Connect with us
Publicidade


Nossa Cidade

Quase 100 atendimentos de serviços de poda e corte de árvores em agosto em Hortolândia

Portal Hortolândia

Publicado

em

Sabia que você pode ajudar a conservar as árvores que embelezam a paisagem e são parte importante do patrimônio ambiental do município? Basta entrar em contato com a Prefeitura de Hortolândia e solicitar os serviços de poda e corte de árvores.

Desde agosto deste ano, a Administração realiza estes serviços, seguindo um cronograma elaborado por região. De acordo com a Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, foram feitos, até agora, 99 atendimentos, dos quais 12 de corte e 87 de poda de árvores, a maioria na região da Vila Real, em agosto. Os serviços podem ser solicitados via Whatsapp pelo número (19) 9.9976-4553.
 

Após a conclusão do serviço, a Prefeitura reaproveita o material com o objetivo de promover o desenvolvimento sustentável do município. Após realizado todo o estudo e, em casos extremos, como o de estarem com a estrutura comprometida ou oferecendo perigo, troncos de árvores que precisaram ser cortadas são reaproveitados e se transformam em bancos e mesas, instalados em espaços públicos da cidade, tais como escolas municipais, praças, parques e unidades de saúde. As peças são fabricadas artesanalmente por servidores do Viveiro Municipal, na Oficina de Reaproveitamentos de Madeiras de Cortes Autorizados, criada em 2018.
 
Galhos, folhas e outras partes provenientes de podas e cortes de árvores removidas viram, após processo de compostagem, adubo orgânico usado no próprio Viveiro Municipal e também doado à comunidade. A Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável salienta que, em virtude da pandemia do Coronavírus, a doação de adubo para a população está suspensa para conter a disseminação do vírus e evitar aglomeração. 
 
CUIDADOS NECESSÁRIOS
 
Para a preservação do patrimônio verde que pertence a todos, esteja ele em área pública ou particular, segundo a Lei Municipal nº 1.937/2007, as podas de árvores devem obedecer às instruções previstas no GAUH (Guia de Arborização Urbana de Hortolândia).

O corte, transplante ou intervenção é autorizado mediante Laudo Técnico, realizado após vistoria no local, emitido pelo profissional habilitado pela Administração Municipal. Todas as solicitações deverão ser protocoladas via Whatsapp.
 
No caso de poda e transplante, a medida evitará não somente danos irreversíveis às espécies, que podem levar à morte destas, mas também multa aos responsáveis. Quando o corte ou a poda drástica acontecem de maneira irregular, seja em área pública, seja em área particular, em caso de flagrante ou denúncia, o responsável (tanto o mandante quanto o executor) está sujeito a multas que variam de acordo com a UFMH (Unidade Fiscal Municipal de Hortolândia). Neste ano, os valores das multas variam de R$ 177,21 a R$ 2.125,32. Já para compensação, que inclui replantio no local e ou doação, o valor poderá ser de R$ 382,86 até R$ 2.091,08.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia

Nossa Cidade

O Portal Hortolândia parabeniza o SAMU Hortolândia que completa 13 anos de atividades

Redação

Publicado

em

Por

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) completou nesta semana 13 anos de atividades na cidade de Hortolândia.

O Portal Hortolândia parabeniza a toda equipe que está ou que já passou por lá. Esse serviço essencial que desde sua instalação na cidade vem fazendo diferença no atendimento de Urgência.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Formações voltadas a professores municipais novatos preparam volta às aulas em Hortolândia

Prefeitura

Publicado

em

Professores da Educação Básica, que ingressaram recentemente na rede municipal de Hortolândia, passam por formações, preparatórias para a volta às aulas. A iniciativa da Prefeitura é voltada a 84 professores da Educação Infantil e 120 do Ensino Fundamental, profissionais contratados recentemente. No município, as aulas nas 58 unidades próprias serão retomadas no dia oito de fevereiro, de maneira remota, inicialmente.

De acordo com a Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia, as formações, ministradas por coordenadoras pedagógicas da própria rede, acontecem até a próxima sexta-feira (29/01), com duas horas diárias de aulas, de maneira remota, via aplicativo “Zoom”, considerando o contexto de pandemia

Para os que atuam nas creches municipais, o tema geral são os “Processos de ensino aprendizagem no contexto da Educação Infantil”. Nesta semana, as formadoras Andria Damares Bittencourt e Cibele Evelize Oliveira abordam tópicos como “Ser criança”, “Ludicidade na Educação Infantil”, “Desafios do Ensino Híbrido”, “Educação Infantil x Escolarização” e “Parceria: Escola, Professor e Família”. Na próxima semana, as aulas estarão a cargo de Cristiane Farias, Juliana Folva, Simone Locatelli e Solange Cachimiro, e versarão sobre “Ser professor na Educação Infantil”, “Documentos Norteadores da Educação Infantil”, “Trajetória da Educação Infantil no Município”, “Campos de Experiências e Objetivos de Aprendizagem” e “O dia a dia na Educação Infantil”.

Segundo Cristiane Farias, na Educação Infantil, o objetivo é “oferecer aos profissionais momentos de reflexão sobre a prática pedagógica, contribuindo para a qualidade da Educação oferecida às nossas crianças”.

No Ensino Fundamental, por sua vez, a formação gira em torno de temas como uso do “Google Class” como ferramenta pedagógica, “Preenchimento do Google Forms”, “A importância do Planejamento, retomada das competências, habilidades e interdisciplinaridade”, ”Novos desafios à educação: Ensino Híbrido e possibilidades para o trabalho pedagógico”, “Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva”; “Desmistificando o processo avaliativo” e “Adaptação Curricular e Flexibilização Escolar”. 

Segundo a ementa curricular da formação, entre os objetivos específicos estão: analisar práticas pedagógicas que envolvem os conceitos de competências, habilidades, interdisciplinaridade e ensino híbrido; sensibilizar e refletir sobre formas de organização do ensino na perspectiva da educação inclusiva; conhecer o público alvo da educação especial e inclusiva, suas potencialidades e dificuldades; compreender a avaliação como um processo, identificando os saberes produzidos pelos discentes considerando diferentes possibilidades para avaliar e estudar os termos Adaptação Curricular e Flexibilização escolar.

“Damos as boas-vindas ao ano letivo 2021, agradecendo todo o esforço empreendido no ano anterior, diante da dificuldade, ainda vivenciada. Porém,  sem baixar a guarda, nosso intento é valorizar a qualidade de cada escola com cada equipe dentro dela, disposto a realizar um trabalho de parcerias e com qualidade, que são planos de crescimento e ascensão da nossa educação. Estamos dispostos a este trabalho, contando com a ajuda de muitas mãos. Nossa rede tem um potencial muito grande, profissionais excelentes, grande qualidade em educação”, ressaltou o diretor de Ensino Fundamental e EJA (Educação de Jovens e Adultos), José Luís Menegoro.

“Diante da pandemia e de tudo o que estamos vivendo, todas as mudanças e os novos desafios para a Educação, é essencial garantirmos a aprendizagem dos nossos alunos, mas, também, acolhermos o nosso professor, oferecendo formações continuadas e canais de comunicação, troca de experiências e espaços para reflexão sobre o ato de educar, tanto presencialmente quanto virtualmente, integrando a educação à tecnologia”, ponderou o secretário de Educação, Ciência e Tecnologia, Fernando Gomes de Moraes.

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Última etapa de mutirão de assinaturas de regularização fundiária é neste sábado (23/01)

Prefeitura

Publicado

em

Para garantir moradia digna para a população, a Prefeitura de Hortolândia, em parceria com a CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado de São Paulo), realiza a última etapa do mutirão de assinaturas de regularização fundiária, neste sábado (23/01). O mutirão será das 9h às 11h30, na EMEF (Escola Municipal de Educação Fundamental) Dayla Cristina Souza de Amorim, localizada na rua Salvador (antiga rua Projetada 4), 500, Jardim Santiago.

De acordo com a CDHU, o mutirão beneficia famílias que moram nos bairros Jardim Santiago, Jardim Aline, Jardim Conceição e Vila Guedes. A regularização fundiária destes lotes integra o pacote de ações dos 100 primeiros dias da atual Administração.

De acordo com a Secretaria de Habitação, está última etapa será para as famílias que ainda não haviam sido convocadas e para aquelas que não compareceram nas duas etapas anteriores. As famílias assinam, com a CDHU, o documento que regulariza os imóveis onde já viviam irregularmente. O mutirão é realizado em três etapas. As duas primeiras aconteceram nos dias 9 e 16 deste mês.

Para evitar a disseminação do Coronavírus, a Prefeitura adotará os protocolos sanitários. Na entrada, haverá medição de temperatura. Será disponibilizado álcool em gel para higienização das mãos e o atendimento será realizado com o distanciamento necessário. A Prefeitura salienta que o uso de máscara é obrigatório.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Noticias

Nossa Cidade9 segundos atras

O Portal Hortolândia parabeniza o SAMU Hortolândia que completa 13 anos de atividades

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) completou nesta semana 13 anos de atividades na cidade de Hortolândia. O...

Nossa Cidade11 minutos atras

Formações voltadas a professores municipais novatos preparam volta às aulas em Hortolândia

Professores da Educação Básica, que ingressaram recentemente na rede municipal de Hortolândia, passam por formações, preparatórias para a volta às...

Policial36 minutos atras

Policiais militares detém dupla por comercialização de drogas na Vila Inema, em Hortolândia 

Uma viatura da Polícia Militar em patrulhamento na tarde desta sexta-feira pelo bairro chácaras Coelho, detiveram dois suspeitos na prática...

Nossa Cidade1 hora atras

Última etapa de mutirão de assinaturas de regularização fundiária é neste sábado (23/01)

Para garantir moradia digna para a população, a Prefeitura de Hortolândia, em parceria com a CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional...

Nossa Cidade1 hora atras

Última etapa da campanha de castração será na próxima semana

Ainda não conseguiu levar seu cão ou gato para ser castrado? Então, fique ligado! A Prefeitura de Hortolândia realizará a...

Esportes1 hora atras

De Nelson Cancian à tecnologia no Campeonato Amador de Hortolândia

O Campeonato Amador de Hortolândia está de “cara” nova este ano. A tecnologia é o fator mais importante na competição....

Publicidade

Youtube

 

PONTE DA ESPERANÇA

Populares