Connect with us

Nossa Cidade

Prefeitura abrirá mais 200 vagas em creche na região do Jd. Novo Ângulo

Prefeitura

Publicado

em

A Prefeitura de Hortolândia pretende abrir, neste ano, mais 200 vagas em creche na região do Jd. Novo Ângulo, além das 376 previstas com a construção da Emei (Escola Municipal de Educação Infantil) Jd. Novo Ângulo, retomada em dezembro passado. As vagas serão abertas por meio da reforma e ampliação da Emei Leni Pereira Prata, unidade da rede municipal localizada no bairro. O anúncio foi feito, na tarde desta terça-feira (04/02), pelo prefeito Angelo Perugini, em visita ao canteiro de obras da Emei Novo Ângulo, em companhia da secretária de Educação, Ciência e Tecnologia, Sandra Fagundes Freire.

“O local desta obra é muito estratégico, pois a região do Novo Ângulo é das mais adensadas nos últimos anos. Aqui a necessidade de vagas é muito grande. Muitos mães fazem pedido para colocar seus filhos e precisamos resolver esta situação. Além desta creche estamos prevendo outra, aqui mesmo, com mais 200 vagas, para começar a aliviar um pouco. Mas aqui é nossa prioridade. O direito da creche é da criança. Ou vamos arrumar Bolsa Creche ou vamos construir escolas. Vamos, inclusive, fazer as duas ao mesmo tempo para que as crianças possam ter estas vagas”, anunciou Perugini. “Aqui o trabalho está muito bem feito, toda a estrutura foi muito bem recuperada. Estava há muito tempo parada, o que causa muitos danos. Vi que está tudo muito adiantado. Agora, já vão partir para os acabamentos finais, é só colocar peças do banheiro, as portas e usar”, avaliou o prefeito, ao lado dos engenheiros da Secretaria de Obras que acompanham o projeto, Adaílton César Moura e Jerfeson Vieira de Souza.

De acordo com a Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia, o prédio é construído por meio de convênio celebrado com o Governo Federal e depende da liberação de recursos do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação) para o bom andamento da obra, que beneficiará 376 crianças entre quatro meses e cinco anos de idade, em salas de Berçário, Minigrupo, Maternal, Jardim I e II. A previsão de término é estimada para maio deste ano, considerado o atraso causado pelas chuvas.

Segundo a Secretaria de Obras, a área construída é de 1.311,97 metros quadrados e a área total do terreno 1.510,23 metros quadrados. Até o momento, com as últimas medições, calcula-se que já foi realizado 60% da obra. A estrutura metálica do telhado está instalada e parte do revestimento já foi finalizada. As áreas “molhadas”, como banheiros e cozinha, ganharam piso e paredes internas azulejos e pastilhas.

“Estamos acompanhando a obra, com toda a delicadeza que uma creche precisa, para fazer o levantamento de todo o mobiliário, equipamentos para a cozinha para receber as crianças muito bem, com todo o equipamento pedagógico e mobiliário e de informática também, que são necessários. A gente entende que a creche, dentro da Educação Infantil, é um espaço de muito desenvolvimento pedagógico”, afirmou a secretária Sandra Fagundes Freire, que já havia visitado a obra, com a equipe de trabalho, nesta segunda-feira (03/02). 

Histórico

Após atrasos sucessivos, tanto no cronograma da construção, quanto no de repasses de recursos federais, a empresa vencedora da primeira licitação abandonou a obra e foi penalizada com a rescisão do contrato. Em razão disso, a Prefeitura precisou abrir novo processo licitatório para contratar a empresa atual, a Vitória Construções, Compra, Venda e Avaliação Imobiliária.

PIC

Os investimentos na área de Educação é uma das prioridades do PIC, o Programa de Incentivo ao Crescimento da Prefeitura, que prevê mais de 100 obras e serviços que vão transformar Hortolândia e garantir mais qualidade de vida para a população. As ações do PIC são realizadas pela Prefeitura por meio de parcerias com a iniciativa privada, os governos estadual e federal.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Nossa Cidade

Único caso confirmado de Covid19 em Hortolândia já bem

Redação

Publicado

em

Por

O único caso confirmado de contágio por Coronavírus em Hortolândia já recebeu alta e passa bem.

Se trata de um morador do Condomínio Vila Flora, trabalhador de uma multinacional da região.

Ele estava em isolamento desde o dia 14 de março e de acordo com a administração do condomínio, seguiu todos os protocolos de isolamento.

Este era o único caso confirmado do Coronavírus em Hortolândia. No balanço deste domingo(29) a cidade possuía 60 pacientes aguardando resultado dos exames. 10 casos já foram descartados.

Continue Lendo

Nossa Cidade

Hortolandia retifica números sobre coronavírus

Redação

Publicado

em

Por

A Secretaria de Saúde de Hortolandia retificou, neste sábado(28), o número de casos de coronavírus no município. A Secretaria de Saúde do Estado havia informado na última quarta-feira(26) que havia 2 casos na cidade.

A Prefeitura de Hortolandia solicitou a correção dos dados, informando que na cidade há apenas 1 caso de contaminação por coronavírus.

56 pacientes estão sob investigação, aguardando resultados de exames. 10 casos já foram descartados na cidade.

A Prefeitura de Hortolandia ressalta que os casos confirmados são informados imediatamente a Secretaria de Saúde do Estado.

No estado de São Paulo, são 1.406 casos confirmados de coronavírus, com 84 óbitos, de acordo com o último balanço do estado divulgado neste sábado.

Continue Lendo

Nossa Cidade

Guarda Municipal de Hortolândia detém dois após carreata dos comerciantes

Redação

Publicado

em

Por

Os comerciantes foram para frente ao prédio da Prefeitura Municipal de Hortolândia, na manhã desta sexta-feira (27) por volta das 10 horas, no Parque São Miguel. Dois indivíduos foram detidos pela Guarda Municipal. 

Equipes da Guarda Municipal foram solicitados via rádio a comparecerem na rua José Cláudio Alves dos Santos, onde havia uma carreta transitando pela rua com várias pessoas. A equipe chegou em frente ao prédio da prefeitura, onde os manifestantes estavam impedindo o tráfego de veículos. 

Segundo os Guardas Municipais, os manifestantes desembarcaram dos veículos e começaram a andar, a manifestação durou uns quarenta minutos e logo depois as pessoas foram saindo do local.

A Guarnição abordou um veículo que estava na carreata na avenida Olívio Franceschini, então o veículo e os passageiros foram encaminhados até a delegacia.

Diante dos fatos, dois homens foram levados para providência da polícia judiciária, após se certificar dos fatos através das declarações apresentadas, a autoridade determinou apenas o registro e todos foram liberados.

Após os comerciantes se reunirem no estacionamento de uma loja de Departamentos, seguiram em carreata até o Palácio das Águas. 

A reportagem do Portal Hortolândia entrou em contato com alguns comerciantes que preferiram não se identificar, onde eles falaram que só queriam chamar a atenção das autoridades para a situação difícil que estão vivendo sem poderem trabalhar. 

De acordo com um comerciante, a manifestação foi positiva, o que atrapalhou o objetivo foram duas pessoas que aproveitaram o movimento para fazerem politicagem.

Por Raquel Trindade

Continue Lendo