Connect with us

Nossa Cidade

Obra de creche é abandonada e crianças vão estudar longe, no Jardim Novo Ângulo

Avatar

Publicado

em

A obra de uma creche no Jardim Novo Ângulo, em Hortolândia, que era para ter sido entregue em 2017 segue sem prazo para ser concluída. O prédio teve as paredes levantadas, contra piso e telhado. No local não há ninguém trabalhando e os materiais de construção estão sendo furtados, segundo moradores.

Enquanto os pais não têm onde deixar os filhos, muitos vão estudar em unidade longe do bairro. Na frente da obra não tem placa informando início, entrega e custo da obra.

Segundo os moradores, a obra está parada há mais de 3 anos e meio, e até agora a creche que serviria para atender moradores dos condomínios do bairro está abandonada.

Os materiais de construção foram furtados. Criminosos levaram até as calhas do telhado. “Tinha um monte de materiais aí na frente, mas carregaram. Areia também tinha muito. Tão levanto tudo”, disse a estudante Fabiana Cardoso. “Não tem guarda para cuidar aí eles podem fazer o que quiserem”, afirmou um morador que preferiu não se identificar.

“Ver uma obra dessa parada com um tanto de dinheiro que já foi envolvido nisso aí. E pode ser ainda muito mais dinheiro para poder fazer funcionar. Dói muito o coração da gente”, reclamou a dona de casa Lucineide Almeida.

A creche do Jardim Novo Ângulo é construída em parceria com o governo federal, com recursos do FNDE (Fundo Nacional para o desenvolvimento da Educação). O projeto inicial prevê área construída de 1.433,76 metros quadrados, num terreno de 5.905,03 metros quadrados, localizado na Estrada Municipal Sabina Baptista de Camargo.

De acordo com a Secretaria de Educação, com a entrega desta obra, serão oferecidas 376 vagas para crianças de zero à seis anos. Quando pronta, a unidade de ensino terá dez salas de aula, sendo duas para cada turma de crianças, divididas por idade, uma sala multiuso, lactário, dois fraldários, seis solários, espaço lúdico, parque infantil, refeitório, copa, cozinha, sala de higienização, sanitários infantil, adulto e adaptado, vestiários para funcionários, lavanderia, despensa, depósito, almoxarifado, secretaria, direção, sala de professores e de reunião.

Em Nota

A prefeitura de Hortolândia disse que está em andamento uma nova licitação para contratar a empresa e dar continuidade a obra da Escola Municipal. Os atrasos aconteceram porque a primeira empresa abandonou a obra e desfez o contrato com a prefeitura. Ainda segundo a nota, a Guarda Municipal realiza ronda frequentemente para que haja invasão e nem depredação do prédio público. 

Por: Cézar Henrique 

Nossa Cidade

Ainda há vagas para oficina Super MEI sobre organização de negócios

Prefeitura

Publicado

em

Você tem um negócio e quer saber como fazer uma gestão mais eficiente? Então se apresse! Ainda tem vagas disponíveis para a oficina gratuita Super MEI (Microempreendedor Individual) “Organize Seu Negócio”, que será realizada pela Prefeitura de Hortolândia em parceria com o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas). A atividade é somente para empreendedores que já tenham CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica). Os interessados podem fazer a inscrição pela internet, por meio deste LINK, ou pessoalmente no posto do Sebrae Aqui, que fica dentro do HORTOFÁCIL, localizado na rua Argolino de Moraes, 405, Vila São Francisco. A oficina será nos dias 27, 28, 30 e 31/01, das 13h às 17h.

De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Turismo e Inovação, a oficina é indicada para empreendedores que já tenham algum negócio e que enfrentam dificuldades na parte de gestão. Os participantes aprenderão a desenvolver comportamento de empreendedor. Serão abordados temas como formação de preço, controle do fluxo de caixa, atendimento a cliente, marketing digital e legislação específica para MEI. Os participantes receberão certificado. De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Turismo e Inovação, existem cerca de 13 mil MEIs no município.

Oficina Super MEI – “Organize Seu Negócio”:

Data: 27, 28, 30 e 31/01

Horário: 13h às 17h

Local: HORTOFÁCIL

Endereço: rua Argolino de Moraes, 405, Vila São Francisco

Link para inscrição: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSfRic7wlb3q7hFzrFpSJGioVIVK9Uqjg-FJhgK5l0yxxN3fzw/viewform?usp=sf_link

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Continue Lendo

Nossa Cidade

Coleta seletiva porta a porta registra aumento da participação dos moradores em 2019

Prefeitura

Publicado

em

Hortolândia mostra que separar e descartar corretamente resíduos reaproveitáveis é uma prática consolidada entre a população. Prova disso é que o serviço de coleta seletiva porta a porta, implantado pela Prefeitura, recolheu cerca de 375 toneladas de materiais recicláveis em 2019. Em 2018, quando o serviço foi implantado foram recolhidos cerca de 116 toneladas de materiais recicláveis.

O serviço de coleta seletiva porta a porta foi implantado pela Prefeitura de Hortolândia inicialmente nos bairros Parque Ortolândia e Jd. Firenze. Hoje, o serviço beneficia 32 dos 114 bairros da cidade, atendendo cerca de 20 mil famílias. A meta da Prefeitura é atender toda a cidade, pouco a pouco.  

A coleta seletiva (porta a porta e voluntária) é uma ação da Prefeitura, vinculada ao PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento) e à Agenda Verde. Ambas as iniciativas visam envolver a população na tarefa de fazer o descarte correto de lixo e manter a cidade limpa. Incluem diversas ações de cidadania, dentre elas palestras de conscientização ambiental e plantio de árvores, bem como ações de zeladoria e coleta de lixo e entulho descartados irregularmente pelas ruas de Hortolândia.

O serviço é realizado pela Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável por meio do consórcio Horto Ambiental. A Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável realiza o monitoramento diário da coleta com o objetivo de ampliar e melhorar a forma do descarte de recicláveis. De acordo com dados do consórcio, houve ampliação e participação significativa da população, sendo que em dezembro de 2019 foram coletadas 36,5 toneladas. Já em dezembro de 2018, o total de material reciclável coletado foi de cerca de 26 toneladas.  

A coleta seletiva é importante por trazer melhor qualidade de vida para a população. O serviço também representa economia, uma vez que o município poupa recursos com o transporte e aterramento dos resíduos. O material recolhido pelo serviço é encaminhado para a Cooperativa Águia de Ouro, parceira da Prefeitura. Fundada em 2001, a cooperativa reúne atualmente 25 cooperados, pessoas entre 29 e 62 anos de idade, em situação de vulnerabilidade social. Com o que a cooperativa arrecada com a coleta, triagem e venda de recicláveis, cada cooperado ganha de R$ 1.180,00 a R$1.500,00 por mês. A cooperativa também recebe os materiais recicláveis que a população descarta nos oito PEVs (Pontos de Entrega Voluntária de Entulhos e outros materiais recicláveis) e 21 LEVs (Locais de Entrega Voluntária de recicláveis) existentes na cidade.

A secretária adjunta da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Eliane Nascimento Oliveira, comemora os números positivos do serviço de coleta seletiva em 2019, em especial, no mês de dezembro, destacando que este bom desempenho é resultado do trabalho que a Prefeitura tem realizado junto com a população. “Os dados demonstram que  a Administração Municipal avança na sustentabilidade, pois, além de proteger o meio ambiente,  minimiza o impacto no aterro sanitário e ainda fortalece a cooperativa de reciclagem do município, gerando emprego e renda, atendendo assim a Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei Federal Nº 12.305/2010) e os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS). Com isso, a Prefeitura proporciona uma cidade mais limpa, organizada e com qualidade vida”, destaca Eliane.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Continue Lendo

Nossa Cidade

Diplomação do Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência acontece nesta quarta-feira

Avatar

Publicado

em

Por

Acontece na próxima quarta-feira(22), na Câmara Municipal de Hortolândia, a Diplomação do Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência

O evento apresentara os representantes do Conselho para o exercício Biênio 2019-2021 e acontece a partir das 9 horas.

De acordo nova presidente do Conselho, Andresa Alcântara, é importante o comparecimento da população no evento para conhecer os mebros que estarão lutando pelos direitos dos deficientes hortolândenses.

Andresa, como tetraplégica, sabe da mportância desse conselho para o Município e para as pessoas que têm deficiência. Ela também é graduada em Serviço Social e Pós-graduada em Políticas públicas e Defensoria de Direito, e pretende unir estes conhecimentos na luta pelos direitos da pessoas com deficiência.

SERVIÇOS
Diplomação do Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência
Data: Quarta-feira, 22 de janeiro de 2020
Horário: 9 horas
Local: Câmara Municipal de Hortolândia
Endereço: Rua Joseph Paul Julien Burlandy, 250 – Parque Gabriel

Continue Lendo



Max Milhas