Connect with us

Nossa Cidade

Rapper Rhude, de Hortolândia, lança EP “Picos e Vales”

Publicado

em

O artista de Hortolândia tem no underground sua principal inspiração

O rapper Rhude, de Hortolândia, lançou o EP ‘Picos e Vales’, com quatro faixas, inspirado em seu dia-a-dia e vivência underground. O título do EP tem como inspiração o livro de mesmo nome do escritor Spencer Johnson, sobre um jovem infeliz que busca a felicidade.

O artista iniciou sua carreira no cenário independente participando de batalhas de freestyle. “Comecei a escrever algumas letras sobre relacionamento, vida, como forma de desabafo. Daí um primo meu me aconselhou a enquadrar as letras em batidas, começando assim minhas primeiras composições”, comenta Rhude.

Rhude explica que cada faixa do EP reflete um momento de sua vida. “Na faixa ‘Algo em Comum’ eu senti uma necessidade de pôr tudo que eu estava sentido pra fora e eu acabei lendo o livro Picos e Vales, onde é retratado que nossa vida é feita de altos e baixos e se, queremos estar em um lugar mais alto, sempre teremos que enfrentar vales mais profundo e quem fica na zona de conforto padece”, explica o artista.

Já em ‘Marcas no Chão’, o artista explica que o sentimento de ‘busca pela liberdade’, sacríficios e estar perdido (a busca por se encontrar). “Em ‘Obra de Basquiat’ eu vivia um momento de um romance intenso, em que eu faria tudo para vê-la bem, mas estávamos vivendo momentos diferentes, onde não aceitávamos nossas diferenças e onde se dava origem as brigas até o término do romance”, comenta Rhude.

“Parte da letra já estava escrita, mas estava com um objetivo do tipo ‘felizes para sempre’. À medida que as coisas aconteceram e o término do relacionamento, a letra tomou outra forma e ganhou vida. O nome da faixa surgiu a partir do refrão que o cantor Yacs tinha escrito, a princípio não iriamos usar o refrão e nem o nome. Mas com a interpretação da letra, enxergamos que o que se passava na música era algo sincero, talvez um pouco melancólico, mas complexo como as obras do artista plástico Jean-Michel Basquiat. Usamos refrão pela primeira vez e serviu como uma luva, tanto referente a escrita como a melodia”, conclui.

O EP ‘Picos e Vales’ pode ser encontrado em todas as plataformas online. Em breve, o artista lançará o clipe da música “Obra de Basquiat”.

Nossa Cidade

Alunos de Emef no Jd. Carmen Cristina recebem certificados do “Bem Me Quer, Paz Se Quer”

Publicado

em

Aproximadamente 90 alunos da Emef (Escola Municipal de Ensino Fundamental) Professora Lilian Cristiane Martins de Araújo, localizada no Jardim Carmen Cristina receberam, na noite desta quarta-feira (04/12), certificados de formação do  programa “Bem Me Quer, Paz Se Quer”, de prevenção às drogas, realizado pela Prefeitura de Hortolândia. Os familiares participaram da atividade que, além de premiar os jovens, mostrou em um painel um vídeo com os melhores momentos das aulas realizadas pelos guardas municipais. De acordo com a Secretaria de Segurança, esta foi a 13ª unidade de ensino do município a receber o evento de formatura.

O Projeto “Bem Me Quer, Paz Se Quer” está próximo de entregar, nesta temporada, os certificados para, aproximadamente, 1.300 estudantes de 14 escolas da rede municipal de ensino. Alunos da a escola (Emef’s “Professora Marleciene Priscila Presta Bonfim”),  receberão o certificado de formação nesta sexta-feira (06/12), encerrando mais uma temporada de formaturas. 

BEM ME QUER, PAZ SE QUER

No projeto, criado pelo prefeito Angelo Perugini, em agosto de 2008, os alunos usam livro guia, onde recebem informações e orientações sobre os riscos trazidos pelo uso e abuso de drogas, tanto lícitas (como álcool e cigarro), quanto ilícitas. De maneira lúdica, por meio de histórias e dinâmicas, os agentes de prevenção do Núcleo de Desenvolvimento/Setor de Projetos Sociais da GM (Guarda Municipal) também abordam outros temas delicados, como cerol, bullying e cyberbullying, violência doméstica, festas “rave”, beber e dirigir, assim como autoestima, autoconhecimento, respeito e importância da família.

Para receber o certificado, os alunos participaram de 50 minutos de aula por semana, desde agosto deste ano. Os agentes apresentaram às crianças e aos jovens situações-problema para nelas despertar a responsabilidade pelas próprias escolhas e as inevitáveis consequências de seus atos, tanto no presente quanto no futuro.

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Continue Lendo

Nossa Cidade

Construção de muro de arrimo complementa obra de duplicação da avenida São Francisco

Publicado

em

A Prefeitura de Hortolândia trabalha, nesta semana, na construção de um muro de arrimo na avenida São Francisco de Assis, no trecho que faz divisa com os fundos da Escola Estadual Professora Maria Rita Araújo Costa, na Vila São Pedro. A obra é necessária para demarcar a lateral da nova pista, que foi ampliada com os investimentos em duplicação. A escola fica na parte alta do terreno e possui seu próprio muro. Já o muro em construção pela Prefeitura fica na parte de baixo do terreno, onde há um aterro. A estrutura servirá para conter o barranco de terra.

A obra na avenida São Francisco contempla intervenções desde a Vila Real até o Parque do Horto, em um trecho de 1,8 quilômetros, percurso que terá novo asfalto em pista dupla em ambos os sentidos, canteiro central com paisagismo e ciclovia, calçadas de concreto, guias e sarjetas, além de nova iluminação.

O objetivo da obra é melhorar a circulação de veículos neste local, que é uma das entradas da cidade. A obra na av. São Francisco é realizada com recursos financiados pelo Banco CAF. Além da construção do muro, a obra em andamento, nesta semana, prossegue com a instalação de sistema de drenagem entre a avenida Anhanguera, na Vila Real, e a rua Primavera, no Parque do Horto. Em breve, este trecho receberá base para o novo asfalto.

No trecho entre a avenida Thereza Ana Cecon Breda e a avenida Anhanguera, a duplicação já foi concluída em uma das faixas de trânsito, sentido Centro. A obra prossegue no sentido oposto. Já na altura do Parque do Horto, a obra inclui a construção de uma rotatória para disciplinar o tráfego de veículos na entrada e saída da cidade, próximo da rua Primavera. Neste trecho, também será erguido um posto de monitoramento, espécie de portal de acesso. A estrutura, que ficará sobre a avenida, terá painel de informações sobre a cidade, câmeras de OCR (leitura de placas de veículos) e câmeras de monitoramento. Além de dar boas vindas aos moradores e visitantes que acessam a cidade por esta via, o posto será um importante aliado no reforço das ações de segurança implementadas pela Administração Municipal.

PIC

A duplicação da avenida São Francisco faz parte do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento), implantado pelo prefeito Angelo Perugini para acelerar o desenvolvimento urbano, ambiental, social e humano para que Hortolândia cresça com planejamento e sustentabilidade nos próximos 30 anos. O programa prevê mais de 100 obras e serviços, em diversas áreas. Para a realização destas intervenções, a Prefeitura conta com apoio da iniciativa privada, dos governos estadual e federal, sendo que a principal fonte de recursos é um financiamento junto ao banco internacional CAF.

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Continue Lendo

Nossa Cidade

Saizen Sushi é o vencedor do Prêmio Jacuba da Prefeitura

Publicado

em

O restaurante Saizen Sushi foi o vencedor do Prêmio Jacuba, uma das premiações do roteiro gastronômico “Sabores de Hortolândia” deste ano, promovido pela Prefeitura. O estabelecimento ganhou o prêmio com o prato Saizen Jacuba, que consiste de um filé de salmão grelhado, acompanhado de camarão na moranga e de farofa.A premiação foi, nesta terça-feira (04/12), no Centro de Memória “Professor Leovigildo Duarte Junior”, na Vila São Francisco. O evento contou com a participação do prefeito Angelo Perugini, e também marcou a abertura da exposição “Sabores de Hortolândia – Uma Mistura de Temperos, Histórias e Culturas”. 

O objetivo do prêmio é valorizar a história da cidade por meio da jacuba, um tipo de pirão feito com farinha de mandioca, cachaça e mel. De acordo com pesquisa feita pela Secretaria de Cultura, Hortolândia era ponto de pouso e parada de tropeiros no século 19. Nestas ocasiões, eles consumiam a jacuba. 

Concorreram ao prêmio 16 dos 110 estabelecimentos inscritos na 2ª edição do roteiro gastronômico “Sabores de Hortolândia”. Os estabelecimentos concorrentes tiveram que criar um prato cuja receita, obrigatoriamente, incluísse os três ingredientes da jacuba: farinha de mandioca, cachaça e mel. Durante o período de 15/10 a 15/11, os estabelecimentos tiveram que incluir o prato no cardápio para ser consumido pelos clientes. 

Os estabelecimentos concorrentes foram Pizzaria Bella Romana, Restaurante Bete Guindola, Big Jow, Pesqueiro e Restaurante do Chico, Flamy, Espaço Gourmet Flor do Dendê, Restaurante Guindolla Rosolen, Churrascaria Hortolândia III, Kéh Coxinha, Matriz do Açaí, Palladari’s, Botica Panela de Barro, Pastel da Feira, Saizen Sushi, Top Lounge Bar e Wood Bar. Os estabelecimentos ganharam certificados de participação. Os cinco primeiros colocados ganharam uma imagem do fotógrafo Benhur de Santi, parceiro no prêmio. 

Perugini destacou o prêmio como uma ação para construir a cultura da cidade por meio da alimentação. “Cada povo tem uma tradição gastronômica. Somos uma cidade de 28 anos. Precisamos marcar uma história. É na mesa, compartilhando o alimento,que construímos a nossa história. Os 16 estabelecimentos que concorreram ao prêmio resgataram a origem de onde viemos. Vocês deram uma demonstração de afeto pela nossa história”, enalteceu Perugini.

A secretária de Cultura, Alessandra Amora Barchini, ressaltou que, em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Turismo e Inovação,o prêmio foi a novidade do roteiro deste ano por promover o resgate da jacuba. “Os 16 estabelecimentos concorrentes trouxeram essa riqueza para nós. O prêmio trouxe identidade à cidade. Vamos sonhar grande. Fazer da cidade um polo gastronômico da região”, destacou Alessandra.

Para a secretária adjunta de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Turismo e Inovação, Teresa Santos, o prêmio fez os estabelecimentos concorrentes agregarem valor ao trabalho que realizam. “Os restaurantes fizeram receitas maravilhosas. Eles agregaram valor à economia da cidade por meio da cultura, resgatando um prato da gastronomia da cidade. Com isso, os estabelecimentos também incentivam as pessoas a consumir na própria cidade”, salientou Teresa.

INGREDIENTES

Para as proprietárias do restaurante Saizen Sushi, Beatriz Giorgi e Simone Camargo, a sensação de ganhar o prêmio foi de dever cumprido. “O prêmio é uma ação muito importante para valorizar a História da cidade, pois muita gente não sabe o que é a jacuba”, destacou Simone. 

Além de utilizar os três ingredientes da jacuba na receita, Beatriz e Simone explicaram que o prato Saizen Jacuba, que é composto de um filé de salmão grelhado, acompanhado de camarão na moranga e de farofa. As proprietárias ainda disseram que o prato será incluído, em um determinado dia da semana, no cardápio do restaurante.

A cerimônia teve também apresentações musicais com o Quarteto Cultura Instrumental, formado pelos servidores da Secretaria de Cultura Tim Mendes (guitarra e violão), Davi Salgado (contra baixo), Cariri Santos (piano e teclados) e Carlinhos Batera (bateria e percussão), do cantor e diretor artístico da Orquestra de Viola Caipira de Hortolândia, Mauri Lima da dupla Mauricio & Mauri, irmão de Chitãozinho e Xororó, e do duo De Mãe Pra Filha, formado por Lê Veloso e Juliana Veloso, mãe e filha na vida real. Elas interpretaram um rap intitulado “Hortolândia Essa Homenagem Eu Fiz Para Você”. Um grupo de sete mulheres da Melhor Idade do CCS (Centro de Convivência Social) Rosolen, órgão da Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social, apresentaram um jogral em que recitaram o poema “Saber Viver”, de Cora Coralina.

A escolha do melhor prato foi feita por uma comissão julgadora formada por cinco integrantes, dentre profissionais de gastronomia e moradores da cidade. Os integrantes da comissão foram escolhidos pelas secretarias de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Turismo e Inovação e de Cultura.

A comissão fez a degustação dos pratos de cada estabelecimento em dia e horário previamente agendados, por ordem alfabética da lista dos estabelecimentos concorrentes ao prêmio. As degustações foram feitas durante o período de 15/10 a 15/11. 

Os pratos receberam notas de 0 a 10. Foram avaliados os seguintes itens: apresentação, criatividade, aparência, capricho, receita, harmonia dos ingredientes, sabor, finalização, temperatura do prato. Os três ingredientes da jacuba deviam estar, obrigatoriamente, na receita dos pratos.

Confira abaixo a lista dos estabelecimentos concorrentes ao Prêmio Jacuba:

· Vencedor: Saizen Jacuba – Saizen Sushi

· Pizza Jacuba – Pizzaria Bella Romana

· Costelinha Jacuba – Restaurante Bete Guindola

· Novilho Defumado Jacuba – Big Jow

· Salmão Jacuba – Pesqueiro e Restaurante do Chico

· Bolo Flamy Mandioca Jacuba – Flamy

· Jacuba da Terra – Espaço Gourmet Flor do Dendê 

· Porco Chapado Jacuba – Restaurante Guindolla Rosolen

· Leitão Pururuca Marinado Jacuba – Churrascaria Hortolândia III

· Coxinha Jacuba – Kéh Coxinha

· Bolinho Jacuba – Matriz do Açaí

· Jacuba Em Forma de Pizza – Palladaris

· Parmegiana Jacuba – Botica Panela de Barro

· Pastel de Jacuba – Pastel da Feira

· Jacuba Burguer – Top Lounge Bar

· Carne de Sol Jacuba – Wood Bar

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Continue Lendo