Connect with us
Publicidade


Nossa Cidade

Palestras promovidas pela Prefeitura contam a bolsistas “Histórias que inspiram”

Prefeitura

Publicado

em

 

Ensinar pelo exemplo, mostrando às gerações mais jovens relatos de quem conquistou os próprios sonhos, por meio da educação. Este é o objetivo da série de palestras “Histórias que inspiram”, promovidas pela Prefeitura de Hortolândia. A iniciativa do Departamento de Geração de Renda e Economia Solidária, da Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social, é voltada a bolsistas do programa Acerte (Ação Cidadã de Requalificação, Trabalho e Educação), lançado em fevereiro deste ano. A ideia é que os participantes assistam a palestras motivadoras a cada dois meses.

A primeira delas, na manhã da última sexta-feira (05/07), foi ministrada pela pedagoga Jacyra Aparecida Santos Souza, que falou para 195 bolsistas no auditório Profa. Andreia Marise Borelli, no Remanso Campineiro. Inspirada pelo exemplo da primeira professora, no antigo Primário, Jacyra contou como superou todas as dificuldades para conquistar o sonho de, um dia, também ser professora.

Embora tenha ingressado na escola aos sete anos, em Lucélia/SP, na região de Marília, em razão do trabalho na roça, precisou interromper os estudos ainda na antiga 4a série do Ensino Fundamental. Só conseguiu retomá-los com 30 anos de idade, já casada e com filhos, depois de vir morar em Campinas, onde trabalhou como doméstica, faxineira e metalúrgica. Nos anos 80, mudou-se para Hortolândia, ingressando, por concurso público, em 1985, na rede estadual, como inspetora de alunos. Motivada pelo então diretor da escola, ingressou na EJA (Educação de Jovens e Adultos), passo importante para concluir o Ensino Fundamental e o Médio, e, posteriormente ingressar na faculdade de Pedagogia. Neste período, foi aprovada em outros concursos públicos, atuando como escriturária, professora leiga e depois supervisora de ensino, cargo em que se aposentou em 2015. Após a experiência como professora leiga em uma escola no Jd. Santa Rita, foi convidada  para implantar a EJA na cidade, nos anos 90. 

Antes, porém, de concluir o ciclo produtivo, Jacyra foi secretária municipal de Educação de Hortolândia, entre 2007 e 2008, e depois de eleita vice-prefeita na chapa do prefeito Angelo Perugini, em segundo mandato, atuou como Chefe de Gabinete e secretária de Educação e de Governo, entre os anos de 2009 a 2012, estando à frente da implantação no município do IFSP (Instituto Federal de São Paulo), campus Hortolândia. Uma história de superação e conquistas, guiada pela educação.

“Estudar vale a pena. O diferencial para a gente atingir a meta na vida é fazer este esforço acadêmico também. Deus é capaz de dar e fazer mais do que a gente imagina, é fonte de força e de esperança para prosseguir na jornada”, ensina Jacyra.

“Apesar de sabermos que o país enfrenta uma grave crise e a meritocracia não é um sistema justo, ainda assim existem pessoas que conseguem se sobressair com todas as dificuldades. Essas pessoas nos inspiram a lutar, mesmo sabendo que o sistema não é justo, a luta é o incentivo de que podemos ir um passo além. É importante para as pessoas reconheçam no outro a sua história e, a partir daí, comecem a construir a sua própria história, sabendo que é sempre possível dar mais um passo”, afirmou o secretário de Inclusão e Desenvolvimento Social, Régis Bueno, na cerimônia de abertura do ciclo de palestras.

Sobre o programa Acerte

O Programa Acerte é voltado a pessoas de 18 anos ou mais, em estado de vulnerabilidade social e disponíveis para atuar no mercado de trabalho. Por meio dele, a Prefeitura oferece cursos de qualificação profissional, além de criar condições para garantir aos aprendizes direitos universais básicos na área de educação, saúde, alimentação e renda.

Além de qualificação profissional, o aprendiz recebe bolsa-auxílio pela participação em estações de vivência, sendo estimulado a desenvolver talentos que, muitas vezes, nem imaginava possuir e conquistar uma profissão.

Para permanecer no Acerte, o bolsista precisa participar de 75% das atividades de qualificação profissional, por meio de lista de presença assinada no dia da atividade, e ter frequência obrigatória na EJA (Educação de Jovens e Adultos), caso necessário.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia

Nossa Cidade

Prefeitura de Hortolândia inicia, nesta terça-feira (19/01) pré-cadastro para vacinação contra a COVID-19

Prefeitura

Publicado

em

A Prefeitura de Hortolândia inicia, nesta terça-feira (19/01), a partir das 9 horas, o pré-cadastro para o início da vacinação contra a COVID-19. Podem fazer o pré-cadastro pessoas inclusas na primeira fase do cronograma determinado pelo governo estadual: profissionais da saúde e pessoas acima de 60 anos. Conforme a programação já divulgada pelo governo estadual, a vacinação deve começar no dia 25 deste mês. De acordo com a Secretaria de Saúde, o pré-cadastro é para melhor organizar o agendamento para o início da vacinação e, com isso, evitar aglomeração, conforme os protocolos sanitários para evitar a disseminação do Coronavírus.

Estão dispensados do pré-cadastro os profissionais da rede municipal de saúde e os profissionais de saúde que trabalham em ILPIs (Instituições de Longa Permanência para Idosos), assim como os idosos assistidos por estas instituições. Os profissionais da rede municipal de saúde serão vacinados nas unidades onde atuam. Os profissionais das ILPIs também receberão a imunização em seus locais de trabalho, junto com os idosos destas instituições.

Os profissionais de saúde da rede particular e as pessoas acima de 60 anos devem fazer o pré-cadastro online, por meio do site da Prefeitura, clique aqui. No pré-cadastro, o interessado deverá informar nome, bairro, telefone, data de nascimento, número do CPF (Cadastro de Pessoa Física), informar se é profissional de saúde e se tem alguma deficiência motora, que dificulte o acesso ao local de vacinação.

A Secretaria de Saúde fará a verificação destes dados com o cadastro da pessoa no e-SUS, que é o banco nacional de dados do sistema público de saúde. Caso os dados estejam corretos, a informação do agendamento de cada pessoa estará disponível para consulta no site da Prefeitura. Para fazer a consulta, é necessário informar o CPF e a data de nascimento.

Em caso dos dados estarem incorretos, o morador será orientado a entrar em contato com a UBS (Unidade Básica de Saúde) mais próxima de sua casa para atualizar os dados. A data da aplicação da vacina será agendada conforme a ordem de prioridade definida pela Secretaria Estadual de Saúde e mediante a entrega do imunizante pelo governo estadual.

A Prefeitura de Hortolândia espera a distribuição das vacinas pelo Governo do Estado de São Paulo. Em breve serão divulgados mais detalhes, como os locais de vacinação. A Prefeitura ainda ressalta que já está com toda a estrutura preparada e insumos estocados para receber e aplicar as doses da vacina.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Livros da biblioteca municipal já podem ser devolvidos no local

Prefeitura

Publicado

em

Leitores que utilizam os serviços da biblioteca Terezinha França de Mendonça Duarte, da Prefeitura de Hortolândia, localizada na região Central, e que estão com livros emprestado desde antes da pandemia, para devolução em atraso, já podem fazer a entrega do material no local, a partir desta segunda-feira (18/01) até o dia 29 deste mês, das 9h as 15h. De acordo com a Secretaria de Cultura, quem entregar os livros neste período não receberá suspensão ou qualquer penalidade. A ação tem como objetivo atualizar o acervo evitando extravios.

O material será recolhido na porta da biblioteca respeitando todas as medidas de segurança e prevenção do Coronavírus. Os materiais devolvidos pelos usuários receberão higienização e permanecerão em quarentena por 7 dias para que possam retornar ao acervo e  serem utilizados por outros usuários do espaço público. Segundo a Secretaria de Cultura,  a biblioteca está aberta apenas para a devolução dos livros e não será permitido realizar empréstimo domiciliar ou usar as dependências do espaço. Para quem está com saudades dos livros, a biblioteca municipal conta com um acervo digital com quase 200 exemplares em formato de e-book, disponíveis no link bit.ly/bibliohorto

A biblioteca municipal Terezinha França de Mendonça Duarte fica localizada no piso inferior do Open Shopping, na rua Luiz Camilo de Camargo, n° 581 – Centro. Para dúvidas e informações o e-mail é:
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
, o telefone: 019 3887 1684 e o BiblioZap (Whatsapp) 019 98970 7332.

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Cerca de 70 famílias de diferentes bairros da cidade assinam contrato de regularização fundiária

Prefeitura

Publicado

em

Um dia de conquista para moradores de diferentes bairros da cidade. Assim foi o clima da segunda etapa do mutirão de assinaturas dos contratos de regularização fundiária, realizado pela Prefeitura de Hortolândia em parceria com a CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado de São Paulo), no sábado (16/01). De acordo com a Secretaria de Habitação, foram beneficiadas cerca de 70 famílias. 

O diretor da Secretaria de Habitação, Rodrigo Cornachini, explica que os moradores assinaram o contrato que formaliza a posse dos lotes onde eles moram. No mutirão, a Prefeitura adotou os protocolos sanitários para evitar a disseminação do Coronavírus. Na entrada, foi feita a medição da temperatura dos moradores, distribuição de máscaras para quem estava sem o item de proteção, disponibilização de álcool em gel e atendimento feito com o distanciamento necessário.

O mutirão é realizado em três etapas. Na primeira, ocorrida no dia 9 deste mês, foram beneficiadas 74 famílias. A terceira etapa será no próximo sábado (23/01), em local a ser definido. De acordo com a CDHU, nas três etapas são beneficiadas cerca de 230 famílias que moram nos bairros Jardim Santiago, Jardim Aline, Jardim Conceição e Vila Guedes. “O mutirão foi uma ação bastante proveitosa. Os moradores ficaram contentes. Solicitamos às famílias faltantes para que compareçam na próxima etapa do mutirão, que será neste sábado (23/01)”, destaca o diretor Rodrigo Cornachini.

Uma das moradoras que comemorou a assinatura do contrato foi Maria de Fátima Oliveira, que reside no Jardim Santiago há 30 anos. “Sou uma das primeiras moradoras do bairro. Eu estava ansiosa para vir logo para ter o contrato em mãos. É uma sensação única ter sua casa própria. Trabalhei muito para conquistar isso. Hoje, quando olho para trás, tenha a sensação de que venci”, diz, exultante, a moradora. A regularização fundiária destes lotes integra o pacote de ações dos 100 primeiros dias da atual Administração. De acordo com o diretor Rodrigo Cornachini, a Prefeitura pretende intensificar o trabalho de regularização fundiária no município.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Noticias

Publicidade

Youtube

 

PONTE DA ESPERANÇA

Populares