Connect with us

Nossa Cidade

Para construir Centro de Apoio ao Idoso em Hortolândia, Prefeitura e EMS assinam Termo de Doação

Prefeitura

Publicado

em

Hortolândia ganhará, em breve, um importante espaço para atender pessoas com 60 anos ou mais, em vulnerabilidade social: a “creche do idoso”. Nesta quarta-feira (19/02), os agentes responsáveis pelo projeto, oficialmente chamado de CASI (Centro de Assistência Social ao Idoso), deram mais um passo importante nesse sentido. A Prefeitura e a empresa farmacêutica EMS firmaram Termo de Doação para a implementação e execução do espaço, que será localizado em área doada pelo Poder Público na Rua Antonio Gazzetta (antiga Rua 1), 181, ao lado da Emei (Escola Municipal de Educação Infantil) Miguel Camilo, no Jd. Terras de Santo Antonio.

A cerimônia de assinatura aconteceu na Praça São João Paulo II, no Jd. Santa Clara do Lago, em meio à chuva leve da tarde, e contou com a presença de membros da Melhor Idade do Jd. Amanda, vereadores e diversas autoridades, dentre elas o prefeito Angelo Perugini; o diretor consultivo da EMS, Augusto Viseu Fernandes. O idealizador do projeto, padre Nélson Ferreira de Campos, que acaba de passar por cirurgia, foi substituído pela secretária da Paróquia São João Paulo II, vinculada à Arquidiocese de Campinas, Patrícia Faria Alves Ferreira. O Quarteto Cultura Instrumental animou o evento. A ação é de responsabilidade da Secretaria de Governo, em parceria com a Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social.

Perugini ressaltou o sentimento de gratidão pela parceria com a farmacêutica, que doará R$ 5 milhões somente para a construção da “creche do idoso”. A previsão passada a ele é que a construção esteja concluída em até nove meses, a contar de abril, mês em provavelmente começará a obra. “Já tem uma empresa contratada pela EMS para a execução da obra, já temos projeto (arquitetônico) pronto. São 64 leitos. É uma grande casa. Não é uma obra pequena. Terá piscina, salão de jogos, auditório. Vai ser uma casa muito completa. Tem vários profissionais que vão trabalhar lá, como psicológos, psiquiatra, médicos de clínica geral, dentre outros. Será uma casa híbrida: tem aqueles que vão lá só para passar o dia, se divertem, fazem atividades e voltam para casa à noite; e  tem aqueles que vão dormir lá. Esta empresa serve de exemplo para todas as empresas do município”, valorizou o prefeito.

Em nome de Carlos Sanchez, presidente do Conselho de Administração do Grupo NC, ao qual a EMS pertence, Viseu destacou a boa parceria entre a Prefeitura e o grupo, que vem desde a construção da creche Emiliano Sanchez, vinculada à Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia; e agora se estende às áreas de inclusão social e esportes. Solicitou também aos presentes que se apropriem dos novos espaços, ajudando o Poder Público a mantê-los em bom estado. “Por favor, colaborem. Isto é de todos nós. Não é da EMS, nem do Sr. Carlos Sanches, nem do prefeito. É de toda a comunidade. Procurem nos ajudar e dizer: a coisa é nossa. Estou muito feliz de ver que, quando a gente se une, as coisas saem”, afirmou Viseu, que se mostrou disposto a acompanhar todo o andamento da obra até a inauguração.     

Creche mista

A “creche para idosos” terá capacidade para atender 64 pessoas, de ambos os sexos, metade como asilo e metade como espaço de convivência não asilar, segundo a Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social. O projeto é voltado a pessoas com 60 anos ou mais, em vulnerabilidade social, inscritos no Cadastro Único e com recomendação judicial de medidas protetivas. A iniciativa está em concordância com a política nacional do SUAS (Sistema Único de Assistência Social), cuja proposta é promover a valorização, proteção e cuidados a pessoa idosa.

De acordo com o projeto, apresentado em abril de 2019, a área total construída será de 2.335 metros quadrados, em um terreno com área total de 7.364,86 metros quadrados. Na planta mostrada à comunidade, o espaço terá blocos de apartamento separados para homens e mulheres, recepção, salas administrativas, salas de atendimento individual e em grupo, salão multiúso, refeitório, cozinha, lavanderia, despensas, áreas verdes, área de descanso e varanda coberta. 

O projeto arquitetônico foi doado pela WKM. Caberá à EMS a responsabilidade pela construção do prédio. A Prefeitura cedeu o terreno e, por meio da Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social, fará a gestão do CASI, após a conclusão da obra.

“Foram 14 reuniões até chegarmos aqui e ver este sonho começar a ser realizado. O CASI é uma política pública municipal para cuidado e atenção aos idosos, população que também sofre violação de direitos e tem que ter resguardado o seu direito à vida. O centro tem como característica o acolhimento, a convivência e a atenção aos idosos”, ressaltou o secretário de Inclusão e Desenvolvimento Social, Régis Athanázio Bueno.

Quadras de tênis

Na ocasião, a Administração Municipal anunciou outra relevante parceria com a farmacêutica, desta vez, na área esportiva: a construção de duas quadras de tênis – uma na Rua Bolívia, na esquina com a Rua México, no Jd.Santa Clara do Lago; e outra na Rua Jacareí, na esquina com a Rua Wanderley Paz Soares, no Jd. Nova Europa. Os espaços próprios serão construídos pela empresa em espaços doados pela Prefeitura. Segundo a Secretaria de Esporte, o projeto atenderá cerca de 300 jovens atletas,o dobro dos beneficiados atualmente.

Outro aspecto positivo, segundo o secretário Marcos Antônio Panício, o Mercadão, é que as quadras terão dimensões oficiais. Além da obra em si, um investimento de R$ 400 mil, a EMS ficará responsável pela contratação de professor e disponibilização de materiais esportivos. “O projeto representa um ganho para a comunidade esportiva de Hortolândia. Não tínhamos a modalidade de tênis nas escolinhas esportivas. Muitos entendiam este como um esporte de elite, mas não é”, destacou Mercadão.  

Com a construção das quadras, o Projeto Tênis para Todos, realizado com patrocínio da empresa EMS e apoio da Prefeitura, será substituído pelos espaços próprios. Agora, a ação oferece aulas gratuitas para meninos e meninas, dos 6 aos 16 anos de idade, em dois espaços: um no Jardim Amanda, nas quadras localizadas na Rua Casemiro de Abreu, próximas às lagoas do bairro, e outro no Jardim Carmen Cristina, no Parque Socioambiental Remanso das Águas.

PIC

O Projeto CASI faz parte do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento), um conjunto de mais de 100 obras e serviços em realização  pela Administração Municipal para promover o desenvolvimento econômico, urbano, social e humano de Hortolândia. As ações do PIC são realizadas por meio de parcerias com a iniciativa privada e governos estadual e federal.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Nossa Cidade

Hortolandia retifica números sobre coronavírus

Redação

Publicado

em

Por

A Secretaria de Saúde de Hortolandia retificou, neste sábado(28), o número de casos de coronavírus no município. A Secretaria de Saúde do Estado havia informado na última quarta-feira(26) que havia 2 casos na cidade.

A Prefeitura de Hortolandia solicitou a correção dos dados, informando que na cidade há apenas 1 caso de contaminação por coronavírus.

56 pacientes estão sob investigação, aguardando resultados de exames. 10 casos já foram descartados na cidade.

A Prefeitura de Hortolandia ressalta que os casos confirmados são informados imediatamente a Secretaria de Saúde do Estado.

No estado de São Paulo, são 1.406 casos confirmados de coronavírus, com 84 óbitos, de acordo com o último balanço do estado divulgado neste sábado.

Continue Lendo

Nossa Cidade

Guarda Municipal de Hortolândia detém dois após carreata dos comerciantes

Redação

Publicado

em

Por

Os comerciantes foram para frente ao prédio da Prefeitura Municipal de Hortolândia, na manhã desta sexta-feira (27) por volta das 10 horas, no Parque São Miguel. Dois indivíduos foram detidos pela Guarda Municipal. 

Equipes da Guarda Municipal foram solicitados via rádio a comparecerem na rua José Cláudio Alves dos Santos, onde havia uma carreta transitando pela rua com várias pessoas. A equipe chegou em frente ao prédio da prefeitura, onde os manifestantes estavam impedindo o tráfego de veículos. 

Segundo os Guardas Municipais, os manifestantes desembarcaram dos veículos e começaram a andar, a manifestação durou uns quarenta minutos e logo depois as pessoas foram saindo do local.

A Guarnição abordou um veículo que estava na carreata na avenida Olívio Franceschini, então o veículo e os passageiros foram encaminhados até a delegacia.

Diante dos fatos, dois homens foram levados para providência da polícia judiciária, após se certificar dos fatos através das declarações apresentadas, a autoridade determinou apenas o registro e todos foram liberados.

Após os comerciantes se reunirem no estacionamento de uma loja de Departamentos, seguiram em carreata até o Palácio das Águas. 

A reportagem do Portal Hortolândia entrou em contato com alguns comerciantes que preferiram não se identificar, onde eles falaram que só queriam chamar a atenção das autoridades para a situação difícil que estão vivendo sem poderem trabalhar. 

De acordo com um comerciante, a manifestação foi positiva, o que atrapalhou o objetivo foram duas pessoas que aproveitaram o movimento para fazerem politicagem.

Por Raquel Trindade

Continue Lendo

Nossa Cidade

Jardim Amanda recebe nebulização veicular para eliminar o mosquito Aedes aegypti

Prefeitura

Publicado

em

Apesar de o foco atual ser o enfretamento ao Coronavírus, a Prefeitura de Hortolândia continua com o trabalho de prevenção às arboviroses: Dengue, Chikungunya e Zika. Nesta semana, a Administração em parceria com a Sucen (Superintendência de Controle de Endemias), órgão do governo estadual, realizou nebulização veicular para combater o mosquito Aedes aegypti, transmissor das arboviroses, em várias ruas do Jardim Amanda. A ação contou ainda com apoio de agentes da UVZ (Unidade de Vigilância e Zoonoses), órgão da Secretaria de Saúde.  

Por meio de um veículo equipado com um aparelho nebulizador, a ação consiste em espalhar inseticida em forma de vapor para eliminar o Aedes aegypti. Para que o inseticida tenha maior eficácia, a nebulização é feita três dias seguidos. Durante a ação, o veículo nebulizador circulou pelo Jardim Amanda, acompanhado por uma viatura da Secretaria de Mobilidade Urbana.

10 MINUTOS

A Prefeitura salienta que a população também deve fazer sua parte e colaborar na prevenção e no combate ao mosquito Aedes aegypti. Para isso, a Secretaria de Saúde está com a campanha “10 minutos contra o mosquito”, em que explica como é possível, em apenas 10 minutos por semana, acabar com o ciclo de procriação do Aedes. No material informativo, há orientações para checar alguns itens dentro de casa e nos quintais. O material está disponível no site da Prefeitura, neste LINK.

Além disso, a Prefeitura tem realizado nebulização com auxílio de bomba de aspersão manual em diferentes regiões da cidade. Nesta ação, agentes da UVZ equipados com a bomba de aspersão presa nas costas visitam casas e espallham o inseticida para eliminar focos de criadouro de larvas do Aedes.

Neste ano, até o momento, o município tem 808 casos notificados de Dengue, dos quais 175 positivos, 245 negativos e 388 aguardam o resultado do exame. A cidade não tem ainda neste ano nenhum caso notificado de Chikungunya e Zika.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Continue Lendo