Connect with us
Publicidade


Nossa Cidade

Prefeitura conquista fábrica da Embalixo

Prefeitura

Publicado

em

 

A Embalixo é a mais nova empresa a se instalar em Hortolândia. O anúncio foi feito pelo prefeito Angelo Perugini, nesta segunda-feira (13/05), após reunião com  representantes da fabricante de embalagens plásticas para lixo. A fábrica funcionará no terreno que a antiga empresa Mabe ocupava, localizado no Jardim São Camilo. Atualmente, a Embalixo funciona em Campinas e tem cerca de 270 funcionários.

Na reunião, Perugini deu as boas-vindas à empresa e destacou a importância do empreendimento para gerar emprego e renda à cidade, uma das prioridades do PIC (Proprama de Incentivo ao Crescimento).

“Com a vinda da Embalixo, vamos dar vida para aquele local que anteriormente era ocupado pela Mabe. A nossa missão é dar condições para todas as pessoas, do mais humilde ao grande investidor. Trabalhamos para unir estas duas pontas. Por isso, é importante atrair a vinda do grande investidor, pois ele nos ajudará a gerar emprego e renda para a cidade”, destacou Perugini. 

Os representantes da Embalixo destacaram que, dentre os motivos que levaram a empresa a se instalar na cidade, estão os investimentos em obras que a Prefeitura realiza por meio do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento), a localização estratégica da cidade, a política de incentivos fiscais da Administração e o atendimento humanizado dado pela prefeitura à empresa. 

Também participaram da reunião os secretários de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Turismo e Inovação, Monique Freschet, de Finanças, Pedro Galindo, e de Planejamento Urbano e Gestão Estratégica, Carlos Roberto Prataviera Junior.

A secretária Monique Freschet destaca a importância da vinda da Embalixo para a economia da cidade. “A Embalixo é líder em seu segmento e investe muito em inovação, pesquisa e desenvolvimento, que vão proporcionar oportunidades de emprego e renda para o cidadão. Além disso, é uma empresa que tem uma grande preocupação com a sustentabilidade ambiental”, destacou.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia

Nossa Cidade

Vídeos orientam a população sobre como fazer a solicitação de poda e corte de árvores

Prefeitura

Publicado

em

Se você está com dificuldades para fazer a solicitação online de poda ou corte de árvore, a Prefeitura de Hortolândia disponibilizou tutoriais sobre como pedir estes serviços gratuitos. Os vídeos estão no site Hortolândia Fácil, https://facil.hortolandia.sp.gov.br/login. Para assisti-los basta clicar na aba “Meio Ambiente” e em seguida na aba “Solicitar Serviço”. É necessário fazer cadastro no site.

Os vídeos explicativos foram produzidos pela Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável. São quatro tutoriais sobre os temas “Como solicitar uma poda de árvore?”, “Como solicitar um corte de árvore?”, “Como tirar fotos para solicitar uma poda de árvore?” e “Como tirar fotos para solicitar um corte de árvore?”.

De acordo com a engenheira agrônoma da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Alynne Danielle Sant’Anna, os vídeos são para orientar a população sobre como preencher corretamente os dados para fazer a solicitação dos serviços. Alynne salienta que os moradores têm cometido erros simples ou não colocam todas as informações necessárias, tais como as fotos da árvore a ser cortada ou podada.

Dentre os documentos necessários estão carnê de IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) ou algum comprovante da residência (conta de luz ou água) onde a árvore está localizada. “Em caso de haver algum erro ou da falta de algum dado ou documento exigido, a solicitação fica em aberto, impossibilitando dar andamento”, ressalta Alynne.

A solicitação de poda ou corte pode ser feita somente pelo proprietário ou inquilino do imóvel onde está a árvore. Em cada solicitação, pode ser pedida a poda ou o corte de até quatro árvores. É necessário o envio de, no mínimo, quatro fotos de cada árvore. A engenheira Alynne Danielle Sant’Anna explica que as pessoas devem enviar fotos de diferentes ângulos da árvore para melhor avaliação dos técnicos da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável.

Além de poda e corte, o morador pode solicitar os serviços de retirada de árvore caída ou de imunidade de corte. A solicitação de imunidade de corte é para quem deseja proteger uma árvore para que ela não seja cortada. De acordo com a engenheira agrônoma Alynne Danielle Sant’Anna, a solicitação será atendida após análise feita por um técnico da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável. A análise leva em conta fatores como a idade da árvore, localização, raridade, beleza ou condição de porta-sementes.

SISTEMA ONLINE

A Prefeitura de Hortolândia implantou o sistema online de solicitação de poda ou corte de árvore em outubro do ano passado para agilizar o atendimento destas demandas da população. O sistema, gerido pela Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, responsável pela realização destes serviços, foi criado pelo Departamento de Tecnologia da Informação da Prefeitura.

O morador pode acessar o sistema de duas maneiras. Uma delas é por meio do portal da Prefeitura, http://www2.hortolandia.sp.gov.br/, clicar no link “Solicitação de Poda e Corte de Árvores”, que fica no canto inferior direito da home page. A outra maneira é pelo site Hortolândia Fácil, https://facil.hortolandia.sp.gov.br/login, clicar na aba “Meio Ambiente” e em seguida na aba “Solicitar Serviço”.

Em caso de dúvidas e mais informações, o morador pode entrar em contato com a Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável pelo telefone (19) 3965-1400, ramal 7913, ou com o Viveiro Municipal, órgão da Secretaria de Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, pelo telefone (19) 3897-2926.

Empresas ou profissionais autônomos que executem serviços de poda ou corte de árvore no município são obrigados a ter cadastro junto à Prefeitura. O cadastro deve ser feito presencialmente na Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, que fica dentro do Paço Municipal “Palácio das Águas”, localizado na rua José Cláudio Alves dos Santos, 585, Remanso Campineiro. O atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h, e das 13h às 17h. O atendimento presencial é feito de acordo com os protocolos sanitários para evitar a disseminação do Coronavírus com o uso obrigatório de máscara, distanciamento e sem aglomeração.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Prefeitura realiza Operação Tapa-Buraco na região Central de Hortolândia

Portal Hortolândia

Publicado

em

A Operação Tapa-Buraco foi  realizada pela Prefeitura de Hortolândia nesta quinta-feira (14/01), nas ruas Nelson Pereira Bueno e Cateano Basso, na região Central.

O trabalho também foi concluído na avenida Joaquim Martarolli, que margeia o Parque Socioambiental Lago da Fé, próximo à Câmara Municipal, além de ruas ao redor da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Jardim Nova Hortolândia, onde está instalada a Unidade Respiratória da Adminsitração Municipal para o combate ao Coronavírus. 

De acordo com a Secretaria de Serviços Urbanos, o trabalho acontece periodicamente em diferentes regiões da cidade e, nesta sexta-feira (15/01), prossegue no Jardim Amanda.

A ação tem o objetivo de contribuir com a segurança de motoristas e pedestres, evitando acidentes e danos em veículos. O trabalho segue um cronograma elaborado nas cinco regionais da cidade.

imagem ilustrativa

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Peça “Esse Morto Não é Meu” é atração deste sábado (16/01), no YouTube

Prefeitura

Publicado

em

Em busca de diversão para o final de semana? Então, veja a dica da Prefeitura de Hortolândia para este sábado (16/01). A Companhia de Teatro ODU apresenta a comédia “Esse Morto não é meu”, às 20h, no canal do grupo, na plataforma YouTube, que pode ser acessado neste link: https://youtu.be/N8YH76L1tQY.

A exibição, gratuita, será feita também em outros dois sábados: nos dias 23 e 30 deste mês, no mesmo horário. Após cada apresentação, o público poderá participar de um bate-papo ao vivo com o elenco. A atração é feita por meio de recursos da Lei Aldir Blanc. As informações são da Secretaria de Cultura.

“A ideia é falarmos sobre o processo de criação e concepção do espetáculo e responder perguntas (caso haja) dos espectadores presentes”, comenta a atriz e produtora cultural do grupo, Carmen Bordalho. “A proposta é trazer o público para dentro da trama, na intenção de que esqueça que está ‘sentado’ em casa e se transporte para dentro do apartamento e vivencie a situação junto com os personagens. Embora estejamos falando de uma comédia e de uma historia fictícia, a trama nos traz questionamentos constantes e são essas questões que desejamos passar ao público para que reflitam”, acrescenta ela.

Com direção de Raquel Magalhães e dramaturgia da própria companhia, a comédia é desaconselhada para menores de 14 ano, segunda a classificação etária. De acordo com a sinopse divulgada pela Cia ODU, termo que na Língua Iourubá significa “Destino”, “Esse Morto Não é Meu” retrata a história de uma família nada convencional, formada por Perpétua, Tião e Paula, que mora em um apartamento na grande São Paulo. A trama acontece em torno do telefonema que, certo dia, à noite, Perpétua recebe, do asilo onde a sogra, Dona Graça, morava, havia anos, e da misteriosa aparição de um cadáver atrás do sofá da sala. A partir daí, a trupe pergunta aos espectadores: “O que você faria com um morto que não é seu?”

A companhia é formada por artistas de Hortolândia, acompanhada de um convidado, e faz parte da programação de atividades relacionadas à Lei Aldir Blanc, sancionada pelo Governo Federal em junho do ano passado. A medida visa garantir renda emergencial, repassada pela Prefeitura de Hortolândia, por meio da Secretaria de Cultura, a profissionais do setor cultural.

“A Lei Aldir Blanc (LAB) tem em seu legado a oportunidade de mostrar à população a diversidade da nossa produção cultural e, assim, garantir o cumprimento do pleno direito ao acesso à cultura e às artes. Vivemos um momento especial para a política pública de cultura e a LAB é um importante instrumento para fortalecer a produção e fruição de ações culturais, o que resulta em benefícios para a sociedade e o desenvolvimento de suas potencialidades”, ressalta o secretário de Cultura, Régis Athanázio Bueno.

 

Confira a Ficha Técnica:

DIREÇÃO: Raquel Magalhães

DRAMATURGIA: Cia ODU

CENOGRAFIA, ADEREÇOS e FIGURINOS: Cia ODU

TRILHA SONORA ORIGINAL: Marco Gonzalez

ILUMINAÇÃO E SONOPLASTIA: Camila Guinatti

CRIAÇÃO E PRODUÇÃO: Cia ODU

 

ELENCO ODU:

Perpétua – Gigi Nogueira

Dona Graça – Raquel Magalhães

Tião – Aldenir Carlota

Paula – Carmen Bordalho

ATOR CONVIDADO:

Boliva – Leandro Vitti

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Populares