Connect with us
Publicidade

Nossa Cidade

PIC protege o meio ambiente com reutilização de resíduos de construção das obras

Prefeitura

Publicado

em

As obras viárias do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento) realizadas em Hortolândia utilizam brita de RCC (Reciclado de Construção Civil) para a base do asfalto em todos os locais que recebem novo pavimento. O material, que substitui o rachão de pedra natural, é proveniente do processamento do concreto e de outros restos de construção, como o próprio asfalto removido durante as intervenções. A trituração dos resíduos é realizada, há uma semana, na URE (Usina de Reciclagem de Entulhos) localizada no Parque Perón. O processamento e a reutilização dos materiais provenientes das obras, além de diminuir o impacto ambiental reduzindo a necessidade de remoção de pedras naturais em pedreiras, resultam em intervenções com zero entulho, reforçando os objetivos do PIC, programa implantado pelo prefeito Angelo Perugini para incentivar o desenvolvimento urbano, ambiental, social e humano para que Hortolândia cresça com planejamento e sustentabilidade.

De acordo com o secretário de Planejamento Urbano, Carlos Roberto Prataviera Junior, as obras licitadas dentro da proposta do PIC prevêem a utilização do RCC na base para a pavimentação de todos os trechos que recebem asfalto novo. “O município estabelece, em licitação, que as empreiteiras processem o material proveniente das obras, como pedras, pedaços de concreto e restos de asfalto, e reutilize estas britas. A empreiteira pode processar seu material ou comprar a brita de RCC”, destacou Prataveira Junior.

Publicidade

Uma das empresas que trabalha em obras na cidade, a Jofege, responsável pela obra de prolongamento da Estrada do Panaíno e pela duplicação da avenida São Francisco, possui um britador móvel, equipamento que está instalado na URE. De acordo com o engenheiro civil da empreiteira, Thiago da Cunha Pantarotto, o britador tem capacidade para processar 30 metros cúbicos de resíduos de construção civil por hora, o que corresponde a cerca de 240 metros cúbicos por dia. Para um trecho de 100 metros de asfalto, são necessários 160 metros cúbicos de RCC como base. “Temos duas esteiras, que separam o resíduo por espessura, resultando em uma brita maior, usada na base do asfalto, e uma pedra mais fina, que colocamos na base para travar a brita e nas calçadas, como base para o concreto”, explicou Pantarotto.

Desde que o britador móvel começou a operar, materiais provenientes de todas as obras da cidade têm sido processados no local, além dos resíduos trazidos pelos PEVs (Postos de Entrega Voluntária), locais onde a população pode depositar corretamente restos de entulho de construção. “A operação desta britadeira móvel é vantajosa para todos e, em especial, para o desenvolvimento sustentável da cidade. Realizamos obras em todas as regiões e, apesar do volume de trabalho, não estamos gerando entulho”, destacou Prataviera Junior.

Já a Secretaria de Meio Ambiente destaca que, de acordo com a Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei Federal nº 12.305/10) e a Lei Federal do Saneamento Básico (Lei nº11.445/2007), com a  utilização do RCC, Hortolândia cumpre, também, as metas estabelecidas na Política Municipal de Saneamento Básico (Lei nº 3.451/2017), Política Municipal de Resíduos Sólidos (Lei Municipal nº 3.443/2017) e a Lei Municipal nº 3936/2014, que Institui o Sistema de Gestão Sustentável de Resíduos da Construção Civil e Resíduos Volumosos e o Plano Integrado de Gerenciamento de Resíduos da Construção Civil do Município de Hortolândia. “O tratamento adequado dos resíduos da construção civil gerados nas obras públicas ocorre de modo viável em termos ambientais, sociais e econômicos. Seu reaproveitamento em obras públicas protege o meio ambiente e traz economia aos cofres públicos”, destacou a secretária adjunta de Meio Ambiente, Eliane Nascimento.

RCC processado na cidade começa ser usado nas obras

Na manhã desta terça-feira (24/09), o RCC processado na URE começou a ser usado na base de asfalto do trecho da avenida São Francisco de Assis que recebe obras de duplicação. O material é aplicado em cima da terra, na parte da pista que foi ampliada, desde a Vila Real até a altura do Parque do Horto. A primeira camada é composta pelas britas mais espessas. Numa segunda camada, vão as pedras mais finas, quase uma areia. Por cima do RCC, é aplicada uma mistura colante, espécie de piche. Por fim, é colocada a massa asfáltica.  Na avenida São Francisco de Assis, onde também haverá um posto de monitoramento no acesso à cidade pelo Parque do Horto, serão 1,8 quilômetros de novo trecho asfaltado, o equivalente a cerca de 2.880 metros cúbicos de RCC.

Além desta obra, o PIC prevê utilização do RCC no prolongamento da Estrada do Panaíno, que vai integrar desde a avenida da Emancipação até o Jd. Novo Ângulo; no viário de prolongamento da rua Bolívia, que inclui a ligação desde o Jd. das Figueiras até o Jardim Santa Clara do Lago II, a travessia sobre o Lago da Fé e na pavimentação de ruas no Jd. Santa Fé; e na obra que inicia nos próximos dias, de construção de uma ponte de ligação entre o Jd. São Sebastião e o Jd. Santa Fé.

O PIC contempla mais de 100 obras e serviços, em diversas áreas. Para estas invenções, o município conta com apoio de recursos da iniciativa privada e dos governos estadual e federal, sendo que a principal fonte de recursos é um financiamento junto ao banco internacional CAF.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia

Nossa Cidade

Construção da Emei Jd. Novo Ângulo está em fase final

Portal Hortolândia

Publicado

em

Já esta na final as obras da Emei (Escola Municipal de Educação Infantil) Jd. Novo Ângulo, em construção pela Prefeitura de Hortolândia. Já são realizados serviços de instalação de forro e colocação de esquadrias, procedimentos que praticamente encerram a obra da creche, que será entregue ainda neste ano.

O prédio é construído por meio de convênio celebrado com o Governo Federal, com recursos do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação). Quando a escola for aberta para aulas, haverá 320 novas vagas para crianças com idade entre zero e cinco anos, em turmas de Berçário, Mini-Grupo, Maternal, Jardins I e II.
 
De acordo com a Secretaria de Obras, a área construída da nova creche é de 1.311,97 metros quadrados e a área total do terreno 1.510,23 metros quadrados.

Publicidade

A execução da obra teve de ser readequada após atrasos sucessivos, tanto no cronograma da construção, quanto no de repasses de recursos federais, a empresa vencedora da primeira licitação abandonou a obra e foi penalizada com a rescisão do contrato. Em razão disso, a Prefeitura precisou abrir novo processo licitatório para contratar a empresa atual.

O serviço foi retomado em dezembro do ano passado. Agora, as obras estão em franco andamento e prestes a serem concluídas dentro do novo prazo esperado.
 
“É com muita alegria que chegamos à etapa final as obras. Nós estamos empreendendo todos os esforços para concluir e realizar a entrega desta nova unidade, prevista para o mês de novembro deste ano. Vamos conseguir beneficiar as crianças dessa região, que contarão com uma escola nova, que foi feita para atender com muita qualidade, com condições adequadas, com espaços amplos, levando em conta os aspectos do desenvolvimento infantil, aspectos lúdicos e inclusivos, pensando nas necessidades especiais das crianças que precisam de uma maior atenção. Cada espaço foi pensado com muito carinho. Nós estamos procedendo com todos os detalhes da obra, com toda a organização e equipamentos para que essa creche possa estar funcionando já no próximo ano. Esse ano, já nas inscrições para a Educação Infantil, nós já poderemos ter as vagas disponíveis, para que os pais possam fazer a suas inscrições”, enfatizou a secretária de Educação, Ciência e Tecnologia, Sandra Fagundes Freire.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Coronavírus Hortolândia: 3987 casos confirmados, 3804 curados e 137 óbitos

Redação

Publicado

em

Por

O boletim sobre coronavírus divulgado pela Secretaria de Saúde de Hortolândia, nesta quinta-feira(24) mostra que o município teve 3987 casos confirmados, 3804 curados e 137 óbitos.

Casos confirmados: 09 pacientes internados em UTI’s fora do município; 05 em enfermaria fora do município; 0 no Hospital Municipal Mário Covas; 02 em internação na Unidade Respiratória do Nova Hortolândia; 30 em isolamento domiciliar.

Publicidade

Casos suspeitos – aguardando exame: 04 casos internados em UTI’s fora do município; 03 em enfermaria fora do município; 0 caso no Hospital Municipal Mário Covas; 01 em internação na Unidade Respiratória do Nova Hortolândia; 218 em isolamento domiciliar.

4004 casos já foram descartados mediante resultado do exame de Covid-19.

A partir de 17/05, os casos de síndrome gripal sem coleta de exames estão excluídos dos boletins diários. Somente constarão no relatório, os casos em que são colhidos exames para diagnosticar pacientes contaminados pelo Coronavírus.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Prefeitura reforça sinalização para readequar fluxo de veículos próximo à rua dos Estudantes

Portal Hortolândia

Publicado

em

A Prefeitura de Hortolândia iniciou, na manhã desta quinta-feira (24/09), o reforço na sinalização viária nas ruas Lídia Giroto Navarto e João Paiva, além das Ruas Três e Cinco, na região do Jardim do Bosque. No local, as equipes da Secretaria de Mobilidade Urbana reforçam a pintura das faixas de rentenção, dos “PARES” obrigatórios e das faixas duplas amarelas contínuas.

Na mesma região, também foi iniciada a pré-marcação da sinalização na rua Terezinha Navarro da Silva, no trecho entre a avenida da Emancipação e a rua dos Estudantes. De acordo com a Secretaria de Mobilidade Urbana, a ação na rua Terezinha Navarro da Silva tem o objetivo de preparar o local para quando for concluída a construção de uma rotatória na rua dos Estudantes. A partir daí a via passará a ser “mão-dupla”, ou seja, receber o tráfego nos dois sentidos já que hoje, apenas um sentido da via recebe o fluxo do trânsito.

Publicidade

“Estamos trabalhando em meio à comemoração da Semana Nacional do Trânsito. Esta é mais uma ação da Prefeitura para celebrar esta importante semana de conscientização. As adequações no trânsito da região organizam o tráfego, melhoram o fluxo, evitam congestionamentos e excesso de velocidade que podem causar acidentes”, explica o diretor de operações da Secretaria de Serviços Urbanos, José Eduardo Vasconcellos. O serviço continuará nos próximos dias.

Segurança viária cresce em Hortolândia

Para salvar vidas no trânsito, a Prefeitura realiza, desde 2017, uma série de ações, que vão de atividades educativas com motoristas e pedestres, reforço na sinalização, até a implantação de radares controladores de velocidade, principal medida adotada pela Administração Municipal para a redução de mortes no trânsito da cidade. Os dispositivos começaram a funcionar em janeiro do ano passado.

Outra medida importante é a instalação de dois painéis eletrônicos com informações sobre o trânsito, nas entradas da cidade. Eles já estão em funcionamento. O objetivo é informar ao motorista sobre o fluxo do trânsito no município, além de dar avisos necessários para a boa fluidez do tráfego, cuidados e bem-estar pessoal.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Noticias

Youtube

 

PONTE DA ESPERANÇA

Populares