Connect with us
Publicidade

Nossa Cidade

Terceira Mostra de Orquídeas começa sexta (06/09)

Prefeitura

Publicado

em

O evento começa da sexta (06), é gratuito e acontece no CCMI (Centro de Convivência da Melhor Idade) Remanso Campineiro, órgão da Secretaria de Governo localizado na Rua Euclides Pires de Assis, 200. A iniciativa é do próprio CCMI Remanso.

A exposição é aberta ao público e se encerra no domingo (08/09). Nos três dias, o horário de visitação é das 8h às 17h. Segundo Fernanda Fadiga, coordenadora do CCMI Remanso Campineiro, o objetivo é proporcionar aos idosos e aos demais visitantes momentos de convivência e aprendizado sobre o cultivo das orquídeas, tão apreciadas pelos frequentadores do espaço. Ao abrir o CCMI a toda a comunidade, fora do horário comercial de trabalho, a ideia é também oferecer à melhor idade esta opção de lazer além do horário das atividades rotineiras.

Durante a mostra, o visitante poderá ver os arranjos expostos, alguns deles de espécies raras, bem como comprar orquídeas cultivadas por dois expositores da região: a bióloga e orquidóloga Leonice Oliveira Preto, de Hortolândia; e o orquidicultor Sérgio Scantamburlo, de Sumaré.

Atualmente, há cerca de 950 idosos inscritos no CCMI Remanso Campineiro e uns 340 na unidade do Jd. Amanda.

SERVIÇO:

III Mostra de Orquídeas de Hortolândia

Dia: 06 a 08/09/2019, sexta, sábado e domingo

Hora: 8h às 17h

Local: Centro de Convivência da Melhor Idade Remanso Campineiro, na Rua Euclides Pires de Assis, 200

Parceiro: Expositores Leonice Oliveira Preto e Sérgio Scantamburlo

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia

Nossa Cidade

Trecho da avenida Panaíno em frente ao Centro de Especialidades Médicas é duplicado

Prefeitura

Publicado

em

Equipes da Prefeitura de Hortolândia trabalham, nesta semana, na duplicação da via que passa em frente ao Centro de Especialidades Médicas, que se integrará à avenida Panaíno, construída para unir as região do Jd. Santa Clara ao Jd. Novo Ângulo. A obra de duplicação neste trecho depende, ainda, da remoção de postes, ação que será realizada pela CPFL (Companhia Paulista de Força e Luz), ainda neste mês.

A implantação da avenida Panaíno é realizada pela Secretaria de Obras e inclui a duplicação de mais de dois quilômetros de avenida, construção de ponte sobre o córrego que corta a via, além de canteiro central, calçada para pedestres, ciclovia, guias e sarjetas, sistema de drenagem de águas pluviais e iluminação de LED. A obra utiliza recursos financiados pelo Banco CAF.

Com a avenida Panaíno, a população terá uma nova opção de trajeto entre as regiões da cidade, com viário mais rápido, seguro e eficaz. Hoje, os motoristas da região do Jd. Santa Clara precisam pegar a Av. da Emancipação para seguir em dois trajetos possíveis sentido Novo Ângulo: pela Ponte da Esperança ou pela Rodovia SP-101.

De acordo com a Secretaria de Obras, com a abertura da avenida Panaíno, a Prefeitura desafogará o trânsito na avenida da Emancipação, principalmente nos horários de pico. A nova avenida também facilitará o acesso dos motoristas ao Corredor Metropolitano, de onde será possível seguir para Campinas pela SP-101.

PIC

A obra da avenida Panaíno faz parte do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento), que prevê mais de 100 obras e serviços que promoverão o desenvolvimento urbano, ambiental, social e humano para que Hortolândia cresça com planejamento e sustentabilidade nos próximos 30 anos. As ações do PIC são realizadas por meio de parcerias com a iniciativa privada, governos estadual e federal, sendo que a principal fonte de recursos é um financiamento junto ao banco internacional CAF.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Hortolândia ultrapassa as 90 mortes por Covid-19

Portal Hortolândia

Publicado

em

A secretaria de Saúde de Hortolândia confirmou no início da tarde desta quinta-feira(6) mais duas mortes por coronavírus na cidade, chegando a um total de 92 óbitos motivados pela doença.

Um dos pacientes era um homem de 53 anos, que foi internado na Unidade Respiratória do Nova Hortolândia no dia 22/07, mesma data em que foi realizada a coleta de exame para diagnosticar a Covid-19.

O paciente foi transferido para o Hospital Municipal Mário Covas no dia 24/07 e o resultado confirmando o contágio por Coronavírus foi recebido no dia 31/07. O óbito aconteceu no dia 05/08.

A outra vítima era um homem de 60 anos, que inicialmente também foi internado na Unidade Respiratória do Nova Hortolândia no dia 27/07, mesma data em que foi realizada a coleta de exame para diagnosticar a Covid-19.

Ele foi transferido para o Hospital Estadual de Sumaré no dia 29/07. Seu exame positivo para Covid-19 foi recebido no dia 03/08. O óbito aconteceu no dia 30/07.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Serviços de poda e corte de árvores são realizados por região em Hortolândia

Prefeitura

Publicado

em

A fim de zelar pelo meio ambiente e cuidar do visual da cidade, a Prefeitura de Hortolândia reforça o serviço de poda e cortes de árvores por toda a cidade. Desde segunda-feira (03/08), as equipes atuam na região da Vila Real. O trabalho é realizado de acordo com as demandas recebidas e segue um cronograma de execução. De janeiro a julho deste ano foram atendidas 809 solicitações de poda e 185 solicitações de corte. O serviço pode ser solicitado via Whatsapp no número (19) 9.9976-4553.

De acordo com a Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, a ação, realizada em julho na região do Jd. Novo Ângulo, totalizou 258 podas e sete cortes de árvores. O total geral do mês foi de 37 cortes e 382 podas, com os serviços realizados nas demais regiões da cidade. A proposta é permanecer durante 15 dias na região da Vila Real.

Após o serviço realizado, visando ao desenvolvimento sustentável do município, o material é reaproveitado. Os troncos de árvores que precisaram ser cortadas, após realizado todo o estudo e em casos extremos como, por exemplo, de estarem com a sua estrutura comprometida ou oferecendo perigo, são reaproveitados e se transformam em bancos e mesas, instalados em espaços públicos da cidade, como escolas municipais, praças, parques e unidades de saúde. As peças são fabricadas artesanalmente por servidores do Viveiro Municipal, na Oficina de Reaproveitamentos de Madeiras de Cortes Autorizados, criada em 2018. 

Já os galhos, folhas e outras partes provenientes de podas e cortes de árvores removidas viram, após compostagem, adubo orgânico usado no próprio Viveiro Municipal e também doado à comunidade.

Cuidados necessários

Para a preservação do patrimônio verde que pertence a todos, esteja ele em área pública ou particular, segundo a Lei Municipal nº 1.937/2007, as podas de árvores devem obedecer às instruções previstas no GAUH (Guia de Arborização Urbana de Hortolândia). O corte, transplante ou intervenção é autorizado mediante Laudo Técnico, realizado após vistoria no local, emitido pelo profissional habilitado pela Administração Municipal. Todas as solicitações deverão ser protocoladas via Whatsapp.

No caso de podas e transplantes, a medida evitará não somente danos irreversíveis às espécies, que podem levar à morte destas, mas também multa aos responsáveis. Quando o corte ou a poda drástica acontecem de maneira irregular, seja em área pública, seja em área particular, em caso de flagrante ou denúncia, o responsável (tanto o mandante quanto o executor) está sujeito a multas que variam de acordo com a UFMH (Unidade Fiscal Municipal de Hortolândia). Neste ano, os valores das multas variam de R$ 177,21 a R$ 2.125,32. Já para compensação, que inclui replantio no local e ou doação, o valor poderá ser de R$ 382,86 até R$ 2.091,08.

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Populares