Connect with us

Nossa Cidade

Semana começa quente, mas a chuva poderá vir

Publicado

em

soltempo

A segunda-feira começou bem ensolarada com temperatura de 25ºC já pela manhã e a temperatura deve aumentar ao longo do dia, com máximas de 34ºC, segundo o ClimaTempo.

O clima deve permanecer quente ao longo da semana, porém as nuvem devem se acumular e podemos ter pancadas de chuvas no final das tardes.

Atente-se com a umidade do ar que segue baixa, hidrate-se bem e evite o sol a entre as 10h e 16h.

Nossa Cidade

Feira de Natal revela empreendedores da Melhor Idade

Publicado

em

Com a proximidade do Natal, nada melhor que presentear familiares e amigos com produtos artesanais. Esta quinta (05/12) foi dia de Feira dos Empreendedores da Melhor Idade, na sede do CCMI (Centro de Convivência da Melhor Idade) Remanso Campineiro. Dia de bater papo, ver as novidades e também de se confraternizar com visitantes e demais participantes do programa, oferecido pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Governo.

Como de costume, a animação tomou conta dos presentes. No evento, cerca de 15 empreendedores da Melhor Idade trouxeram um pouco de tudo para oferecer ao público: tapetes, chinelos decorados com pedrarias, peças em tricô e crochê, flores decorativas, panos de prato pintados, artigos em patchwork e feltro, trufas, cones, empadas e chup-chups, biscoitinhos amenteigados e vasinhos de suculentas e outras plantas ornamentais. Semelhante à realizada no dia 27 de novembro, a exposição dura somente um dia. Os estandes ficam montados das 9h às 12h e das 13h às 17h, na sede do CCMI Remanso, na na Rua Euclides Pires de Assis, 200.

Segundo a coordenadora do CCMI Remanso Campineiro, Fernanda Fadiga, um dos objetivos do evento é identificar, dentre os cadastrados no programa, idosos empreendedores, seja por hobby, seja para gerar renda para a família, complementando a aposentadoria. De acordo com a coordenadora, atualmente, há 1.007 idosos inscritos no CCMI do Remanso Campineiro e 350 no do Jardim Amanda.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Continue Lendo

Nossa Cidade

Ruas do Parque Peron receberão base para asfalto

Publicado

em

Equipes de trabalho estão em três ruas do Parque Peron onde a Prefeitura realiza obras de melhoria viária: Ruas 1, 2 e 6. Nesta semana, estes trechos são escavados com auxílio de máquinas para a preparação do solo, que vai receber base de asfalto nos próximos dias. Também prossegue o serviço de drenagem de águas pluviais. A obra contempla, ainda, implantação de calçadas, guias e sarjetas, pavimentação das ruas e implantação da rede de esgoto em imóveis da Rua 2.

A aplicação de asfalto nas ruas proporcionará um sistema viário mais eficiente para o bairro e mais qualidade de vida à população. Um diferencial desta obra é que no trecho de esquina entre a Rua 1 e a Rua 6, o pavimento será de piso de concreto intertravado. Isso porque, naquela região, existe uma nascente do Ribeirão Jacuba. “Precisamos garantir o pavimento permeável, para que a água tenha por onde ser escoada até a nascente sem empoçar ou comprometer o asfalto”, explicou o secretário de Obras, Sérgio Torrecilas.

A continuidade das obras de asfalto no Parque Peron é uma reivindicação antiga da comunidade local e um compromisso assumido pelo prefeito Angelo Perugini. Parte das ruas foram asfaltadas num contrato anterior, que foi rompido por descumprimento contratual por parte da empreiteira responsável. Com isso, a Prefeitura precisou contratar uma nova empresa para finalizar as obras, retomadas em março deste ano. No Parque Peron moram aproximadamente 300 famílias.

As obras de melhorias urbanas em realização no Parque Peron fazem parte do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento), implantado pelo prefeito Angelo Perugini para estimular o desenvolvimento urbano, ambiental, social e humano para que Hortolândia cresça com planejamento e sustentabilidade nos próximos 30 anos. O programa prevê mais de 100 obras e serviços, em diversas áreas. Para estas intervenções, o município conta recursos financeiros da iniciativa privada, dos governos estadual e federal, sendo que a principal fonte de recursos é um financiamento junto ao banco internacional CAF.

Peron recebe obras do Corredor Metropolitano

Além das obras da Prefeitura, de esgoto, drenagem e asfalto no Parque Peron, o bairro recebe a obra de implantação do Corredor Metropolitano Noroeste, ação de responsabilidade da EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos). Quando estas obras estiverem prontas, os motoristas que trafegam pela Rodovia SP-101 (Rodovia Jornalista Francisco Aguirre de Proença) vão entrar em Hortolândia pela alça de acesso que está em construção no km-5 da rodovia e seguir pelos bairros da região do Parque Peron sentido Ponte da Esperança (Estaiada).

Com o avanço das obras, as ruas de terra do Parque Peron ganham sistema de drenagem reforçado para captar a água e escoar a chuva por dutos subterrâneos, sem afetar o tráfego de veículos que, em breve, passará pelo bairro. Logo, será asfaltado o novo sistema viário que segue em construção, um prolongamento da avenida Antônio da Costa Santos (Jd. Nova América), sentido SP-101, proporcionando mais qualidade de vida aos moradores do Parque Peron e, também, do bairro Chácaras Nova Boa Vista.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Continue Lendo

Nossa Cidade

Projeto “Achei Um Livro” é realizado em três regiões da cidade neste mês

Publicado

em

Se você ainda não teve a sorte de achar um livro na rua, desta vez terá três oportunidades. A Biblioteca Municipal “Terezinha França de Mendonça Duarte”, órgão da Prefeitura de Hortolândia, realiza o projeto “Achei Um Livro” em três regiões diferentes da cidade. Nesta sexta-feira (06/12), o projeto espalhará livros no parque Lago da Fé, que fica na região do Jardim Nova Alvorada. O projeto também será realizado nos dias 13/12, na região central, e 20/12, no Parque Socioambiental “Irmã Dorothy Stang”, localizado no Jardim Nossa Senhora de Fátima, dentro da programação do 3º Natal Sustentável. A ação marca o encerramento do projeto neste ano.

O coordenador da biblioteca, Rafael Antonio da Silva, explica que nesta sexta-feira serão espalhados de 15 a 20 livros no parque Lago da Fé. Para quem ainda não sabe, o projeto levará ao parque obras de diferentes gêneros literários de ficção e não ficção. As obras serão deixadas em locais como bancos, embaixo de árvores, entre outros. Silva ressalta que os livros não ficarão escondidos, eles serão deixados aleatoriamente. A ideia é instigar a curiosidade das pessoas e fazer com que elas peguem os livros e os levem para casa.

Os livros estarão embrulhados em papel com a identidade visual da biblioteca e com fita na cor vermelha. Na parte externa do embrulho, colado no alto, à esquerda, um aviso traz dicas sobre os temas da obra com os seguintes dizeres: “Pegue este livro se você está interessado em: …”, e com um cartão com o número do BiblioZap, serviço de atendimento da biblioteca via aplicativo WhatsApp. O número é (0 XX 19) 99578-6759.

Quem achar um livro pode ajudar na divulgação do projeto nas redes sociais. Basta postar uma mensagem ou foto do livro achado com as hashtags #acheiumlivrohortolandia e #bibliotecacentralhto. Os sortudos também podem enviar mensagem e/ou foto para o BiblioZap.

Neste ano, o projeto já foi realizado no Jardim Amanda, no próprio Parque  Dorothy e no Creape (Centro de Referência em Educação Ambiental Parque Escola), localizado no Jardim Santa Clara do Lago. O coordenador Rafael Antonio da Silva explica que o objetivo é atender a solicitação de pedidos de moradores de bairros distantes da região central, onde fica a biblioteca municipal.

A Biblioteca Municipal“Terezinha França de Mendonça Duarte” fica no piso inferior do Open Shopping, localizado na rua Luiz Camilo de Camargo, 581, região central. Mais informações podem ser obtidas pelo BiblioZap, pelo telefone 3887-1684, ou pelo e-mail

\n

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.


.

O projeto “Achei Um Livro” foi criado em setembro de 2018 e é realizado sempre na segunda sexta-feira de cada mês. Por meio do projeto, a Prefeitura visa a formação e o cadastro de novos leitores na biblioteca, além de estimular a população a conhecer o espaço e, com isso, desmistificar a ideia de que a biblioteca é um lugar elitizado e mostrá-la como um ponto de convivência e de difusão de cultura. Atualmente, a Biblioteca Municipal conta com acervo de 16.000 títulos e cerca de 5.000 usuários cadastrados. Os leitores podem consultar o acervo da biblioteca on line por meio do site http://biblivre.hortolandia.sp.gov.br/Biblivre5/single/.

Confira abaixo as datas do projeto “Achei Um Livro” de fim de ano:

06/12  – Parque Lago da Fé

13/12  – região central 

20/12 – Parque Socioambiental “Irmã Dorothy Stang” (dentro da programação do 3º Natal Sustentável)

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Continue Lendo