Connect with us
Publicidade


Nossa Cidade

Trabalho de nebulização prossegue no Jardim Adelaide para eliminar mosquito Aedes aegypti

Prefeitura

Publicado

em

O Coronavírus é a grande preocupação do momento. Mas a Prefeitura de Hortolândia mantém o foco em outra importante ação de saúde na cidade: a prevenção e o combate à Dengue. Nesta semana, a Administração continua com o trabalho de nebulização no Jardim Adelaide. 

Publicidade

Agentes da UVZ (Unidade de Vigilância e Zoonoses), órgão da Secretaria de Saúde, visitam as casas dos moradores para eliminar focos de criadouro de larvas do mosquito Aedes aegypti, causador de Dengue, Zika e Chikungunya. Para isso, eles executam a ação com o auxílio de aparelhos nebulizadores costais motorizados que espalham o inseticida. Segundo a Vigilância Sanitária, órgão da Secretaria de Saúde, o município registra, até o momento, 1.411 casos notificados de Dengue, dos quais 358 positivos, 466 negativos, 587 aguardam resultado e nenhum óbito. Já de Chikungunya, o município registra, até o momento, um caso notificado que aguarda resultado e nenhum óbito. A cidade não tem nenhum caso de Zika e nenhum óbito.  

Além desta ação, a Prefeitura tem realizado a nebulização veicular, em parceria com a Sucen (Superintendência de Controle de Endemias), órgão do governo estadual, em diversas regiões da cidade. A ação consiste em espalhar inseticida em forma de vapor, a partir de um veículo equipado, a fim de eliminar o Aedes aegypti. Para que o inseticida tenha maior eficácia, a nebulização deve ser feita durante três dias seguidos. 

10 MINUTOS  

A Prefeitura de Hortolândia salienta que a população também deve fazer sua parte e colaborar na prevenção e no combate ao Aedes aegypti. Para isso, a Secretaria de Saúde está com a campanha “10 minutos contra o mosquito”, na qual explica como é possível, em apenas 10 minutos por semana, acabar com o ciclo de procriação do inseto. 

No material informativo da campanha, há orientações para checar alguns itens dentro de casa e nos quintais, e realizar ações como manter tampados tonéis, barris e caixas d´água, colocar telas em ralos e mantê-los limpos, entre outras medidas. O material está disponível no site da Prefeitura, neste LINK.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia

Nossa Cidade

Prefeitura continua trabalho de recuperação em área com afundamento de solo no Amanda

Portal Hortolândia

Publicado

em

Após as fortes chuvas registradas na semana passada em Hortolândia, ultrapassando 55 milímetros na quarta-feira (18/11), volume registrado pela Defesa Civil municipal, a Prefeitura    realiza reparos em tubulações que cederam no trecho da rua Duque de Caxias, entre as duas lagoas, no Jardim Amanda.

Publicidade

Segundo a Secretaria de Serviços Urbanos, no local, tubulações de águas pluviais foram rompidas pela força da água durante as chuvas. Como a área está entre as duas lagoas, ela é naturalmente mais úmida. Isso causou o solapamento do solo, que é a infiltração seguida de afundamento causada pela grande quantidade de água.

Segundo a Secretaria de Serviços Urbanos, para o conserto das tubulações, o asfalto é retirado, a tubulação recebe manutenção e, depois, a área é aterrada com nova base. Em seguida, o trecho será pavimentado. Parte do trânsito na rua está interditado, desde sábado (21/11), para a realização das obras de reparo nas tubulações.

De acordo com a Secretaria de Serviços Urbanos, o trabalho deve ser concluído em 10 dias. Enquanto isso, o acesso a via continua restrito. A Secretaria de Mobilidade Urbana já sinalizou o local, acompanha as obras de reparos, e os motoristas, se possível, devem evitar circulação pela região para prevenir acidentes.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Tarifas de pedágio terão reajuste em 1º de dezembro

Portal Hortolândia

Publicado

em

As tarifas dos pedágios do trecho sob concessão da Rodovias do Tietê serão reajustadas à zero hora da próxima terça-feira, (01/12), conforme valores que foram publicados no Diário Oficial do Estado da última sexta-feira (20). A atualização da tarifa segue os critérios contratuais, com a correção de inflação pelo indicador econômico IPCA acumulado entre julho/2019 e junho/2020.

Publicidade

O reajuste deveria ter entrado em vigor em 1º de julho, conforme estabelecido em contrato de concessão válido para as rodovias das três primeiras etapas do Programa de Concessões Rodoviárias do Estado de São Paulo, mas foi postergado em razão da pandemia da Covid-19.

Segundo dados fornecidos pela Agência Reguladora dos Transportes do Estado de São Paulo (ARTESP), as tarifas contratuais da Rodovias do Tietê foram reajustadas em 1,87%, e corresponde apenas à reposição da inflação medida pelo IPCA entre julho de 2019 e junho de 2020.

O pedágio é a principal fonte de recurso para investimento em ampliação e modernização da malha rodoviária concedida no Estado de São Paulo, o que inclui obras de duplicação, manutenção, serviços de socorro médico, mecânico e inspeção de tráfego.

Confira abaixo tabela com as tarifas que serão reajustadas nas nove praças de pedágio da Rodovias do Tietê.

img ilustrativa

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Câmara votará, em breve, Lei Orçamentária Anual. Município teve receitas ampliadas

Prefeitura

Publicado

em

O orçamento de Hortolândia estabelecido para o próximo ano, de acordo com a Secretaria de Finanças da Prefeitura, é de aproximadamente R$ 1 bilhão, conforme a LOA (Lei Orçamentária Anual), que será votada na Câmara de Vereadores, nos próximos dias. O Projeto de Lei 157/20019, de autoria do Poder Executivo, detalha as despesas e receitas da Administração Municipal, com a indicação de todas as fontes de recursos e a destinação dos valores arrecadados para 2021.

Publicidade

De acordo com o secretário de Finanças, Pedro Galindo, uma alavanca importante para o orçamento do ano que vem é o crescimento do repasse do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços). Este valor é calculado com base na diferença de entrada e saída de mercadorias e serviços no município, na receita própria, no índice populacional, entre outros fatores. O valor arrecadado pelos municípios é enviado ao Governo do Estado, que calcula o repasse destinado às cidades e faz a divisão. 

“Isso demonstra que Hortolândia só tem crescido, pois, mesmo em tempos de crise e com a pandemia do Coronavírus, estamos conseguindo resistir e movimentar a economia. Para o próximo ano, temos orçamento para ações importantes, como ampliação de ciclovias na cidade, instalação de novos pontos de ônibus, reforço na sinalização de trânsito e a principal obra da Administração Municipal, que é a conclusão da reforma e ampliação do Hospital Mário Covas”, destacou Galindo.

SUPERAÇÃO DESDE O INÍCIO DA GESTÃO

Desde 2017, quando o prefeito Angelo Perugini assumiu a Prefeitura, o município trabalha para ampliar a receita municipal e aumentar os investimentos em obras e serviços. Em 2016, a arrecadação foi de R$ 696,8 milhões. Os números, desde então, vêm crescendo. Conforme dados da Secretaria de Finanças, em 2017, a arrecadação foi de R$ 720,9 milhões; em 2018, foi de R$ 757,6 milhões; e, até outubro deste ano, R$ 753, 9 milhões. 

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Noticias

Publicidade

Youtube

 

PONTE DA ESPERANÇA

Populares