Connect with us
Publicidade

Nossa Cidade

Idosos debatem políticas públicas para envelhecer com qualidade de vida

Prefeitura

Publicado

em

 

Animação e disposição não faltaram às centenas de idosos que participaram, na manhã desta sexta-feira (29/03), da II Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa de Hortolândia, realizada no auditório da Uniesp/Faculdade de Hortolândia, no Jd. Amanda. Eles vieram de diversas áreas do município, dispostos a apresentar sugestões que contribuam para aprimorar as políticas públicas voltadas ao segmento. O evento, que tem como tema “Os Desafios de Envelhecer no Século XXI e o Papel das Políticas Públicas”, recebeu o apoio da Prefeitura de Hortolândia, por meio do Departamento de Direitos Humanos e Políticas Públicas para Mulheres da Secretaria de Governo.

Na abertura dos trabalhos, o prefeito Angelo Perugini, deu as boas-vindas aos cerca de 400 presentes, a maioria integrantes da chamada Melhor Idade. “A melhor profissão da vida é a experiência. Cobra caro, mas explica bem. É uma alegria ver este auditório cheio, ver a participação que tiveram nas pré-conferências. Este é o momento para criarmos oportunidade de estarmos juntos: fazer bailes, viagens, passeios, fazer vocês aproveitarem o mais possível a vida, com a convivência. Não existe coisa mais prazerosa que o amor entre as pessoas. Tenho certeza que vocês estão aqui hoje porque alguém os trouxe: um amigo, uma amiga, o companheiro, a esposa, alguém especial. Precisamos descobrir o valor que as pessoas têm para nós. Às vezes, a gente é colocado num lugar cheio de problemas para ser a solução e para viver o desafio como motivação de melhorar. O segredo da longevidade está em três coisas: comer pela metade, andar o dobro e rir o triplo. Temos aqui temas para que vocês deem as suas opiniões. Vocês não são excluídos, têm dignidade e ombridade para participar. Parabéns a vocês”, afirmou Perugini. 

Para a atual presidenta do CMI (Conselho Municipal do Idoso), Elisabetta Brighetti, a Beta, uma das fundadoras do órgão, o evento é relevante tanto para passar em revista as políticas públicas para o segmento quanto para a escolha de representantes do município na Conferência Estadual, que acontecerá em agosto deste ano. “É um momento muito importante. Vemos que a população de Hortolândia atendeu ao convite para participar, seja  das pré-conferências, seja do evento. Hoje, vamos discutir quatro eixos e ver o que o idoso de Hortolândia quer, o que reivindica para o segmento. Veremos as prioridades de cada grupo”, explicou. Os eixos temáticos a que ela se refere são: 1) Direitos Fundamentais na Construção/Efetivação das Políticas Públicas, com os sub eixos: Saúde, Assistência Social, Previdência, Moradia, Transporte, Cultura, Esporte e Lazer; 2) Educação: assegurando direitos e emancipação humana; 3) Enfrentamento da Violação dos Direitos Humanos da Pessoa Idosa; 4) Os Conselhos de Direitos: seu papel na efetivação do controle social na geração e implementação das políticas públicas.

“Esta é a oportunidade de juntos elaborarmos programas e ações que virão ampliar políticas públicas para melhorar a qualidade de vida da pessoa idosa. Neste ano, teremos a 3a edição da Pessoa Centenária, em maio”, ressaltou José Piveta Benedito, chefe do Setor de Políticas Públicas para a Pessoa Idosa, da Secretaria de Governo. Já a secretária-adjunta de Inclusão e Desenvolvimento Social, Tereza M. Godinho, ressaltou a possibilidade de os presentes canalizarem toda a juventude e a animação apresentadas ali para “auxiliar na construção de políticas públicas para as pessoas idosas de Hortolândia”.

Entre os participantes, a veterana Maria Conceição Batista André, de 69 anos, moradora do Jd. do Lago, se mostrou disposta a acompanhar as propostas da Conferência, em especial às relativas à saúde. Principiante neste tipo de evento, Maria de Lourdes Silva Juarez, de 60 anos, moradora do Jd. Amanda, estava atenta às falas de autoridades e convidados. “É importante participar para saber o que está acontecendo, o que envolve os idosos. Eu pego ônibus toda semana e vejo os jovens sentados e os idosos em pé. À tarde, vejo alguns que até xingam os idosos. Me sinto desrespeitada. Quero colocar este problema e ver o que é possível fazer. Minha sugestão é que, quando o ônibus parar, deixar os idosos entrarem primeiro”, opina ela.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia

Nossa Cidade

Jovens de Hortolândia participam de cerimônia de juramento à bandeira

Portal Hortolândia

Publicado

em

Aproximadamente 750 jovens de Hortolândia, com 18 anos completos, participaram, nesta quarta-feira (28/10), da cerimônia oficial de compromisso à bandeira. O evento, realizado no Complexo Poliesportivo Nelson Cancian, no Jardim Nova Hortolândia, respeitou o Código Sanitário do Estado de São Paulo contra a disseminação do Coronavírus.

Segundo a Secretaria de Segurança, foram realizadas seis cerimônias, separadamente, para diminuir o número de participantes em cada uma, evitando aglomerações para que os participantes mantivessem distância segura uns dos outros. Também foi obrigatório o uso de máscaras para todos os que comparecerem ao local.

“Neste ano, a cerimônia de juramento à bandeira, tão aguardada para os jovens que se alistam no serviço militar foi diferente. Tivemos que realizar um novo sistema e mudar toda a forma tradicional do evento. Agradecemos a quem compareceu. É muito importante manter a situação regularizada para receber o certificado de reservista. Quem não participou da cerimônia e tiver dúvidas sobre qualquer situação relacionada ao alistamento militar deve procurar a Junta Militar para regularizar a situação”, afirmou o secretário de Segurança, Mauro Balbino da Silva.

Junta Militar funciona no Hortofácil

A Junta Militar de Hortolândia, órgão da Prefeitura, realiza atendimento presencial, de segunda a sexta-feira, das 9h às 15h, no prédio do HORTOFÁCIL, na rua Argolino de Moraes, 415, na Região Central. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (19) 3965-1427.

De acordo com a Secretaria de Segurança, o alistamento militar é obrigatório para jovens do sexo masculino com 18 anos. Quem não o fizer, além de estar sujeito à multa, ficará impedido de realizar atividades como obter a carteira profissional, passaporte, registro de diploma de profissões liberais, matrícula ou inscrição para exercer qualquer função profissional e até mesmo matricular-se ou prestar exame em qualquer

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Procon de Hortolândia orienta população a fazer pesquisa de preço de produtos da cesta básica

Portal Hortolândia

Publicado

em

Diante do aumento dos preços dos produtos da cesta básica, registrado nos últimos meses, a Prefeitura de Hortolândia orienta o consumidor a denunciar estabelecimentos e lojas da cidade que pratiquem preços abusivos, na venda destes produtos.

As denúncias devem ser feita pelos telefones (19) 3819-1024, (19) 3965-1400, ramais 7034 e 7035, ou pelo e-mail [email protected] do Procon (Programa de Proteção e Defesa do Consumidor) de Hortolândia, órgão vinculado à Secretaria de Assuntos Jurídicos.

O Procon municipal atua junto à Fundação Procon (SP), com quem tem convênio firmado. As denúncias recebidas são encaminhadas à regional de Campinas da Fundação, que está com a “Operação Preço nas Alturas”, que fiscaliza, desde setembro, o aumento no preço de alimentos, principalmente arroz e óleo.

De acordo com o órgão municipal, os fiscais fazem diligência nos estabelecimentos para verificar se houve ou não a prática de preço abusivo. Se a prática for confirmada, os estabelecimentos podem ser multados. O valor da multa varia, dependendo da receita bruta, do porte do estabelecimento, do grau de infração e da vantagem obtida por meio da prática abusiva.

Para formalizar a denúncia e para que a mesma tenha validade, o órgão solicita ao consumidor que ele inclua as informações necessárias, tais como nome e endereço do estabelecimento comercial, informações descritivas do produto (marca, peso, entre outras), imagens que mostrem o produto e o preço, cópia ou imagem da nota e/ou cupom fiscal, ou ainda do comprovante da compra. Ao fazer a denúncia, o consumidor precisa se identificar e informar dados pessoais.

O órgão garante o sigilo da denúncia.O Procon de Hortolândia orienta ainda o consumidor a fazer pesquisa de preço de produtos, antes da denúncia. O órgão informa que, até o momento, a regional já fez a autuação de um estabelecimento comercial e notificou outros três estabelecimentos da cidade.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Avenida da Emancipação terá terceira faixa na saída da cidade

Portal Hortolândia

Publicado

em

Começou a obra da terceira faixa na avenida da Emancipação, sentido saída da cidade. A Prefeitura de Hortolândia investe na reestruturação deste trecho da via a fim de organizar melhor o trânsito e acabar com o congestionamento de veículos que se forma perto do trevo da EMS, principalmente em horários de pico. Ao todo, serão construídos 550 metros de nova pista. De acordo com a Secretaria de Obras, o trabalho será concluído em 90 dias.

O trabalho teve início pelo afastamento do gradil da empresa farmacêutica EMS. Com a remoção da estrutura, será iniciada a escavação para implantar o sistema de drenagem no trecho que vai desde a fachada da Guarda Municipal até o entroncamento da avenida com a Rodovia Jornalista Francisco Aguirre de Proença (SP-101). Em seguida, começa a implantação da base para a terceira faixa de rolagem, que ficará na área antes utilizada pela EMS como estacionamento de caminhões.

“Esta é uma importante obra, que vai colaborar para o trânsito na avenida da Emancipação se tornar mais eficiente. Com a implantação desta terceira faixa, os veículos que seguem sentido Monte Mor terão maior facilidade na saída da cidade, sem necessidade de pararem no trevo, como acontece hoje”, destacou o secretário de Obras, Sério Torrecilas.

A construção da terceira faixa na avenida da Emancipação faz parte do mesmo contrato de obras em andamento no Jd. Terras de Santo Antônio, que inclui a abertura de uma nova rua paralela à Otávio Rosolen, via que se tornará avenida com canteiro central, após a conclusão desta etapa. Esta obra é a continuidade da marginal construída pela empresa Odata, paralela à SP-101, sentido Jd. Terras de Santo Antônio.

Outra obra também será realizada neste mesmo contrato, na avenida da Emancipação, mas no sentido de entrada da cidade. Trata-se da adequação viária que tornará o trânsito mais seguro para quem vem a Hortolândia pela Rodovia SP-101.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Populares