Connect with us
Publicidade


Nossa Cidade

Mesmo com fiscalização, Hortolândia registra aglomeração de pessoas e violência contra GM em espaços privados

Prefeitura

Publicado

em

Após mais um final de semana da “Operação Saturação”, realizada pela Prefeitura de Hortolândia, de acordo com a Secretaria de Segurança, foram registradas 79 ocorrências ligadas à perturbação do sossego e aglomeração de pessoas em espaços públicos e, principalmente, privados. Entre a sexta-feira e o domingo (24 a 27/07), equipes da GM (Guarda Municipal) e do Setor de Fiscalização intensificaram o trabalho de fiscalização para evitar essas ações e a disseminação do Coronavírus, com plantão 24 horas. Desde janeiro, houve 2.037 atendimentos ligados a este tipo de ocorrência na cidade. As maiores incidências foram verificadas nos meses com maior número de casos de COVID-19.

Na noite do domingo, após receberem denúncia de perturbação ao sossego e aglomeração no bairro Chácaras Coelho, agentes da GM e da equipe de Fiscalização que estiveram no local foram agredidos com garrafas, cadeiras e faca pelos participantes da festa. Um guarda teve a mão fraturada e um dos veículos da corporação foi danificado. Encontravam-se na chácara mais de 50 pessoas e foi necessário uso de força moderada para dispersar e conter os agressores, que foram conduzidos à delegacia de plantão no Parque dos Pinheiros.

Os agressores responderão criminalmente por lesão corporal, ameaça, dano ao patrimônio público e infração contra o código sanitário. A chácara foi lacrada e o proprietário multado em R$ 5.300,00 pela Vigilância Sanitária e R$ 3.554,00 por perturbação ao sossego. Além disso, frequentadores destas festas clandestinas podem ser multados em R$ 527, 00 e os veículos dos participantes também podem sofrer multa de até R$ 1.000, de acordo com o Código Sanitário do Estado de São Paulo, a nova lei de Perturbação ao Sossego de Hortolândia e o decreto municipal que proíbe aglomerações devido à pandemia.

“O número de ocorrências ligadas a confraternizações que causam aglomeração de pessoas, perturbação do sossego e a disseminação do Coronavírus foi mantido, em dois finais de semana. Continuamos a registrar, cada vez mais, ocorrências, porém agora, após os trabalhos preventivos realizados pelas guarnições da GM para evitar os bailes irregulares nas ruas, as festas migraram para as chácaras. No domingo, por exemplo, equipes da Guarda Municipal foram recebidas com violência em uma festa clandestina”, informa a comandante da Guarda Municipal, Michele Cardena Quinete.

De acordo com a Secretaria de Segurança, no final de semana, as equipes realizaram ações por toda a cidade. O trabalho também segue durante a semana. As operações, além de evitarem aglomeração de pessoas e perturbação de sossego, orientam sobre o funcionamento de comércios essenciais e não-essenciais. Desde o início da pandemia, mais de 3 mil estabelecimentos comerciais foram orientados e fiscalizados.

Multas para pipas com cerol continuam

De acordo com a Secretaria de Segurança, as ações da GM para combater o uso de cerol em pipas também contribuíram para a queda do número de aglomeração de pessoas nas ruas, neste final de semana. Os agentes da força de segurança da Administração Municipal intensificarão o trabalho para evitar esta situação. Caso alguém seja flagrado usando cerol, o munícipe será multado em R$ 100,00. Se for menor de idade, os pais serão responsabilizados. A multa irá para o Sistema Tributário Municipal de Multas, por meio do CPF (Cadastro de Pessoa Física) do infrator.

Como denunciar

O munícipe que flagrar estas situações pode denunciar os infratores. Eles podem ser levados à delegacia. Denúncias que caracterizem aglomeração de pessoas ou perturbação de sossego podem ser feitas à corporação, a qualquer hora do dia ou da noite, pelo telefone 153 ou 0800-111-580.

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia

Nossa Cidade

Coronavírus Hortolândia: 6802 casos confirmados, 6537 curados e 194 óbitos

Redação

Publicado

em

Por

O boletim sobre coronavírus divulgado pela Secretaria de Saúde de Hortolândia, nesta segunda-feira(18) mostra que o município teve 6802 casos confirmados, 6537 curados e 194 óbitos.

Casos confirmados: 12 pacientes internados em UTI’s fora do município; 01 em enfermaria fora do município; 0 na UTI do Hospital Municipal Mário Covas e 01 na enfermaria; 09 em internação na Unidade Respiratória do Nova Hortolândia; 48 em isolamento domiciliar.

Casos suspeitos – aguardando exame: 04 casos internados em UTI’s fora do município; 08 em enfermaria fora do município; 01 caso na UTI do Hospital Municipal Mário Covas; 09 em internação na Unidade Respiratória do Nova Hortolândia; 1244 em isolamento domiciliar.

8794 casos já foram descartados mediante resultado do exame de Covid-19.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Prefeitura de Hortolândia inicia, nesta terça-feira (19/01) pré-cadastro para vacinação contra a COVID-19

Prefeitura

Publicado

em

A Prefeitura de Hortolândia inicia, nesta terça-feira (19/01), a partir das 9 horas, o pré-cadastro para o início da vacinação contra a COVID-19. Podem fazer o pré-cadastro pessoas inclusas na primeira fase do cronograma determinado pelo governo estadual: profissionais da saúde e pessoas acima de 60 anos. Conforme a programação já divulgada pelo governo estadual, a vacinação deve começar no dia 25 deste mês. De acordo com a Secretaria de Saúde, o pré-cadastro é para melhor organizar o agendamento para o início da vacinação e, com isso, evitar aglomeração, conforme os protocolos sanitários para evitar a disseminação do Coronavírus.

Estão dispensados do pré-cadastro os profissionais da rede municipal de saúde e os profissionais de saúde que trabalham em ILPIs (Instituições de Longa Permanência para Idosos), assim como os idosos assistidos por estas instituições. Os profissionais da rede municipal de saúde serão vacinados nas unidades onde atuam. Os profissionais das ILPIs também receberão a imunização em seus locais de trabalho, junto com os idosos destas instituições.

Os profissionais de saúde da rede particular e as pessoas acima de 60 anos devem fazer o pré-cadastro online, por meio do site da Prefeitura, clique aqui. No pré-cadastro, o interessado deverá informar nome, bairro, telefone, data de nascimento, número do CPF (Cadastro de Pessoa Física), informar se é profissional de saúde e se tem alguma deficiência motora, que dificulte o acesso ao local de vacinação.

A Secretaria de Saúde fará a verificação destes dados com o cadastro da pessoa no e-SUS, que é o banco nacional de dados do sistema público de saúde. Caso os dados estejam corretos, a informação do agendamento de cada pessoa estará disponível para consulta no site da Prefeitura. Para fazer a consulta, é necessário informar o CPF e a data de nascimento.

Em caso dos dados estarem incorretos, o morador será orientado a entrar em contato com a UBS (Unidade Básica de Saúde) mais próxima de sua casa para atualizar os dados. A data da aplicação da vacina será agendada conforme a ordem de prioridade definida pela Secretaria Estadual de Saúde e mediante a entrega do imunizante pelo governo estadual.

A Prefeitura de Hortolândia espera a distribuição das vacinas pelo Governo do Estado de São Paulo. Em breve serão divulgados mais detalhes, como os locais de vacinação. A Prefeitura ainda ressalta que já está com toda a estrutura preparada e insumos estocados para receber e aplicar as doses da vacina.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Livros da biblioteca municipal já podem ser devolvidos no local

Prefeitura

Publicado

em

Leitores que utilizam os serviços da biblioteca Terezinha França de Mendonça Duarte, da Prefeitura de Hortolândia, localizada na região Central, e que estão com livros emprestado desde antes da pandemia, para devolução em atraso, já podem fazer a entrega do material no local, a partir desta segunda-feira (18/01) até o dia 29 deste mês, das 9h as 15h. De acordo com a Secretaria de Cultura, quem entregar os livros neste período não receberá suspensão ou qualquer penalidade. A ação tem como objetivo atualizar o acervo evitando extravios.

O material será recolhido na porta da biblioteca respeitando todas as medidas de segurança e prevenção do Coronavírus. Os materiais devolvidos pelos usuários receberão higienização e permanecerão em quarentena por 7 dias para que possam retornar ao acervo e  serem utilizados por outros usuários do espaço público. Segundo a Secretaria de Cultura,  a biblioteca está aberta apenas para a devolução dos livros e não será permitido realizar empréstimo domiciliar ou usar as dependências do espaço. Para quem está com saudades dos livros, a biblioteca municipal conta com um acervo digital com quase 200 exemplares em formato de e-book, disponíveis no link bit.ly/bibliohorto

A biblioteca municipal Terezinha França de Mendonça Duarte fica localizada no piso inferior do Open Shopping, na rua Luiz Camilo de Camargo, n° 581 – Centro. Para dúvidas e informações o e-mail é:
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
, o telefone: 019 3887 1684 e o BiblioZap (Whatsapp) 019 98970 7332.

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Noticias

Youtube

 

PONTE DA ESPERANÇA

Populares