Connect with us

Nossa Cidade

Outubro Rosa: Hortolândia zera fila de espera por mamografia

Prefeitura

Publicado

em

Todos os meses, o Caism (Centro Especializado em Saúde da Mulher) de Hortolândia realiza cerca de 600 mamografias, exame que auxilia no diagnóstico de câncer de mama. Com este volume de atendimento, a Prefeitura conseguiu zerar a fila de espera de mulheres que aguardavam pelo diagnóstico. Isso foi possível graças à organização do agendamento, que é realizado diretamente nas UBSs (Unidades Básicas de Saúde): assim que a paciente recebe o pedido para o exame, ela é atendida em, no máximo, 30 dias.

Como o atendimento das pacientes com pedido para exame segue em dia, a Prefeitura busca por mulheres que nunca realizaram mamografia. De acordo com a recomendação da OMS (Organização Mundial da Saúde), mulheres com mais de 40 anos que nunca fizeram o exame podem procurar a UBS mais próxima e solicitar o pedido. Já aquelas que têm mais de 50 anos precisam fazer o exame a cada dois anos.

A saúde é prioridade no governo do prefeito Angelo Perugini. E a saúde da mulher recebe atenção especial. O Caism de Hortolândia é a unidade de referência para atendimentos de casos específicos, como gravidez de alto risco, e para exame de rastreamento de câncer de mama. “Com a agilidade no atendimento dos pedidos de mamografia, a Prefeitura de Hortolândia garante rapidez na análise dos resultados, o que colabora para o diagnóstico precoce e para encaminhamento rápido para tratamento, aumentando as chances de cura”, destaca o secretário adjunto de Saúde, Rodrigo Freire.

O câncer de mama é o tipo da doença mais comum entre as mulheres no mundo e no Brasil, depois do de pele não melanoma, correspondendo a cerca de 25% dos casos novos a cada ano. No Brasil, esse percentual é de 29%. Cerca de 30% dos casos de câncer de mama podem ser evitados com a adoção de hábitos saudáveis como a prática de atividade física, amamentação prolongada, alimentação saudável, redução do consumo de bebidas alcoólicas, entre outras ações.

Campanha Outubro Rosa

A Prefeitura de Hortolândia adere à campanha Outubro Rosa de prevenção ao câncer de mama e realiza, ao longo do mês atividades em diversas unidades de saúde, valorizando a auto-estima da mulher e incentivando os cuidados com a saúde. Para marcar o mês, a Ponte da Esperança (estaiada) recebe iluminação decorativa cor de rosa. Confira abaixo, o calendário com a programação nas UBSs:

UNIDADE

DATA

HORA

ATIVIDADE

UBS AMANDA II

1/out

14h

DANÇA CIRCULAR E RODA DE CONVERSA

UBS DOM BRUNO

10/out

8h30

PALESTRA SOBRE SAÚDE DA MULHER – ALONGAMENTO – ATIVIDADE MUSICAL

UBS SÃO BENTO

14/out

9h

APRESENTAÇÃO – CAFÉ DA MANHÃ

UBS ROSOLEM / ADELAIDE

15/out

8h30

PALESTRA SOBRE CÂNCER DE MAMA E ALIMENTAÇÃO SAUDAVEL

CAISM

15/out

8h30

PALESTRA – PREVENÇÃO E CUIDADO DO CÂNCER DE MAMA

UBS STA ESMERALDA

17/out

8h30

PALESTRA – SORORIDADE

UBS CAMPOS VERDES

17/out

9h30

RODA DE CONVERSA

CAISM

17/out

13h

DIREITOS DAS MULHERES COM CÂNCER DE MAMA

UBS ORESTES ONGARO

18/out

8h

CAMINHADA – LIAN GONG – RODA DE CONVERSA – CAFÉ DA MANHÃ

UBS SANTIAGO

18/out

8h30

RODA DE CONVERSA SOBRE AUTOCUIDADO E AUTO-ESTIMA

UBS AMANDA I

18/out

8h

PALESTRA COM PSICÓLOGA – SORTEIO DE BRINDES

UBS NOVO ÂNGULO

19/out

8h

PALESTRA – EMPODERAMENTO FEMININO – OFICINA DE BELEZA – ESPORTE PARALÍMPICO

CENTRO DE ESPECIALIDADES MÉDICAS

19/out

Das 7h às 17h

MUTIRÃO DE ULTRASSON GINECOLÓGICO

UBS PQ DO HORTO

22/out

8h

RODA DE CONVERSA – OFICINA DE BELEZA

UBS NOVA EUROPA

24/out

7h30

CAMINHADA – ZUMBA – CAFÉ ROSA – TESTE RÁPIDO ISTs

UBS STA CLARA

25/out

9h30

CAFÉ DA MANHÃ – SORTEIO DE BRINDES – DINÂMICA – MÚSICA – RODA DE CONVERSA

UBS FIGUEIRAS

25/out

9h30

PALESTRA – PREVENÇÃO CONTRA VIOLÊNCIA E PREVENÇÃO AO CÂNCER DE MAMA E DE ÚTERO

UBS SÃO JORGE

31/out

8h30

GRUPO SOBRE PREVENÇÃO DO CÂNCER DE MAMA E QUALIDADE DE VIDA

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Nossa Cidade

Hortolândia registra menos de 10 milímetros de chuva em dois meses e cuidado com a saúde deve ser redobrado

Prefeitura

Publicado

em

A Prefeitura de Hortolândia reitera a necessidade dos cuidados com a saúde, neste período de tempo seco que a cidade atravessa. A cidade registrou menos de 10 milímetros de chuva em dois meses. Mesmo com a Operação Estiagem em andamento, a população deve fazer sua parte para evitar problemas respiratórios, principalmente durante a pandemia do Coronavírus. A operação é realizada pela Administração Municipal, por meio da Defesa Civil, em parceria com o Governo do Estado de São Paulo até o dia 31 de setembro deste ano.

“O período compreende a época mais seca do ano, com baixos índices de umidade relativa do ar e de chuvas na região. Em abril, não registramos nenhum milímetro de chuva na cidade. Em maio, foram registrados 9,9 milímetros de chuva em Hortolândia, entre a sexta-feira (22/05) e o sábado (23/05). O índice pluviométrico está baixo e não há previsão de mudança para os próximos dias. É necessário a população redobrar os cuidados com a saúde neste período, porque problemas respiratórios são mais comuns nesta época do ano com o agravante da pandemia do Coronavírus”, explica o gerente da Defesa Civil, Iluíde Carbonero.

De acordo com a Defesa Civil, o descarte irregular de lixo e entulho em áreas verdes e espaços públicos contribui com o surgimento das queimadas que, além de prejudiciais à saúde das pessoas, é extremamente prejudicial também ao meio ambiente. Além disso, fumar em ambientes fechados é outro vilão para a saúde durante o tempo seco. “Por isso é necessário a população fazer a sua parte em todos os sentidos”, orienta Carbonero.

Segundo a Secretaria de Segurança, a Defesa Civil de Hortolândia está inserida no plano de contingência da Região Metropolitana de Campinas com o objetivo de acompanhar os índices  de Umidade Relativa do Ar (URA). O plano alerta a população, caso os níveis estejam muito baixos. O Plano de Contingência está estipulado em quatro níveis:

I – Observação – URA de até 30%

II – Atenção – URA de 30% a 20%

III – Alerta – URA de 20% a 12%

IV – Emergência – URA abaixo de 12%

De olho na umidade do ar

Segundo a Defesa Civil, a umidade do ar é mais baixa, principalmente, no final do Inverno e início da Primavera. O pico da baixa umidade do ar acontece no período da tarde, entre 12h e 16h. A concentração da poluição ajuda a aumentar os casos de gripe, viroses, doenças respiratórias e alergias. Outros sintomas frequentes são dores de cabeça, tonturas, náuseas e irritação nos olhos, nariz e garganta.

Confira algumas dicas para evitar problemas de saúde durante a estiagem:

* Beba muita água

* Aumente o consumo frutas e vegetais na alimentação

* Mantenha o ambiente umidificado com equipamentos, toalhas úmidas ou bacias com água distribuídas pelos cômodos. Não deixe água parada por muito tempo em casa, para evitar que o local se torne um criadouro de insetos transmissores de doenças, como o mosquito Aedes aegypti, transmissor da Dengue. O ideal é trocar a água de baldes e bacias, diariamente.

* Limpe a casa com pano úmido

* Mantenha portas e janelas abertas, para melhorar a circulação do ar no ambiente

* Higienize os olhos com algodão úmido para evitar irritações, conjuntivites e outros problemas oculares

* Evite fazer exercícios físicos ao ar livre, entre 11h e 17h

* Evite objetos que acumulam poeira, como tapetes, cortinas e bichos de pelúcia

* Evite o ar condicionado, pois o equipamento resseca ainda mais o ar

* Nunca fume em ambientes fechados

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Continue Lendo

Nossa Cidade

Diminui número de acidentes de trânsito com vítimas em Hortolândia durante “quarentena”

Prefeitura

Publicado

em

Hortolândia apresenta, mais uma vez, histórico positivo na redução de acidentes de trânsito com vítimas em ruas, avenidas e rodovias que cruzam a cidade. De acordo com dados do Infosiga (Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito do Estado de São Paulo), entre 24 de março e 30 de abril deste ano, período da “quarentena” no Estado por conta do Coronavírus,  foram registrados 34 acidentes com vítimas nas vias e rodovias do município. No mesmo período, em 2019, foram 47 acidentes com vítimas. As ações da Prefeitura, nos últimos anos, contribuíram para a redução em 28% dos acidentes com vítimas na cidade.

No mês passado, a cidade já havia alcançado mais uma meta estabelecida pelo Governo Estadual. De janeiro a março deste ano, foram registrados três óbitos causados por acidentes nas vias de Hortolândia. Mesmo com a redução no número de acidentes com vítimas e com vítimas fatais, a Prefeitura continua o  trabalho para salvar vidas e diminuir, ainda mais, os acidentes de trânsito, fortalecendo a segurança viária na cidade.

Desde o início da semana, equipes da Administração Municipal, por meio da Secretaria de Mobilidade Urbana, realizam mutirão de implantação e reforço de sinalização viária em ruas do Jardim Minda. Na região, a Prefeitura implantada faixas brancas zebradas e duplas amarelas contínuas, que indicam vias  de mão dupla, além de retenções, onde são instalados tachões e a pintura de lombadas. O objetivo da ação é alertar motoristas que trafegam pelo local e ajudar na diminuição da velocidade no tráfego pela região. O serviço no bairro continuará nos próximos dias. Além disso, desde o início do mês, a implantação de lombadas é realizada em diversos bairros.

“Estas ações, a longo prazo, contribuem para a melhoria dos índices de segurança viária no município e ajudam a salvar vidas”, explica o diretor de operações da Secretaria de Mobilidade Urbana, José Eduardo Vasconcellos.

Trânsito mais seguro dos últimos cinco anos

Segundo o Infosiga, além das metas cumpridas no primeiro trimestre deste ano, Hortolândia registra os menores índices de violência no trânsito desde 2015, quando o órgão passou a disponibilizar as estatísticas, por meio do site oficial da entidade.

O pacote de medidas para reduzir os acidentes de trânsito, criado pela Prefeitura de Hortolândia, em 2017, inclui o reforço na sinalização, instalação de radares para fiscalização, que funcionam desde janeiro do ano passado, e ações educativas com motoristas e a comunidade em geral.

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Continue Lendo

Nossa Cidade

Começa obra de asfalto em três ruas do Parque Peron

Prefeitura

Publicado

em

 

Moradores de três ruas do Parque Peron terão, em breve, melhores condições de tráfego. A Prefeitura de Hortolândia começou a asfaltar as ruas 1, 2 e 6 que, desde o ano passado, recebem investimentos em melhorias viárias. Já foram executadas as etapas de implantação do sistema de drenagem, concretagem de calçadas, guias e sarjetas. Agora, as ruas são preparadas para receber a base do asfalto e do piso intertravado.

 

De acordo com a Secretaria de Obras, um diferencial é que, no trecho de esquina entre a Rua 1 e a Rua 6, o pavimento será de piso de concreto intertravado em razão de existir naquela região uma nascente do Ribeirão Jacuba. “Precisamos garantir o pavimento permeável, para que a água tenha por onde ser escoada até a nascente sem empoçar ou comprometer o asfalto”, explica o secretário de Obras, Sérgio Torrecilas.

 

A continuidade das obras de asfalto no Parque Peron é uma reivindicação antiga da comunidade local e um compromisso assumido pelo prefeito Angelo Perugini. Parte das ruas foi asfaltada num contrato anterior, rompido por descumprimento contratual por parte da empreiteira responsável. Com isso, a Prefeitura precisou contratar uma nova empresa para finalizar as obras, retomadas em março do ano passado.

 

A aplicação de asfalto nas ruas proporcionará um sistema viário mais eficiente para o bairro e mais qualidade de vida à população. No Parque Perón moram aproximadamente 300 famílias.

 

PIC

 

As obras de melhorias urbanas em realização no Parque Peron fazem parte do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento), implantado pelo prefeito Angelo Perugini para estimular o desenvolvimento urbano, ambiental, social e humano para que Hortolândia cresça com planejamento e sustentabilidade nos próximos 30 anos. O programa prevê mais de 100 obras e serviços, em diversas áreas. Para estas intervenções, o município conta recursos financeiros da iniciativa privada, dos governos estadual e federal, sendo que a principal fonte de recursos é um financiamento junto ao banco internacional CAF.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Continue Lendo

Noticias

Policial41 minutos atras

Veículo roubado é encontrado desmontado dentro de uma garagem, no Jardim Everest, em Hortolândia

A equipe policial da 3°Cia. do Plantão Policial De Hortolândia, recebeu uma ocorrência para recolhimento de um veículo desmontado, na...

Nossa Cidade3 horas atras

Hortolândia registra menos de 10 milímetros de chuva em dois meses e cuidado com a saúde deve ser redobrado

A Prefeitura de Hortolândia reitera a necessidade dos cuidados com a saúde, neste período de tempo seco que a cidade...

Nossa Cidade3 horas atras

Diminui número de acidentes de trânsito com vítimas em Hortolândia durante “quarentena”

Hortolândia apresenta, mais uma vez, histórico positivo na redução de acidentes de trânsito com vítimas em ruas, avenidas e rodovias...

Cursos7 horas atras

Anhanguera John Boyd Dunlop lança novas graduações em Biomedicina e Enfermagem

Cursos vão além do conhecimento técnico, e têm como proposta formar profissionais com ampla visão da realidade social brasileira e...

São Paulo8 horas atras

Procon-SP fiscaliza mais de 3,5 mil estabelecimentos comerciais em todo o estado

Durante os dois meses de quarentena decretada no estado, equipes do Procon-SP fiscalizaram mais de 3,5 mil estabelecimentos comerciais para combater o...

Nossa Cidade10 horas atras

Começa obra de asfalto em três ruas do Parque Peron

  Moradores de três ruas do Parque Peron terão, em breve, melhores condições de tráfego. A Prefeitura de Hortolândia começou...

Publicidade