Connect with us

Nossa Cidade

Prefeitura de Hortolândia cria rede de solidariedade para cuidar da Melhor Idade

Prefeitura

Publicado

em

Em tempos de pandemia, a solidariedade cresce e aparece. Para cuidar com carinho de quem tem 60 anos ou mais e está colaborando com o isolamento social, a equipe do CCMI (Centro de Convivência da Melhor Idade), órgão da Prefeitura de Hortolândia, criou uma rede de solidariedade voltada aos participantes do programa.

 

A rede conecta integrantes de grupos de WhatsApp e disponibiliza conteúdos para praticar em casa, além de oferecer, via telefone, conforto àqueles que precisam de ajuda. Há quatro linhas disponíveis: (19) 97404-9551, 98848-1029, 999816276 e 995671221.

 

A coordenadora do CCMI Remanso Campineiro, Fernanda Fadiga, explica que a preocupação é em ocupar o tempo dos idosos, que em muitos casos, já se sentem desesperados com a situação. “Pensamos no tempo que os idosos terão que ficar fechados em casa e, na maioria dos casos, sozinhos. Então, criamos estas interações com o objetivo de manter contato diário com eles, para que não se sintam ‘esquecidos’ e solitários”, explicou Fernanda.

 

Segundo a psicóloga, a equipe criou diversos grupos da Melhor Idade, separados por modalidade de aulas. “Neles, compartilhamos diariamente aulas e sugestões de atividades para realizar em casa, durante o período em quarentena, além de oferecer exercícios físicos e outras atividades possíveis de eles fazerem durante este período”, observou Fernanda.

 

De acordo com a coordenadora do CCMI Remanso Campineiro, os contatos disponíveis para procura de ajuda foram compartilhados nas redes sociais. “Compartilhei o conteúdo junto com os telefones para ajuda em minhas redes sociais. Fomos procurados tanto para confortar àqueles que estão preocupados com a nova situação, quanto por outras pessoas que se colocaram à disposição para ajudar”, afirmou Fernanda Fadiga.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Nossa Cidade

Prefeitura promove seminário digital no Dia Mundial do Meio Ambiente

Prefeitura

Publicado

em

Em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado no dia cinco de junho, a Prefeitura de Hortolândia realizará, na próxima sexta-feira, a partir das 14 horas, um seminário digital sobre o tema “Os ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável) e a Gestão Municipal”. O objetivo é discutir ações de interesse público, mostrando que a Administração Municipal busca diretrizes, em nível mundial, para formular e colocar em prática políticas públicas ambientais de sustentabilidade, que garantam à população mais qualidade de vida.

Para participar do debate, os interessados deverão acessar o link do webinar, na data e hora da conferência (acesse aqui o link). A sala de conferência online tem capacidade para até mil participantes. Não é necessário se inscrever previamente. O seminário é realizado pela Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, com o apoio da Escola de Gestão Pública de Hortolândia (EGPH), órgão da Secretaria de Administração e Gestão de Pessoal.

O tema central do seminário será abordado, em diferentes vertentes, por profissionais da área da própria Prefeitura e por especialistas convidados, como o estatístico, ex-presidente da ANA (Agência Nacional de Águas), Vicente Andreu Guillo; a Profa. Emília Wanda Rutkowski, livre docente na FEC Unicamp (Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo da Universidade Estadual de Campinas) e coordenadora do Laboratório Fluxus; e Mimo Ravagnani, superintendente do Consimares (Consórcio Intermunicipal de Manejo de Resíduos Sólidos da Região Metropolitana de Campinas). Confira a programação completa abaixo.

A secretária adjunta de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Eliane Nascimento Oliveira, ressalta a importância da ação e da participação popular. “Iremos comemorar o Dia Mundial do Meio Ambiente, data importante para estimular mudanças de atitudes e sensibilizar quanto à importância do respeito e preservação ao meio ambiente, o que, com certeza, irá refletir nas nossas futuras gerações”, afirma Eliane.

Ação estratégica

Na atual gestão do prefeito Angelo Perugini, a Prefeitura, por meio da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, definiu como ação estratégica, na formulação e aplicação de políticas públicas municipais, a incorporação dos conceitos de Cidades Inteligentes e Sustentáveis e dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 da ONU (Organização das Nações Unidas).

Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável são uma agenda mundial, adotada durante a Cúpula das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável em setembro de 2015, composta por 17 objetivos e 169 metas a serem atingidos até 2030.

Nesta agenda, estão previstas ações mundiais envolvendo temáticas diversificadas, como erradicação da pobreza, segurança alimentar e agricultura, saúde, educação, igualdade de gênero, água e saneamento, energia, crescimento econômico sustentável, infraestrutura, redução das desigualdades, cidades sustentáveis, padrões sustentáveis de consumo e de produção, mudança do clima, proteção e uso sustentável dos oceanos e dos ecossistemas terrestres, sociedades pacíficas, justas e inclusivas e meios de implementação.

Projeto ANDUS

Hortolândia se tornou um dois seis municípios brasileiros – e o único paulista – a firmar parceria internacional na área de desenvolvimento sustentável com o Projeto ANDUS (Apoio à Agenda Nacional de Desenvolvimento Urbano Sustentável no Brasil).

A participação neste projeto proporcionará ao município transferência tecnológica, capacitação de servidores e construção de ferramentas para a implementação do Plano Diretor, de modo a tornar Hortolândia cidade modelo de sustentabilidade, em sintonia com a Agenda 2030 e os ODSs da ONU.

A parceria internacional vem ao encontro das ações do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento), que tem como objetivo promover o desenvolvimento urbano, social, econômico, ambiental e humano de Hortolândia, de modo sustentável, preparando a cidade para o crescimento urbano dos próximos 30 anos. Por meio do PIC, Hortolândia já iniciou uma série de investimentos para tornar a cidade inteligente, do ponto de vista tecnológico e de sustentabilidade.

Programação         

14h – Abertura Oficial

14h20 – Apresentação musical e mímica com Ricardo Zanoni, Carlos Campos, Neide Martins e Márcia Campos

14h30h – Carlos Maldonado – Diretor da Escola de Gestão Pública de Hortolândia – “ODS e a Formação dos Gestores Públicos”

14h55 – Elaine Sousa – Diretora do Departamento de Licenciamento Ambiental e Gestão de Resíduos da SMMADS/PMH – “ODS e a Política Municipal de Meio Ambiente”

15h20 – Vicente Andreu Guillo – Estatístico, ex-presidente da ANA – Agência Nacional de Águas – “ODS, Água e Saneamento”

15h45 – Profa. Emília Wanda Rutkowski – Livre Docente FEC Unicamp e Coordenadora do Laboratório Fluxus – “ODS e a Iniciativa Lixo Zero”

15h10 – Mimo Ravagnani – Superintendente do Consimares (Consórcio Intermunicipal de Manejo de Resíduos Sólidos da Região Metropolitana de Campinas) – “ODS como Inspiração para Ação Regional”

15h30 – Debates pós-palestras e encerramento

Moderador: Gustavo Cherubina, Assessor Técnico SMMADS /PMH e integrante do Fórum Popular da Natureza – Núcleo PCJ

#HortolândiaSolidária #FiqueEmCasa #Coronavírus 

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Continue Lendo

Nossa Cidade

Prefeitura de Hortolândia recebe doação de 250 kits de higiene e limpeza da empresa Taormina

Prefeitura

Publicado

em

A onda de solidariedade continua em alta no município, durante a pandemia do Coronavírus. A Prefeitura de Hortolândia recebeu a doação de 250 kits de higiene e limpeza da empresa Taormina Incorporadora e Construtora, que atua na cidade.

A entrega foi realizada, nesta sexta-feira (29/05), no CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) Central, órgão da Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social.

De acordo com a presidente do Funsol (Fundo Social de Solidariedade) do município, Leila Pereira Dobelin, os kits serão entregues a famílias em vulnerabilidade social atendidas pela Prefeitura. Cada kit contém produtos como água sanitária, creme dental, sabão em pedra, álcool em gel, papel higiênico, saco de lixo, desinfetante, entre outros.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Continue Lendo

Nossa Cidade

#MISEMCASA exibirá curta-metragem experimental “Nasce o MIS”, em comemoração aos 50 anos do museu

Prefeitura

Publicado

em

A edição deste sábado (30/05) do Bate-Papo de Cinema será especial. Em celebração aos 50 anos do Museu da Imagem e do Som, comemorado no dia 29 de maio, a plataforma digital do Ponto MIS exibirá, gratuitamente, às 17h30, o curta-metragem experimental “Nasce o MIS”. Essa semana, excepcionalmente, não é necessário se inscrever, para assistir é só acessar o canal no YouTube, clicando aqui.

Após a exibição do filme, às 18h, no mesmo canal, acontece um bate-papo com o pesquisador, crítico e professor de cinema, Ismail Xavier, com a supervisora da área de acervo do Museu da Imagem e do Som de São Paulo Patrícia Lira, com o cineasta e professor de cinema André Fratti e com o produtor e professor de cinema Bruno Cucio.

 

Sinopse e detalhes do filme

Filme de 1970 / 12min / Livre

Direção: Eduardo Leone

O curta reflete sobre a criação do Museu Imagem e do Som em paralelo à transformação da cidade de São Paulo nos anos 1970 e dos avanços tecnológicos de suporte de imagem e som. A partir de um olhar experimental, o curta documenta as perspectivas de uma instituição que deve salvaguardar a memória do Estado de São Paulo, por meio da imagem e do som, justamente no momento em que estes suportes determinam uma efervescência cultural e um olhar de contracultura sobre o presente.

Participaram da realização do curta alunos da recém-fundada Faculdade de Cinema da Universidade de São Paulo, como Eduardo Leone (direção), Ismail Xavier (montagem) e Marília Franco, assinando como Marília Aires (assistente de direção).

 

Vale a pena conferir também!

Além dessa atividade, o Pontos MIS Online conta com muito conteúdo cultural digital, envolvendo cinema, música, arte e fotografia. São cursos, debates, podcasts e muito mais. Confira a programação e acesse o site:

29.05 | Sexta-feira | 20h | Bate-papo ao vivo sobre  Castelo Rá-Tim-Bum – A exposição

30.05 | 18h30 | Pontos MIS – Bate-papo de Cinema | Especial 50 anos | Nasce o MIS

31.05 | 17h | #CineCiência | Ela , de Spike Jonze

31.05 | 20h | Mostra Cinema de Acervo | São Paulo, cidade cinema 

 

Cultura em casa

Em razão da pandemia do Coronavírus, o Pontos MIS lançou o Ponto MIS Online, com uma programação online para o público ter acesso a atividades culturais de suas casas. Todo sábado, o programa promove uma sessão de cinema online, seguida de um bate-papo sobre a obra. As inscrições são abertas toda quinta-feira, no site do MIS.

A atividade acontece em conjunto com o #Culturaemcasa. O projeto, desenvolvido pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa e organizações sociais de cultura, atende à orientação do Centro de Contingência do COVID-19, que determinou que os equipamentos culturais do Governo do Estado de São Paulo tenham o seu funcionamento temporariamente suspenso, a partir de 17 de março.

#HortolândiaSolidária #Coronavírus #FiqueEmCasa #Cultura

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Continue Lendo

Noticias

Publicidade