Connect with us
Publicidade

Nossa Cidade

Termina nesta sexta-feira (11/09) primeira etapa do Mapeamento Cultural em Hortolândia

Portal Hortolândia

Publicado

em

Encerra-se, nesta sexta-feira (11/09), a primeira etapa de cadastros do Mapeamento Cultural, em realização pela Prefeitura de Hortolândia. O cadastro tem o objetivo de mapear e identificar espaços culturais, agentes, grupos, coletivos, empresas, entidades, cooperativas e eventos regulares da cadeia produtiva cultural que atuam na cidade.

Os interessados podem preencher o formulário de forma online, através deste link, ou comparecer em um dos pontos disponibilizados (confira abaixo), neste caso mediante agendamento. Para dúvidas, a Secretaria de Cultura disponibilizou o WhatsApp (19) 9.9979-5576.

Mesmo com a finalização desta primeira etapa, o link continuará disponível e os interessados poderão realizar o cadastro, segundo a Secretaria de Cultura. Quem já estiver cadastrado deve atualizar os dados no mesmo link.

Com a realização do Mapeamento Cultural, a Administração poderá reconhecer todos os participantes da cadeia produtiva que trabalham de forma direta ou indireta com cultura, sendo um agente cultural dos mais diversos segmentos: música, teatro, dança, arte de rua, literatura, artesanato, sonorização, produção cultural, dentre outros.

Cadastro presencial

O cadastro também pode ser realizado presencialmente na Secretaria de Cultura, no Armazém das Artes e no Centro Cultural Inês Aparecida da Silva Afonso/ Escola de Artes Augusto Boal (confira endereços abaixo). O atendimento será com hora marcada. Para realizar o agendamento é necessário ligar para o telefone 3965-1400, nos ramais 7511 ou 7517. Para o atendimento presencial será necessário apresentar documentos originais (confira lista de documentos abaixo).

A ação é uma das etapas para a realização do repasse do auxílio emergencial aos trabalhadores do setor no município, de acordo com a Lei Federal n° 14.017/2020 (Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc). Dúvidas em relação ao cadastro devem ser encaminhadas ao e-mail: [email protected]. O prazo estipulado nesta primeira etapa é para que o município consiga ter uma base para cumprir o inciso II e III do art. 2°da Lei. Segundo a Secretaria de Cultura, o cadastro é permanente, sendo que o inciso I será cumprido pelo Governo do Estado de São Paulo.

Hortolândia receberá o repasse de R$ 1.519.909,72 para aplicação em ações emergenciais de apoio ao setor cultural, conforme estabelecido no art. 2º da Lei. Serão beneficiados todos os trabalhadores do setor cultural, fortemente atingido pela pandemia da Covid19, que tiveram de se reinventar, durante o período de isolamento social e, mesmo tendo sua renda impactada de forma parcial ou até mesmo total, seguem levando cultura até as pessoas por meio das mídias sociais. Os dados precisam ser preenchidos corretamente e todas as questões respondidas são sigilosas.

“Nosso objetivo é realizar este mapeamento para estarmos cada vez mais próximos a todos que integram a cadeia produtiva cultural. Entendemos que é extremamente prioritário para que as ações e medidas emergenciais venham a ser adotadas com maior precisão e assertividade com a recente regulamentação da Lei Aldir Blanc. O preenchimento do formulário não significa automática inscrição em nenhum programa, chamamento ou edital de recebimento de recursos, bem como em relação à renda emergencial”, destacou a secretária de Cultura, Alessandra Amora Barchini.

A LEI

A Lei Federal 14.017/2020, de 29 de junho de 2020, conhecida como Lei Aldir Blanc, tem como objetivo central estabelecer ajuda emergencial para artistas, coletivos e empresas que atuam no setor cultural e atravessam dificuldades financeiras durante a pandemia.

Em homenagem ao compositor e escritor Aldir Blanc, que morreu em maio, vítima da COVID-19, o projeto vem para socorrer profissionais e espaços da área que foram obrigados a suspender seus trabalhos. A Lei determina a liberação de R$ 3 bilhões em auxílio financeiro a artistas e a estabelecimentos culturais durante a pandemia do Coronavírus.

Os recursos devem ser aplicados por estados, Distrito Federal e municípios, em renda emergencial para os trabalhadores do setor, subsídios para manutenção dos espaços culturais e instrumentos como editais e prêmios.

SERVIÇO

Mapeamento Cultural

Data: até 11 de setembro (primeira etapa)

Link para cadastramento online: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSeyQmT6Sa-lSq13eSC4p8JTM_yN00AY0ipA8J_T2EOlKUr4Qg/viewform

Telefone para agendamento do cadastro presencial: 3965-1400, nos ramais 7511 ou 7517

Endereços:

Centro Cultural Inês Aparecida da Silva Afonso/Escola de Artes “Augusto Boal”: Rua Casemiro de Abreu – Jardim Amanda II

Secretaria de Cultura: Rua José Cláudio Alves dos Santos, 585 – Remanso Campineiro

Armazém das Artes: Rua: Sebastião Lázaro da Silva, 654 – Jardim Nossa Sra. de Fátima

Documentação necessária:

Para o atendimento presencial será necessário apresentar os seguintes documentos originais: RG ou CNH (Carteira Nacional de Habilitação), CPF e comprovante de endereço.

Pessoas físicas: apresentar foto profissional;

Espaço físico: o proprietário deverá apresentar comprovante de endereço do local;

Para coletivos: carta de anuência dos membros do grupo coletivo (original com assinaturas), logotipo do grupo (opcional);

MEIS e empresas: comprovante de endereço da empresa;

Eventos: logotipo do evento (opcional), portfólio do evento (obrigatório), press kit do evento e clipping;

Artistas mirins: carta de anuência em favor de representante legal (modelo de texto da carta de anuência está no mapeamento, basta copiar, colar em um editor de texto, preencher e assinar).

Dúvidas em relação ao cadastro devem ser encaminhadas ao e-mail: [email protected] ou no Whatsapp (19) 9.9979-5576.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia

Nossa Cidade

Coronavírus Hortolândia: 3784 casos confirmados, 3581 curados e 132 óbitos

Redação

Publicado

em

Por

O boletim sobre coronavírus divulgado pela Secretaria de Saúde de Hortolândia, nesta sexta-feira(18) mostra que o município teve 3784 casos confirmados, 3581 curados e 132 óbitos.

Casos confirmados: 05 pacientes internados em UTI’s fora do município; 03 em enfermaria fora do município; 0 no Hospital Municipal Mário Covas; 04 em internação na Unidade Respiratória do Nova Hortolândia; 10 em isolamento domiciliar.

Casos suspeitos: 06 casos internados em UTI’s fora do município; 04 em enfermaria fora do município; 0 caso no Hospital Municipal Mário Covas; 02 em internação na Unidade Respiratória do Nova Hortolândia; 433 em isolamento domiciliar.

3694 casos já foram descartados mediante resultado do exame de Covid-19.

A partir de 17/05, os casos de síndrome gripal sem coleta de exames estão excluídos dos boletins diários. Somente constarão no relatório, os casos em que são colhidos exames para diagnosticar pacientes contaminados pelo Coronavírus.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

90% das vagas de emprego do Assaí atacadista são preenchidas por moradores de Hortolândia

Redação

Publicado

em

Por

Hortolândia dá mais um importante passo para a retomada do crescimento econômico. Um novo empreendimento comercial, o atacadista Assaí, inaugurou, nesta sexta-feira (18/09), sua nova loja no município. Dos 500 novos empregos, diretos e indiretos, gerados no município, 90% das vagas foram preenchidas por moradores da cidade. As informações são da rede atacadista. Hortolândia conquistou a filial no ano passado, quando a empresa anunciou sua intenção de abrir uma loja na cidade em reunião com representantes da Prefeitura.

Para auxiliar os interessados no cadastramento e preenchimento do currículo, o PAT (Posto de Atendimento ao Trabalhador), órgão vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Turismo e Inovação, ofereceu suporte e realizou orientações aos candidatos interessados em concorrer às vagas de emprego divulgadas pela empresa do setor atacadista Assaí. O processo de seleção foi realizado pela internet.

A conquista de novas empresas para a cidade, com geração de emprego e renda, é uma das prioridades da Administração Municipal, que realiza ações e obras, por meio de parcerias com o setor público e a iniciativa privada, para incentivar o desenvolvimento urbano, ambiental, social e humano de forma planejada e sustentável. Dentre as novas empresas que chegaram à cidade estão Odata (tecnologia), Embalixo (fabricante de embalagens) e Assaí Atacadista (comércio atacadista).

Hortolândia tem grande capacidade de atração de investimentos, o que pode ser constatado pelo crescente número de instalação de empresas no município. De acordo com a base de dados do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), que utiliza informações da Receita Federal, o número total de estabelecimentos na cidade praticamente triplicou, desde 2018, totalizando, em 2020, 8.814 estabelecimentos, o que representa um constante crescimento e desenvolvimento do município. Nos dados divulgados pela Jucesp (Junta Comercial do Estado de São Paulo), somente no mês de agosto, foram registradas a abertura de 61 novas empresas.

“A inauguração do Assaí Atacadista em Hortolândia é mais uma evidência de como o mercado consumidor da cidade está cada vez mais atrativo para novos investimentos. Sua instalação é mais um motivo para que o cidadão gaste na cidade, para que o comerciante possa suprir seu estabelecimento com produtos em valores competitivos e que a economia local se beneficie dessa novidade. Nos seus quase 15 mil metros quadrados o atacadista gerou 300 postos de trabalho diretos impactando positivamente todas essas famílias em momento de acentuada crise. O momento de hoje representa uma grande esperança diante dos momentos difíceis que vivemos com a pandemia e dá mais uma amostra da resiliência da nossa cidade”, enfatizou a secretária de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Turismo e Inovação, Monique Freschet.

MAIS MOBILIDADE E MELHORIAS NO TRÂNSITO

A Prefeitura de Hortolândia trabalha na finalização de um novo viário nas proximidades do atacadista Assaí, na Região Central. No local são realizadas obras de prolongamento de duas novas ruas que vão integrar a rua Luiz Camilo de Camargo ao Jardim das Paineiras. Além de facilitar o tráfego de veículos pela principal área comercial da cidade, o viário inclui ciclovia e calçada para pedestres, ampliando a mobilidade das pessoas. O serviço é realizado com recursos financiados pelo Banco CAF.

A EMPRESA

De acordo com o grupo empreendedor, a primeira loja do Assaí Atacadista surgiu em São Paulo, em 1974, com foco no abastecimento do pequeno transformador. Em 2007, a empresa passou a fazer parte do GPA, uma empresa do Grupo Casino e maior varejista do Brasil. Essa parceria alavancou a história de crescimento e, assim, de 14 o atacadista passou a ter 175 lojas, com geração de mais de 45 mil empregos.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Rodovias do Tietê distribui antenas anti cerol na rodovia SP-101 em Hortolândia

Avatar

Publicado

em

Os motociclistas que passam pela Rodovia jornalista Francisco Aguirre de Proença (SP-101) na manhã desta sexta-feira (18) no quilômetro 14, em Hortolândia receberam gratuitamente, antenas capazes de cortar linhas de pipa com cerol que foram acopladas ao guidão do veículo. O objetivo da distribuição é evitar acidentes com usuários ao longo da via.

As equipes distribuíram quarenta antenas, na Base de Serviço de Atendimento ao Usuário. Os agentes contaram com o apoio da Artesp e do Policiamento Rodoviário do 4° Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv).

Toda a ação seguiu os protocolos onde foi respeitado às normas da vigilância sanitária e as equipes devidamente equipadas com EPIs, e os motociclistas abordados de forma aleatória e contida para evitar aglomerações.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Noticias

Publicidade

Youtube

 

PONTE DA ESPERANÇA

Populares