíram os cursos disponibilizados – ‘Competências Socioemocionais’ e ‘Meio Ambiente e Educação para o trânsito’ – e pelo envio de evidências de atividades realizadas junto aos estudantes. Esse é o engajamento de que precisamos para que essa ação socioeducacional – presente em cerca de 1,3 mil escolas e movimentando mais de 9 mil professores – siga cumprindo seu papel de promover a transformação das comunidades e contribuir para que essas crianças se tornem cidadãs conscientes, proporcionando um trânsito mais seguro, com menos acidentes e com mais respeito ao próximo e ao meio ambiente”, destaca o Instituto CCR em carta enviada à Secretaria de  Educação, Ciência e Tecnologia.

“Agradecemos imensamente a todos os nossos coordenadores, envolvidos com este projeto, e aos professores das escolas, que, mesmo num ano tão atípico, com o trabalho a distância, conseguiram desenvolver esse projeto que prima pela qualidade de vida, já que o trânsito hoje é uma atividade prioritária no nosso dia a dia, tanto para quem é pedestre como para quem é motorista. Nesse sentido, as nossas crianças são os maiores aprendizes e também os maiores professores. Aprendizes, porque se tornarão adultos muito melhores, conhecendo desde a mais tenra idade como se comportar e se relacionar no trânsito com outras pessoas e com a forma de dirigir. Também professores, porque, em casa, compartilham os seus saberes com seus familiares. Com isso, conseguimos melhorar, de forma muito significativa todos os comportamentos que acontecem no trânsito e, muitas vezes, são inadequados e estão inclusive relacionados com questões ambientais. Ter a CCRAutoban como nossa parceira foi um privilégio”, afirma a secretária de Educação, Ciência e Tecnologia, Sandra Fagundes Freire. 

 

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia

Nossa Cidade

Projeto recebe histórias de amor que serão transformadas em dança

Prefeitura

Publicado

em

Resgatar os sentimentos positivos do amor para combater o clima negativo causado pela pandemia. É com este espírito que o projeto “Recolho e danço histórias de amor” abre espaço para a participação do público. Quem quiser, pode enviar uma história romântica para o e-mail do projeto,
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
, até o dia 12 de fevereiro. As histórias se transformarão num espetáculo de dança. O projeto é um dos contemplados com recursos da lei federal Aldir Blanc, que oferece subsídio para artistas, coletivos e empresas artísticas do município que tiveram suas atividades paralisadas pela pandemia do Coronavírus.

A coreografia será criada pela aprendiz do curso profissionalizante de Dança, ministrado pela Prefeitura de Hortolândia, Leila Akemi de Paula Kawanishi. A aprendiz conta que sua ideia inicial era realizar o projeto na Escola de Artes “Augusto Boal”, órgão da Secretaria de Cultura, onde o curso é ministrado. 

A aprendiz explica que para participar do projeto basta enviar uma história de amor verídica que a pessoa tenha vivenciado ou presenciado. O texto deve ser escrito e não há limite de tamanho. “Vou ler as histórias, e a partir daí, vou traduzir as emoções de cada pessoa em uma coreografia de dança”, explica Leila. A aprendiz destaca ainda que as pessoas não precisam ficar receosas de se identificar. Os textos não serão publicados. “Pode ser que eu use palavras ou frases dos textos, mas não vou identificar a pessoa que escreveu”, salienta Leila. 

A coreografia deverá ter em torno de três a quatro minutos de duração. De acordo com a aprendiz, a previsão é que a coreografia seja filmada e exibida em março. A exibição será feita no canal do YouTube que a aprendiz criou para o projeto, Corpo82, cujo endereço é ESTE. O projeto também tem Facebook, acessível por este LINK, e Instagram, @corpo82lakemi.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Funcionários do Samu recebem vacina contra a COVID-19 nesta segunda-feira (25/01)

Prefeitura

Publicado

em

A Prefeitura de Hortolândia continua a imunizar contra a COVID-19 os profissionais de saúde da rede pública que estão na linha de frente no combate ao Coronavírus. Nesta segunda-feira (25/01), os funcionários do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) recebem as doses contra o vírus. 

De acordo com o coordenador do serviço no município, José Roberto Silva, a corporação conta com cerca de 100 funcionários. O coordenador ressalta também que, ao longo da pandemia, os profissionais da corporação receberam capacitações específicas para atender pacientes com suspeita ou contaminados com o vírus.

13º ANIVERSÁRIO

Este sábado (23/01) marcou o 13º aniversário do serviço na cidade. Por meio do Samu, a Prefeitura presta socorro mais ágil à população, em casos de acidentes ou mal súbito. Em 2020, de acordo com o coordenador José Roberto Silva, o serviço realizou 13.021 atendimentos e recebeu 30.029 chamadas telefônicas. 

Para prestar um atendimento ainda mais eficiente para a população, o serviço recebeu equipamentos e melhorias técnicas em sua estrutura. Ao longo do último ano, os funcionários ganharam novos uniformes. Dentre os novos equipamentos estão desfibriladores (para uso em caso de paciente em parada cardiorrespiratória); oxímetros de pulso portáteis, para aferir a oxigenação do sangue; e respirador. O prédio do serviço recebeu melhoria em sua sala de regulação médica. Outra importante melhoria foi a adequação do sistema de rádio. Atualmente, o serviço conta com três ambulâncias de suporte básico, uma de suporte avançado, duas motos e mais viaturas de reserva.

Os profissionais do serviço também passaram recentemente por atividades de capacitação. “Uma delas foi para capacitar os socorristas no atendimento de ocorrências em que as vítimas estão presas em ferragens”, destaca o coordenador José Roberto Silva.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Avenida Santana ganha semáforo para acesso ao bairro Chácaras Acaray

Prefeitura

Publicado

em

O acesso ao bairro Chácaras Acaray, localizado no cruzamento da Avenida Santana com a Rua Romualdo Ferreira da Silva, no Jardim Amanda I, próximo a um posto de gasolina, ficará mais fácil e seguro, a partir de agora. A Prefeitura de Hortolândia implanta semáforo no local. Os trabalhos, iniciados na última sexta-feira (22/01), devem estar concluídos ainda nesta semana.

Nesta segunda-feira (25/01), técnicos da Secretaria de Mobilidade Urbana trabalham na implantação de duas colunas, bem como no ajuste da placa de sinalização, após remoção da coluna que havia no local. A equipe também dá suporte ao serviço de poda de uma árvore existente na mesma área, no canteiro central da avenida, uma das mais movimentadas de Hortolândia.

Segundo o diretor de Operações, José Eduardo Vasconcellos, após a implantação das colunas e a pintura de solo, o semáforo estará pronto para entrar em funcionamento, aguardando liberação para ser ligado e começar a disciplinar o trânsito na região. Dados da Secretaria mostram que circularam pela Avenida Santana, na primeira quinzena de deste mês, 11.727, diariamente, no sentido bairro-centro, e 13.295, no sentido centro-bairro.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Populares