Connect with us
Publicidade


Nossa Cidade

Vencedores do 2o Festival de Música apresentam-se no Rodeio

Prefeitura

Publicado

em

 

No dia de aniversário de Hortolândia, celebrado neste domingo (19/05), os vencedores do 2o. Festival de Música “Educando para o Talento”, promovido pela Prefeitura, ganharam um presente extra. Lívia M. R. de Góis, de 10 anos, e Nathã Felipe G. Cupertino, de 11 anos, que conquistaram o 1o e o 2o lugares, respectivamente, tiveram uma noite de profissionais. Os dois jovens talentos, recém-revelados, apresentaram-se no Palco Principal da Festa do Peão de Hortolândia, o mesmo que, nesta edição, recebeu nomes conhecidos nacionalmente, como Wesley Safadão, Marília Mendonça e a dupla Fernando e Sorocaba. Eles atenderam ao convite feito pelo prefeito Angelo Perugini, na manhã da final do festival.

Estudante da Emef (Escola Municipal de Ensino Fundamental) Profª Maria Célia Cabral Amaral, no Jd. Amanda II, a menina interpretou a música “Pássaro de Fogo”, da cantora e compositora Paula Fernandes. Já o aluno da Emef Dayla Cristina Souza de Amorim, no Jd. Santiago, optou por um hit do repertório internacional, o sucesso “Cathing Fire”, de Maia Reficco, da série Kally’s Mashup. Na noite fria, os dois intérpretes enfrentaram o público, formado por milhares de pessoas, como se já fossem cantores experientes.

Ao ganhar o concurso, Lívia revelou o desejo de se tornar cantora profissional, na idade adulta. “Estar aqui é uma oportunidade imensa, uma conquista para mim. Eu amei. Eu vou ensaiar mais, pra sempre, para quando eu crescer, eu ser uma linda cantora”, afirmou a menina, emocionada. Na vida de Nathã, a música também ocupa lugar especial. “A música é minha vida. Agora eu vou comemorar. Estou muito feliz por este momento. Quero agradecer a Deus e à minha família. Estou muito feliz””, revelou o menino.

Sobre o Festival de Música

Encerrado na última sexta-feira (17/05), o Festival integra as comemorações pelos 28 anos de aniversário da cidade. Neste ano, o evento contou com 159 inscritos em 22 escolas, 99 classificados para as eliminatórias, 40 semifinalistas e oito finalistas, assim como 3.500 estudantes na plateia. Segundo a Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia, a iniciativa é voltada a estudantes da rede municipal, do 1o ao 9o ano, e visa incentivar, desenvolver e aprimorar a cultura musical entre os estudantes municipais, valorizando os jovens cantores existentes dentro da escola. Pretende também despertar novos talentos e contribuir para a formação de público. A secretária de Educação, Ciência e Tecnologia, Sandra Fagundes Freire, já anunciou a 3a. Edição do Festival.

“Ter a possibilidade de ter os nossos dois finalistas se apresentando no Rodeio da nossa cidade foi um marco muito interessante. Estamos na segunda edição do Festival e a experiência, por si só, já marca completamente, de forma positiva, a vida dos nossos alunos. A possibilidade de cantar no Rodeio imediatamente demonstra o quanto a música pode levá-los a outras experiências e a lugares inusitados, como esta apresentação, que já tínhamos o público da cidade, um público grande. Isso mexe com a autoestima de nossas crianças e também com o nosso maior objetivo, que é eles perceberem o quanto são talentosos. Serve de referência para as crianças que estão na escola também, porque os colegas os assistiram, os familiares e isso fez uma diferença muito grande. Foi a primeira vez. Para o próximo ano, já estamos nos organizando para que possamos continuar e de forma ainda mais organizada”, afirmou Sandra.

Conheça os vencedores do 2o. Festival de Música “Educando para o Talento”

1. Lívia M. R. de Góis (Emef Profª Maria Célia Cabral Amaral) – Pássaro de Fogo

2. Nathã Felipe G. Cupertino (Emef Dayla Cristina Souza de Amorim) – Cathing Fire

3. Cibelle Dias Barbosa (Emef Tarsila do Amaral) – Ressuscita-me

4. Ana Gabrielly dos Anjos (Emeb Interlagos) – Maranata

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia

Nossa Cidade

Prefeitura tem canal de denúncia para casos de intolerância religiosa

Prefeitura

Publicado

em

Esta quinta-feira (21/01) é dia de reflexão no Brasil, debate que, a cada dia, cresce em importância. A Lei 11.635, de 27 de dezembro de 2007, instituiu, nesta data, o Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa, que coincide com o Dia Mundial da Religião. 

Hortolândia conta com um serviço de combate à intolerância religiosa. Casos assim podem ser denunciados ao Setor de Políticas Públicas de Promoção de Igualdade Racial, órgão da Secretaria de Governo da Prefeitura. Basta ligar para o telefone 3965-1472 (veja abaixo). 

“Queremos chamar a atenção da população para a problemática da intolerância religiosa, tal fenômeno advindo pela ignorância e desrespeito às diversidades religiosas. No Brasil, o preconceito e a ‘intolerância religiosa’ são considerados crimes passíveis de punição previstas no Código Penal. A Prefeitura tem desenvolvido rodas de conversas cuja temática tem sido o diálogo religioso, buscando promover o conhecimento, respeito e incentivar a convivência pacífica e o diálogo entre os diversos credos existentes. Acreditamos que o respeito e o diálogo são ferramentas necessárias na construção de uma nova sociedade”, assinala o diretor do Departamento de Direitos Humanos e Políticas para as Mulheres, Fabiano Cavalcante.

Sobre a data

Segundo o Departamento de Direitos Humanos e Políticas para as Mulheres, a escolha da data, 21/01, é uma homenagem à Mãe Gilda do terreiro Ilê Axé Abassá de Ogum, localizado em Itapuã, Salvador. Após ser agredida física e verbalmente e ter a casa e o terreiro atacados, em outubro de 1999, sendo acusada de charlatanismo por pessoas de outra religião, a religiosa não resistiu. Faleceu em janeiro do ano seguinte, após sofrer um infarto. 

Mãe Gilda tornou-se símbolo do combate à “intolerância religiosa”, principalmente às de matriz africana, que, segundo pesquisa, é o grupo com maior número de vítimas no país.

SERVIÇO: 

Setor de Políticas Públicas de Promoção de Igualdade Racial

Rua Argolino de Moraes, 405 – Vila São Francisco. 

Telefone (19) 3965-1472

E-mail:
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Moradores reclamam de ponto de descarte irregular de lixo no Jd. São Sebastião 

Redação

Publicado

em

Por

Moradores do Jardim São Sebastião em Hortolândia reclamam de um ponto de descarte irregular de lixo em uma área onde havia um posto de saúde na rua das Orquídeas. Pilhas de entulho se acumulam no local.

A equipe do PORTAL HORTOLÂNDIA, foi até o local e flagrou a situação. Algumas pessoas jogavam restos de construção e, mesmo depois de informadas da irregularidade continuaram com o descarte.

Como o local também fica em uma área próxima de casas, vários moradores reclamam da situação e dizem, inclusive, que o local serve como esconderijo para ladrões. 

O pintor Renato Miranda relata que até animais peçonhentos já foram encontrados nas casas que ficam próximas ao local por conta do lixo. “O pessoal reclama de escorpião, cobra”, contou.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Cidade

Prefeitura implanta sinalização de solo para auxiliar deficientes visuais

Prefeitura

Publicado

em

Imagine-se na seguinte situação: sair para visitar amigos ou fazer uma compra e, na volta, não encontrar a exata localização de casa. O que parece enredo de filme é, na verdade, realidade diária para quem tem deficiência visual. Para auxiliar dois munícipes cegos, que passam por esta dificuldade, a Prefeitura de Hortolândia implantou, nesta terça-feira (19/01), tachões em frente à casa do casal, localizada no Jardim Amanda.

A sinalização foi implantada no pavimento, rente à sarjeta, a pedido dos próprios munícipes, que buscaram ajuda junto à Administração Municipal. “Eles conversaram conosco e, então, a gente instalou para eles a sinalização de solo. Quando eles vêm, para procurar a casa deles, batem nos dois tachões e sabem que é lá que fica a porta da casa deles”, explica o diretor de Operações, José Eduardo Vasconcellos.

Paranaense radicado em Hortolândia desde 1991, o locutor de loja Anadílson Cantuária do Prado comemorou o feito como uma “conquista” pela qual ansiava havia algum tempo, desde que soube da sinalização existente em frente à casa de amigos, também cegos, no Jardim Amanda II. “Lá eles têm tartarugas bem em frente e, quando vinham da cidade, encontravam fácil a casa. Isso ajuda muito. Quem não tem esta deficiência precisa entender que o piso tátil e a audiodescrição são o melhor dos mundos para o deficiente visual. Sei disso, porque participo dessa discussão há anos”, comenta ele, certo de que a nova sinalização trará melhores dias para ele e a esposa Maiane de Souza Silva, que também é cega.

Outros deficientes interessados no serviço podem procurar o Protocolo Geral e solicitar, junto à Secretaria de Mobilidade Urbana, o projeto de sinalização para auxiliar deficientes visuais. O Setor, que funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, está localizado no térreo do Paço Municipal Palácios das Águas, na Rua José Cláudio Alves dos Santos, 585, no Remanso Campineiro.

SERVIÇO:

Projeto de sinalização para auxiliar deficientes visuais  

Paço Municipal Palácio das Águas – Protocolo Geral

Rua José Cláudio Alves dos Santos, 585, Remanso Campineiro

segunda a sexta-feira, das 8h às 17h

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Populares