Connect with us
Publicidade


Nossa Região

Celebrar o Natal é também ajudar as famílias mais vulneráveis que sofrem com os efeitos da pandemia do novo coronavírus

Redação

Publicado

em

A fome voltou a crescer no Brasil, segundo a “Pesquisa de Orçamentos Familiares 2017-2018: Análise da Segurança Alimentar no Brasil”, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgada em 17/9/2020. De acordo com o documento, em cinco anos (2013-2018), cresceu em 3 milhões o número de pessoas em situação de insegurança alimentar grave. Mais de 10,3 milhões de brasileiros vivem esse drama e quase 50% dos famintos estão na região Nordeste. Além disso, metade das crianças no país com até 5 anos de idade tem restrição no acesso à alimentação de qualidade.

Com a pandemia do novo coronavírus, essa situação tende a se agravar mais ainda. Por isso, a Solidariedade tem sido fundamental para ajudar a amenizar a situação de muitas dessas famílias brasileiras, principalmente neste período de tantas incertezas.

Celebre o Natal ajudando uma família

Além do trabalho diário que realiza em suas 82 unidades de atendimento, a Legião da Boa Vontade (LBV) promove diversas campanhas em socorro às populações em risco alimentar. A LBV entregou de março a setembro, de forma organizada, mais de um milhão e quinhentos mil quilos em doações, a exemplo de cestas de mantimentos contendo itens essenciais (perecíveis e não perecíveis), o que tem ajudado a garantir a alimentação na mesa de muitas famílias que sofrem com o desemprego, a falta de renda, a escassez de alimentos, as estiagens, entre outros desafios.

A união e a ajuda de todos são fundamentais para a continuidade desse trabalho humanitário. Por isso, neste Natal, a Legião da Boa Vontade tem como meta entregar 50 mil cestas de alimentos e 50 mil kits de limpeza para famílias em situação de vulnerabilidade social em 175 cidades brasileiras, por meio de sua tradicional campanha Natal Permanente da LBV — Jesus, o Pão Nosso de cada dia! O objetivo é beneficiar as famílias atendidas nos serviços e programas socioeducacionais da Instituição e também as assistidas por organizações parceiras assessoradas pela LBV, proporcionando a elas um Natal digno e sem fome.

Itens que você pode doar

Arroz, feijão, óleo, açúcar, café, leite em pó, macarrão, farinha de mandioca, canjiquinha, fubá, farinha de trigo, farinha de milho, extrato de tomate, salsicha e sardinha enlatadas e sal; e ainda água sanitária, sabão em barra e detergente.

Doações de qualquer valor podem ser feitas pelo site www.lbv.org.br ou pelo telefone 0800 055 50 99. Já as doações de alimentos podem ser entregues nas unidades da LBV mais próxima de sua casa (consulte: www.lbv.org/enderecos). Acompanhe as ações realizadas pela Legião da Boa Vontade nas redes sociais, pelo endereço @LBVBrasil no Facebook, no Instagram e no YouTube.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia

Nossa Região

Hortolândia e região regride de fase no Plano SP contra Covid-19

Redação

Publicado

em

Por

O governo do estado anunciou nesta sexta-feira(22) que o Departamento Regional de Saúde (DRS-7) de Campinas, o que Hortolândia faz parte, vai regredir à fase vermelha, a mais restritiva do Plano São Paulo, aos finais de semana e feriados, e das 20h às 6h em dias úteis, passando a valer a partir de segunda-feira (25).

Aos sábados, domingos, e todos os dias úteis após às 20h apenas serviços essenciais como padarias, mercados e farmácias podem funcionar. Bares, restaurantes e comércio não poderão abrir.

Fora destes períodos, os municípios da região de Campinas também regrediram da fase amarela para a fase laranja, que não pode, por exemplo, ter a abertura de bares.

De acordo com o governo do estado a taxa de ocupação dos leitos de UTI atingiu 70,4% no Departamento Regional de Saúde (DRS-7), que tem sede em Campinas. O índice indicou que a região deveria mesmo ser reclassificada para a fase laranja.

CONFIRA COMO FICA NA FASE LARANJA

COMÉRCIO:

  • Capacidade 40% limitada
  • Horário reduzido (8 horas): Após as 6h e antes das 20h
  • Adoção dos protocolos geral e setorial específicos

SHOPPINGS E GALERIAS:

  • Capacidade 40% limitada
  • Horário reduzido (8 horas): Após as 6h e antes das 20h
  • Praças de alimentação: funcionamento de acordo com a categoria do estabelecimento
  • Adoção dos protocolos geral e setorial específicos

SALÕES DE BELEZA E BARBEARIAS:

  • Capacidade 40% limitada
  • Horário reduzido (8 horas): Após as 6h e antes das 20h
  • Adoção dos protocolos geral e setorial específicos

RESTAURANTES E SIMILARES – CONSUMO LOCAL

  • Capacidade 40% limitada
  • Horário reduzido (8 horas): Após as 6h e antes das 20h
  • Consumo local e atendimento exclusivo para clientes sentados
  • Venda de bebidas alcóolicas até as 20h
  • Adoção dos protocolos geral e setorial específico

BARES – CONSUMO LOCAL

  • Atividade não permitida

ACADEMIAS E CENTROS DE GINÁSTICA

  • Capacidade 40% limitada
  • Horário reduzido (8 horas): Após as 6h e antes das 20h
  • Agendamento prévio e hora marcada
  • Permissão apenas de aulas e práticas individuais, suspensas as aulas e práticas em grupo
  • Adoção dos protocolos geral e setorial específicos

EVENTOS, CONVENÇÕES E ATIVIDADES CULTURAIS

  • Capacidade 40% limitada
  • Horário reduzido (8 horas): Após as 6h e antes das 20h
  • Obrigação de controle de acesso, hora marcada e assentos marcados
  • Assentos e filas respeitando distanciamento mínimo
  • Proibição de atividades com público em pé
  • Adoção dos protocolos geral e setorial específico

OUTRAS ATIVIDADES QUE GEREM AGLOMERAÇÃO

  • Não Permitido
Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Região

Ação voluntária de artistas recria painel na Praça Arautos da Paz

Redação

Publicado

em

Por

Os artistas plásticos Rogério Pedro e Luciane Moreira vão recriar o painel “As Divas”, de autoria de ambos, localizado na Praça Arautos da Paz. A ação é voluntária e sem custos para a Prefeitura de Campinas.

“A iniciativa desses artistas é um exemplo da qualidade e do desprendimento de nossa classe artística. A cidade agradece a generosidade de ambos”, afirmou a secretária Municipal de Cultura, Sandra Ciocci. O objetivo, segundo os artistas, é transformar a paisagem urbana, fortalecendo a cultura e arte local em um ponto de grande importância e visibilidade em Campinas.

A previsão da entrega da obra é no domingo, dia 24 de janeiro. O painel original data de 2016 e foi realizado pelos mesmos artistas. O mural terá 12 metros de altura por três metros de largura, que totalizam 36 metros quadrados.

A obra busca inspiração na figura de Carmem Miranda e a nova versão retrabalha elementos da composição original. “É um trabalho autoral, uma pintura mural que vamos revitalizar, de forma voluntária, em apoio à cultura e arte da cidade”, disse Rogério Pedro.

Rogério Pedro e Luciane Moreira contam com o apoio da Secretaria Municipal de Cultura, que cedeu o local, e do Grupo APC (www.grupoapc.com.br) que cedeu a plataforma para alcançar toda a extensão da torre. A tinta foi obtida pelo próprio artista.

Sobre os autores

Rogério Pedro e Luciane Moreira são sócios no Estúdio RoLú, localizado em Campinas. A dupla de artistas marca sua trajetória em telas, cenografia, pintura mural e ilustrações publicitárias e editoriais.

Ambos têm notoriedade no mercado nacional e internacional, participando de importantes projetos no Brasil, Áustria, Argentina, EUA, França, Espanha, Suíça, Alemanha e nos Emirados Árabes. Também na bagagem há projetos feitos para clientes como Adobe, Red Bull, Uber, Kellogg’s, Canal GNT, Rede Globo, Instituto Ayrton Senna e parcerias com artistas consagrados da música como Carlinhos Brown, Margareth Menezes e Sandra de Sá.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Região

Primeiros vacinados contra Covid19 em Campinas

Portal Hortolândia

Publicado

em

Na tarde desta segunda-feira (18) foram vacinados os primeiros profissionais no HC da Unicamp. São profissionais da saúde que atuam na linha de frente no combate à covid19.

A primeira pessoa imunizada (1ª foto) foi Liane Mascarenhas Tinoco, técnica de enfermagem, baiana de 48 anos e que trabalha há 14 anos no HC.

Neste primeiro momento, a vacinação será para os profissionais de saúde que estão na linha de frente do combate à doença na unidade. Ao todo, 60 mil trabalhadores dos seis hospitais de referência serão imunizados.

Além do HC da Unicamp, as outras unidades são: HC de São Paulo; HC de Ribeirão Preto (USP), HC de Botucatu (Unesp), HC de Marília (Famema) e Hospital de Base de São José do Rio Preto (Funfarme).

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Noticias

Publicidade

Youtube

 

PONTE DA ESPERANÇA

Populares