Connect with us

Nossa Cidade

Obras do PIC preparam Parque Peron para ser a nova entrada de Hortolândia

Prefeitura

Publicado

em

As obras de mobilidade urbana em andamento no Parque Peron levam desenvolvimento para o bairro. Duas frentes de trabalho, uma de pavimentação e drenagem realizada pela Prefeitura de Hortolândia, e outra de implantação do traçado do Corredor Metropolitano Noroeste, transformam o bairro em ponto de referência para o trajeto que, em breve, será a nova entrada da cidade. Quando as obras do corredor expresso de ônibus estiverem prontas, os motoristas que trafegam pela Rodovia SP-101 (Rodovia Jornalista Francisco Aguirre de Proença) vão entrar em Hortolândia pela alça de acesso que está em construção no km-5 da rodovia e seguir pelos bairros da região do Parque Peron sentido Ponte da Esperança (Estaiada).

Com o avanço das obras, as ruas de terra do Parque Peron ganham sistema de drenagem reforçado para captar a água e escoar a chuva por dutos subterrâneos, sem afetar o tráfego de veículos que, em breve, passará pelo bairro. Logo, será asfaltado o novo sistema viário que segue em construção, um prolongamento da avenida Antônio da Costa Santos (Jd. Nova América), proporcionando mais qualidade de vida aos moradores do Parque Peron e, também, do bairro Chácaras Nova Boa Vista.

O Corredor Metropolitano é uma obra de responsabilidade da EMTU (Empresa metropolitana de Transportes Urbanos), com apoio da Prefeitura de Hortolândia. A obra até a SP-101 deve ser concluída até dezembro, segundo informações do Governo do Estado. O Corredor Metropolitano integrará toda a região por meio de um viário expresso, desde Americana, passando por Santa Bárbara D’Oeste, Nova Odessa, Sumaré, Hortolândia, até Campinas.

Já a Prefeitura de Hortolândia trabalha na pavimentação das ruas Um, Dois e Seis. De acordo com a secretaria de Obras, além de guias e sarjetas, as ruas terão novo asfalto, sistema de drenagem de águas pluviais, ligação de esgoto domiciliar à rede coletora em alguns pontos, além de calçada em frente às casas.

Para o trabalho de drenagem, as ruas são escavadas. Em seguida, a Prefeitura remove o antigo concreto das calçadas, que receberão pavimento padronizado. A aplicação de asfalto nas ruas é a última etapa da obra. Um diferencial é que no trecho de esquina entre a Rua Um e a Rua Seis, o pavimento será de piso de concreto intertravado. Isso porque, naquela região, existe uma nascente do Ribeirão Jacuba. “Precisamos garantir o pavimento permeável, para que a água tenha por onde ser escoada até a nascente sem empoçar ou comprometer o asfalto”, explicou o secretário de Obras, Sérgio Torrecilas.

A continuidade das obras de asfalto no Parque Peron é uma reivindicação antiga da comunidade local e um compromisso assumido pelo prefeito Angelo Perugini. Parte das ruas foram asfaltadas num contrato anterior, que foi rompido por descumprimento contratual por parte da empreiteira responsável. Com isso, a Prefeitura precisou contratar uma nova empresa para finalizar as obras, retomadas em março deste ano. No Parque Peron moram aproximadamente 300 famílias.

PIC

As obras de melhoria urbana em realização no Parque Peron, assim como a continuidade do Corredor Metropolitano, são ações que fazem parte do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento), implantado pelo prefeito Angelo Perugini para estimular o desenvolvimento urbano, ambiental, social e humano para que Hortolândia cresça com planejamento e sustentabilidade nos próximos 30 anos. O programa prevê mais de 100 obras e serviços, em diversas áreas. Para estas intervenções, o município conta recursos financeiros da iniciativa privada, dos governos estadual e federal, sendo que a principal fonte de recursos é um financiamento junto ao banco internacional CAF.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia

Nossa Cidade

Covid19: Estatísticas em Hortolândia 07/07

Portal Hortolândia

Publicado

em

A partir de 17/05, os casos de síndrome gripal sem coleta de exames estão excluídos dos boletins diários. Somente constarão no relatório, os casos em que são colhidos exames para diagnosticar pacientes contaminados pelo Coronavírus.

BOLETIM – CORONAVÍRUS (COVID-19) HORTOLÂNDIA – 07/07

Casos notificados: 1879
Pacientes em investigação: 258
– Em Isolamento domiciliar aguardando exame: 222
– Em Internação na Unidade Respiratória – UPA Nova Hortolândia: 13
– Em Internação no Hospital Municipal Mário Covas: 4 (4 em UTI)
– Em Internação hospitalar fora do município: 19 (15 em UTI / 4 em enfermaria)

Casos confirmados: 791
– 53 pacientes em isolamento domiciliar
– 2 em Internação no Unidade Respiratória – UPA Nova Hortolândia
– 1 em Internação no Hospital Municipal Mário Covas (em UTI)
– 22 pacientes em internação hospitalar fora do município (19 em UTI / 3 em enfermaria)
– 830 pacientes já receberam alta / curados
– 39 Óbitos

Casos descartados: 830

*Todos os casos em investigação encontram-se em isolamento e acompanhados pela Secretaria Municipal de Saúde
**Comunicação de casos confirmados mediante informação da Secretaria de Saúde do Estado

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Defesa Civil Estadual alerta para a possibilidade de fortes rajadas de vento para a região nos próximos dias

Prefeitura

Publicado

em

A Defesa Civil do Estado de São Paulo emitiu, nesta terça-feira (07/07), um alerta de ventos fortes para a região de Campinas, entre a noite de hoje até a quinta-feira (09/09). Segundo o órgão estadual, as rajadas de vento devem chegar até 80 km/h em cidades da Região Metropolitana de Campinas.

“Pedimos que as pessoas se mantenham seguras e protegidas, caso a previsão das fortes rajadas de vento que a Defesa Civil Estadual projetou para os próximos dias se confirme. É necessário evitar lugares abertos, abrigo embaixo de árvores e marquises de prédios e também evitar, por exemplo, estacionar veículos e motocicletas nestas condições. Também pedimos a colaboração para que não haja o descarte de lixo, entulho e bitucas de cigarro, além de outros materiais que possam causar incêndio em terrenos e áreas públicas, já que os ventos fortes contribuem para possíveis focos que podem se espalhar rapidamente”, explica o gerente da Defesa Civil de Hortolândia, Iluíde Carbonero.

Operação Estiagem

A Operação Estiagem, realizada pela Prefeitura de Hortolândia, por meio da Defesa Civil, em parceria com o Governo do Estado de São Paulo, está em vigor e vai até o dia 31 de setembro deste ano com o objetivo de evitar focos de incêndio e queimadas em todas as regiões da cidade. O período compreende a época mais seca do ano, com baixos índices de umidade relativa do ar e de chuvas na região.

De acordo com o órgão municipal, é necessário a população redobrar os cuidados com a saúde neste período porque problemas respiratórios são mais comuns nesta época do ano e há também o agravante da pandemia do Coronavírus.

Segundo a Defesa Civil, a umidade do ar é mais baixa, principalmente, no final do Inverno e início da Primavera. O pico da baixa umidade do ar acontece no período da tarde, entre 12h e 16h. A concentração da poluição ajuda a aumentar os casos de gripe, viroses, doenças respiratórias e alergias. Outros sintomas frequentes são dores de cabeça, tonturas, náuseas e irritação nos olhos, nariz e garganta.

Confira algumas dicas para evitar problemas de saúde durante a estiagem:

* Beba muita água

* Aumente o consumo frutas e vegetais na alimentação

* Mantenha o ambiente umidificado com equipamentos, toalhas úmidas ou bacias com água distribuídas pelos cômodos. Não deixe água parada por muito tempo em casa, para evitar que o local se torne um criadouro de insetos transmissores de doenças, como o mosquito Aedes aegypti, transmissor da Dengue. O ideal é trocar a água de baldes e bacias, diariamente.

* Limpe a casa com pano úmido

* Mantenha portas e janelas abertas, para melhorar a circulação do ar no ambiente

* Higienize os olhos com algodão úmido para evitar irritações, conjuntivites e outros problemas oculares

* Evite fazer exercícios físicos ao ar livre, entre 11h e 17h

* Evite objetos que acumulam poeira, como tapetes, cortinas e bichos de pelúcia

* Evite o ar condicionado, pois o equipamento resseca ainda mais o ar

* Nunca fume em ambientes fechados

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Prefeitura reforça sinalização viária próximo à escola na Vila Real

Prefeitura

Publicado

em

Equipes da Prefeitura de Hortolândia iniciaram, nesta terça-feira (07/07), mais uma etapa de reforço de sinalização viária e adequação no trânsito próximo a escolas. O trabalho foi realizado entre a avenida Anhanguera e a rua Edna Aparecida Pampa Fonseca, em frente à Escola Estadual Liomar Freitas Câmara, na Vila Real. No local, foi reforçada a pintura em faixas de pedestres, faixas zebradas brancas, faixas de retenção, faixas seccionadas brancas e a legenda de parada obrigatória.

De acordo com a Secretaria de Mobilidade Urbana, a ação objetiva organizar o trânsito, evitar o excesso de velocidade por parte dos motoristas, auxiliar na travessia de pedestres, já que o local é ponto de passagem de muitas crianças e adolescentes e elas voltarão a circular, com o retorno das aulas. O serviço acontece, diariamente, em diversas regiões da cidade e continuará nesta área nos próximos dias.

“Esta avenida possui grande circulação de motoristas e pedestres, principalmente no período das aulas. Esta ação é essencial para a organização do trânsito e para a segurança de todos”, observa o diretor de operações da Secretaria de Mobilidade Urbana, José Eduardo Vasconcellos.

Trânsito mais seguro dos últimos cinco anos

O reforço e a implantação da sinalização viária estão entre as diversas ações realizadas pela Prefeitura para aumentar a segurança no trânsito da cidade. Em 2017, foi criado um pacote de medidas para reduzir os acidentes de trânsito. Além da sinalização, o pacote inclui a instalação de radares para fiscalização, que funcionam desde janeiro do ano passado, e ações educativas com motoristas e a comunidade em geral.

De janeiro a março deste ano, foram registrados três óbitos causados por acidentes nas vias de Hortolândia. Em maio, nenhum acidente fatal foi registrado na cidade. Os dados do Infosiga (Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito do Estado de São Paulo) apontam que o município cumpriu a meta estabelecida pelo Governo Estadual para o período. Segundo o Infosiga, Hortolândia também registra os menores índices de violência no trânsito desde 2015, quando o órgão passou a disponibilizar as estatísticas, por meio do site oficial da entidade.

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Noticias

Youtube

 

PONTE DA ESPERANÇA

Populares