Connect with us
Publicidade


Nossa Cidade

Prefeitura e PUC-Campinas se aliam para auxiliar região do Jardim Novo Ângulo

Prefeitura

Publicado

em

A fim de promover o desenvolvimento social da região do Jd. Novo Ângulo, a Prefeitura de Hortolândia e a PUC-Campinas (Pontifícia Universidade Católica de Campinas) firmaram parceria, por meio de um convênio de cooperação técnica, sem custos para as partes. A aliança prevê a realização de uma série de ações estratégicas e estudos que poderão nortear políticas públicas específicas para a região, na área da assistência social. Uma das metas é o enfrentamento à vulnerabilidade social. 

Na tarde desta sexta-feira (27/11), a diretora de Inclusão Social, Mônica de Freitas Inácio; assistentes sociais e a coordenadora do CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) Jd. Novo Ângulo, Eliane Silva, reuniram-se com os professores da PUC-Campinas, Teresinha Cristiane de Moraes, Cristiano Monteiro, Stela Cristina de Godoi, Vera Plácido e Camila Massaro, para tirar dúvidas sobre um dos projetos em curso: o Diagnóstico Socioterritorial do Território do CRAS do Jardim Novo Ângulo. A etapa é necessária, antes da elaboração e publicação da versão final do documento.

Segundo a Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social, a região, que tem como órgão de referência este CRAS, engloba 48 bairros, nos quais moram 5.815 famílias e 15.824 pessoas.

De acordo com Eliane Silva, entre as ações estratégicas em realização pela PUC-Campinas, por meio do Observatório da universidade, na área, estão os seguintes protótipos: Mapa da Vulnerabilidade e Diagnóstico Socioterritorial de toda a região; Cartografia Social e desenvolvimento de aplicativo para que munícipes de cinco dos 48 bairros se identifiquem dentro do mapa de Hortolândia (Jd. Aline, Vila Guedes, Jd. Conceição, Jd. Brasil e ocupação do Monte Sinai); Corrente de Memórias e Economia Solidária com as mulheres da região do Jd. Rosolém; e trabalho com familiares de pessoas reclusas, no Jd. Brasil. Cabe à Prefeitura, por meio do CRAS Jd. Novo Ângulo, fazer a ponte dos pesquisadores com a comunidade.

“O objetivo da parceria entre a Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social e a PUC-Campinas é desenvolver estratégias de desenvolvimento social, com base em dados públicos e dos sistemas de benefícios, visando ao fortalecimento das políticas públicas sociais”, esclarece a coordenadora. Eliane ressalta, ainda, que os bairros deste território apresentam grande diversidade entre si, sendo alguns muito empobrecidos e mais vulneráveis que outros. “O Diagnóstico nos mostrará os pontos de vulnerabilidade do CRAS Novo Ângulo. Por exemplo, soubemos que, na região do Novo Ângulo 24% da população inserida no Cadastro Único são consideradas sem instrução e 38% não completaram o Ensino Fundamental. A questão é, se a Prefeitura oferece a EJA (Educação de Jovens e Adultos), por que não fazem? Soubemos também que a maioria deles são mulheres, que trabalham o dia todo e à noite cuidam dos filhos. O que fazer para atendê-las? O CRAS é este agente que vai estabelecer pontes, mostrar caminhos”, complementa Eliane.

 

Confira os bairros da área de abrangência do CRAS Novo Ângulo:

1.Chácara Nova Boa Vista

2.Chácara Panaíno

3.Chácara Recreio Novo Ângulo

4.Chácara Reymar

5.Jardim Aline

6.Jardim Andaraí

7.Jardim Brasil

8.Jardim Conceição

9.Jardim do Brás

10.Jardim do Lago

11.Jardim Flórida

12.Jardim Girassol

13.Jardim Malta

14.Jardim Nova América

15.Jardim Nova Europa

16.Jardim Novo Ângulo

17.Jardim Santiago

18.Jardim Residencial Veccon Buriti

19.Loteamento Industrial Zeta Hortolândia

20.Parque Perón

21.Residencial Anauá

22.Santa Emília

23.Vila América

24.Vila da Conquista

25.Vila do Presídio (Pq. Perón)

26.Vila Guedes

27.Vila Inema

28.Chácara Assahy

29.Santa Esmeralda

30.Chácara Fazenda Coelho

31.Condomínio Residencial Monte Carlo (Jd. Lírio)

32.Jardim Adelaide

33.Jardim Lírio

34.Jardim Nossa Senhora da Penha

35.Jardim Nossa Senhora de Fátima

36.Jardim Nossa Senhora de Lourdes

37.Jardim Paulistinha

38.Jardim Ricardo

39.Jardim Rosolém

40.Jardim Santa Cândida

41.Jardim Santa Izabel

42.Jardim Santo Antônio

43.Jardim São Benedito

44.Jardim Sumarezinho

45.Jardim Terras de Santo Antonio

46.Jardim Viagem

47.Núcleo Santa Isabel

48.Vila Ipê

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia

Nossa Cidade

Coronavírus Hortolândia: 6802 casos confirmados, 6537 curados e 194 óbitos

Redação

Publicado

em

Por

O boletim sobre coronavírus divulgado pela Secretaria de Saúde de Hortolândia, nesta segunda-feira(18) mostra que o município teve 6802 casos confirmados, 6537 curados e 194 óbitos.

Casos confirmados: 12 pacientes internados em UTI’s fora do município; 01 em enfermaria fora do município; 0 na UTI do Hospital Municipal Mário Covas e 01 na enfermaria; 09 em internação na Unidade Respiratória do Nova Hortolândia; 48 em isolamento domiciliar.

Casos suspeitos – aguardando exame: 04 casos internados em UTI’s fora do município; 08 em enfermaria fora do município; 01 caso na UTI do Hospital Municipal Mário Covas; 09 em internação na Unidade Respiratória do Nova Hortolândia; 1244 em isolamento domiciliar.

8794 casos já foram descartados mediante resultado do exame de Covid-19.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Prefeitura de Hortolândia inicia, nesta terça-feira (19/01) pré-cadastro para vacinação contra a COVID-19

Prefeitura

Publicado

em

A Prefeitura de Hortolândia inicia, nesta terça-feira (19/01), a partir das 9 horas, o pré-cadastro para o início da vacinação contra a COVID-19. Podem fazer o pré-cadastro pessoas inclusas na primeira fase do cronograma determinado pelo governo estadual: profissionais da saúde e pessoas acima de 60 anos. Conforme a programação já divulgada pelo governo estadual, a vacinação deve começar no dia 25 deste mês. De acordo com a Secretaria de Saúde, o pré-cadastro é para melhor organizar o agendamento para o início da vacinação e, com isso, evitar aglomeração, conforme os protocolos sanitários para evitar a disseminação do Coronavírus.

Estão dispensados do pré-cadastro os profissionais da rede municipal de saúde e os profissionais de saúde que trabalham em ILPIs (Instituições de Longa Permanência para Idosos), assim como os idosos assistidos por estas instituições. Os profissionais da rede municipal de saúde serão vacinados nas unidades onde atuam. Os profissionais das ILPIs também receberão a imunização em seus locais de trabalho, junto com os idosos destas instituições.

Os profissionais de saúde da rede particular e as pessoas acima de 60 anos devem fazer o pré-cadastro online, por meio do site da Prefeitura, clique aqui. No pré-cadastro, o interessado deverá informar nome, bairro, telefone, data de nascimento, número do CPF (Cadastro de Pessoa Física), informar se é profissional de saúde e se tem alguma deficiência motora, que dificulte o acesso ao local de vacinação.

A Secretaria de Saúde fará a verificação destes dados com o cadastro da pessoa no e-SUS, que é o banco nacional de dados do sistema público de saúde. Caso os dados estejam corretos, a informação do agendamento de cada pessoa estará disponível para consulta no site da Prefeitura. Para fazer a consulta, é necessário informar o CPF e a data de nascimento.

Em caso dos dados estarem incorretos, o morador será orientado a entrar em contato com a UBS (Unidade Básica de Saúde) mais próxima de sua casa para atualizar os dados. A data da aplicação da vacina será agendada conforme a ordem de prioridade definida pela Secretaria Estadual de Saúde e mediante a entrega do imunizante pelo governo estadual.

A Prefeitura de Hortolândia espera a distribuição das vacinas pelo Governo do Estado de São Paulo. Em breve serão divulgados mais detalhes, como os locais de vacinação. A Prefeitura ainda ressalta que já está com toda a estrutura preparada e insumos estocados para receber e aplicar as doses da vacina.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Livros da biblioteca municipal já podem ser devolvidos no local

Prefeitura

Publicado

em

Leitores que utilizam os serviços da biblioteca Terezinha França de Mendonça Duarte, da Prefeitura de Hortolândia, localizada na região Central, e que estão com livros emprestado desde antes da pandemia, para devolução em atraso, já podem fazer a entrega do material no local, a partir desta segunda-feira (18/01) até o dia 29 deste mês, das 9h as 15h. De acordo com a Secretaria de Cultura, quem entregar os livros neste período não receberá suspensão ou qualquer penalidade. A ação tem como objetivo atualizar o acervo evitando extravios.

O material será recolhido na porta da biblioteca respeitando todas as medidas de segurança e prevenção do Coronavírus. Os materiais devolvidos pelos usuários receberão higienização e permanecerão em quarentena por 7 dias para que possam retornar ao acervo e  serem utilizados por outros usuários do espaço público. Segundo a Secretaria de Cultura,  a biblioteca está aberta apenas para a devolução dos livros e não será permitido realizar empréstimo domiciliar ou usar as dependências do espaço. Para quem está com saudades dos livros, a biblioteca municipal conta com um acervo digital com quase 200 exemplares em formato de e-book, disponíveis no link bit.ly/bibliohorto

A biblioteca municipal Terezinha França de Mendonça Duarte fica localizada no piso inferior do Open Shopping, na rua Luiz Camilo de Camargo, n° 581 – Centro. Para dúvidas e informações o e-mail é:
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
, o telefone: 019 3887 1684 e o BiblioZap (Whatsapp) 019 98970 7332.

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Noticias

Youtube

 

PONTE DA ESPERANÇA

Populares