Connect with us
Publicidade


Nossa Cidade

Prefeitura promove seminário digital no Dia Mundial do Meio Ambiente

Prefeitura

Publicado

em

Em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado no dia cinco de junho, a Prefeitura de Hortolândia realizará, na próxima sexta-feira, a partir das 14 horas, um seminário digital sobre o tema “Os ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável) e a Gestão Municipal”. O objetivo é discutir ações de interesse público, mostrando que a Administração Municipal busca diretrizes, em nível mundial, para formular e colocar em prática políticas públicas ambientais de sustentabilidade, que garantam à população mais qualidade de vida.

Publicidade

Para participar do debate, os interessados deverão acessar o link do webinar, na data e hora da conferência (acesse aqui o link). A sala de conferência online tem capacidade para até mil participantes. Não é necessário se inscrever previamente. O seminário é realizado pela Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, com o apoio da Escola de Gestão Pública de Hortolândia (EGPH), órgão da Secretaria de Administração e Gestão de Pessoal.

O tema central do seminário será abordado, em diferentes vertentes, por profissionais da área da própria Prefeitura e por especialistas convidados, como o estatístico, ex-presidente da ANA (Agência Nacional de Águas), Vicente Andreu Guillo; a Profa. Emília Wanda Rutkowski, livre docente na FEC Unicamp (Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo da Universidade Estadual de Campinas) e coordenadora do Laboratório Fluxus; e Mimo Ravagnani, superintendente do Consimares (Consórcio Intermunicipal de Manejo de Resíduos Sólidos da Região Metropolitana de Campinas). Confira a programação completa abaixo.

A secretária adjunta de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Eliane Nascimento Oliveira, ressalta a importância da ação e da participação popular. “Iremos comemorar o Dia Mundial do Meio Ambiente, data importante para estimular mudanças de atitudes e sensibilizar quanto à importância do respeito e preservação ao meio ambiente, o que, com certeza, irá refletir nas nossas futuras gerações”, afirma Eliane.

Ação estratégica

Na atual gestão do prefeito Angelo Perugini, a Prefeitura, por meio da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, definiu como ação estratégica, na formulação e aplicação de políticas públicas municipais, a incorporação dos conceitos de Cidades Inteligentes e Sustentáveis e dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 da ONU (Organização das Nações Unidas).

Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável são uma agenda mundial, adotada durante a Cúpula das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável em setembro de 2015, composta por 17 objetivos e 169 metas a serem atingidos até 2030.

Nesta agenda, estão previstas ações mundiais envolvendo temáticas diversificadas, como erradicação da pobreza, segurança alimentar e agricultura, saúde, educação, igualdade de gênero, água e saneamento, energia, crescimento econômico sustentável, infraestrutura, redução das desigualdades, cidades sustentáveis, padrões sustentáveis de consumo e de produção, mudança do clima, proteção e uso sustentável dos oceanos e dos ecossistemas terrestres, sociedades pacíficas, justas e inclusivas e meios de implementação.

Projeto ANDUS

Hortolândia se tornou um dois seis municípios brasileiros – e o único paulista – a firmar parceria internacional na área de desenvolvimento sustentável com o Projeto ANDUS (Apoio à Agenda Nacional de Desenvolvimento Urbano Sustentável no Brasil).

A participação neste projeto proporcionará ao município transferência tecnológica, capacitação de servidores e construção de ferramentas para a implementação do Plano Diretor, de modo a tornar Hortolândia cidade modelo de sustentabilidade, em sintonia com a Agenda 2030 e os ODSs da ONU.

A parceria internacional vem ao encontro das ações do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento), que tem como objetivo promover o desenvolvimento urbano, social, econômico, ambiental e humano de Hortolândia, de modo sustentável, preparando a cidade para o crescimento urbano dos próximos 30 anos. Por meio do PIC, Hortolândia já iniciou uma série de investimentos para tornar a cidade inteligente, do ponto de vista tecnológico e de sustentabilidade.

Programação         

14h – Abertura Oficial

14h20 – Apresentação musical e mímica com Ricardo Zanoni, Carlos Campos, Neide Martins e Márcia Campos

14h30h – Carlos Maldonado – Diretor da Escola de Gestão Pública de Hortolândia – “ODS e a Formação dos Gestores Públicos”

14h55 – Elaine Sousa – Diretora do Departamento de Licenciamento Ambiental e Gestão de Resíduos da SMMADS/PMH – “ODS e a Política Municipal de Meio Ambiente”

15h20 – Vicente Andreu Guillo – Estatístico, ex-presidente da ANA – Agência Nacional de Águas – “ODS, Água e Saneamento”

15h45 – Profa. Emília Wanda Rutkowski – Livre Docente FEC Unicamp e Coordenadora do Laboratório Fluxus – “ODS e a Iniciativa Lixo Zero”

15h10 – Mimo Ravagnani – Superintendente do Consimares (Consórcio Intermunicipal de Manejo de Resíduos Sólidos da Região Metropolitana de Campinas) – “ODS como Inspiração para Ação Regional”

15h30 – Debates pós-palestras e encerramento

Moderador: Gustavo Cherubina, Assessor Técnico SMMADS /PMH e integrante do Fórum Popular da Natureza – Núcleo PCJ

#HortolândiaSolidária #FiqueEmCasa #Coronavírus 

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia

Nossa Cidade

Empresas do APL do pão de queijo iniciam processo de obtenção do selo de qualidade no próximo ano

Prefeitura

Publicado

em

A partir de janeiro do próximo ano, as empresas participantes do APL (Arranjo Produtivo Local) do pão de queijo iniciam a etapa de auditoria interna para a obtenção do selo de qualidade. Esta foi uma das pautas definidas na última reunião do ano realizada pelo APL, nesta quinta-feira (03/12).  

Publicidade

A Prefeitura também anunciou a realização de um curso sobre boas práticas de manipulação de alimentos para as empresas e seus funcionários. A atividade será ministrada pela Secretaria de Saúde. Os empresários também sugeriram a realização de cursos sobre temas como gestão, compras coletivas, exportação e gestão de pessoas pelo Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas). 

Outra novidade anunciada foi a elaboração de um catálogo com as empresas que integram o APL. A primeira reunião do APL em 2021 está programada para o mês de fevereiro. 

APL DO PÃO DE QUEIJO

A Prefeitura de Hortolândia criou, em 2019, o APL do pão de queijo com o objetivo de fortalecer o setor produtivo da cidade. Uma das ações definidas pelas empresas do APL foi a criação de um selo de qualidade. Em outubro do ano passado, a Prefeitura fez o lançamento oficial do selo de qualidade, durante o evento “Inova Campinas Trade Show 2019”. Participam do APL 11 empresas da cidade: Alimentos Bertin, Cynbom, Dona Anália, Freskimassas, Pão de Queijo Fiel, Massa Boa, Massas Chef, Pancremo, Pozelli, Sabor Du Bom e Sabor Paulista.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Ponte da Esperança terá iluminação especial de Natal

Prefeitura

Publicado

em

A Ponte da Esperança (Estaiada) já reflete nos estais as cores verde e vermelho, que remetem ao Natal. Mas a Prefeitura de Hortolândia prepara novidades. Dentro de alguns dias, novas luzes serão acesas na estrutura, embelezando ainda mais este cartão postal da cidade para as festividades de final de ano.

Publicidade

O sistema de iluminação decorativa da Ponte da Esperança foi instalado na estrutura, de forma permanente, no ano passado. Os equipamentos têm a possibilidade de mudar de cor, conforme a programação, marcando o comprometimento da Administração Municipal com diversas causas sociais ou datas comemorativas, como a Campanha Outubro Rosa de prevenção ao câncer de mama, por exemplo.

De acordo com informações da Secretaria de Planejamento Urbano e Gestão Estratégica, os refletores do sistema de iluminação decorativa ficam instalados nos estais, no pilar central e na base inferior, com iluminação direcionada às colunas.

NOVA ILUMINAÇÃO

A Prefeitura de Hortolândia investe na modernização do parque de iluminação pública de toda a cidade. Por meio de uma PPP (Parceria Público Privada), o município realiza a troca de lâmpadas de vapor de sódio dos postes das ruas por luminárias de LED, que conferem maior potencial de luminosidade. Até o final de 2021, todas as ruas da cidade terão iluminação de LED, totalizando a troca das lâmpadas em 22 mil pontos.

Além disso, teve início nesta semana, o trabalho de modernização do sistema de iluminação do Parque Chico Mendes. Centenas de novas luminárias com lâmpadas LED estão em implantação na área ao redor do parque e sob a copa das árvores, ampliando a iluminação do local e a segurança da população.

O contrato de PPP inclui, além da substituição das luzes, ampliação e modernização do sistema de iluminação de diversos parque e praças do município, monitoramento inteligente, expansão, operação e manutenção da iluminação pública da cidade. As ações de modernização da rede de iluminação pública garantirão eficiência energética e economia aos cofres públicos.

Os investimentos em iluminação pública fazem parte do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento), implantado pelo prefeito Angelo Perugini para incentivar o desenvolvimento urbano, ambiental, social e humano para que Hortolândia cresça com planejamento e sustentabilidade nos próximos 30 anos. O programa prevê mais de 100 obras e serviços, em diversas áreas. Para fazer estas intervenções, o município conta com apoio de recursos da iniciativa privada e dos governos estadual e federal.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Entrega de cartas marca encerramento em 2020 do projeto Bem Me Quer, Paz Se Quer

Prefeitura

Publicado

em

Estudantes da rede municipal de Hortolândia começaram a receber, nesta quinta-feira (03/12), mensagens de participação no programa “Bem Me Quer, Paz Se Quer”, promovido pela Prefeitura de Hortolândia. A iniciativa de prevenção às drogas e à violência e de fortalecimento da autoestima, é realizada desde 2008, por meio de parceria entre as secretarias de Segurança e de Educação, Ciência e Tecnologia. As atividades são promovidas por agentes da GM (Guarda Municipal), especialmente treinados, junto às turmas dos quintos anos das unidades escolares municipais.

Publicidade

A fim de respeitar as normas de segurança sanitária, em razão da pandemia do Coronavírus, neste ano, as tradicionais cerimônias de entrega de certificados foram substituídas pela troca de cartas, entre estudantes e agentes do Núcleo de Desenvolvimento/Setor de Projetos Sociais da GM. Em duas escolas, porém, a pedido dos alunos, houve ações de entrega rápida de carta, por parte dos GMs. Pela manhã, na Emef (Escola Municipal de Ensino Fundamental) Viva Mais, no Jd. Santa Clara do Lago, houve uma espécie de “walk thru”, reunindo profissionais da Educação, GMs, alunos e familiares, todos de máscaras. Cada participante recebeu individualmente sua mensagem. À tarde, na Emef Dona Ana José Bodini Januário, no Jd. Amanda, a entrega ocorreu de modo semelhante, mas com o auxílio de carros, no sistema “drive thru”.

Neste ano, o programa atendeu 97 turmas, 49 no primeiro semestre e 48 no segundo, em 28 Emefs , beneficiando 2.627 estudantes municipais, segundo as coordenadoras responsáveis, no âmbito da Educação, Carla Borrego Varani e Angélica Miranda dos Santos. 

“Em um ano atípico, estamos felizes e realizados em saber que o projeto Bem Me Quer, Paz Se Quer teve continuidade. Com carinho e dedicação, no segundo semestre, além dos livros que foram entregues aos alunos, os agentes também reforçaram os conteúdos através dos vídeos que foram disponibilizados no Blog Educação, na aba Quer Saber Mais e também enviados pelo WhatsApp das escolas. Ficamos muito felizes em ver o envolvimento dos alunos que, para finalizar o projeto, escreveram cartinhas para os agentes e contamos com drive true em duas Emefs”, ressaltou Carla Varani.

De acordo com a Secretaria de Segurança, as diretrizes das aulas têm o objetivo de ensinar aos estudantes valores, como respeito, amor à família e afastamento do mundo da criminalidade.

Dados da Secretaria de Segurança mostram que, desde 2008, 21.540 alunos já se “formaram” no programa, nas 745 salas de aula atendidas.  

“Neste ano de desafios e superação, foi de extrema importância e satisfação receber o carinho dos alunos e familiares, através de depoimentos sobre a importância do trabalho realizado pelo projeto Bem Me Quer, Paz Se Quer. A parceria entre as secretarias de Educação e de Segurança, em prol da comunidade, em um trabalho de muitas mãos, realizou, mesmo a distância, com grande carinho, o desenvolvimento do trabalho de prevenção primária ao uso e abuso de drogas. Nossa instituição sentiu-se honrada em alcançar nossos alunos com este novo formato, necessário diante da pandemia. Os frutos colhidos têm responsabilidade e empenho, tanto da comunidade escolar como dos responsáveis pelos alunos. Nossa gratidão a todos os que confiam e se dedicam à prevenção”, avalia a GM Adriana Herdeiro, integrante do Núcleo de Desenvolvimento da Guarda.

Conheça o “Bem Me Quer, Paz Se Quer”

O programa “Bem Me Quer, Paz Se Quer” foi criado na primeira gestão do prefeito Angelo Perugini, em agosto de 2008. Os alunos usam livro guia, com informações e orientações sobre os riscos trazidos pelo uso e abuso de drogas, tanto lícitas (como álcool e cigarro), quanto ilícitas. 

De maneira lúdica, por meio de histórias e dinâmicas, os agentes de prevenção do Núcleo de Desenvolvimento/Setor de Projetos Sociais da GM abordam ainda outros temas delicados, como cerol, bullying e cyberbullying, violência doméstica, festas “raves”, beber e dirigir, assim como autoestima, autoconhecimento, respeito e importância da família. Os agentes apresentam às crianças e aos jovens situações-problema para nelas despertar a responsabilidade pelas próprias escolhas e as inevitáveis consequências de seus atos, tanto no presente quanto no futuro.

 

 

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Noticias

Nossa Cidade4 horas atras

Empresas do APL do pão de queijo iniciam processo de obtenção do selo de qualidade no próximo ano

A partir de janeiro do próximo ano, as empresas participantes do APL (Arranjo Produtivo Local) do pão de queijo iniciam...

Nossa Cidade5 horas atras

Ponte da Esperança terá iluminação especial de Natal

A Ponte da Esperança (Estaiada) já reflete nos estais as cores verde e vermelho, que remetem ao Natal. Mas a...

Nossa Cidade5 horas atras

Entrega de cartas marca encerramento em 2020 do projeto Bem Me Quer, Paz Se Quer

Estudantes da rede municipal de Hortolândia começaram a receber, nesta quinta-feira (03/12), mensagens de participação no programa “Bem Me Quer,...

Nossa Cidade6 horas atras

Inscrições de novos alunos para ingresso na Educação Infantil 2021 na Rede Municipal terminam nesta sexta (04/12)

Encerram-se, nesta sexta-feira (04/12), as inscrições de novos alunos para o ingresso na Educação Infantil (Berçário, Minigrupo, Maternal), referentes ao...

Policial7 horas atras

Agentes penitenciários encontram micro aparelhos celulares em correspondências enviadas pelos Correios

O material estava escondido em embalagem de margarina  Publicidade A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) informa que agentes penitenciários encontraram...

Nossa Região9 horas atras

Três menores roubam veículo de motorista por aplicativo e acabam detidos pela PM

Três menores de 14, 15 e 17 anos, foram apreendidos pela polícia militar na noite desta quarta-feira na rua Odete...

Publicidade

Youtube

 

PONTE DA ESPERANÇA

Populares