Connect with us
Publicidade


Nossa Cidade

Prefeito assina convênio e repassa mais de R$ 300 mil a entidades

Prefeitura

Publicado

em

Investimento atenderá crianças em situação de vulnerabilidade social de Hortolândia

O Prefeito Angelo Perugini assinou, na manhã desta sexta-feira (10/05), o Convênio 2019 de Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculo de Crianças e Adolescentes, de 6 a 14 anos de idade, da área de inclusão social, que garante o repasse de R$ 311.976,00 para seis entidades assistenciais de Hortolândia. O valor será investido em serviços e atividades de combate à vulnerabilidade social. Participaram da cerimônia os secretários de Governo, Carlos Augusto Cesar, o secretário de Inclusão e Desenvolvimento Social, Régis Athanázio Bueno, e representantes das Instituições contempladas no convênio. As assinaturas foram realizadas no gabinete do prefeito, no Paço Municipal Palácio das Águas.

“Assinar esse convênio é uma alegria para mim porque quando um país passa por dificuldades, as primeiras pessoas a sentirem na pele e sofrer as consequências são os menos favorecidos, a classe social mais baixa. Esse recurso que estamos repassando, não é muito, pois nós temos consciência sobre todas as dificuldades e responsabilidades que vocês têm, mas o valor aumentou um pouquinho referente aos anos anteriores e vai ajudar na luta pela melhor causa, que é a vulnerabilidade social de crianças e adolescentes”, disse o prefeito Angelo Perugini às entidades, durante a assinatura.

O prefeito destacou que a Prefeitura está focada em oferecer suporte e oportunidade para todos. “Nosso olhar está voltado para o futuro por isso trabalhamos para abrir caminhos em nossa cidade. Nós acabamos de inaugurar a iluminação da Ponte da Esperança e, em breve, vamos inaugurar a via para o tráfego de veículos. Essa Ponte é muito importante pois vai ligar a parte menos favorecida de Hortolândia ao centro da cidade. Com isso, nós queremos promover a integração de todas as regiões, com justiça social e iguais oportunidades para todos”, afirmou Perugini.

O secretário de Inclusão e Desenvolvimento Social, Régis Athanázio Bueno, destacou o trabalho conjunto entre Instituições e Administração Municipal para concluir todo o processo previsto na Lei nº 13.019/2014, que institui normas gerais para as parcerias de cooperação para a realização de atividades de combate a vulnerabilidade social na cidade. 

“Quando falamos em recursos públicos, todo o caminho se torna mais difícil, pois existem caminhos e regras a serem obedecidos. Para chegarmos aqui, tivemos um longo caminho, que iniciou no ano passado.  A Prefeitura reconhece o valor e a necessidade desse trabalho de combate à vulnerabilidade social realizado dentro das entidades e sabe das dificuldades e limitações, por isso, deixa as portas abertas para que vocês se sintam à vontade de nos procurar sempre que surgir alguma dúvida, principalmente nos processos de prestação de contas, porque se trata de recurso público”, alertou o secretário.

Seis entidades receberão recursos da Prefeitura

As entidades que receberão recursos do convênio são: ADRA ( Núcleo de Crianças “Vinde a Mim”), Associação Casa da Criança Feliz, Centro Comunitário São Pedro, IESEHR ( Iinstituto Educacional de Assistência Social dos Evangélicos de Hortolândia e Região), Contato e Patrulheiros Guarda Mirim.

Nas entidades são ofertados serviços de convivência e fortalecimento de vínculos que vão desde reforço nutricional á aulas de artesanato, artes, esporte, lazer, cozinha pedagógica, brinquedoteca. Algumas entidades oferecem inclusive, aulas de língua estrangeira, como o inglês.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia

Nossa Cidade

Prefeitura tem canal de denúncia para casos de intolerância religiosa

Prefeitura

Publicado

em

Esta quinta-feira (21/01) é dia de reflexão no Brasil, debate que, a cada dia, cresce em importância. A Lei 11.635, de 27 de dezembro de 2007, instituiu, nesta data, o Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa, que coincide com o Dia Mundial da Religião. 

Hortolândia conta com um serviço de combate à intolerância religiosa. Casos assim podem ser denunciados ao Setor de Políticas Públicas de Promoção de Igualdade Racial, órgão da Secretaria de Governo da Prefeitura. Basta ligar para o telefone 3965-1472 (veja abaixo). 

“Queremos chamar a atenção da população para a problemática da intolerância religiosa, tal fenômeno advindo pela ignorância e desrespeito às diversidades religiosas. No Brasil, o preconceito e a ‘intolerância religiosa’ são considerados crimes passíveis de punição previstas no Código Penal. A Prefeitura tem desenvolvido rodas de conversas cuja temática tem sido o diálogo religioso, buscando promover o conhecimento, respeito e incentivar a convivência pacífica e o diálogo entre os diversos credos existentes. Acreditamos que o respeito e o diálogo são ferramentas necessárias na construção de uma nova sociedade”, assinala o diretor do Departamento de Direitos Humanos e Políticas para as Mulheres, Fabiano Cavalcante.

Sobre a data

Segundo o Departamento de Direitos Humanos e Políticas para as Mulheres, a escolha da data, 21/01, é uma homenagem à Mãe Gilda do terreiro Ilê Axé Abassá de Ogum, localizado em Itapuã, Salvador. Após ser agredida física e verbalmente e ter a casa e o terreiro atacados, em outubro de 1999, sendo acusada de charlatanismo por pessoas de outra religião, a religiosa não resistiu. Faleceu em janeiro do ano seguinte, após sofrer um infarto. 

Mãe Gilda tornou-se símbolo do combate à “intolerância religiosa”, principalmente às de matriz africana, que, segundo pesquisa, é o grupo com maior número de vítimas no país.

SERVIÇO: 

Setor de Políticas Públicas de Promoção de Igualdade Racial

Rua Argolino de Moraes, 405 – Vila São Francisco. 

Telefone (19) 3965-1472

E-mail:
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Moradores reclamam de ponto de descarte irregular de lixo no Jd. São Sebastião 

Redação

Publicado

em

Por

Moradores do Jardim São Sebastião em Hortolândia reclamam de um ponto de descarte irregular de lixo em uma área onde havia um posto de saúde na rua das Orquídeas. Pilhas de entulho se acumulam no local.

A equipe do PORTAL HORTOLÂNDIA, foi até o local e flagrou a situação. Algumas pessoas jogavam restos de construção e, mesmo depois de informadas da irregularidade continuaram com o descarte.

Como o local também fica em uma área próxima de casas, vários moradores reclamam da situação e dizem, inclusive, que o local serve como esconderijo para ladrões. 

O pintor Renato Miranda relata que até animais peçonhentos já foram encontrados nas casas que ficam próximas ao local por conta do lixo. “O pessoal reclama de escorpião, cobra”, contou.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Prefeitura implanta sinalização de solo para auxiliar deficientes visuais

Prefeitura

Publicado

em

Imagine-se na seguinte situação: sair para visitar amigos ou fazer uma compra e, na volta, não encontrar a exata localização de casa. O que parece enredo de filme é, na verdade, realidade diária para quem tem deficiência visual. Para auxiliar dois munícipes cegos, que passam por esta dificuldade, a Prefeitura de Hortolândia implantou, nesta terça-feira (19/01), tachões em frente à casa do casal, localizada no Jardim Amanda.

A sinalização foi implantada no pavimento, rente à sarjeta, a pedido dos próprios munícipes, que buscaram ajuda junto à Administração Municipal. “Eles conversaram conosco e, então, a gente instalou para eles a sinalização de solo. Quando eles vêm, para procurar a casa deles, batem nos dois tachões e sabem que é lá que fica a porta da casa deles”, explica o diretor de Operações, José Eduardo Vasconcellos.

Paranaense radicado em Hortolândia desde 1991, o locutor de loja Anadílson Cantuária do Prado comemorou o feito como uma “conquista” pela qual ansiava havia algum tempo, desde que soube da sinalização existente em frente à casa de amigos, também cegos, no Jardim Amanda II. “Lá eles têm tartarugas bem em frente e, quando vinham da cidade, encontravam fácil a casa. Isso ajuda muito. Quem não tem esta deficiência precisa entender que o piso tátil e a audiodescrição são o melhor dos mundos para o deficiente visual. Sei disso, porque participo dessa discussão há anos”, comenta ele, certo de que a nova sinalização trará melhores dias para ele e a esposa Maiane de Souza Silva, que também é cega.

Outros deficientes interessados no serviço podem procurar o Protocolo Geral e solicitar, junto à Secretaria de Mobilidade Urbana, o projeto de sinalização para auxiliar deficientes visuais. O Setor, que funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, está localizado no térreo do Paço Municipal Palácios das Águas, na Rua José Cláudio Alves dos Santos, 585, no Remanso Campineiro.

SERVIÇO:

Projeto de sinalização para auxiliar deficientes visuais  

Paço Municipal Palácio das Águas – Protocolo Geral

Rua José Cláudio Alves dos Santos, 585, Remanso Campineiro

segunda a sexta-feira, das 8h às 17h

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Populares