Connect with us
Publicidade

Nossa Cidade

Motoristas de transporte por aplicativo reclamam ser multados em Hortolândia

Portal Hortolândia

Publicado

em

uber taxi

Os motoristas de transporte por aplicativo reclamam que tem levado multa notificado pelos agentes de trânsito de Hortolândia. Os motoristas que vem de Campinas relatam que são multados por possuir placa de identificação nas portas.

Um motorista de 34 anos, relata sobre o problema: “quero manifestar a minha insatisfação com a Prefeitura Municipal de Hortolândia, principalmente com o setor do trânsito, uma vez que sou uber para complementar minha renda e faço transporte por aplicativo, fui notificado neste mês de Fevereiro que em meados de Janeiro eu estava fazendo transporte remunerado de pessoas. Conversei com outros ubers, os mesmo relataram a mesma insatisfação, ao adentrar a cidade de Hortolândia estão precisando retirar a placa para os “amarelinhos” não efetuar a multa. A Secretaria responsável por esse setor precisa investigar melhor isso, porque ao meu ver, isso se torna uma indústria da multa, uma vez que o município não  dispõe de uma Lei sobre esse tipo de transporte”, disse.

O motorista de transporte por aplicativo enviou ao Portal Hortolândia uma foto de uma notificação que recebeu em fevereiro. Na notificação está descrito “Transitar efetuando transporte remunerado de pessoas quando não licenciado para esse fim”, e perdeu 4 pontos na CNH além do valor de R$ 130,16 para pagar.

A Prefeitura de Hortolândia informa que os agentes de trânsito realizam apenas uma notificação verbal aos motoristas de aplicativos, não acarretando em multa e perda de pontos da CNH (Carteira Nacional de Habilitação). A notificação é realizada para alertar o motorista que a regulamentação de Campinas não vale para Hortolândia.

Por: Cézar Henrique

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia

Nossa Cidade

Poupatempo inicia testes e treinamento em Hortolândia

Redação

Publicado

em

Por

O Poupatempo vai inaugurar sua sede em breve em Hortolândia e iniciou nesta terça-feira (27) o treinamento e teste de sistema no prédio do Hortofácil, onde ficará instalado.

A princípio os testes serão feitos em atendimentos sem agendamento e atenderá diversos serviços, incluindo o Detran e será uma operação assistida, com verificação de sistema e treinamento dos funcionários.

O horário de funcionamento do Poupatempo Hortolândia será de segunda a sexta-feira, das 09h às 17h, e aos sábados das 09h às 13h.

A previsão é que no máximo em 15 dias a unidade já esteja em pleno funcionamento.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Jovens de Hortolândia participam de cerimônia de juramento à bandeira

Portal Hortolândia

Publicado

em

Aproximadamente 750 jovens de Hortolândia, com 18 anos completos, participaram, nesta quarta-feira (28/10), da cerimônia oficial de compromisso à bandeira. O evento, realizado no Complexo Poliesportivo Nelson Cancian, no Jardim Nova Hortolândia, respeitou o Código Sanitário do Estado de São Paulo contra a disseminação do Coronavírus.

Segundo a Secretaria de Segurança, foram realizadas seis cerimônias, separadamente, para diminuir o número de participantes em cada uma, evitando aglomerações para que os participantes mantivessem distância segura uns dos outros. Também foi obrigatório o uso de máscaras para todos os que comparecerem ao local.

“Neste ano, a cerimônia de juramento à bandeira, tão aguardada para os jovens que se alistam no serviço militar foi diferente. Tivemos que realizar um novo sistema e mudar toda a forma tradicional do evento. Agradecemos a quem compareceu. É muito importante manter a situação regularizada para receber o certificado de reservista. Quem não participou da cerimônia e tiver dúvidas sobre qualquer situação relacionada ao alistamento militar deve procurar a Junta Militar para regularizar a situação”, afirmou o secretário de Segurança, Mauro Balbino da Silva.

Junta Militar funciona no Hortofácil

A Junta Militar de Hortolândia, órgão da Prefeitura, realiza atendimento presencial, de segunda a sexta-feira, das 9h às 15h, no prédio do HORTOFÁCIL, na rua Argolino de Moraes, 415, na Região Central. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (19) 3965-1427.

De acordo com a Secretaria de Segurança, o alistamento militar é obrigatório para jovens do sexo masculino com 18 anos. Quem não o fizer, além de estar sujeito à multa, ficará impedido de realizar atividades como obter a carteira profissional, passaporte, registro de diploma de profissões liberais, matrícula ou inscrição para exercer qualquer função profissional e até mesmo matricular-se ou prestar exame em qualquer

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Procon de Hortolândia orienta população a fazer pesquisa de preço de produtos da cesta básica

Portal Hortolândia

Publicado

em

Diante do aumento dos preços dos produtos da cesta básica, registrado nos últimos meses, a Prefeitura de Hortolândia orienta o consumidor a denunciar estabelecimentos e lojas da cidade que pratiquem preços abusivos, na venda destes produtos.

As denúncias devem ser feita pelos telefones (19) 3819-1024, (19) 3965-1400, ramais 7034 e 7035, ou pelo e-mail [email protected] do Procon (Programa de Proteção e Defesa do Consumidor) de Hortolândia, órgão vinculado à Secretaria de Assuntos Jurídicos.

O Procon municipal atua junto à Fundação Procon (SP), com quem tem convênio firmado. As denúncias recebidas são encaminhadas à regional de Campinas da Fundação, que está com a “Operação Preço nas Alturas”, que fiscaliza, desde setembro, o aumento no preço de alimentos, principalmente arroz e óleo.

De acordo com o órgão municipal, os fiscais fazem diligência nos estabelecimentos para verificar se houve ou não a prática de preço abusivo. Se a prática for confirmada, os estabelecimentos podem ser multados. O valor da multa varia, dependendo da receita bruta, do porte do estabelecimento, do grau de infração e da vantagem obtida por meio da prática abusiva.

Para formalizar a denúncia e para que a mesma tenha validade, o órgão solicita ao consumidor que ele inclua as informações necessárias, tais como nome e endereço do estabelecimento comercial, informações descritivas do produto (marca, peso, entre outras), imagens que mostrem o produto e o preço, cópia ou imagem da nota e/ou cupom fiscal, ou ainda do comprovante da compra. Ao fazer a denúncia, o consumidor precisa se identificar e informar dados pessoais.

O órgão garante o sigilo da denúncia.O Procon de Hortolândia orienta ainda o consumidor a fazer pesquisa de preço de produtos, antes da denúncia. O órgão informa que, até o momento, a regional já fez a autuação de um estabelecimento comercial e notificou outros três estabelecimentos da cidade.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Populares