Connect with us

Nossa Cidade

Jd. Santiago ganha ponto de descarte correto de recicláveis

Prefeitura

Publicado

em

 

A partir de agora, os moradores do Jd. Santiago contam com um local apropriado para o descarte correto de materiais reaproveitáveis. É o PEV-8 (Ponto de Entrega Voluntária de Entulho e outros materiais recicláveis), implantado pela Prefeitura de Hortolândia dentro da Administração Regional, localizada na Rua João Joaquim Calixto, 230 (antiga Rua Ceará). A cerimônia de implantação aconteceu na manhã desta quarta-feira (28/11) e contou com a presença do secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, José Nazareno Zezé Gomes; da secretária-adjunta, Eliane Nascimento; do superintendente do Consimares (Consórcio Intermunicipal de Resíduos Sólidos), Valdemir Aparecido Ravagnani; de representantes da Cooperativa Águia de Ouro, da empresa Horto Ambiental e da comunidade.

Construído com recursos próprios, o equipamento funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 16h. Na semana passada, equipes de educação ambiental da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável percorreram o bairro, distribuindo folhetos, para orientar os moradores e esclarecer dúvidas sobre o funcionamento do PEV-8, ressaltando que tipos de materiais podem ser descartados lá.

“Este espaço será muito importante para jogarmos o lixo no local certo. Muitos moradores que jogam entulhos em terrenos e espaços que estão vazios irão se conscientizar quanto à destinação correta do lixo. Na minha casa, eu separo corretamente o lixo e, agora, terei um local certo para utilizar”, comemora Denilson dos Santos, desempregado, morador do bairro há 27 anos.

“Nós aprendemos na escola como separar o lixo e a importância de não jogar entulhos nos terrenos baldios. Agora com o PEV, vamos incentivar nossos pais a jogar o lixo no local correto”, afirma Midian Caroline, aluna do 5º ano B da Emef (Escola Municipal de Ensino Fundamental) Dayla Cristina Souza de Amorim. 

Expansão da coleta seletiva

A fim de ampliar a coleta seletiva na cidade, a Administração Municipal anunciou a construção de mais três PEVs: um no Jd. Santa Esmeralda, um no Jd. Santa Emília e outro Jd. Nossa Senhora de Fátima. A ordem de serviço para o início das obras foi dada no último dia 14/11. Dois outros equipamentos estão em licitação: um no Jd. São Sebastião e outro no Jd. Nova Alvorada. A meta é, até o final da gestão Angelo Perugini, ter 20 PEVs implantados.

A iniciativa da Prefeitura de expandir a coleta seletiva no município foi saudada pelo Consimares. “Hortolândia é um exemplo de cidade a ser seguido, pois contribui muito para a sustentabilidade e o meio ambiente. Os PEVs ajudam muito para que possamos ter um ambiente mais saudável e conscientizar a população quanto a importância da destinação correta do lixo”, ressalta o superintendente do consórcio, Valdemir Ravagnani.

O que são PEVs

Os PEVs são espaços públicos, fechados e seguros, onde os moradores podem descartar, gratuitamente, resíduos recicláveis e reaproveitáveis, como entulhos de construção, isopor, plástico PET, sofás, colchões velhos, o chamado “lixo eletrônico”, dentre outros. Atualmente, a Prefeitura disponibiliza sete Pontos de Entrega Voluntária de Recicláveis. Os seis construídos com recursos da Caixa Federal funcionam de domingo a domingo, inclusive nos feriados, das 8h às 12h e das 13h às 18h. O implantado dentro do Aterro de Inertes, no Pq. Orestes Ôngaro, abre em horário comercial, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 16h (veja endereços abaixo).

Nos PEVs não é permitido o descarte de lixo orgânico, resíduos industriais e provenientes dos serviços de saúde. No caso dos resíduos de construção, a quantidade de descarte é limitada a 1m³ por pessoa mensalmente (1.300kg, ou seja, cerca de 26 sacos de ráfia de 50kg ou o volume de uma caixa d’água de 1.000 litros).

Incentivo ao crescimento, com sustentabilidade

A ampliação do número de PEVs no município faz parte do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento). O PIC prevê mais de 100 obras e serviços, que serão realizados em todas as regiões da cidade. O Programa busca criar condições urbanas, ambientais, sociais e humanas para que Hortolândia cresça com planejamento e sustentabilidade nos próximos 30 anos. Para realizar o programa, a Prefeitura viabilizou recursos financeiros de cerca de R$ 400 milhões por meio de parcerias com os governos estadual, federal e a com a iniciativa privada. 

Confira o endereço dos PEVs:

• PEV 1 – Auxiliadora

Rua Antônio João de Amorim, esquina com a Rua Sebastiana Oliveira da Silva

• PEV 2 – Adelaide

Rua Paulo Roberto Soares (Antiga 9), esquina com a Rua Benedito Macedo

• PEV 3 – Parque Gabriel

Avenida Joaquim Martarolli, 2005

• PEV 4 – Interlagos

Rua Rio Tapajós (Antiga Rua 5)

• PEV 5 – Vila Real

Rua Orlando Cavalcante, esquina com a Rua Joaquim Gregório de Moraes

• PEV 6 – Jardim Amanda

Rua Augusto dos Anjos, s/n

*PEV 7 – Orestes Ôngaro

Rua Rio Pardo (antiga Rua 13), 50, dentro do Aterro de Inertes 

*PEV 8 – Jd. Santiago

Rua João Joaquim Calixto, 230

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Nossa Cidade

Operação Tapa-Buraco já utilizou quase 420 mil toneladas de massa asfáltica

Portal Hortolândia

Publicado

em

Segundo a Prefeitura, desde o início do ano, ela investindo na recuperação do asfalto das ruas e avenidas em todas as regiões da cidade. Para a realização da Operação Tapa-Buraco, realizada diariamente pela Administração Municipal, por meio da Secretaria de Serviços Urbanos, toneladas de massa asfáltica são colocadas sobre os buracos para recuperação do pavimento. De janeiro a abril, já foram utilizadas aproximadamente 420 mil toneladas do produto nas cinco regiões de Hortolândia.

SERVIÇO EM ANDAMENTO

Foi concluída, nesta semana, mais uma etapa da Operação Tapa-Buraco em dois bairros. O trabalho foi realizado na rua Sebastião Nunes da Silva, no Parque Odimar, e na avenida dos Estudantes, no Jardim Everest. As ruas são de acesso à avenida da Emancipação, principal via de saída e entrada da cidade. Nestes locais, há grande fluxo de automóveis de passeio e veículos pesados, como ônibus e caminhões.

As equipes iniciam o trabalho pelo corte e limpeza do buraco, para, assim, fazer a aplicação de cascalho e a pintura de ligação sobre o local a ser aplicado o novo pavimento. Após toda essa preparação, é realizado o enchimento do buraco com a massa asfáltica aquecida e, por fim, a passagem do rolo compressor. Se a área for muito ampla, também é aplicado o rolo de pneus.

MAIS AÇÕES PARA A SEGURANÇA NO TRÂNSITO

Além da Operação Tapa-Buraco, outro serviço de zeladoria realizado pela Administração Municipal é a pintura de guias, ação que também contribui para evitar acidentes de trânsito.

Desde o início da semana, as equipes da Prefeitura realizam o trabalho na avenida Santana, no Jardim Amanda. O objetivo da pintura das guias é contribuir com o embelezamento da cidade e, também, auxiliar a visibilidade no período noturno.

Continue Lendo

Nossa Cidade

Prefeitura de Hortolândia orienta população para evitar acidentes com escorpião dentro de casa

Prefeitura

Publicado

em

Em virtude da necessidade de se manter o isolamento social para conter a disseminação do Coronavírus, as pessoas têm passado mais tempo dentro de suas casas. A Prefeitura de Hortolândia orienta os moradores a tomar cuidado para prevenir acidentes com escorpião, situação que pode acontecer no ambiente doméstico.

Para evitar a entrada deste animal artrópode em casa, a UVZ (Unidade de Vigilância e Zoonoses), órgão da Secretaria de Saúde, orienta a população a adotar algumas medidas. Uma delas é vedar frestas e buracos em paredes, assoalhos, soleiras de portas, vãos em forro, aberturas entre o telhado e as paredes, e consertar rodapés que estejam soltos ou despregados. Outra medida apontada pela veterinária do órgão, Tosca de Lucca Benini Tomass, é a instalação de telas milimétricas (telas com tramas milemetricamente entrelaçadas) em janelas e ralos internos e externos, ou algum outro tipo de dispositivo que não permita a entrada de escorpião pelos ralos.

A população também deve ficar atenta com os ambientes externos da casa. A veterinária Tosca Tomass orienta para manter quintais e jardins limpos. No caso de jardins, a grama deve ser aparada com frequência e evitar o acúmulo de folhas secas. Também deve se evitar o acúmulo de entulho e restos de construção em áreas externas ou próximas à residência. “Sempre que for manusear jardins, pedras, troncos podres, entulhos e restos de material de construção, utilizar luvas de raspa feitas de couro, sapatos fechados e calça comprida”, salienta Tosca. 

A veterinária ainda recomenda outros cuidados para evitar acidentes com escorpião, tais como sacudir roupas e calçados antes de usá-los, afastar camas e móveis das paredes e evitar que roupas de cama e mosquiteiros (redes de proteção contra insetos) fiquem encostadas até o chão. 

ACIDENTE

Em caso de acontecer acidente com escorpião, a veterinária Tosca Tomass orienta que a parte do corpo picada deve ser lavada com água e sabão, ser feita compressa morna e procurar a unidade de saúde mais próxima. A veterinária ainda salienta que não se deve colocar gelo ou água fria na parte do corpo picada. Também não se deve fazer torniquete ou garrote, perfuração ou corte, e muito menos fazer sucção para retirar o veneno. Também não se deve aplicar qualquer tipo de substância na parte do corpo picada. A vítima também não deve ingerir álcool. “O escorpião não é um animal agressivo, ou seja, não ataca. Ele pica quando são tocados ou se sente ameaçado”, explica Tosca. A veterinária ainda ressalta que o uso de veneno não surte efeito na eliminação de escorpião.

Caso seja constatada a presença de escorpião em casa ou na região onde a pessoa mora, a orientação é para que a população entre em contato com a UVZ pelos telefones (19) 3897-5974 ou (19) 3897-3312. De acordo com a veterinária, o órgão recebeu neste ano 88 demandas sobre presença de escorpião. Já neste mesmo período em 2020, foram 83 demandas. Já a Vigilância Epidemiológica, órgão da Secretaria de Saúde, informa que neste ano o município registra 44 notificações de acidentes com escorpião. Neste mesmo período do ano passado, foram 28 notificações.

ARMADILHAS

Para monitorar a presença de escorpiões em diferentes regiões da cidade, a UVZ coloca armadilhas, que consistem de placas de espuma ondulada, em galerias subterrâneas de águas pluviais e de esgoto, locais onde os artrópodes se escondem durante o dia. A presença de escorpiões nestas armadilhas confirmou a suspeita que estes animais mudaram de hábitos na área urbana.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Continue Lendo

Nossa Cidade

Podcast promove debates sobre temas relacionados ao feminismo

Prefeitura

Publicado

em

Compartilhar desafios e experiências reais que as mulheres enfrentam em uma sociedade machista. É com este objetivo que estreia o podcast “Fêmeas Pensantes”, nesta quarta-feira (05/05), às 19h. O podcast será transmitido nos canais do YouTube, Spotify, Apple Podcasts e Anchor da Secretaria de Cultura. O podcast é um dos projetos contemplados com recursos da lei federal Aldir Blanc, que oferece subsídio para artistas, grupos, empresas e profissionais dos setores artístico-culturais do município cujas atividades foram afetadas pela pandemia do Coronavírus.

Idealizado por Fernanda Alves e Maria Antonia Aguiar, o podcast terá 18 episódios com participação de convidados. De acordo com as idealizadoras, a proposta é promover a visibilidade feminina, compartilhar histórias sobre o conhecimento feminino em diferentes áreas e pontuar as dificuldades e os desafios profissionais e pessoais que as mulheres enfrentam na sociedade. Serão discutidos temas como autoestima e redes sociais, maternidade, arte, sexualidade e pandemia. No episódio de estreia desta quarta-feira, o podcast abordará o surgimento do feminismo e suas mudanças, com participação da estudante de Sociologia Morena Valente.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Continue Lendo

Populares