Connect with us
Publicidade


Nossa Cidade

População deve evitar áreas verdes onde há infestação de carrapato transmissor da Febre Maculosa

Prefeitura

Publicado

em

É importante a população manter o isolamento social. A medida também protege contra outra doença, a Febre Maculosa, transmitida pelo carrapato, animal artrópode da mesma classe da aranha. Por isso, a Prefeitura de Hortolândia orienta que as pessoas evitem de transitar por áreas de mata e beiras de córrego, locais onde há infestação de carrapatos. A transmissão da doença é feita pela picada do carrapato infectado que fica grudado no corpo de humanos e de animais como cavalos e capivaras. Ao picar, o carrapato transmite a bactéria que causa a doença. A população deve ter cuidado ainda com cães que circulam por áreas verdes que podem ter o carrapato infectado. 

De acordo com a Vigilância Epidemiológica e a UVZ (Unidade de Vigilância e Zoonoses), órgãos da Secretaria de Saúde, o período de incubação e manifestação da Febre Maculosa dura em média de 2 a 14 dias, podendo levar à morte, caso não for tratada. 

Os sintomas iniciais da Febre Maculosa são semelhantes aos da gripe comum. Por isso, os órgãos sanitários alertam a população a ficar atenta com o aparecimento dos primeiros sintomas da doença e procurar a unidade de saúde mais próxima de onde mora. Os sintomas iniciais da Febre Maculosa são os seguintes: febre alta de início súbito e calafrios, dor de cabeça, náuseas e vômitos, diarreia e dor abdominal, dor muscular e/ou nas articulações.  

A médica veterinária da UVZ, Tosca de Lucca Benini Tomass, explica que existem mais de 55 espécies de carrapatos no Brasil. Uma das espécies que transmite a doença é o carrapato-estrela. De acordo com a especialista, o período de junho a outubro é a época do ano quando ocorre o aumento da população de carrapatos. O ciclo de vida do artrópode é formado por quatro fases: ovo, larva, ninfa e adulto. Tosca alerta que, quando o carrapato está na fase jovem, popularmente chamado “micuim”, e após a fase ninfa, popularmente chamado “vermelhinho”, também transmite a doença. 

Caso o morador tenha necessidade de transitar por alguma área verde ou de mata onde há risco de infestação de carrapato, a Vigilância Epidemiológica recomenda cuidados como uso de calça comprida e botas. Após circular pelo local, a pessoa deve verificar se há algum carrapato grudado e retirá-lo com cuidado. De acordo com a Vigilância Epidemiológica, até o momento o município registra 14 casos notificados de Febre Maculosa, dos quais nenhum positivo, 11 negativos e 3 aguardam resultado do exame. 

MAPEAMENTO 

A UVZ fez o mapeamento das áreas do município onde há infestação de carrapato. No total, são 16 áreas, confira abaixo:

– Avenida Brasil, no Jardim Amanda (área verde próxima à academia ao ar livre);

– Avenida Brasil, no Jardim Amanda (área verde atrás do campo de futebol);

–  Rua Augusto dos Anjos, no Jardim Amanda (área atrás do alambrado da Emef Jardim Amanda I – Caic);

– Rua Hermes da Fonseca, no Jardim Amanda (altura do número 450);

– Rua Benjamim Constant, no Jardim Amanda (área verde próxima ao córrego);

– Rua Casemiro de Abreu, no Jardim Amanda (área verde na margem da lagoa);

– Rua Júlio Prestes, no Jardim Amanda (área verde na margem da lagoa);

– Margem do Ribeirão Jacuba (próximo da rua Geraldo Denadai);

– Margem do Ribeirão Jacuba (na parte inferior do Viaduto 17 de Abril);

–  Rua Antônio Baraldi, na Vila Real (próximo à linha férrea);

– Viveiro Municipal, no Parque Ortolândia (área verde próxima da horta)

– Viveiro Municipal, no Parque Ortolândia (margem da represa);

– Área particular 1 na região da Taquara Branca;

– Área particular 2 na região da Taquara Branca;

– Bosque da Rua José Aparecido Mendes, no Loteamento Adventista Campineiro;

–Parque Lago da Fé (área de mata na margem do local). 

Estas áreas estão identificadas com placas orientativas que foram instaladas pela UVZ. “A população deve colaborar com a Prefeitura e ajudar a manter essas placas, que são úteis para o bem da saúde da própria população”, salienta Tosca. Caso os moradores notem que as placas destes locais foram arrancadas ou destruídas, podem entrar em contato com a UVZ pelos telefones 3897-3312, 3897-5974 ou 3819-7803. Denúncias de depredação das placas podem ser feitas para a Guarda Municipal pelo números 153 ou 0800-111-580. 

CAVALOS E CÃES 

Cavalos também podem ser hospedeiros de carrapatos. Em razão disso, a veterinária da UVZ Tosca de Lucca Benini Tomass orienta pessoas que tenham cavalos a dar banhos semanais com carrapaticidas durante os meses de abril a outubro. Já entre os meses de novembro a março, os banhos podem ser mensais. Outro cuidado é verificar se há presença nos animais de fêmeas de carrapato que estejam prestes a botar os ovos. 

A veterinária ainda esclarece que há uma espécie específica de carrapato que parasita cães. Esta espécie, que ocorre no ambiente urbano, transmite doenças graves, mas somente para cães. Por isso, quem tiver cão também deve prestar atenção à presença desta espécie de carrapato no seu pet e tomar os cuidados necessários. A veterinária reitera que essa espécie de carrapato não transmite nenhuma doença grave para humanos, somente para cães.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia

Nossa Cidade

Última etapa de mutirão de assinaturas de regularização fundiária é neste sábado (23/01)

Prefeitura

Publicado

em

Para garantir moradia digna para a população, a Prefeitura de Hortolândia, em parceria com a CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado de São Paulo), realiza a última etapa do mutirão de assinaturas de regularização fundiária, neste sábado (23/01). O mutirão será das 9h às 11h30, na EMEF (Escola Municipal de Educação Fundamental) Dayla Cristina Souza de Amorim, localizada na rua Salvador (antiga rua Projetada 4), 500, Jardim Santiago.

De acordo com a CDHU, o mutirão beneficia famílias que moram nos bairros Jardim Santiago, Jardim Aline, Jardim Conceição e Vila Guedes. A regularização fundiária destes lotes integra o pacote de ações dos 100 primeiros dias da atual Administração.

De acordo com a Secretaria de Habitação, está última etapa será para as famílias que ainda não haviam sido convocadas e para aquelas que não compareceram nas duas etapas anteriores. As famílias assinam, com a CDHU, o documento que regulariza os imóveis onde já viviam irregularmente. O mutirão é realizado em três etapas. As duas primeiras aconteceram nos dias 9 e 16 deste mês.

Para evitar a disseminação do Coronavírus, a Prefeitura adotará os protocolos sanitários. Na entrada, haverá medição de temperatura. Será disponibilizado álcool em gel para higienização das mãos e o atendimento será realizado com o distanciamento necessário. A Prefeitura salienta que o uso de máscara é obrigatório.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Última etapa da campanha de castração será na próxima semana

Prefeitura

Publicado

em

Ainda não conseguiu levar seu cão ou gato para ser castrado? Então, fique ligado! A Prefeitura de Hortolândia realizará a última etapa da campanha de castração, na próxima sexta-feira (29/01). As castrações serão realizadas somente com inscrição prévia online por meio deste LINK. Tutores de gatos deverão se inscrever na próxima segunda e terça-feira (25 e 26/01). Já as inscrições para tutores de cães serão na próxima quarta e quinta-feira (27 e 28/01). A última etapa da campanha será no DPBEA (Departamento de Proteção e Bem-Estar Animal), órgão da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, localizado na rua Athanásio Gigo, 60, Chácaras Recreio 2000, das 8h às 13h. São 198 vagas disponíveis. Estas vagas são remanescentes das etapas anteriores, disponíveis já que algumas pessoas se inscreveram e não levaram seus pets. 

Para evitar a disseminação do Coronavírus, o DPBEA salienta que no dia da castração será permitida a entrada somente de uma pessoa por animal. A medida é para evitar aglomeração. O tutor do animal deverá usar máscara.

De acordo com o diretor do órgão, Vanderlei Fernando de Azevedo, poderão ser castrados animais com idade entre seis meses a nove anos, desde que estejam em boas condições de saúde, com vacina e vermifugação em dia, e que não estejam prenhes nem amamentando. No dia da castração, um veterinário do órgão fará a avaliação de cada animal, e caso ele não esteja em condições, a castração não será realizada. 

O diretor ressalta, ainda, que os tutores devem adotar alguns cuidados com os animais no dia da castração antes da cirurgia ser realizada. Os animais (adulto ou filhote) devem estar alimentados até seis horas antes do horário agendado para a castração. “A alimentação não deverá ser excessiva. Se o animal não estiver em jejum no dia da castração, poderá vomitar durante a anestesia e morrer sufocado”, salienta Azevedo.

Os tutores de cães devem levar seus animais com coleira, guia e focinheira para evitar acidentes. Já os gatos devem ser levados em caixas de transporte apropriadas para evitar que fujam. O diretor ainda orienta para que os tutores tragam colar elizabetano (equipamento pós-operatório colocado em volta do pescoço do animal) ou roupinha cirúrgica para evitar que o animal retire os pontos da cirurgia. Após a cirurgia, os animais não poderão voltar andando.

PÓS-OPERATÓRIO

Após a cirurgia, o diretor explica que os tutores também deverão adotar cuidados com seus animais. Confira as orientações abaixo: 

–  Nas primeiras 24 horas, o animal deverá descansar em local tranquilo, limpo e com pouca iluminação para ter uma boa recuperação;

– Deixar panos ou cobertores para o animal se aquecer, pois ele sentirá frio;

– A primeira alimentação somente poderá ser oferecida após o animal estar acordado;

– A retirada dos pontos deverá ser feita 7 dias após a cirurgia, sob a responsabilidade do tutor. O tutor receberá no dia da castração uma receita médica com a indicação do uso de medicamentos, cuidados específicos e contatos em caso de dúvidas e/ou emergências.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Peça teatral “Esse Morto Não É Meu” tem exibição online, neste sábado (23/01)

Prefeitura

Publicado

em

Está com saudade de ir ao teatro? A Prefeitura de Hortolândia traz um espetáculo para você assistir na tela do seu computador ou celular. Neste sábado (23/01), haverá a exibição da peça “Esse Morto Não É Meu”, da companhia Odu, às 20h, no canal do YouTube da Secretaria de Cultura, cujo endereço é ESTE. O espetáculo também será exibido no canal do YouTube da companhia, que pode ser acessado por este LINK. A peça tem classificação indicativa de 14 anos. Após a exibição, acontece um bate-papo com o elenco. A companhia é uma das contempladas com recursos da lei federal Aldir Blanc, que oferece subsídio para artistas, coletivos e empresas artísticas do município que tiveram as atividades paralisadas pela pandemia do Coronavírus.

A peça é uma comédia sobre uma família extravagante, formada por Perpétua, Tião e Paula, que mora em um apartamento na cidade de São Paulo. A história se desenrola a partir de um telefonema que Perpétua recebe do asilo onde sua sogra, Dona Graça, morava durante anos e com a misteriosa aparição de um cadáver largado atrás do sofá da sala. A peça terá mais uma exibição no próximo sábado (30/01), também às 20h.

Peça “Esse Morto Não É Meu”:

Data: 23/01/2021

Horário: 20h

Direção: Raquel Magalhães

Dramaturgia: Companhia Odu

Cenografia, adereços e figurinos: Companhia Odu

Trilha sonora original: Marco Gonzalez

Iluminação e sonoplastia: Camila Guinatti

Criação e produção: Companhia Odu

Elenco: Gigi Nogueira (Perpétua), Raquel Magalhães (Dona Graça), Aldenir Carlota (Tião) e Carmen Bordalho (Paula) 

Ator convidado: Leandro Vitti (Boliva)

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Noticias

Publicidade

Youtube

 

PONTE DA ESPERANÇA

Populares