Connect with us
Publicidade


Nossa Região

Igrejas se unem para realizar ação social com moradores em situação de rua

Portal Hortolândia

Publicado

em

Um grupo de 60 voluntários ligados a Igreja Evangélica Assembleia de Deus do Ministério do Belém em Hortolândia realizaram um importante trabalho de ação social com os moradores em situação de rua do Centro de Campinas/SP, a ação aconteceu na praça José Bonifácio.

Três igrejas da cidade (Congregações da AD do Jardim Santa Esmeralda, Orestes Ôngaro e Amanda IV) se uniram para realizar a atividade humanitária.

Durante a ação foram distribuídas cerca de 500 refeições, acompanhadas de suco e água. Também foram distribuídos roupas e cobertores. Uma grande fila se formou com centenas de homens e mulheres em torno da infraestrutura montada pelos voluntários.

O grupo distribuiu literaturas bíblicas, orientou os moradores de rua viciados em drogas, cantaram e oraram de mãos dadas, formando um grande círculo; pastores se revezaram nas abordagens e aconselhamentos.

Um coral masculino “Valentes de Davi” se apresentou para os moradores em situação de rua, muitos se emocionaram como o Senhor José Zeferino, de 50 anos, Ex-Fiel da Igreja Presbiteriana. “Fazem 25 dias que saí de casa, larguei tudo; tenho duas duas filhas pequenas, o vício do álcool acabou com a minha vida, quero muito a ajuda de Deus para me levantar. ” Explica Zeferino, em lágrimas.

O trabalho de voluntariado tem sido uma experiência muito importante para os participantes e tem sido estimulado nos ministérios da igreja. A ação contou com a ajuda de muitas mulheres voluntárias que deixaram os seus afazeres domésticos para preparar toda a alimentação, um trabalho que exigiu muita dedicação.

O Líder do Departamento da Assistência Social da AD Hortolândia Pr. Marcos Marques classificou a ação como um grande sucesso. “Mais uma vez tivemos grande êxito no trabalho de ajuda humanitária aos nossos irmãos em situação de rua, entregamos cerca de 500 refeições que foram  preparadas com muita qualidade,  amor e carinho pelas nossas irmãs, levamos esperança e uma mensagem de esperança e reconciliação aos nossos irmãos em situação de rua, realmente foi uma noite de grande bênçãos, saímos renovados e reafirmamos que a igreja é peça chave a reestruturação da sociedade, em breve voltaremos, vamos fazer um rodízio e incluir todas as nossas 50 filiais nesse trabalho..” Finalizou Pastor Marques.

Qualquer pessoa independente da religião pode participar das atividades desenvolvidas pela igreja, basta que procure um agente missionário em uma das 50 filiais espalhadas pela cidade.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia

Nossa Região

Hortolândia e região regride de fase no Plano SP contra Covid-19

Redação

Publicado

em

Por

O governo do estado anunciou nesta sexta-feira(22) que o Departamento Regional de Saúde (DRS-7) de Campinas, o que Hortolândia faz parte, vai regredir à fase vermelha, a mais restritiva do Plano São Paulo, aos finais de semana e feriados, e das 20h às 6h em dias úteis, passando a valer a partir de segunda-feira (25).

Aos sábados, domingos, e todos os dias úteis após às 20h apenas serviços essenciais como padarias, mercados e farmácias podem funcionar. Bares, restaurantes e comércio não poderão abrir.

Fora destes períodos, os municípios da região de Campinas também regrediram da fase amarela para a fase laranja, que não pode, por exemplo, ter a abertura de bares.

De acordo com o governo do estado a taxa de ocupação dos leitos de UTI atingiu 70,4% no Departamento Regional de Saúde (DRS-7), que tem sede em Campinas. O índice indicou que a região deveria mesmo ser reclassificada para a fase laranja.

CONFIRA COMO FICA NA FASE LARANJA

COMÉRCIO:

  • Capacidade 40% limitada
  • Horário reduzido (8 horas): Após as 6h e antes das 20h
  • Adoção dos protocolos geral e setorial específicos

SHOPPINGS E GALERIAS:

  • Capacidade 40% limitada
  • Horário reduzido (8 horas): Após as 6h e antes das 20h
  • Praças de alimentação: funcionamento de acordo com a categoria do estabelecimento
  • Adoção dos protocolos geral e setorial específicos

SALÕES DE BELEZA E BARBEARIAS:

  • Capacidade 40% limitada
  • Horário reduzido (8 horas): Após as 6h e antes das 20h
  • Adoção dos protocolos geral e setorial específicos

RESTAURANTES E SIMILARES – CONSUMO LOCAL

  • Capacidade 40% limitada
  • Horário reduzido (8 horas): Após as 6h e antes das 20h
  • Consumo local e atendimento exclusivo para clientes sentados
  • Venda de bebidas alcóolicas até as 20h
  • Adoção dos protocolos geral e setorial específico

BARES – CONSUMO LOCAL

  • Atividade não permitida

ACADEMIAS E CENTROS DE GINÁSTICA

  • Capacidade 40% limitada
  • Horário reduzido (8 horas): Após as 6h e antes das 20h
  • Agendamento prévio e hora marcada
  • Permissão apenas de aulas e práticas individuais, suspensas as aulas e práticas em grupo
  • Adoção dos protocolos geral e setorial específicos

EVENTOS, CONVENÇÕES E ATIVIDADES CULTURAIS

  • Capacidade 40% limitada
  • Horário reduzido (8 horas): Após as 6h e antes das 20h
  • Obrigação de controle de acesso, hora marcada e assentos marcados
  • Assentos e filas respeitando distanciamento mínimo
  • Proibição de atividades com público em pé
  • Adoção dos protocolos geral e setorial específico

OUTRAS ATIVIDADES QUE GEREM AGLOMERAÇÃO

  • Não Permitido
Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Região

Ação voluntária de artistas recria painel na Praça Arautos da Paz

Redação

Publicado

em

Por

Os artistas plásticos Rogério Pedro e Luciane Moreira vão recriar o painel “As Divas”, de autoria de ambos, localizado na Praça Arautos da Paz. A ação é voluntária e sem custos para a Prefeitura de Campinas.

“A iniciativa desses artistas é um exemplo da qualidade e do desprendimento de nossa classe artística. A cidade agradece a generosidade de ambos”, afirmou a secretária Municipal de Cultura, Sandra Ciocci. O objetivo, segundo os artistas, é transformar a paisagem urbana, fortalecendo a cultura e arte local em um ponto de grande importância e visibilidade em Campinas.

A previsão da entrega da obra é no domingo, dia 24 de janeiro. O painel original data de 2016 e foi realizado pelos mesmos artistas. O mural terá 12 metros de altura por três metros de largura, que totalizam 36 metros quadrados.

A obra busca inspiração na figura de Carmem Miranda e a nova versão retrabalha elementos da composição original. “É um trabalho autoral, uma pintura mural que vamos revitalizar, de forma voluntária, em apoio à cultura e arte da cidade”, disse Rogério Pedro.

Rogério Pedro e Luciane Moreira contam com o apoio da Secretaria Municipal de Cultura, que cedeu o local, e do Grupo APC (www.grupoapc.com.br) que cedeu a plataforma para alcançar toda a extensão da torre. A tinta foi obtida pelo próprio artista.

Sobre os autores

Rogério Pedro e Luciane Moreira são sócios no Estúdio RoLú, localizado em Campinas. A dupla de artistas marca sua trajetória em telas, cenografia, pintura mural e ilustrações publicitárias e editoriais.

Ambos têm notoriedade no mercado nacional e internacional, participando de importantes projetos no Brasil, Áustria, Argentina, EUA, França, Espanha, Suíça, Alemanha e nos Emirados Árabes. Também na bagagem há projetos feitos para clientes como Adobe, Red Bull, Uber, Kellogg’s, Canal GNT, Rede Globo, Instituto Ayrton Senna e parcerias com artistas consagrados da música como Carlinhos Brown, Margareth Menezes e Sandra de Sá.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Nossa Região

Primeiros vacinados contra Covid19 em Campinas

Portal Hortolândia

Publicado

em

Na tarde desta segunda-feira (18) foram vacinados os primeiros profissionais no HC da Unicamp. São profissionais da saúde que atuam na linha de frente no combate à covid19.

A primeira pessoa imunizada (1ª foto) foi Liane Mascarenhas Tinoco, técnica de enfermagem, baiana de 48 anos e que trabalha há 14 anos no HC.

Neste primeiro momento, a vacinação será para os profissionais de saúde que estão na linha de frente do combate à doença na unidade. Ao todo, 60 mil trabalhadores dos seis hospitais de referência serão imunizados.

Além do HC da Unicamp, as outras unidades são: HC de São Paulo; HC de Ribeirão Preto (USP), HC de Botucatu (Unesp), HC de Marília (Famema) e Hospital de Base de São José do Rio Preto (Funfarme).

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Noticias

Publicidade

Youtube

 

PONTE DA ESPERANÇA

Populares