Connect with us

Nossa Cidade

Projeto ensinará estudantes sobre uso racional de energia

Prefeitura

Publicado

em

 

Por que ensinar ciências nas escolas? Este foi o desafio que norteou a 1ª. Formação do projeto CPFL nas Escolas – Energia em Jogo, realizada, na tarde de sexta-feira (09/08), no auditório Profa. Andreia Marise Borelli, no Remanso Campineiro. O curso, em parceria com a Prefeitura, reuniu 50 profissionais da Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia, dentre eles a secretária Sandra Mara Fagundes Freire, professores educadores e gestores multiplicadores.

Entre os objetivos da formação está o de, por meio do ensino de ciências na escola, mostrar às crianças que elas podem não somente ter escolhas, como também aprender a pensar cientificamente e produzir conhecimento.

Um das primeiras atividades a ser desenvolvida em sala releciona-se com a Radiação Eletromagnética, tema  sobre o qual as crianças elaborarão um dicionário ilustrado com definições e exemplos de situações em que utilizar esta energia. Outro será a classificação das energias, por meio de critérios e objetivos específicos e práticos (por exemplo, energia renovável ou não renovável, limpa, ou não limpa). Em seguida, os estudantes aprenderão a calcular a quantidade de energia que se gasta em casa ou na escola, que equipamentos mais consomem energia elétrica e a importância reduzir drasticamente o consumo.

O projeto será aplicado em 15 escolas municipais. “Elas receberão material didático para trabalhar o tema do uso e a economia de energia na escola e em casa com as famílais”, esclarece a secretária-adjunta Roberta Diniz. “O projeto prevê, ainda, a vinda, neste semestre letivo, de uma carreta interativa da CPFL, que ficará estacionada por um dia na Emef Jd. Amanda I (CAIC), para que as crianças a visitem e lá façam diversas atividades relacionadas ao uso consciente da energia elétrica”, complementa Roberta.

“Este projeto é resultado de uma parceria muito importante para a Educação, para as famílias da cidade de Hortolândia, por possibilitar a orientação adequada quanto ao uso dos recursos naturais, a economia de energia. É um conteúdo importante e que precisa ser focado, já que nós estamos em tempos de consumo, muitas vezes, sem responsabilidade. Trabalhar na formação de professores, para que tenham este conteúdo priorizado com os alunos, possibilita que nossas crianças aprendam dentro das disciplinas da matriz curricular um conteúdo diário, que tem a ver com responsabilidade social e vai nortear a vida delas como um todo, inclusive projetando situações para a nossa cidade. Por isso, a parceria com a CPFL é tão importante, pois trata de um tema prioritário para a nossa sociedade como um todo. Começamos com 15 escolas. Todos os conteúdos serão amplamente explorados nessas 15 escolas, prioritariamente”, afirma a secretária Sandra Fagundes Freire.

Confira as escolas municipais onde o projeto será realizado:

1.Emef Professora Marleciene Patrícia Presta Bonfim

2.Emef Salvador Zacharias Pereira Júnior 

3.Emeg Interlagos 

4.Emef Armelinda Espúrio da Silva

5.Emef Nicolas Thiago dos Santos Lofrani 

6.Emef Caic Jardim Amanda 

7.Emef Professora Janilde Flores Gaby do Vale

8.Emef Dona Ana José Bodini Januário 

9.Emef Professora Lilian Cristiane Martins de Araújo 

10.Emef Professora Patrícia Maria Capelato Basso

11.Emeb Josias da Silva Macedo 

12.Emef Taquara Branca Agenor Miranda da Silva 

13.Emef Professor Cláudio Roberto Marques 

14.Emef Jardim Primavera 

15.Emef Renato da Costa Lima

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia

Nossa Cidade

Atacadista divulga vagas de emprego em Hortolândia para pessoas com deficiência

Prefeitura

Publicado

em

O atacadista Assaí, que está se instalando em Hortolândia, com inauguração anunciada para breve, está com 15 vagas abertas, em diferentes níveis de escolaridade, para PCDs (pessoas com deficiência). Segundo o Departamento de Direitos Humanos e Políticas Públicas para Mulheres da Prefeitura, a iniciativa da empresa está alinhada com as ações de empregabilidade realizadas no município.

De acordo com a empresa, o processo de seleção será todo realizado pela internet. Para concorrer a uma das vagas, é necessário fazer cadastro por meio do link https://expansaoassaihortolandia.gupy.io/. O candidato deverá informar telefone e e-mail atualizados para que a empresa entre em contato.

De acordo com as informações divulgadas pelo Assaí, no total, estão disponíveis 257 vagas, em 33 cargos diferentes. Os salários variam de R$ 1.072,00 a R$ 2.583,00.

Quem tiver dúvidas sobre o processo de seleção, pode entrar em contato com o Departamento de Direitos Humanos, órgão da Secretaria de Governo pelo telefone (19) 3965-1472.

INAUGURAÇÃO

A empresa atacadista Assaí já iniciou as obras de construção de sua loja em um grande terreno localizado na rua Luiz Camilo de Camargo (foto), na região central. De acordo com a empresa, a previsão de inauguração da loja é para o segundo semestre deste ano.

Hortolândia conquistou a loja da rede atacadista no ano passado, quando a empresa anunciou sua intenção de abrir uma unidade na cidade, em reunião com o prefeito Angelo Perugini e as secretarias de Planejamento Urbano e Gestão Estratégica, de Governo e de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Turismo e Inovação.

Para viabilizar a vinda da empresa, a Prefeitura apresentou os benefícios oferecidos por meio do Proemph (Programa Municipal de Incentivo Empresarial de Hortolândia).  

A conquista de novas empresas para a cidade, com geração de emprego e renda, é uma das prioridades do prefeito Angelo Perugini por meio do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento) da Prefeitura, que realiza ações e obras por meio de parcerias com a iniciativa privada, governos estadual e federal para incentivar o desenvolvimento urbano, ambiental, social e humano para que Hortolândia cresça com planejamento e sustentabilidade nos próximos 30 anos.

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

“Operação Saturação” incluirá fiscalização ao uso do cerol em pipas, neste final de semana

Prefeitura

Publicado

em

Para manter a segurança e evitar aglomeração de pessoas e perturbação do sossego, a Prefeitura de Hortolândia, por meio da Guarda Municipal e das equipes de fiscalização, realiza, da noite desta sexta-feira até domingo (10 a 12/07), a “Operação Saturação”, em diversas regiões da cidade. De acordo com a Secretaria de Governo, nesta etapa, os agentes da força de segurança da Administração Municipal também realizarão a fiscalização contra o uso de cerol nas pipas. Caso seja flagrado usando cerol, o munícipe será multado em R$ 100,00. Se for menor de idade, os pais serão responsabilizados. A multa irá para o Sistema Tributário Municipal de Multas, por meio do CPF (Cadastro de Pessoa Física) do infrator.

“A medida passa a valer já para este final de semana”, afirma o secretário de Governo, Carlos Augusto César, o Cafu.

Operação visa manter cidade segura e combate à disseminação do Coronavírus

No final de semana passado, mesmo com as equipes da Guarda Municipal e da fiscalização distribuídas pela cidade, o município registrou mais uma “quebra de recorde” no número de ocorrências ligadas à perturbação de sossego e aglomeração de pessoas. De acordo com a Secretaria de Segurança, entre as noites de sexta-feira e domingo (03 a 05/07), foram 109 ocorrências do tipo. Além disso, para tentar coibir o problema, foram fiscalizados comércios e montadas “operações-surpresa”.

“Semana passada quebramos mais um recorde negativo de ocorrências. Precisamos do apoio da população para evitar a disseminação do Coronavírus e proteger a vida de todos. Infelizmente, estamos no meio de uma pandemia. Pedimos que todos fiquem em casa. Também intensificaremos o combate ao uso de cerol em pipas. Este ato é perigoso e coloca a vida das pessoas em risco. Ao se sentir incomodado e visualizar ações como perturbação do sossego, aglomeração de pessoas, além do uso de cerol, o munícipe pode realizar a denúncia (veja números abaixo)”, explica a comandante da Guarda Municipal, Michele Cardena Quinete.

Segundo a Secretaria de Segurança, a Guarda Municipal atendeu, desde janeiro deste ano, 1.729 chamadas ligadas à perturbação de sossego e aglomeração de pessoas. Os maiores números de denúncias e ocorrências aconteceram durante os meses de pandemia do Coronavírus.

Como denunciar

O munícipe que flagrar esta situação pode denunciar os infratores. Eles podem ser levados à delegacia. Denúncias que caracterizem aglomeração de pessoas ou perturbação de sossego podem ser feitas à corporação, a qualquer hora do dia ou da noite, pelo telefone 153 ou 0800-111-580.

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Hortolândia imuniza quase 5 mil pessoas contra a gripe

Prefeitura

Publicado

em

Se você ainda não tomou a vacina, corre que ainda está em tempo. Desde o dia 1º deste mês, a Prefeitura de Hortolândia disponibiliza a vacina contra a Influenza para toda a população, conforme determinação do governo estadual. Até o momento, já foram imunizadas 4.822 pessoas. A vacinação foi prorrogada até o dia 24 deste mês.  

De acordo com a Vigilância Epidemiológica, órgão da Secretaria de Saúde, a cobertura vacinal de gestantes, puérperas e crianças com idade de 0 a menos de 6 anos continua baixa no município. Em razão disso, a Prefeitura orienta que as pessoas destes três grupos prioritários se imunizem contra a doença. De acordo com o Ministério da Saúde, a meta é vacinar 90% ou mais das pessoas que integram os grupos prioritários. Até o momento, a Prefeitura já imunizou 57,55% das gestantes, 61,38% das puérperas e 63,7% de crianças de 0 a 6 anos. No município, já foram aplicadas 73.525 doses da vacina. 

O horário da vacinação nas UBSs (Unidades Básicas de Saúde) é das 7h às 16h. Nas demais unidades, o horário é das 8h às 15h. Confira abaixo a lista dos locais de vacinação.  

A campanha nacional de vacinação contra a Influenza começou no dia 23 de março deste ano, tendo como público-alvo, inicialmente, idosos acima de 60 anos, profissionais da saúde e profissionais das forças públicas de segurança (Guarda Municipal, Defesa Civil, Polícias Civil e Militar, e bombeiros). 

A segunda fase ofereceu imunização a portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais; funcionários do sistema prisional; e motoristas de transporte coletivo e portuários. A terceira fase teve como grupos prioritários PCDs (pessoas com deficiência), gestantes, puérperas, adultos de 55 a 59 anos de idade, e professores de escolas públicas e particulares. No mês passado, a Prefeitura incluiu três grupos novos: trabalhadores dos Correios, funcionários de limpeza urbana e moradores em situação de rua. A medida seguiu determinação do governo estadual. 

Confira abaixo a lista dos locais de vacinação:

UBS de referência

Local de vacinação

Nova Europa

Tenda montada na área externa da UBS

Santiago

Na própria UBS, com controle de fluxo

Novo Ângulo

Na própria UBS, com controle de fluxo

Nova Hortolândia

EMEIEF João Carlos do Amaral Soares

Pq. do Horto

EMEI Jardim Novo Estrela

Orestes Ôngaro

Tenda montada na área externa da UBS

São Jorge

Na própria UBS, com controle de fluxo

Amanda I

Na própria UBS, com controle de fluxo

Amanda II

EMEF Jardim Amanda I (CAIC)

Taquara Branca

Tenda montada na área externa da UBS

São Bento

EMEIEF Jardim São Pedro

Rosolen /Adelaide

Salão da Paróquia Nossa Senhora Aparecida

Santa Esmeralda

Pátio da UBS

Santa Clara

EMEI Santa Clara

Campos Verdes

Na própria UBS, com controle de fluxo

Figueiras

Tenda montada na área externa da UBS

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Populares